Lepidium meyenii

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaMacoa
planta inteira
planta inteira
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Brassicales
Família: Brassicaceae
Género: Lepidium
Espécie: L. meyenii
Nome binomial
Lepidium meyenii

A maca peruana (Lepidium meyenii) é um vegetal crucífero nativo da região andina do Peru. O consumo do tubérculo deve-se ao seu valor nutritivo e conteúdo fitoquímico.[1]

Suas supostas propriedades etnomedicinais estariam relacionadas à fertilidade e à vitalidade.[carece de fontes?] Um estudo realizado em 2002 demonstrou que a maca peruana tem uma alta atividade antioxidante em vista da sua habilidade em inibir peroxinitrito, DPPH, peroxilas e degradação da desoxirribose.[2] Comparada ao chá verde, a concentração de catequinas é muito inferior.[carece de fontes?]

Medicina tradicional[editar | editar código-fonte]

A maca é comercializada por seus supostos efeitos medicinais tradicionais, embora não haja evidências suficientes de que ela tenha algum efeito sobre a saúde ou doença em humanos.[3][4][5] Uma revisão sistemática de 2016 encontrou evidências limitadas, em um pequeno número de estudos, na melhora da qualidade do sêmen em homens saudáveis e inférteis.[6] Uma revisão de 2011 não encontrou boas evidências da eficácia da maca como tratamento para os sintomas da menopausa, além de ressaltar a ausência de evidências acerca de sua segurança.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Dini et al., Chemical composition of Lepidium Meyenii, Food Chem., 49:347-347, 1994
  2. Sandoval et al., Antioxidant activity of the cruciferous vegetable Maca (Lepidium meyenii), Food Chem., 79:207-213, 2002.
  3. Ernst E, Posadzki P, Lee MS (2011). «Complementary and alternative medicine (CAM) for sexual dysfunction and erectile dysfunction in older men and women: an overview of systematic reviews». Maturitas. 70 (1): 37–41. PMID 21782365. doi:10.1016/j.maturitas.2011.06.011 
  4. Kathleen M. Zelman (2010). «The Truth About Maca and Your Libido» (em inglês). WebMD. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2020 
  5. Shin BC, Lee MS, Yang EJ, Lim HS, Ernst E (2010). «Maca (L. meyenii) for improving sexual function: a systematic review». BMC Complement Altern Med (em inglês). 10. 44 páginas. PMC 2928177Acessível livremente. PMID 20691074. doi:10.1186/1472-6882-10-44 
  6. Lee, MS; Lee, HW; You, S; Ha, KT (2016). «The use of maca (Lepidium meyenii) to improve semen quality: A systematic review». Maturitas (Review) (em inglês). 92: 64–69. PMID 27621241. doi:10.1016/j.maturitas.2016.07.013 
  7. Lee MS, Shin BC, Yang EJ, Lim HJ, Ernst E (2011). «Maca (Lepidium meyenii) for treatment of menopausal symptoms: A systematic review». Maturitas (em inglês). 70 (3): 227–33. PMID 21840656. doi:10.1016/j.maturitas.2011.07.017 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre Maca:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.