Lei da Igreja da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Lei da Igreja da Suécia (em sueco: Lag om Svenska kyrkan; SFS 1998:1591) entrou em vigor em 1 de janeiro de 2000, e regula a relação entre a Igreja da Suécia e o Estado Sueco, estabelecendo que esta está obrigada a seguir a fé evangélica-luterana, ser democrática e abranger todo o território da Suécia.[1][2]

Referências

  1. Magnusson, Thomas; et al. (2004). «Svenska kyrkan». Vad varje svensk bör veta (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag e Publisher Produktion AB. p. 133. 654 páginas. ISBN 91-0-010680-1 
  2. «Lag (1998:1591) om Svenska kyrkan» (em sueco). Parlamento sueco (Sveriges Riksdag). Consultado em 13 de fevereiro de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]