Leonardo Gomes Pereira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leonardo Gomes Pereira
Conhecido(a) por Presidente da Comissão de Valores Mobiliários
Nacionalidade brasileiro
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro
Universidade Candido Mendes
Universidade de Warwick
Ocupação Empresário, engenheiro e economista

Leonardo Gomes Pereira é um empresário, engenheiro e economista brasileiro. Foi vice-presidente da Gol Linhas Aéreas (GOL).[1] É o atual presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado em engenharia de produção e economista pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pela Universidade Candido Mendes, respectivamente, cursou o programa de Executivo Sênior na Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.[3] Concluiu o Master of Business Administration (MBA) pela Universidade de Warwick, no Reino Unido.[4]

Entre 2000 e 2007, foi diretor executivo-financeiro na Net Comunicações, tendo antes trabalhado na Globopar e Citibank. Em 2009, assumiu a vice-presidências da GOL, permanecendo no cargo até 2012.[1]

Em outubro de 2012 foi nomeado pela então presidente da República Dilma Rousseff como presidente da CVM.[5] Esta é a terceira vez que um empresário assume o comando da autarquia. O primeiro foi Victorio Cabral, em 1986, durante o governo Sarney, e Roberto Faldini, do Grupo MetalLeve, em 1992, no governo Collor.[5]

A frente da presidência da CVM, têm desafios como a OGX[6][7] e Laep,[8][9] companhias sob administração que enfrentam problemas na Justiça e também na própria comissão.[10][11][12][13]

Referências

  1. a b Tatiane Bortolozi e Fernando Torres (17 de julho de 2012). «Executivo da Gol, Leonardo Pereira é indicado para presidência da CVM». Valor Ecômico. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  2. «Leonardo Gomes Pereira é nomeado presidente da CVM». G1. Globo.com. 24 de outubro de 2012. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  3. «Leonardo Porciúncula Gomes Pereira». CVM. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  4. «Leonardo Gomes Pereira» (PDF) (em inglês). ifie.org. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  5. a b Eduardo Tavares. «Dilma nomeia Leonardo Gomes Pereira presidente da CVM». Arena do Pavini. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  6. Lauro Jardim. «Justiça manda bloquear R$ 5,9 milhões da OGX, de Eike Batista». O Globo. Globo.com. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  7. Samantha Lima. «A segunda quebra da OGX, a petroleira de Eike Batista». Época. Globo.com. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  8. «Laep Investiments, uma empresa que deu um golpe de R$ 5 bilhões». Época. Globo.com. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  9. Lara Rizério (21 de março de 2013). «Caso da Laep é um dos mais desrespeitosos já ocorridos no País, dizem CVM e MPF». InfoMoney. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  10. «CVM julga Eike no dia 10 de novembro em processo da OGX». Exame. Abril. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  11. Thiago Bronzatto. «Investigado pela CVM, empresário dá o troco e processa órgão regulador». Época. Globo.com. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  12. «CVM proíbe Eike Batista de atuar em empresa de capital aberto por 5 anos». G1. Globo.com. 10 de novembro de 2015. Consultado em 6 de abril de 2017. 
  13. «CVM rejeita acordo para fechar processo contra dono da LAEP». Exame. Abril. 29 de maio de 2016. Consultado em 6 de abril de 2017.