Liga Sorocabana de Basquete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Liga Sorocabana
Liga Sorocabana de Basquete.png
Nome Liga Sorocabana de Basquete
Alcunhas LSB
Liga
Torcedor Sorocabano
Mascote Cavalo
Fundação 1997
Ginásios Ginásio Municipal Gualberto Moreira
Capacidade 3.000 espectadores
Localização Sorocaba, SP, Brasil
Presidente Rinaldo Rodrigues
Treinador Rinaldo Rodrigues
Liga Campeonato Paulista
Campeonato Brasileiro de Clubes CBB
Website www.lsbasquete.com.br
editar

A Liga Sorocabana de Basquete, ou simplesmente LSB, é um clube de basquete brasileiro com sede em Sorocaba, São Paulo.

História[editar | editar código-fonte]

A LSB foi criada em 1997 com apoio da prefeitura de Sorocaba, com a intenção de resgatar o basquete na cidade. Em 2010, a Liga Sorocabana chegou à sua maior conquista: o Torneio Novo Milênio, organizado pela Federação Paulista de Basketball. Na série final, a LSB fez 3 a 2 na Metodista/São Bernardo, após um playoff muito equilibrado.[1]

Em 2011, a equipe conseguiu a vaga para participar pela primeira vez da elite do basquete brasileiro, o Novo Basquete Brasil, ao vencer o Rio Claro na semifinal da Supercopa Brasil, à época a 2.ª Divisão do Basquete Brasileiro.[2] A cidade de Sorocaba não possuía uma equipe na elite do basquete nacional desde 1996, quando a equipe feminina do Atlético Sorocaba deixou de existir.[2] Na decisão da Supercopa de 2011, a Liga Sorocabana foi derrotada pelo Tijuca TC, por 77 a 73.[3] No NBB 2011-12, foi eliminada pelo Bauru na série oitavas de final, apesar de fazer três jogos equilibrados contra o adversário.[4] No NBB 12-13, a campanha se repetiu, desta vez a eliminição foi diante do Franca, também em três partidas.[5] A LSB participou do NBB até a temporada 2017-18, quando foi rebaixada (em 2014-15, o time foi rebaixado na tabela, mas voltou à elite na temporada seguinte pela desistência do Palmeiras).[6]

Em 2018, a Liga Sorocabana ajudou a organizar uma nova competição nacional, o Campeonato Brasileiro de Clubes da CBB.[7] A primeira edição foi considerada a terceira divisão do basquete brasileiro.[8] A equipe sorocabana terminou em quinto lugar. Em 2021, ficou com dois vice-campeonatos. O primeiro foi da Copa São Paulo, no primeiro semestre.[9] Já o segundo, foi no Campeonato Estadual da 1ª Divisão, competição de acesso ao Campeonato Paulista. Mesmo já integrando a elite estadual, a LSB participou do certame realizado no final de 2021, com o objetivo de se manter em atividade.[10]

Em 2022, a Liga Sorocabana voltou a disputar o Brasileiro de Clubes, com este já sendo considerado a segunda divisão do basquete brasileiro. Os sorocabanos fizeram uma campanha de superação, vencendo oponentes mais fortes e chegaram à decisão. Porém, foram derrotados pelo São José por 86 a 79, ficando assim com o segundo lugar.[11]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Outros torneios[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Liga Sorocabana (Basquete masculino)
Jogadores Comissão Técnica
Pos. # País Nome Altura Nascimento Último Clube
Técnico
  • Rinaldo Rodrigues
Auxiliar Técnico
Outros Membros
  • Neemyas Souza (Fisioterapeuta)
  • Eduardo dos Santos (Preparador Físico)
  • Millen Puccinelli (Médico)
  • Antônio Bispo de Jesus (Mordomo)



Legenda
  • (C) Capitão
  • (S) Suspenso
  • (J) Juvenil
  • (INJ) Contundido

Elenco


Últimas temporadas[editar | editar código-fonte]

Liga Sorocabana
Temporada Campeonato Brasileiro Copa Super 8 Champions League Liga Sul-Americana Campeonato Paulista Mundial Interclubes
Div. Pos. J V D Classificação Classificação Classificação Fase Máxima Classificação
2020/2021 —.º Não foi realizado Segunda fase
2021/2022 CBC (2.ª) 2.º 16 10 6 Primeira fase
2022/2023 —.º


Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Classificado à Champions League
     Classificado à Liga Sul-Americana

Equipes Anteriores[editar | editar código-fonte]

Liga Sorocabana
Temporada Técnico Jogadores Titulares
2011/2012 Brasil
Rinaldo Rodrigues
Estados Unidos
Dawkins
Brasil
Paulo Nery
Estados Unidos
Jeff Trepagnier
Brasil
Fabrício
Brasil
Mineiro
2012/2013 Brasil
Rinaldo Rodrigues
Estados Unidos
Dawkins
Brasil
Neto
Estados Unidos
Holloway
Brasil
Fabrício
Brasil
de Bem


Referências

  1. «LIGA SOROCABANA CONQUISTA TÍTULO DO NOVO MILÊNIO | Data Basket». Data Basket. Consultado em 17 de dezembro de 2017 
  2. a b Jornal Cruzeiro do Sul. «LSB vence Rio Claro e conquista vaga no NBB». Consultado em 13 de maio de 2011 
  3. «Tijuca campeão!». lnb.com.br. Consultado em 14 de maio de 2022 
  4. «Bauru busca a virada, elimina a Liga Sorocabana e avança às quartas do NBB». www.uol.com.br. Consultado em 15 de maio de 2022 
  5. «Quartas de final, aí vou eu!». lnb.com.br. Consultado em 15 de maio de 2022 
  6. «Resultados rebaixam Liga Sorocabana à 2ª divisão com três rodadas de antecedência». ge. Consultado em 15 de maio de 2022 
  7. «Com nova competição, CBB diz que tem o "dever de desenvolver o restante do basquete"». ge. Consultado em 15 de maio de 2022 
  8. Internet, Prática. «CBB realiza reunião para estruturação do Campeonato Brasileira Masculino Adulto no dia 23 de outubro». CBB realiza reunião para estruturação do Campeonato Brasileira Masculino Adulto no dia 23 de outubro. Consultado em 15 de maio de 2022 
  9. «Paulistano é campeão da Copa São Paulo Adulto Masculina – FPB». www.fpb.com.br. Consultado em 15 de maio de 2022 
  10. «Tatuí é bicampeão do Paulista da 1a. Divisão Masculina – FPB». www.fpb.com.br. Consultado em 15 de maio de 2022 
  11. Sul, Cruzeiro do (8 de maio de 2022). «LSB é vice do Brasileiro». Cruzeiro do Sul. Consultado em 15 de maio de 2022