Leis de Noé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

No Judaísmo, as Sete Leis de Noé ( do hebraico: שבע מצוות בני נח "Šbaˤ mişwōt bnē-Noḥ" (Sheva Mitzvot B'nai Noah)), também chamadas de Brit Noah ("Pacto de Noah") são os mandamentos que, de acordo com a tradição judaica, foram ordenados a Noé após o Dilúvio como regra para toda a humanidade[1][2].

O judaísmo, como estilo de vida e fé, classifica os seres humanos em dois grupos de acordo com o pacto estabelecido com seus ancestrais: os israelitas, os filhos de Abraão, Isaque e Jacó; e os noachitas, os filhos de Noé[3]. A diferença entre esses grupos decorre da responsabilidade no que tange às regras de comportamento. Enquanto os israelitas são regidos por 613 leis da Torá[4], os noachitas são disciplinados apenas por 7 leis universais expressas pela tradição judaica e implícita na Torá[5]. O ser humano que respeita as 7 leis de Noé é considerado justo entre as nações e possui lugar no mundo vindouro[6].

As Sete Leis de Noah[7][editar | editar código-fonte]

  • Avodah zarah - Não cometer idolatria;
  • Birkat Hashem - Não blasfemar;
  • Shefichat damim - Não assassinar;
  • Gezel - Não roubar;
  • Gilui arayot - Não cometer imoralidades sexuais;
  • Ever min ha-chai - Não maltratar aos animais;
  • Dinim - Estabelecer sistemas e leis de honestidade e justiça.

Considerações gerais[editar | editar código-fonte]

A interpretação das sete leis de Noé é de competência do respectivo Beit Din. Todas as dúvidas devem ser esclarecidas por um rabino devidamente ordenado de acordo com a Halachá[8].

Leis de Noé na Internet[editar | editar código-fonte]

Sanhedrin - Jerusalem Court for Issues of Bnei Noah

Noachide.org.uk - Bnai Noach na Inglaterra

Referências[editar | editar código-fonte]










Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «The Seven Noachide Laws • Torah.org». Torah.org (em inglês) 
  2. «Maimonides ("Rambam") «  AskNoah.org». asknoah.org. Consultado em 11 de setembro de 2017 
  3. Jacobs, Louis (2007). Encyclopaedia Judaica. [S.l.]: Farmington Hills, Mich.: Thomson Gale. 511 páginas 
  4. «613 mandamentos por Maimônides: - Cafetorah - Notícias de Israel». Cafetorah - Notícias de Israel. 22 de novembro de 2007 
  5. «10 Mandamentos». pt.chabad.org. Consultado em 11 de setembro de 2017 
  6. «For Non-Jews». aishcom (em inglês) 
  7. «Universal Morality - The Seven Noahide Laws». www.chabad.org (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017 
  8. «Jerusalem Court for Issues of Bnei Noah - The Sanhedrin English». www.thesanhedrin.org (em inglês). Consultado em 11 de setembro de 2017