Liga Independente Verdadeira Raízes das Escolas de Samba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Liga Independente Verdadeira Raízes das Escolas de Samba
(LIVRES)
Tipo Entidade carnavalesca
Fundação 20 de junho de 2019 [1]
Estado legal Ativa
Membros 9 Escolas de Samba
Presidente Raphaela Nascimento[2]
Sítio oficial LIVRES

A Liga Independente Verdadeira Raízes das Escolas de Samba (LIVRES) é uma liga de carnaval que organiza os Desfiles das Escolas de Samba dissidentes da LIESB realizados na Estrada Intendente Magalhães, na cidade do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

A LIVRES foi criada em 20 de junho de 2019, mesmo dia em que a Liga Independente das Escolas de Samba do Brasil realizava seu sorteio da ordem de desfile para o carnaval de 2020. Oito escolas de samba (Alegria da Zona Sul, Acadêmicos do Engenho da Rainha, Arame de Ricardo, Siri de Ramos, Tradição, União do Parque Curicica, Unidos de Lucas e Vizinha Faladeira) rompem com a LIESB e decidem alcançar melhor transparência no carnaval da Intendente Magalhães.[1][3] Na sua primeira apresentação, Raphaela Nascimento foi empossada como presidente da liga.[2] Em resposta a criação da LIVRES, a LIESB anuncia a fusão da Série B com a Série C, formando assim o Grupo Especial da Intendente Magalhães e criando o maior impasse acerca de quem administraria a terceira divisão do Carnaval Carioca,[4][5] pois a entidade alegava que era maioria da Série B e até pensava em levar seu desfile de volta ao Sambódromo.[6]

Após meses de brigas sobre quem teria a exclusividade de gerir a terceira divisão e as saídas de Caprichosos[7], Curicica[8] e Engenho da Rainha para a LIESB, a Riotur, em decisão conjunta, homologou a LIVRES desfilando na terça-feira de carnaval, após o Grupo Especial da Intendente Magalhães.[9] Após a definição, as entidades que compõem a LIVRES foram banidas da LIESB[10] e a direção da entidade questionou novamente a criação do Grupo Especial da Intendente Magalhães e a forma de tratamento da LIERJ com a LIESB.[11]

Após o carnaval de 2020, a LIVRES recebe as filiações de Feitiço do Rio,[12] Boi da Ilha do Governador,[13] [14] Pingo D'Água[15] e Canários das Laranjeiras, ao mesmo tempo em que Arame de Ricardo e Alegria da Zona Sul deixam a entidade e posteriormente se filiam a LIESB.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

# Nome Início Término Ref
Raphaela Nascimento 2019 atual [2]

Referências

  1. a b «Agremiações fundam nova liga no Carnaval carioca». Revista Carnaval. 20 de junho de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  2. a b c «Carnaval 2020 Entrevista com Rafaela Nascimento Presidente da LIVRES RJ». Caminhos do Rio. 22 de setembro de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  3. «Insatisfeitas com gestão atual, escolas de samba da série B criam nova liga independente». Giselle Ouchana, para O Globo. 20 de junho de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  4. «Racha entre ligas ameaça desfiles da Série B do Carnaval do Rio». Setor 1. 22 de agosto de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  5. Alba Valéria Mendonça, para G1 (31 de agosto de 2019). «A seis meses do carnaval, duas ligas disputam realização dos desfiles da Intendente Magalhães em 2020». Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  6. «Insatisfeitas com gestão atual, escolas de samba da série B criam nova liga independente». Jornal Extra. 26 de julho de 2019. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  7. SRzd (17 de janeiro de 2020). «Caprichosos se filia à Liesb e confirma desfile no Carnaval 2020». 18h30. Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  8. SRzd (22 de janeiro de 2020). «Mais uma agremiação deixa a Livres para se filiar à Liesb». Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  9. «Liesb e Livres entram em acordo com Riotur e desfilarão na Intendente no mesmo dia». SRZD. 26 de janeiro de 2020. Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  10. Carnavalesco (27 de janeiro de 2020). «Liesb divulga posição oficial sobre os desfiles na Intendente Magalhães». Consultado em 31 de janeiro de 2020 
  11. Revista Carnaval (27 de janeiro de 2020). «LIVRES divulga nota e diz que irá a Justiça por direito ao acesso à Série A». Consultado em 2 de fevereiro de 2020 
  12. Samba na Intendente (7 de maio de 2020). «Feitiço do Rio filia-se a liga LIVRES». Consultado em 3 de junho de 2020 
  13. Mundo do Carnaval (28 de maio de 2020). «Boi da Ilha do Governador se filia a Liga LIVRES RJ». Consultado em 3 de junho de 2020 
  14. Samba na Intendente (27 de maio de 2020). «Boi da Ilha do Governador se filia a Liga LIVRES RJ». Consultado em 3 de junho de 2020 
  15. Samba na Intendente (3 de julho de 2020). «Escola de São Gonçalo filia-se à LIVRES RJ»