Lei do selo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

A Lei do Selo foi aprovada pelo Parlamento Inglês em 1765, estabelecendo que todos os documentos em circulação na colônia americana deveriam receber selos provenientes da colônia. A Lei do Selo determinava que todos os jornais, livros e documentos publicados nas colonias deveriam pagar uma taxa excedente ao valor do açucar, o que implicava mais as despesas para os colonos. Foi revogada em 1766.[1]

Referências

  1. Adair, Douglass. "The Stamp Act in Contemporary English Cartoons." William and Mary Quarterly (1953): 538-542. in JSTOR

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.