Copa Libertadores da América de 2003

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Libertadores 2003)
Ir para: navegação, pesquisa
Copa Libertadores da América de 2003
XLIV Copa Libertadores de América
Copa Toyota Libertadores 2003
Dados
Participantes 32
Organização CONMEBOL
Local de disputa Flags of the Union of South American Nations.gif América do Sul
Período 4 de fevereiro2 de julho
Gol(o)s 371
Partidas 126
Média 2,94 gol(o)s por partida
Campeão Argentina Boca Juniors (5º título)
Vice-campeão Brasil Santos
Melhor marcador 9 gols:
Melhor ataque (fase inicial) Brasil Santos – 16 gols
Melhor defesa (fase inicial) Colômbia Deportivo Cali – 3 gols
Maiores goleadas
(diferença)
Fénix Uruguai 6 – 1 México Cruz Azul
Estádio Luis FranziniMontevidéu
5 de março, Grupo 8
 
Corinthians Brasil 6 – 1 Uruguai Fénix
PacaembuSão Paulo
2 de abril, Grupo 8
◄◄ Libertadores 2002 Soccerball.svg Libertadores 2004 ►►

A Copa Libertadores da América de 2003 foi a 44ª edição da competição de futebol realizada todos os anos pela Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL). Equipes de nove associações sul-americanas mais o México participaram do torneio.

Numa reedição da final de 1963, o Boca Juniors conquistou o seu quinto título da competição ao superar o Santos, após vitória em ambas as partidas (2 a 0 em Buenos Aires e 3 a 1 em São Paulo).

Com o título, o clube pôde disputar a Copa Intercontinental de 2003, contra o Milan, da Itália, campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 2002-03, além de ter participado da Recopa Sul-Americana de 2004, contra o campeão da Sul-Americana de 2003.

Equipes classificadas[editar | editar código-fonte]

País Equipe Classificação
 Argentina
(4 vagas)
Racing Campeão do Torneio Apertura 2001
River Plate Campeão do Torneio Clausura 2002
Boca Juniors 3ª melhor pontuação na tabela agregada de 2002
Gimnasia y Esgrima 4ª melhor pontuação na tabela agregada de 2002
 Bolívia
(3 vagas)
Bolívar Campeão do Campeonato Boliviano 2002
Oriente Petrolero Vice-campeão do Campeonato Boliviano 2002
The Strongest 3º lugar no Campeonato Boliviano 2002
 Brasil
(4 vagas)
Corinthians Campeão da Copa do Brasil 2002
Paysandu Campeão da Copa dos Campeões 2002
Santos Campeão do Campeonato Brasileiro Série A 2002
Grêmio 3º colocado no Campeonato Brasileiro Série A 2002
 Chile
(3 vagas)
Universidad Católica Campeã do Torneio Apertura 2002
Colo-Colo Campeão do Torneio Clausura 2002
Cobreloa 3º colocado na tabela agregada de 2002
 Colômbia
(3 vagas)
América de Cali Campeão do Campeonato Apertura 2002
Independiente Medellín Campeão do Torneio Clausura 2002
Deportivo Cali 3º colocado no Campeonato Colombiano 2002
Equador
(3 vagas)
Emelec Campeão do Campeonato Equatoriano 2002
Barcelona Vice-campeão do Campeonato Equatoriano 2002
El Nacional 3º colocado no Campeonato Equatoriano 2002
 Paraguai
(3 vagas + atual campeão)
Olimpia Campeão da Libertadores 2002
Libertad Campeão do Campeonato Paraguaio 2002
12 de Octubre Vice-campeão do Campeonato Paraguaio 2002
Cerro Porteño Campeão da Pré-Libertadores 2002
 Peru
(3 vagas)
Sporting Cristal Campeão do Campeonato Descentralizado 2002
Universitario Vice-campeão do Campeonato Descentralizado 2002
Alianza Lima 3º colocado no Campeonato Descentralizado 2002
Uruguai
(3 vagas)
Nacional Campeão do Campeonato Uruguaio 2002
Peñarol Melhor pontuação na tabela agregada de 2002
Fénix Campeão da Miniliga Pré-Libertadores 2002
 México
(2 vagas)
Cruz Azul Convidado
Pumas UNAM Convidado

Mapa[editar | editar código-fonte]

Latin America - First level political divisions.svg

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

A primeira fase foi disputada entre 4 de fevereiro e 17 de abril. As duas melhores equipes de cada grupo se classificaram para a fase final.

Classificados para a fase final
Eliminados da competição

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Colômbia Deportivo Cali 12 6 4 0 2 9 3 +6
Argentina River Plate 12 6 4 0 2 10 7 +3
Paraguai Libertad 7 6 2 1 3 9 9 0
Equador Emelec 4 6 1 1 4 6 15 -9
  DCA RIV LIB EME
Deportivo Cali 2–0 1–0 1–0
River Plate 2–1 3–1 2–0
Libertad 1–0 0–2 2–2
Emelec 0–4 3–1 1–5

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Paysandu 14 6 4 2 0 14 5 +9
Paraguai Cerro Porteño 8 6 2 2 2 8 11 -3
Peru Sporting Cristal 7 6 2 1 3 6 7 -1
Chile Universidad Católica 4 6 1 1 4 7 12 -5
  PAY CPO SCR UCA
Paysandu 0–0 2–1 3–1
Cerro Porteño 2–6 1–0 3–2
Sporting Cristal 0–2 1–1 3–1
Universidad Católica 1–1 2–1 0–1

Grupo 3[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Santos 14 6 4 2 0 16 4 +12
Colômbia América de Cali 10 6 3 1 2 11 11 0
Equador El Nacional 6 6 1 3 2 4 6 -2
Paraguai 12 de Octubre 3 6 1 0 5 7 17 -10
  SAN AME ENA OCT
Santos 3–0 1–1 3–1
América de Cali 1–5 1–0 4–1
El Nacional 0–0 1–1 1–0
12 de Octubre 1–4 1–4 3–1

Grupo 4[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Chile Cobreloa 9 6 2 3 1 9 5 +4
Paraguai Olimpia 9 6 2 3 1 9 6 +3
Argentina Gimnasia y Esgrima 7 6 1 4 1 8 7 +1
Peru Alianza Lima 5 6 1 2 3 6 14 -8
  COB OLI GIM ALI
Cobreloa 2–3 0–0 4–0
Olimpia 0–0 4–1 0–1
Gimnasia y Esgrima 0–0 1–1 5–1
Alianza Lima 2–3 1–1 1–1

Grupo 5[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Grêmio 10 6 3 1 2 10 7 +3
México Pumas UNAM 9 6 3 0 3 8 8 0
Bolívia Bolívar 9 6 3 0 3 8 9 -1
Uruguai Peñarol 7 6 2 1 3 12 14 -2
  GRE PUM BOL PEN
Grêmio 3–2 1–0 4–1
Pumas UNAM 1–0 2–0 3–1
Bolívar 1–0 2–0 5–2
Peñarol 2–2 2–0 4–0

Grupo 6[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Argentina Racing 14 6 4 2 0 11 4 +7
Uruguai Nacional 10 6 3 1 2 12 10 +2
Peru Universitario 7 6 1 4 1 8 8 0
Bolívia Oriente Petrolero 1 6 0 1 5 4 13 -9
  RAC CNF UNI OPE
Racing 4–1 1–1 2–0
Nacional 1–2 2–0 3–0
Universitario 1–1 2–2 2–0
Oriente Petrolero 0–1 2–3 2–2

Grupo 7[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Colômbia Independiente Medellín 12 6 4 0 2 9 6 +3
Argentina Boca Juniors 11 6 3 2 1 10 7 +3
Equador Barcelona 5 6 1 2 3 8 10 -2
Chile Colo-Colo 5 6 0 1 5 6 10 -4
  IME BOC BAR COL
Independiente Medellín 1–0 1–0 2–0
Boca Juniors 2–0 2–1 2–2
Barcelona 2–4 2–2 2–0
Colo-Colo 2–1 1–2 1–1

Grupo 8[editar | editar código-fonte]

Equipe Pts J V E D GP GC SG
Brasil Corinthians 15 6 5 0 1 15 6 +9
México Cruz Azul 9 6 3 0 3 12 11 +1
Uruguai Fénix 6 6 2 0 4 10 14 -4
Bolívia The Strongest 6 6 2 0 4 6 12 -6
  COR CAZ FEN STR
Corinthians 1–0 6–1 4–1
Cruz Azul 3–0 4–0 3–2
Fénix 1–2 6–1 2–0
The Strongest 0–2 2–1 1–0

Classificação para a fase final[editar | editar código-fonte]

Pos. Primeiros dos grupos Pts J V E D GP GC SG Ap
1 Brasil Corinthians 15 6 5 0 1 15 6 +9 83%
2 Brasil Santos 14 6 4 2 0 16 4 +12 78%
3 Brasil Paysandu 14 6 4 2 0 14 5 +9 78%
4 Argentina Racing 14 6 4 2 0 11 4 +7 78%
5 Colômbia Deportivo Cali 12 6 4 0 2 9 3 +6 67%
6 Colômbia Independiente Medellín 12 6 4 0 2 9 6 +3 67%
7 Brasil Grêmio 10 6 3 1 2 10 7 +3 56%
8 Chile Cobreloa 9 6 2 3 1 9 5 +4 50%
Pos. Segundos dos grupos Pts J V E D GP GC SG Ap
9 Argentina River Plate 12 6 4 0 2 10 7 +3 67%
10 Argentina Boca Juniors 11 6 3 2 1 10 7 +3 61%
11 Uruguai Nacional 10 6 3 1 2 12 10 +2 55%
12 Colômbia América de Cali 10 6 3 1 2 11 11 0 55%
13 Paraguai Olimpia 9 6 2 3 1 9 6 +3 50%
14 México Cruz Azul 9 6 3 0 3 12 11 +1 50%
15 México Pumas UNAM 9 6 3 0 3 8 8 0 50%
16 Paraguai Cerro Porteño 8 6 2 2 2 8 11 -3 44%

Fase final[editar | editar código-fonte]

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 22 de abril a 15 de maio  20 a 29 de maio  4 a 19 de junho  25 de junho e 2 de julho
                                                 
 México Pumas UNAM 0 0 0  
 Chile Cobreloa 1 0 1  
   Chile Cobreloa 1 1 2  
   Argentina Boca Juniors 2 2 4  
 Argentina Boca Juniors 0 4 4
 Brasil Paysandu 1 2 3  
   Argentina Boca Juniors 2 4 6  
   Colômbia América de Cali 0 0 0  
 Argentina River Plate 2 2 4  
 Brasil Corinthians 1 1 2  
   Argentina River Plate 2 1 3
   Colômbia América de Cali 1 4 5  
 Colômbia América de Cali (pen) 1 0 1 (6)
 Argentina Racing 1 0 1 (5)  
   Argentina Boca Juniors 2 3 5
   Brasil Santos 0 1 1
 México Cruz Azul (pen) 0 0 0 (3)  
 Colômbia Deportivo Cali 0 0 0 (2)  
   México Cruz Azul 2 0 2
   Brasil Santos 2 1 3  
 Uruguai Nacional 4 2 6 (1)
 Brasil Santos (pen) 4 2 6 (3)  
   Brasil Santos 1 3 4
   Colômbia Independiente Medellín 0 2 2  
 Paraguai Olimpia 2 0 2  
 Brasil Grêmio 3 3 6  
   Brasil Grêmio 2 1 3
   Colômbia Independiente Medellín 2 2 4  
 Paraguai Cerro Porteño 0 1 1 (2)
 Colômbia Independiente Medellín (pen) 1 0 1 (4)  

Finais[editar | editar código-fonte]

Jogo de ida
25 de junho Boca Juniors Argentina 2 – 0 Brasil Santos Estádio La Bombonera, Buenos Aires

Marcelo Delgado Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32', Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Árbitro: ColômbiaCOL Óscar Ruiz
Jogo de volta
2 de julho Santos Brasil 1 – 3 Argentina Boca Juniors Estádio do Morumbi, São Paulo

Alex Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75' report Tévez Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21'
Marcelo Delgado Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Schiavi Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5' (pen)
Público: 74.395
Árbitro: UruguaiURU Jorge Larrionda

Premiação[editar | editar código-fonte]

Copa Libertadores da América de 2003
Argentina
BOCA JUNIORS
Campeão
(5º título)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]