Leónidas (chuva de meteoros)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Leónidas.
As Leónidas vistas do espaço.

O fenómeno das Leónidas (português europeu) ou Leônidas (português brasileiro) consiste numa chuva de meteoros associada à passagem do cometa Tempel-Tuttle. Pode ser observada todos os anos por volta de 17 de Novembro, altura em que a Terra se cruza com o rasto de pequenas partículas sólidas, conhecidas como meteoróides, ejectadas pelo cometa quando se aproxima do Sol. As Leónidas foram assim baptizadas devido ao facto de o seu radiante se localizar na constelação de Leo e são famosas pela espectacularidade do fenómeno.[1] [2]

A recorrência de chuvas particularmente prolíficas tende a ser de 33 em 33 anos, associada à órbita de 33 anos do Tempel-Tuttle, podendo originar nessas alturas verdadeiras tempestades de estrelas cadentes, que chegam a atingir os milhares de meteoros por hora; com efeito, algumas datas assinaláveis para este fenómeno foram 1799, 1833, 1866, 1966 e 1998. No entanto, tempestades desta magnitude são difíceis de prever, pois duram apenas algumas horas e podem ser observáveis apenas a partir de locais remotos.[1] [2]

Referências

  1. a b Jean-Pierre Penot, Philippe de la Cotardière, Santos Tavares, José Augusto Matos (2003). Dicionário de Astronomia e do Espaço. vide verbete «Leónidas» 1ª ed. Didáctica Editora [S.l.] p. 267. ISBN 978-9726506188. 
  2. a b Giles Sparrow (2003). O Universo e como Observá-lo 1ª ed. Selecções do Reader's Digest [S.l.] p. 49. ISBN 972-609-386-4. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Leónidas (chuva de meteoros)
Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.