Lavochkin-Gorbunov-Goudkov LaGG-3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

MiG-3

LaGG-3, restaurado e exposto em Moscou, com camuflagem de inverno.

O Lavochkin-Gorbunov-Goudnov LaGG-3 (em russo: Лавочкин-Горбунов-Гудков ЛаГГ-3) foi um caça soviético da Segunda Guerra Mundial. Caça leve, monoplano, monoposto e monomotor, tinha construção metálica, sendo da mesma geração do MiG-3 e do Yak-1. Foi a evolução do LaGG-1, e era um dos mais modernos aviões disponíveis na Força Aérea Soviética no momento da invasão alemã em 1941. Apesar da boa velocidade que o colocava em pé de igualdade com as versões inicias do Messerschmitt Bf-109 alemão, e de ser bem armado (uma de suas versões usava um canhão automático de 37mm num arranjo parecido ao do P-39 norte-americano), o motor do LaGG-3 não demonstrou-se confiável, pois superaquecia rapidamente, tinha também um curto raio de ação. Após o LaGG-3, os demais caças com motores a pistão do escritório de planejamento de Lavochkin passaram a ser projetados com motores radiais, refrigerados a água. O LaGG-3 também usava foguetes do tipo RS-82, testado com sucesso em outros caças soviéticos da época , como o I-16 "Ishak". Ainda durante a Segunda Guerra Mundial, o LaGG-3 já acaba substituído na linha de frente pelo La-5.

Usuários[editar | editar código-fonte]

 Finlândia
  • A Força Aérea Finlandesa utilizou 3 aparatos capturados.[1]
 Japão
  • A Força Aérea Imperial Japonesa utilizou um aparato capturado para evacuação.[2]
 União Soviética
LaGG-3, modelo básico, em três vistas

O LaGG-3 está presente na árvore tecnológica da União Soviética dentro do simulador de combates aéreos "War Thaunder" da empresa de jogos eletrônicos Gaijin.

Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Keskinen et all 1977, p. 74-87 and 126.
  2. Green and Swanborough 1977, p. 13.