Leonor Antunes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leonor Antunes
Nascimento 1972 (47 anos)
Lisboa
Alma mater Universidade de Lisboa
Ocupação escultora

Leonor Antunes é uma artista plástica de origem portuguesa, radicada em Berlim desde 2005. Frequentou o primeiro ano do curso de Cenografia da Escola Superior de Teatro e Cinema (1992-93), em Lisboa e depois realizou a sua licenciatura em Artes Visuais - Escultura na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa (1993-98)[1][2]. Representará o Pavilhão de Portugal na 58ª Bienal de Veneza, em 2019.[3][4] A exposição da artista portuguesa, com o título Uma costura, uma superfície, uma dobradiça e um nó (a seam, a surface, a hinge, or a knot), com curadoria de João Ribas[5], será instalada no Palácio Giustinian Lolin, em Veneza, pode ser visitada de 11 de Maio a 24 de Novembro de 2019[6].

Arte[editar | editar código-fonte]

O seu trabalho aproxima-se da herança minimalista e da arte conceptual das décadas de 1960 e 1970[7][8]. Os seus projetos artísticos são determinados pelas características do espaço de exposição[9], sendo o visitante frequentemente convidado a estabelecer uma relação empenhada com a situação expositiva [10][11]. Realizou mostras individuais em instituições internacionais dedicadas à arte contemporânea, tais como, Museu Rufino Tamayao (2018)[12], na Cidade do México, Whitechapel Gallery (2017)[13], em Londres, San Francisco MoMA (2016) [14] e New Museum (2015)[15], em Nova Iorque[16].

Coleções[editar | editar código-fonte]

A obra de Leonor Antunes pertence a várias coleções: Tate, Reino Unido; Coleção Daimler, Stuttgart, Alemanha; Associação Nacional de Farmácia, Lisboa, Portugal; Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Portugal; Yerba Buena Center for the Arts, São Francisco, EUA; Culturgest, Caixa Geral de Depósitos, Lisboa, Portugal; Musée d’Art Moderne de la Ville de Paris, França; FRAC Marseille, França; FNAP Fonds National d'Arts Contemporains, França; Museo Nacional Reina Sofía, Madrid, Espanha; FRAC Aquitaine, França; Coleção PLMJ, Lisboa, Portugal; Fundação de Serralves, Porto, Portugal; Fiorucci Art Trust, Londres, Inglaterra; San Francisco Museum of Modern Art, EUA; Perez Art Museum, Miami; Coleção Jumex, México; Coleção Coppel, México; CAPC Musee d’art Contemporain, Bordeaux.

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • 2001 Prémio Fundação EDP.[17]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. S.A., RTP, Rádio e Televisão de Portugal - © 2008 LUSA - Agência de Notícias de Portugal,. «Escultora portuguesa Leonor Antunes expõe em Turim» 
  2. «belas-artes ulisboa Leonor Antunes na Bienal de Veneza». www.belasartes.ulisboa.pt. Consultado em 4 de julho de 2018 
  3. Salema, Isabel. «Bienal de Veneza com muito menos artistas na exposição internacional (nenhum é português)». PÚBLICO. Consultado em 13 de março de 2019 
  4. Salema, Isabel. «Com Leonor Antunes a caminho de Veneza, ministra da Cultura quer combater "a invisibilidade das mulheres artistas"». PÚBLICO. Consultado em 13 de março de 2019 
  5. PÚBLICO, Lusa. «João Ribas vai comissariar representação de Portugal na Bienal de Veneza 2019». PÚBLICO. Consultado em 13 de março de 2019 
  6. «Leonor Antunes: ″Se fosse um governo do PSD ou do CDS não aceitaria″ representar Portugal». www.dn.pt. Consultado em 17 de março de 2019 
  7. Group, Global Media (7 de outubro de 2017). «O frisson da escultura erudita e delicada de Leonor Antunes». DN 
  8. Nicolau, Ricardo (25 de janeiro 2008). «Leonor Antunes» (PDF). Culturgest - Caixa Geral de Depósitos. Consultado em 4 de julho 2018. Arquivado do original (PDF) em 18 de maio de 2016 
  9. «LEONOR ANTUNES | Casa, Modo de Usar | ARTECAPITAL.NET». www.artecapital.net. Consultado em 4 de julho de 2018 
  10. «History lessons with Leonor Antunes | Apollo Magazine». Apollo Magazine (em inglês). 13 de dezembro de 2017 
  11. Antunes, Leonor (2017). «Discrepancies with G.G.» (PDF). Consultado em 28 de junho 2018 
  12. Magazine, Wallpaper* (15 de junho de 2018). «Leonor Antunes threads Bauhaus, brutalism and Cuban design in new installations». Wallpaper* 
  13. «Leonor Antunes at Whitechapel Gallery». www.artforum.com (em inglês). Consultado em 4 de julho de 2018 
  14. «Arte Al Día». www.artealdia.com (em inglês). Consultado em 4 de julho de 2018 
  15. «Leonor Antunes Channels 20th-Century Designers and Artists in Her Latest Work | Architectural Digest». Architectural Digest (em inglês) 
  16. Rato, Vanessa. «Artes. Leonor Antunes: uma portuguesa discreta conquista a América». PÚBLICO 
  17. «Prémio novos artistas Fundação EDP 2001». www.fundacaoedp.pt