Leigh Hunt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leigh Hunt
Nascimento 19 de outubro de 1784
Southgate
Morte 28 de agosto de 1859 (74 anos)
Putney
Sepultamento Cemitério de Kensal Green
Cidadania Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda, Reino da Grã-Bretanha
Etnia ingleses
Irmão(s) John Hunt
Alma mater Christ's Hospital
Ocupação jornalista, poeta, autobiógrafo, escritor, crítico literário, tradutor

James Henry Leigh Hunt ou simplesmente Leigh Hunt (Southgate, Londres, 19 de outubro de 1784Putney, 28 de agosto de 1859) foi um poeta, crítico e ensaísta inglês.

Obras[editar | editar código-fonte]

Ensaios[editar | editar código-fonte]

  • Essays (1887)

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • Story of Rimini (1816)
  • Foliage (1818)
  • Hero and Leander (1819)
  • Bacchies and Ariadne (1819)
  • Abou Ben Adhem
  • Cupid Drowned
  • The Glove and the Lions
  • Jenny kiss'd Me
  • The Nile

Traduções[editar | editar código-fonte]

  • Amyntas, A Tale of the Woods (1820, tradução da obra Aminta de Torquato Tasso)

Outras obras[editar | editar código-fonte]

  • The Autobiography of Leigh Hunt (1850, autobiografia em 3 volumes)
  • A Jar of Honey from Mount Hybla (1848)
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Leigh Hunt
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Leigh Hunt