Leonid Kadenyuk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leonid Kadenyuk
Nascimento 28 de janeiro de 1951
Klishkivtsi, URSS
Hoje: Ucrânia
Morte 31 de janeiro de 2018 (67 anos)
Kiev, Ucrânia
Nacionalidade Ucrânia ucraniano
Carreira espacial
Cosmonauta da ANEU
Missões STS-87
Insígnia da missão Sts-87-patch.svg

Leonid Kostyantynovych Kadenyuk (ucraniano: Леонід Костянтинович Каденюк) (Klishkivtsi, ex-URSS, 28 de janeiro de 1951 - 31 de janeiro de 2018[1]) foi o primeiro - e até hoje único – cosmonauta da Ucrânia independente após o fim da União Soviética.

Kadenyuk integrou a Força Aérea Soviética desde 1976 como piloto de caça e, posteriormente, como membro do corpo de cosmonautas do programa espacial. Com o fim da URSS em 1991, continuou a fazer parte do programa espacial e adotou a cidadania russa. Em 1995, com a preparação da primeira missão espacial ucraniana, ele se apresentou como voluntário, retornando a seu país natal, sendo escolhido para a missão entre dois candidatos (o outro sendo um cientista civil), por ter melhor treinamento e estar acostumado à organização das missões espaciais, por sua experiência no corpo de cosmonautas soviéticos.

Subiu ao espaço em 1997, na missão STS-87 Columbia, uma missão internacional do programa do ônibus espacial da NASA. Após a ocasião, sempre afirmava que era injusto creditar a ele o título de primeiro ucraniano no espaço. Segundo ele, esta honra cabe a Pavel Popovich, que, embora cidadão soviético, era nascido na Ucrânia e havia voado ao espaço em 1962 e 1974.

Após seu vôo espacial, Kadenyuk continuou por alguns anos trabalhando em terra no programa espacial ucraniano, ligado à Agência Nacional Espacial da Ucrânia (ANEU), entrando depois na carreira política e sendo eleito para o parlamento do país em 2002.[2] Na carreira militar, chegou à patente de major-general da Força força Aérea.

Em 2006, se candidatou novamente a uma vaga no parlamento, mas não conseguiu se reeleger. Kadenyuk morreu em 31 de janeiro de 2018, apenas três dias após completar 67 anos de idade.[3][4] Ele foi sepultado em Kiev, a capital ucraniana.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]