Leandro Paredes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leandro Paredes
Leandro Paredes
Paredes em 2018 pelo Zenit
Informações pessoais
Nome completo Leandro Daniel Paredes
Data de nasc. 29 de junho de 1994 (28 anos)
Local de nasc. San Justo, Argentina
Nacionalidade argentino
Altura 1,80 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Juventus
Posição volante
Clubes de juventude
2002–2010 Boca Juniors
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2010–2015
2014
2014–2015
2015–2017
2015–2016
2017–2019
2019–
2022–
Boca Juniors
Chievo (emp.)
Roma (emp.)
Roma
Empoli (emp.)
Zenit
Paris Saint-Germain
Juventus (emp.)
00028 0000(4)
00001 0000(0)
00013 0000(1)
00041 0000(3)
00033 0000(2)
00061 000(10)
00117 0000(3)
00000 0000(0)
Seleção nacional3
2011
2017–
Argentina Sub-17
Argentina
00006 0000(2)
00044 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 31 de agosto de 2022.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 29 de março de 2022.

Leandro Daniel Paredes (San Justo, 29 de junho de 1994) é um futebolista argentino que atua como volante. Atualmente joga na Juventus, emprestado pelo Paris Saint-Germain.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Paredes é considerado um dos melhores jogadores argentinos de sua geração. Por suas características de jogo, já foi considerado o jogador que mais se assemelha a Juan Román Riquelme.[1]

No futebol, começou com apenas 3 anos de idade em um clube chamado La Justina, da cidade de San Justo. Depois foi para um clube chamado Brisas del Sur.[2]

Boca Juniors[editar | editar código-fonte]

Chegou ao Boca Juniors com 9 anos de idade. Em 2006, participou da categoria 94 no torneio Arousa Futbol 7, na Espanha. Nesse torneio foi campeão e foi considerado um dos melhores jogadores que já passaram pela competição, junto com Bojan Krkić e Wesley Sneijder.[1]

Aos 16 anos, foi promovido ao elenco profissional pelo treinador Claudio Borghi. Embora não tivesse chances de ficar no banco de reservas, concentrou pela primeira vez com o elenco profissional para a partida contra o Independiente.[3]

Seu ótimo rendimento nos treinos comandados por Claudio Borghi lhe renderam uma chance de ficar no banco vestindo a camisa de número 20 na partida válida pelo Campeonato Argentino (Apertura) contra o Argentinos Juniors, no dia 6 de novembro. O jogo marcava a volta do astro Juan Román Riquelme, após um longo tempo de inatividade. Paredes estreou como profissional e entrou no lugar de Lucas Viatri, aos 38 minutos do segundo tempo.[4]

Roma e Chievo Verona[editar | editar código-fonte]

Em 12 de fevereiro de 2014, foi emprestado à Roma por 18 meses e repassado ao Chievo Verona até o fim da temporada 2013–14.

Em 19 de julho de 2014, Paredes juntou-se à Roma em um acordo temporário, com opção de compra definitiva. O volante fez sua estreia no dia 27 de setembro, entrando no segundo tempo na vitória por 2 a 0 contra o Hellas Verona. Em maio de 2015, a Roma adquiriu Paredes em definitivo por 4,5 milhões de euros.[5]

Zenit[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado como novo reforço do Zenit, da Rússia, no dia 1 de julho de 2017. O argentino custou 27 milhões de euros e assinou contrato válido por quatro temporadas.[6]

Paris Saint-Germain[editar | editar código-fonte]

Por 47 milhões de euros, Paredes foi contratado pelo Paris Saint-Germain no dia 29 de janeiro de 2019. O volante assinou com o clube francês até junho de 2023.[7]

Juventus[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado pela Juventus no dia 31 de agosto de 2022, chegando por empréstimo até o final da temporada. No acordo fechado, a Velha Senhora tem obrigação de compra em caso de metas esportivas alcançadas.[8]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Paredes fez parte do elenco que disputou o Campeonato Sul-Americano Sub-15 de 2009 na Bolívia.[9]

Em 2010, disputou com a Seleção Argentina Sub-17 a Copa Toyota em Nagoya, onde a Argentina perdeu para o Japão por 2 a 0.[10] Paredes também fez parte do elenco que disputou o Campeonato Sul-Americano Sub-17 de 2011 no Equador.

Já pela Seleção Argentina principal, foi titular na conquista da Copa América de 2021, realizada no Brasil.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Boca Juniors
Zenit
Paris Saint-Germain
Seleção Argentina

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Mirando las inferiores: Leandro Paredes, ¿Un futuro Román?» (em espanhol). MuyBoca. 9 de setembro de 2009. Consultado em 18 de abril de 2012 [ligação inativa]
  2. Mariano Fusco (19 de dezembro de 2009). «MuyBoca con Leandro Paredes, una de las máximas promesas del Semillero». MuyBoca (em espanhol). muyboca.com.ar. Consultado em 18 de abril de 2012. Arquivado do original em 30 de novembro de 2012 
  3. Vicente Muglia (26 de outubro de 2010). «Tirando Paredes». Olé (em espanhol). ole.com.ar. Consultado em 18 de abril de 2012 
  4. Redacción Boca Juniors (4 de novembro de 2010). «Concentrados en Argentinos». Boca Juniors -sitio oficial- (em espanhol). bocajuniors.com.ar. Consultado em 17 de abril de 2012. Arquivado do original em 10 de novembro de 2010 
  5. «Ufficiale: la Roma acquista Paredes a titolo definitivo» (em italiano). Romanews. 14 de maio de 2015. Consultado em 31 de agosto de 2022 
  6. Iain Strachan (1 de julho de 2017). «Paredes makes €27m move to Zenit from Roma» (em inglês). Sporting News. Consultado em 31 de agosto de 2022 
  7. «PSG oficializa contratação de Paredes para seu meio-campo, um jogador de talento e irregularidade». 29 de janeiro de 2019. Consultado em 31 de agosto de 2022 
  8. «Juventus anuncia contratação do meia Leandro Paredes». IstoÉ. 31 de agosto de 2022 
  9. «Quedó definido el plantel del Seleccionado Sub 15» (em espanhol). afa.org.ar. 27 de outubro de 2009. Consultado em 17 de abril de 2012 
  10. «Sub 17: campeón del Torneo Cuadrangular Internacional» (em espanhol). afa.org.ar. 9 de agosto de 2010. Consultado em 17 de abril de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Leandro Paredes