Liga Balcânica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fronteiras nas guerras balcânicas.

A Liga Balcânica foi uma aliança realizada em 1912, composta pela Bulgária, Grécia, Montenegro e Reino da Sérvia, com o objetivo de conquistar os territórios europeus que ainda restavam à Turquia.

Oficialmente era um tratado defensivo na medida em que os estados integrantes se comprometiam a defender-se mutuamente em caso de agressão, o que não invalidou a criação de uma cláusula secreta que estabelecia a possibilidade de entrada em guerra caso o status quo dos Balcãs se visse ameaçado ou na assistência militar caso se registassem problemas internos nos Estados.

Uma característica desta aliança é a de que Montenegro não assinou nenhum documento dando como oficial a sua integração na Liga Balcânica.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MOTA, Carlos César Lima da Silva; CORVELO, Fernando Jorge Oliveira. História das relações internacionais (1815-1914) (2003)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.