Libera Chat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Logotipo do Libera Chat

Libera Chat, estilizado Libera.Chat, é uma rede IRC para projetos de software livre e de código aberto. Foi fundada em 19 de maio de 2021[1] por ex-membros da equipe da Freenode, depois que a Freenode foi adquirida por Andrew Lee, fundador da Private Internet Access.[2][3]

História[editar | editar código-fonte]

Freenode[editar | editar código-fonte]

Christel Dahlskjaer, então chefe de equipe da Freenode, incorporou uma nova empresa chamada Freenode Limited e transferiu a propriedade para o empresário de tecnologia Andrew Lee em 2017,[4] que ela e Lee disseram ser exclusivamente para financiar a rede e executando as conferências Freenode #live.[3][5] De acordo com a equipe, eles não foram informados do conteúdo do acordo e foram informados de que isso não afetaria as operações diárias da Freenode, já que a empresa apenas administrava a conferência e nada mais.[6]

Em maio de 2021, vinte a trinta membros da equipe Freenode renunciaram após o que eles descreveram como uma tentativa de "aquisição hostil" por Lee.[3][5] Em fevereiro de 2021, Dahlskjaer adicionou o logotipo da Shells, uma empresa e serviço que Lee co-fundou, ao site da Freenode. Após as críticas da equipe, Dahlskjaer renunciou à liderança da Freenode logo depois. Após a renúncia de Dahlskjaer, a equipe da Freenode elegeu Tom Wesley (tomaw) como chefe da equipe e fez uma postagem no blog explicando as mudanças na liderança. A equipe alega que Lee removeu a postagem do blog pouco depois. Hackaday relatou que um associado de Andrew Lee, Shane Allen, foi registrado alegando que seria promovido a membro da equipe, e também foi registrado recrutando outros para a equipe. Hackaday também relatou que Allen ofereceu a presidente da equipe de segurança da Alpine Linux, Ariadne Conill, doações para seu projeto se ela se juntasse à equipe e apoiasse a reivindicação de Lee pela Freenode.[7] Em 11 de maio, Lee nomeou uma nova pessoa para supervisionar a infraestrutura da Freenode e publicou uma declaração acusando os membros da equipe de destituir Dahlskjaer. A equipe da Freenode demitiu-se em massa, e algumas declarações publicaram sua visão do que aconteceu. Alguns acusaram Lee de aplicar pressão legal a Wesley.

Lee negou essas alegações e disse haver fornecido à Freenode milhões de dólares e que os funcionários destituíram Dahlskjaer como chefe de equipe.[3][5] Lee também acusou Wesley de assediar Dahlskjaer e também de tentar uma "aquisição hostil".[6][8] Em um comunicado divulgado por Lee, ele disse que tem direito de acesso aos servidores da Freenode, pois é proprietário da Freenode Limited.

Libera Chat[editar | editar código-fonte]

Depois de se demitir da Freenode, alguns ex-funcionários criaram o Libera Chat em 19 de maio de 2021.[2][3] Eles descreveram a rede como uma sucessora da Freenode, que pretendem focar em "projetos de software livre e de código aberto e esforços colaborativos de espírito semelhante".[5] Desde 20 de maio de 2021 (2021 -05-20) alguns canais Freenode já haviam migrado para a nova rede, incluindo aqueles para as comunidades Vim e RepRap, e alguns, como cURL, disseram estarem se preparando para migrar.

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês cujo título é «Libera Chat».

Referências

  1. «Libera Chat». Libera Chat (em inglês). Consultado em 21 de maio de 2021. Cópia arquivada em 19 de maio de 2021 
  2. a b Beschizza, Rob (19 de maio de 2021). «Freenode IRC staff quit after new owner "seizes" control of network». Boing Boing (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2021. Cópia arquivada em 19 de maio de 2021 
  3. a b c d e Franceschi-Bicchierai, Lorenzo (19 de maio de 2021). «Developers Flee Open Source Project After 'Takeover' By Korean Crown Prince». Vice (em inglês). Consultado em 19 de maio de 2021. Cópia arquivada em 19 de maio de 2021 
  4. Dahlskjaer, Christel (12 de abril de 2017). «PIA and freenode joining forces». Freenode. Consultado em 21 de maio de 2021. Cópia arquivada em 20 de maio de 2021 
  5. a b c d Nardi, Tom (19 de maio de 2021). «Freenode debacle prompts staff exodus, new network». Hackaday. Consultado em 19 de maio de 2021. Cópia arquivada em 20 de maio de 2021 
  6. a b Claburn, Thomas (19 de maio de 2021). «Freenode IRC staff resign en masse, unhappy about new management». The Register. Consultado em 19 de maio de 2021. Cópia arquivada em 21 de maio de 2021 
  7. Ariadne Conill [@ariadneconill] (13 de maio de 2021). «during that conversation his associate contacted me. in that one, several bribes of staff privilege and money donation to alpine were offered. distfiles.dereferenced.org/stuff/nirvana-log.txt» (Tweet) – via Twitter 
  8. Lee, Andrew (19 de maio de 2021). «freenode statement». Consultado em 19 de maio de 2021. Cópia arquivada em 19 de maio de 2021 – via GitHub 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]