Lido Vieri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lido Vieri
Informações pessoais
Data de nasc. 16 de julho de 1939 (80 anos)
Local de nasc. Piombino, Itália
Altura 1,83 m
Informações profissionais
Clubes de juventude
1954-1957 Itália Torino
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1957-1958
1958-1969
1969-1976
1976-1980
Itália Vigevano
Itália Torino
Itália Inter de Milão
Itália Pistoiese
Seleção nacional
1963-1970 Flag of Italy.svg Itália 04 000(0)
Times/Equipas que treinou
1980-1981
1981-1982
1982-1983
1983-1986
1986-1987
1987-1988
1988-1989
1994-1995
1995-1996
1996-1997
Itália Pistoiese
Itália Siracusa
Itália Massese
Itália Juve Stabia
Itália Massese
Itália Carrarese
Itália Juve Stabia
Itália Torino
Itália Torino
Itália Torino

Lido Vieri (Piombino, 16 de julho de 1939), é um ex-goleiro da Seleção Italiana de Futebol.[1][2]

Carreira como Jogador[editar | editar código-fonte]

No Clube[editar | editar código-fonte]

Ele foi contratado aos 15 anos pelo Torino: ele era um dos meninos que o Torino visava para reconstruir a equipe ainda prostrada pela tragédia de Superga.

Aos 18 anos, em 1957, ele foi emprestado ao Vigevano, retornando para o Torino no ano seguinte e estreando na Serie A em 21 de setembro de 1958 em um jogo contra o Alessandria. Ele permaneceu no clube até 1969. Ele fez 357 jogos (275 no campeonato, 46 ​​na Copa da Itália e 36 em competições europeias[3]), ele é até hoje o quinto jogador que mais vestiu a camisa grená na história. Com o clube ele ganhou a Copa da Itália em 1968 e na temporada de 1962-1963, ele ganhou o prestigiado "Prêmio Combi" como melhor goleiro da Serie A.

No verão de 1969, ele foi vendido para a Inter de Milão, com a equipe ele ganhou a Serie A na temporada 1970-1971; na mesma temporada, ele manteve a sua meta inviolável por 685 minutos, estabelecendo um recorde para os "nerazzurri" (mais tarde ultrapassado por Ivano Bordon).[4] Com o nerazzurri ele coleciona 199 jogos (140 na liga, 36 na Copa da Itália e 23 em competições europeias).

Ele deixou a Inter de Milão em 1976 para ir jogar no Pistoiese, na Serie C. Vieri contribuíu para a promoção da equipa para a Serie B na temporada 1976-1977 e a salvação na próxima temporada. No final da temporada 1979-1980, aos 41 anos, ele se aposentou para seguir carreira como treinador.

Na Seleção[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Italiana, ele disputou 4 jogos, ele esteve no elenco que foi campeão da Eurocopa de 1968 e vice-campeão da Copa do Mundo de 1970.[5]

Como Treinador[editar | editar código-fonte]

O primeiro trabalho como treinador de Lido Vieri foi no seu último clube como jogador, Pistoia, depois ele trabalho em clubes como: Syracuse, Massese, Carrara e Juventus Stabia em etapas.

Ele então mudou-se para trabalhar como treinador de goleiros no Torino e ficou lá até 2005. Em alguma ocasiões, Vieri também exerceu a função de treinador interino, após demissões dos técnicos principais.[6]

Na temporada 2005-2006, ele foi treinador dos goleiros de Pontassieve. Ele também trabalhou como instrutor na Escola de Futebol "Gabetto" em Turim e foi treinador de goleiros do Inter de Milão.

Em fevereiro de 2006, como personagem do passado e do presente de Turim, ele marchou no Estádio Olímpico na cerimônia de abertura dos XX Jogos Olímpicos de Inverno.

Estilo de Jogo[editar | editar código-fonte]

Um goleiro de personalidade forte e corpo robusto, destacou-se por sua elegância, sem contudo renunciar à concretude: tinha uma predisposição marcante para bloquear a bola ou, alternativamente, para repeli-la para os lados, para evitar possíveis rebatidas e produzir em intervenção oportuna em alto rendimento.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Torino

Inter de Milão

Pistoiese

Seleção Italiana

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Perfil na NFT». Consultado em 10 de fevereiro de 2016 
  2. «Perfil na Soccerway.com». Consultado em 10 de fevereiro de 2016 
  3. «Lido Vieri - Appearances in Serie A». www.rsssf.com. Consultado em 18 de setembro de 2018 
  4. «Lido Vieri». Wikipedia (em italiano). 4 de setembro de 2018 
  5. «La Stampa - Consultazione Archivio». www.archiviolastampa.it (em italiano). Consultado em 18 de setembro de 2018 
  6. «La Stampa - Consultazione Archivio». www.archiviolastampa.it (em italiano). Consultado em 18 de setembro de 2018 
  7. «Lido Vieri, il portiere marinaio che parava senza noia: "Ma ora usano i piedi"». La Repubblica. 29 de junho de 2014