Leonor de Castela, Princesa das Astúrias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Leonor
Princesa das Astúrias
Dinastia Trastâmara
Nascimento 10 de setembro de 1423
  Burgos, Espanha
Morte 22 de agosto de 1425 (1 ano)
  La Espina, Espanha
Enterro La Espina
Pai João II de Castela
Mãe Maria de Aragão
Religião Catolicismo

Leonor de Castela (10 de setembro de 1423 - 22 de agosto de 1425) foi herdeira presuntiva do trono da Coroa de Castela e Princesa das Astúrias de 1424 até poucos meses antes de sua morte.

Leonor nasceu uma infanta de Castela. Ela foi a segunda filha do rei João II de Castela e sua primeira esposa, Maria de Aragão. A irmã mais velha de Leonor, Catarina, Princesa das Astúrias, morreu sete dias depois do primeiro aniversário de Leonor. Assim, a infanta de um ano tornou-se herdeira presuntiva do trono. Seu pai a reconheceu como sucessora do reino e como princesa das Astúrias pelas Cortes de Valladolid, pouco depois do funeral de sua irmã. A nova princesa das Astúrias foi homenageada na presença de seu pai, o rei, na cidade de Burgos.[1]

A princesa Leonor manteve este título e status por apenas dois meses. Em 5 de janeiro de 1425, ela foi despojada de seus títulos pelo nascimento de um irmão, o futuro rei Henrique IV de Castela. Leonor morreu no mesmo ano perto do mosteiro cisterciense em La Espina. Ela foi enterrada lá, perto do altar.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Enrique Flórez, Manuel Risco: España sagrada: De la Iglesia Exenta de Oviedo desde el medio del siglo XIV hasta fines del siglo XVIII; En la Oficina de la Viuda e Hijo de Marín, 1795
Leonor de Castela
Casa de Trastâmara
10 de setembro de 1423 – 22 de agosto de 1425
Precedida por
Catarina
Príncipe das Astúrias
17 de setembro de 1424 – 6 de janeiro de 1425
Sucedida por
Henrique IV
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.