Lex Barker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alexander Crichlow Barker Jr era o nome verdadeiro do ator norte-americano Lex Barker(1919-1973), nascido em 8 de maio de 1919, em Rye, Nova York.

Vindo de uma Família abastadíssima e proeminente de Nova York, Lex Barker era descendente direto do fundador de Rhode Island - o Cônsul Roger Williams. Foi excepcional nos esportes tais como o Futebol e Atletismo quando ainda cursava o curso secundário e, posteriormente, a Universidade de Phillips-Exeter, em Fessenden. Foi à Princeton com a intenção de tornar-se ator, a contragosto de seus pais que o queriam nos negócios da família. Barker soube inteligentemente dissolver toda esta situação, pois estava determinado em seu propósito.

No verão seguinte, descoberto por um agente de talentos, foi para Hollywood realizar um teste para a 20th Century Fox. Recebendo uma oferta de contrato, veio, por fim, a II Guerra Mundial, e seus sonhos de se tornar um ator ou um grande astro das telas tiveram de ser adiados por algum tempo. Alistou-se na Infantaria. Quando a Guerra terminou, promovido ao posto de major, deixou a vida militar. Quando voltou para Hollywood, a 20th Century Fox não se interessou mais por ele. A Warner Brothers não queria arriscar em um jovem inexperiente, embora alto(tinha 1m93 de altura) e muito bonito, em seus investimentos cinematográficos.

Em 1948, a RKO andava em busca de um substituto para Johnny Weissmuller, que "pendurava as chuteiras" para o personagem Tarzan. Os agentes daquele estúdio, vendo alguns testes e fotos de Barker para a 20th Century Fox, imediatamente o chamaram. E, logo, o alto e belo ator louro de olhos azuis assinou contrato para 5 filmes iniciais do Homem-Macaco, na RKO. Tarzan e a Fonte Mágica (1949, RKO), forneceu seu primeiro papel para estrelato. Após cinco filmes atuando como Tarzan, entrou em outras produções de aventura e drama. Depois de 16 filmes no currículo(na maior parte western), foi para Europa em 1957. Lex falava fluentemente 4 línguas: francês, espanhol, italiano e alemão. Fez ainda 50 filmes em várias partes do mundo: Brasil, Iugoslávia, Alemanha, Espanha, Líbano, e França. Tornou-se muito popular na Alemanha, por causa de seus papéis como "Old Shatterhand", "Kara Ben Nemsi" e "Dr. Karl Sternau" nos filmes baseados em livros escritos por Karl May, escritor alemão muito popular na literatura infanto-juvenil alemã(quase toda criança na Alemanha conhece alguns de seus livros). Barker chegou a ganhar um prêmio neste país, como melhor ator estrangeiro, em 1966.

Os casamentos e um escândalo[editar | editar código-fonte]

Barker foi casado 5 vezes. Constanze Thurlow foi sua primeira mulher, com quem teve dois filhos. Ficaram casados entre 1942 a 1950, quando se divorciaram. Logo, Lex casou-se com a atriz Arlene Dahl, em 1951. Novamente, um casamento que deu em divórcio, em 1952.

Em 8 de setembro de 1953, Barker casa-se com Lana Turner. Os dois eram tidos como o casal mais lindo de Hollywood, e tudo parecia ótimo, até o momento em que, supostamente, Lex invadiu o quarto da filha de Lana, então com 12 anos, e a teria estuprado. Lana chegou a pegar uma arma para atirar em Barker, que saiu imediatamente de casa. O processo foi movido, e em 22 de julho de 1957, Lex e Lana estavam divorciados.

Casou-se novamente ainda em 1957, com outra atriz, Irene Labhart, com quem teve o filho Christopher(que também se tornaria ator). Cerca de 5 anos depois, Irene descobriu que tinha Leucemia, e faleceu em 1962. Com todos os cuidados, Barker esteve com ela até o seu fim.

Viúvo, Lex só reatou novas núpcias em 1965, com María del Carmen Rosario Cervera Fernández de la Guerra (Tita), uma jovem que havia sido "Miss Espanha" (atual Baronesa Thyssen). Como nos três primeiros matrimônios, o quinto também não deu certo. Se divorciaram em 1972.

Os últimos anos[editar | editar código-fonte]

Lex Barker, apesar de bonito e possuir grande cultura (era um poliglota, pois dominava 4 línguas), jamais se tornou um astro na "Meca do Cinema", Hollywood. Foi mais bem sucedido na Europa, principalmente na Alemanha, onde conseguiu maior notoriedade por seus desempenhos como "Old Shatterhand"" nas série de filmes cinematográficos do índio Winnetou(personagem criado por Karl May ) e em outras grandes produções alemãs.

A partir de 1969, Lex passa a dividir sua carreira entre a Alemanha e os Estados Unidos. Volta para Hollywood, para fazer pontas em algumas das famosas séries da televisão americana daquele momento, como "O Rei dos Ladrões"(com Robert Wagner), "FBI", e "Night Gallery".

Após o divórcio de seu quinto e último casamento, em 1972, Barker decidiu fixar- se de vez em Nova York, sua terra natal, com o restante de seus familiares. Três dias depois de completar 54 anos de idade, em 11 de maio de 1973, Lex sofreu um enfarte fulminante no calçadão de uma rua de Nova York, morrendo poucos instantes depois. Seu funeral foi restrito para os seus familiares. Os fotógrafos apenas conseguiram bater uma foto de seu caixão no carro funerário, antes de seguir para o crematório. Lex Barker foi cremado e suas cinzas guardadas com seus familiares.

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]