Leon Fleisher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leon Fleisher
Leon Fleisher em 1963
Nascimento 23 de julho de 1928 (90 anos)
São Francisco, Califórnia
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Pianista e maestro
Prémios Prêmio Kennedy (2007)

Leon Fleisher (São Franciso, 23 de julho de 1928) é um pianista e maestro norte-americano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu numa família judia pobre, de pais imigrantes da Europa Oriental.[1] O seu pai fazia chapéus e a mãe tinha o sonho de que o filho fosse um grande pianista.[2] Fleisher iniciou os estudos de piano aos quatro anos. Aos oito anos começou a tocar piano em público, e aos 16 fez um concerto com a Orquestra Filarmónica de Nova Iorque sob direção de Pierre Monteux, maestro com o qual se iniciou na direção de orquestra. Estudou com Artur e Karl Ulrich Schnabel.

Foi distinguido em 1952 no Concurso Musical Internacional Rainha Isabel da da Bélgica.

Fez uma série de gravações com George Szell e a Orquestra de Cleveland. Perdeu o uso da mão direita em 1964, por causa de distonia focal, começou a procurar reportório para a mão esquerda, mas acabaria por deixar mais tarde a carreira pianística. Após vários tratamentos médicos, recuperou a capacidade de usar a mão direita na década de 1990, graças a tratamentos experimentais com injeções de botox.[3] Retomou então a carreira de pianista de concertos, com variado reportório, incluindo contemporâneos.

É conhecido pelas suas interpretações de concertos para piano de Ludwig van Beethoven e de Johannes Brahms. Dirigiu a Orquestra de Annapolis (Maryland).

Foi professor no Peabody Institute da Universidade Johns Hopkins, no Instituto Curtis, no Royal Conservatory of Music de Toronto, e em Tanglewood.

Entre os seus alunos contam-se Hélène Grimaud, Jonathan Biss, Yefim Bronfman, Jean-François Latour, Maneli Pirzadeh, Louis Lortie, André Watts, Amy Lin, Daniel Wnukowski, entre muitos outros.

Foi distinguido com o Prémio Kennedy em 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «An Interview with Leon Fleisher». Project MUSE. 12-2007  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. REBECCA LEUNG (18 de fevereiro de 2009). «A Tale Of Two Hands». CBS News. Consultado em 15 de setembro de 2013 
  3. The pianist Leon Fleisher: A life-altering debility, reconsidered New York Times. 12-6-2007.