Leandro Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leandro Pereira
Leandro Pereira
Leandro pelo Palmeiras em 2015
Informações pessoais
Nome completo Leandro Marcos Peruchena Pereira
Data de nasc. 3 de julho de 1991 (31 anos)
Local de nasc. Araçatuba, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,90 m
destro
Apelido Leandro Banana[1]
Informações profissionais
Clube atual Gamba Osaka
Número 9
Posição centroavante
Clubes de juventude
Ferroviária
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2012
2012
2013
2013
2013
2013
2014
2015
2015–2019
2016
2017–2018
2018
2019–2021
2019–2020
2021–
Ferroviária
Mogi Mirim (emp.)
Cianorte
Capivariano
Icasa (emp.)
Portuguesa (emp.)
Chapecoense (emp.)
Palmeiras
Brugge
Palmeiras (emp.)
Sport (emp.)
Chapecoense (emp.)
Matsumoto Yamaga
Sanfrecce Hiroshima (emp.)
Gamba Osaka
00000 0000(0)
00002 0000(1)
00000 0000(0)
00018 0000(8)
00018 0000(4)
00007 0000(2)
00026 000(11)
00030 0000(9)
00026 0000(0)
00011 0000(2)
00028 0000(6)
00034 000(11)
00014 0000(2)
00038 000(22)
00061 000(11)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 8 de outubro de 2022.

Leandro Marcos Peruchena Pereira (Araçatuba, 3 de julho de 1991) é um futebolista brasileiro que atua como centroavante. Atualmente joga pelo Gamba Osaka, do Japão.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascido em Araçatuba, Leandro Pereira começou sua carreira no Ferroviária, fazendo sua estreia em 2011.

No ano seguinte, Leandro assinou com o Mogi Mirim, mas disputou apenas duas partidas pelo Campeonato Paulista.

Capivariano e Icasa[editar | editar código-fonte]

Foi contratado pelo Capivariano em dezembro de 2012,[2] mas deixou o clube em maio do ano seguinte, contratado pelo Icasa.

Portuguesa e Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Em janeiro 2014, Leandro assinou um contrato de curto prazo com a Portuguesa.[3] No dia 1 de abril, depois de jogar regularmente pela Lusa, Leandro se transferiu para a Chapecoense, recém-promovida à Série A.[4]

Leandro estreou pela Chape no dia 27 de abril, numa derrota por 2 a 1 contra o Sport, na Ilha do Retiro.[5] Ele marcou seu primeiro gol na competição no dia 25 de setembro, numa vitória por 3 a 0 em casa contra o Atlético Paranaense.[6]

Leandro teve uma boa participação no Campeonato Brasileiro, marcando 10 gols pela equipe da Chapecoense.

Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2014, Leandro foi procurado pelo Corinthians e acertou sua saída para o alvinegro paulista por empréstimo. Com os exames médicos agendados e pronto para assinar contrato com o alvinegro, o Palmeiras atravessou a negociação, fazendo uma proposta de compra de 50% dos direitos econômicos do jogador por 5 milhões de reais, além de ter oferecido um salário maior. Assim, o centroavante assinou um contrato de cinco anos com o clube alviverde.[7]

Fez sua estreia oficial pelo clube no dia 31 de janeiro, contra o Audax, numa partida válida pelo Campeonato Paulista de 2015. Na mesma partida, marcou seu primeiro gol após uma assistência de Agustín Allione.[8]

Brugge[editar | editar código-fonte]

No dia 29 de agosto de 2015, oito meses após ser contratado, o Palmeiras acertou sua venda para o Brugge, da Bélgica.[9]

Retorno ao Palmeiras[editar | editar código-fonte]

Retornou ao Palmeiras no dia 21 de junho de 2016, chegando por empréstimo.[10][11]

Todos os gols de Leandro Pereira pelo Palmeiras

Sport[editar | editar código-fonte]

No dia 20 janeiro de 2017, após ficar oito dias treinando no Sport, foi oficializado o empréstimo de Leandro Pereira ao rubro-negro pernambucano, com o atacante assinando até junho de 2018.[12]

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Após ter ficado sem espaço no Sport, Leandro acertou seu retorno para a Chapecoense no dia 21 de abril de 2018.[13]

Matsumoto Yamaga[editar | editar código-fonte]

Em 15 de janeiro de 2019, o centroavante foi anunciado como reforço do Matsumoto Yamaga, do Japão.[14]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Mogi Mirim
Palmeiras
Brugge
Sport

Referências

  1. «Atacante do Mogi Mirim explica origem do apelido incomum». Futebol Interior. 3 de janeiro de 2012. Consultado em 19 de julho de 2022 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 20 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 31 de outubro de 2014 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 20 de dezembro de 2014. Arquivado do original em 27 de janeiro de 2014 
  4. «Chapecoense contrata atacante Leandro». NSC Total. 1 de abril de 2014. Consultado em 19 de julho de 2022 
  5. «Sport mantém embalo do título estadual e bate a Chapecoense». Rádio Pajeú. 28 de abril de 2014. Consultado em 19 de julho de 2022 
  6. «Chape aproveita a bola aérea, faz 3 a 0 e aumenta crise do Atlético-PR». Rádio Porto Feliz. 25 de setembro de 2014. Consultado em 19 de julho de 2022 
  7. Carlos Augusto Ferrari (19 de dezembro de 2014). «Após superar rival, Palmeiras fecha com o atacante Leandro, da Chape». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de julho de 2022 
  8. Danilo Lavieri (31 de janeiro de 2015). «Allione vai bem, e Palmeiras estreia com vitória fácil contra o Audax». UOL. Consultado em 19 de julho de 2022 
  9. Felipe Zito (29 de agosto de 2015). «Por R$ 14,2 milhões, Leandro Pereira troca o Palmeiras por clube da Bélgica». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de julho de 2022 
  10. «Leandro Pereira volta ao Palmeiras sem nenhum gol em 24 jogos na Bélgica». ESPN Brasil. 22 de junho de 2016. Consultado em 19 de julho de 2022 
  11. Felipe Zito (22 de junho de 2016). «Cuca confirma reforço no Palmeiras e diz que Jesus fica até o fim do ano». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de julho de 2022 
  12. Rômulo Alcoforado (20 de janeiro de 2017). «Após oito dias de treino, Leandro Pereira é anunciado pelo Sport». GloboEsporte.com. Consultado em 19 de julho de 2022 
  13. «Leandro Pereira comemora retorno à Chape para a temporada de 2018». Terra. 21 de abril de 2018. Consultado em 19 de julho de 2022 
  14. «Leandro Pereira acerta por 2 anos com time japonês após passagem pela Chape». UOL. 15 de janeiro de 2019. Consultado em 19 de julho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]