Leishmania infantum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaLeishmania infantum
Formas amastigotas

Formas amastigotas
Classificação científica
(sem classif.) Excavata
Filo: Euglenozoa
Classe: Kinetoplastida
Ordem: Trypanosomatida
Família: Trypanosomatidae
Género: Leishmania
Espécie: L. infantum
Nome binomial
Leishmania infantum
Nicolle, 1908
Sinónimos
  • Leishmania chagasi

Leishmania infantum é uma espécie de protozoário flagelado da família Trypanosomatidae. A espécie é o agente etiológico da leishmaniose visceral do Velho Mundo e Novo Mundo.

A espécie foi descrita em 1908 por Charles Nicolle como Leishmania infantum.[1] Em 1937, Evandro Chagas e Cunha descreveram a espécie Leishmania chagasi como causadora da leishmaniose visceral na América.[2] Pesquisas moleculares comprovaram que se tratavam da mesma espécie, sendo então a chagasi considerada como sinônimo de infantum.[3]

Leishmania infantum é muito próxima da Leishmania donovani, e alguns autores acreditam que estas duas espécies são tão relacionadas que podem ser tratadas como uma única espécie com duas subespécies,[4] entretanto análises filogenéticas podem distinguir estes dois grupos como espécies distintas, e demonstraram que alguns isolados de L. donovani tinham sido erroneamente classificados como L. infantum e que Leishmania donovani é constituída por diversos grupos genéticos.[5]

Referências

  1. NICOLLE, C. (1908). «Origine canine du kala-azar». Archives de L'Institut Pasteur de Tunis. 3: 59-62 
  2. CUNHA, A.M.; CHAGAS, E. (1937). «New species of protozoa of the genus Leishmania pathogenic to man Leishmania chagasi n. sp previous note». O Hospital. 11  Texto "páginas3–9" ignorado (ajuda)
  3. MAURÍCIO, I.L.; STOTHARD,J.R.; MILES,M.A. (2000). «The strange case of Leishmania chagasi». Parasitology Today. 16: 188–189 
  4. LE BLANCQ, S.M.; PETERS, W. (1986). «Leishmania in the Old World: 4. The distribution of L. donovani sensu lato zymodemes». Trans. R. Soc. Trop. Med. Hyg. 80 (3): 367–77. doi:10.1016/0035-9203(86)90320-2 
  5. KUHLS, K.; MAURÍCIO, I.L.; PRATLONG, F.; PRESBER, W.; SCHÖNIAN, G. (2005). «Analysis of ribosomal DNA internal transcribed spacer sequences of the Leishmania donovani complex». Microbes Infection. 7 (11-12): 1224–34. doi:10.1016/j.micinf.2005.04.009 
Ícone de esboço Este artigo sobre Protozoários é um esboço relacionado ao Projeto Protista. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.