Liga das Nações de Voleibol Feminino de 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Liga das Nações de Voleibol de 2022
Voleibol Volleyball pictogram.svg
Informações gerais
País-sede Fase final: Turquia Ancara, Turquia
Organizador FIVB
Período 31 de maio – 17 de julho
Participantes 16
Premiações
Campeão Itália (1º título)
Vice-campeão Brasil
Terceiro lugar Sérvia
MVP Itália Paola Egonu
◄◄ Itália Rimini 2021 Bola de volei de quadra.svg 2023 Flag of None.svg ►►
Página oficial da competição

A Liga das Nações de Voleibol Feminino de 2022 foi a quarta edição deste torneio, sendo promovido pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB). O torneio ocorreu de 31 de maio a 17 de julho, com as finais ocorrendo na cidade de Ancara, na Turquia.[1]

Campeã das três primeiras edições do torneio, a seleção dos Estados Unidos foi eliminada nas quartas de final pela Sérvia.[2] Na final inédita, a Itália venceu o Brasil por 3 sets a 0 e conquistou seu primeiro título da competição. Na disputa pelo terceiro lugar, a Sérvia venceu a seleção anfitriã da fase final por 3 sets a 0 e subiu ao pódio pela primeira vez.[3] A oposta italiana Paola Egonu foi eleita a melhor jogadora da competição (MVP).[4]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Segue-se o quadro com as dezesseis seleções qualificadas para a Liga das Nações de 2022.[5] Entre parênteses está a posição de cada equipe no ranking da FIVB antes do início da competição.

No dia 1 de março de 2022, a FIVB declarou que as seleções da Rússia e da Bielorrússia não estavam elegíveis para participar em suas competições devido aos conflitos armados na Ucrânia.[6] Em 5 de abril do mesmo ano, foi anunciado a Bulgária como seleção substituta da Rússia na competição, além da troca do local de disputa do Grupo 6 da semana 3.[7]

Somente as equipes desafiantes podem ser rebaixadas para a Challenger Cup.

Qualificação[5] Qualificadas
Equipes obrigatórias Alemanha (11)
Brasil (2)
China (3)
Coreia do Sul (14)
Estados Unidos (1)
Itália (6)
Japão (9)
Países Baixos (10)
Sérvia (5)
Tailândia (19)
Turquia (4)
Equipes desafiantes Bélgica (13)
Bulgária (15)
Canadá (18)
Polônia (12)
República Dominicana (7)

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Fase preliminar

As dezesseis seleções participantes foram divididas em dois grupos de oito seleções cada. Durante as três semanas de competições da fase classificatória, cada equipe jogou um total de 12 partidas, consistindo em quatro partidas entre a terça e o domingo de cada semana.[8]

Fase final

A fase final foi composta pelas oito melhores equipes da fase classificatória. Consistiu em oito partidas no total: quatro jogos nas quartas de final, duas semifinais e as disputas pelo terceiro lugar e pelo título do campeonato.[8]

Calendário[editar | editar código-fonte]

O resultado do sorteio dos grupos foi realizado em 7 de dezembro de 2021.[9]

Primeira semana: 31 de maio – 5 de junho
Grupo 1
 Estados Unidos
Grupo 2
 Turquia
Segunda semana: 14–19 de junho
Grupo 3
 Brasil
Grupo 4
Filipinas
Terceira semana: 28 de junho – 3 de julho
Grupo 5
 Canadá
Grupo 6
 Bulgária
Fase final: 13–17 de julho
 Turquia

Locais[editar | editar código-fonte]

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Primeira semana
Grupo 1 Grupo 2
Brookshire Grocery Arena
Estados Unidos ShreveportBossier City, Estados Unidos
Ankara Arena
Turquia Ancara, Turquia
Capacidade: 14 000 Capacidade: 10 400
CenturyTel Center.png Ankara asv2021-10 img20 Ankara Arena.jpg
Segunda semana
Grupo 3 Grupo 4
Ginásio Nilson Nelson
Brasil Brasília, Brasil
Smart Araneta Coliseum
Filipinas Cidade Quezon, Filipinas
Capacidade: 11 105 Capacidade: 15 000
Ginásio Nilson Nelson - Brasilia - DSC00168.JPG Araneta Coliseum (Araneta Center, Cubao, Quezon City)(2017-08-13).jpg
Terceira semana
Grupo 5 Grupo 6
Seven Chiefs Sportsplex
Canadá Calgary, Canadá
Arena Armeec
Bulgária Sófia, Bulgária
Capacidade: 5 000 Capacidade: 15 000
7-Chiefs-Sportsplex Ext-5-Lo-Res-940x627.jpg Арена Армеец София.jpg

Fase final[editar | editar código-fonte]

Fase final
Ankara Arena
Turquia Ancara, Turquia
Ankara asv2021-10 img20 Ankara Arena.jpg
Capacidade: 10 400

Critérios de classificação no grupo[editar | editar código-fonte]

  1. Número de vitórias;
  2. Pontos;
  3. Razão de sets;
  4. Razão de pontos;
  5. Resultado da última partida entre os times empatados.
  • Placar de 3–0 ou 3–1: 3 pontos para o vencedor, nenhum para o perdedor;
  • Placar de 3–2: 2 pontos para o vencedor, 1 para o perdedor.

Fase preliminar[editar | editar código-fonte]

Tabela[editar | editar código-fonte]

Classificados para a fase final
Classificado para a fase final (país-sede)
Rebaixado para a Challenger Cup de 2022
Jogos Resultados Sets Pontos
Pos Equipe Pts T V D 3–0 3–1 3–2 2–3 1–3 0–3 V P R V P R
1 Estados Unidos 32 12 11 1 8 2 1 0 0 1 33 7 4.714 961 810 1.186
2 Brasil 29 12 10 2 5 4 1 0 1 1 31 12 2.583 997 898 1.110
3 Itália 29 12 10 2 4 5 1 0 1 1 31 13 2.385 1021 888 1.150
4 China 26 12 8 4 3 5 0 2 1 1 29 17 1.706 1046 923 1.133
5 Japão 25 12 8 4 5 2 1 2 2 0 30 16 1.875 1042 931 1.119
6 Sérvia 23 12 8 4 2 4 2 1 1 2 27 20 1.350 1042 1044 0.998
7 Turquia 23 12 7 5 4 3 0 2 3 0 28 18 1.556 1060 966 1.097
8 Tailândia 15 12 5 7 3 0 2 2 3 2 22 25 0.880 994 1049 0.948
9 República Dominicana 14 12 5 7 1 2 2 1 2 4 19 27 0.704 926 1039 0.891
10 Alemanha 14 12 4 8 1 3 0 2 4 2 20 27 0.741 1045 1057 0.989
11 Países Baixos 14 12 4 8 1 2 1 3 2 3 20 28 0.714 1010 1047 0.965
12 Canadá 12 12 4 8 2 2 0 0 5 3 17 26 0.654 961 989 0.972
13 Polônia 12 12 4 8 1 1 2 2 2 4 18 29 0.621 1005 1049 0.958
14 Bulgária 12 12 4 8 2 1 1 1 0 7 14 27 0.519 867 914 0.949
15 Bélgica 8 12 4 8 0 0 4 0 6 2 18 32 0.563 1034 1130 0.915
16 Coreia do Sul 0 12 0 12 0 0 0 0 3 9 3 36 0.083 701 978 0.717

Primeira semana[editar | editar código-fonte]

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
31 mai 17:00 Alemanha 1–3 Brasil 27–29 25–23 25–27 21–25   98–104 Relatório
31 mai 20:00 Estados Unidos 3–0 República Dominicana 25–21 25–17 25–18     75–56 Relatório
1 jun 17:00 Polônia 3–1 Canadá 20–25 25–22 25–23 25–20   95–90 Relatório
1 jun 20:00 Coreia do Sul 0–3 Japão 17–25 16–25 11–25     44–75 Relatório
2 jun 14:00 Brasil 3–0 Polônia 25–23 25–21 25–22     75–66 Relatório
2 jun 17:00 Alemanha 2–3 Japão 27–25 25–23 20–25 22–25 12–15 106–113 Relatório
2 jun 20:00 Canadá 3–0 República Dominicana 25–18 25–15 25–18     75–51 Relatório
3 jun 14:00 Alemanha 3–0 Coreia do Sul 25–22 25–15 25–16     75–53 Relatório
3 jun 17:00 República Dominicana 1–3 Brasil 9–25 25–16 18–25 17–25   69–91 Relatório
3 jun 20:00 Estados Unidos 3–0 Canadá 25–14 25–22 25–19     75–55 Relatório
4 jun 14:00 Coreia do Sul 0–3 Polônia 9–25 23–25 11–25     43–75 Relatório
4 jun 17:00 República Dominicana 1–3 Japão 17–25 25–20 21–25 10–25   73–95 Relatório
4 jun 20:00 Estados Unidos 3–0 Brasil 25–21 25–20 25–18     75–59 Relatório
5 jun 12:00 Polônia 3–2 Alemanha 27–25 25–22 14–25 23–25 15–7 104–104 Relatório
5 jun 15:00 Japão 3–0 Estados Unidos 25–22 25–20 25–20     75–62 Relatório
5 jun 18:00 Coreia do Sul 0–3 Canadá 21–25 13–25 16–25     50–75 Relatório

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
31 mai 15:30 Tailândia 3–0 Bulgária 25–20 25–22 25–20     75–62 Relatório
31 mai 18:30 Turquia 3–0 Itália 25–20 25–19 25–19     75–58 Relatório
1 jun 15:30 Bélgica 1–3 Sérvia 25–14 16–25 17–25 22–25   80–89 Relatório
1 jun 18:30 China 3–1 Países Baixos 16–25 25–22 25–23 25–23   91–93 Relatório
2 jun 13:00 Tailândia 3–2 Sérvia 25–23 25–27 25–20 20–25 15–12 110–107 Relatório
2 jun 16:00 Bulgária 3–2 Países Baixos 25–15 12–25 19–25 25–15 15–7 96–87 Relatório
2 jun 19:00 Bélgica 1–3 Itália 25–21 19–25 23–25 20–25   87–96 Relatório
3 jun 13:00 Sérvia 3–0 Bulgária 26–24 25–15 26–24     77–63 Relatório
3 jun 16:00 Países Baixos 0–3 Itália 19–25 15–25 15–25     49–75 Relatório
3 jun 19:00 Turquia 1–3 China 16–25 25–20 16–25 22–25   79–95 Relatório
4 jun 13:00 Tailândia 2–3 Bélgica 22–25 25–18 25–23 21–25 13–15 106–106 Relatório
4 jun 16:00 China 3–1 Itália 25–13 20–25 25–22 25–18   95–78 Relatório
4 jun 19:00 Bulgária 0–3 Turquia 19–25 21–25 16–25     56–75 Relatório
5 jun 13:00 Sérvia 3–2 Países Baixos 27–25 25–16 17–25 22–25 15–13 106–104 Relatório
5 jun 16:00 Tailândia 3–2 China 25–23 13–25 14–25 25–23 15–11 92–107 Relatório
5 jun 19:00 Turquia 3–1 Bélgica 15–25 25–21 25–21 25–15   90–82 Relatório

Segunda semana[editar | editar código-fonte]

Grupo 3[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
14 jun 18:00 Países Baixos 1–3 Alemanha 20–25 19–25 25–12 22–25   86–87 Relatório
14 jun 21:00 Sérvia 1–3 Itália 25–21 14–25 15–25 20–25   74–96 Relatório
15 jun 18:00 República Dominicana 3–0 Coreia do Sul 25–21 25–17 25–13     75–51 Relatório
15 jun 21:00 Brasil 3–1 Turquia 19–25 25–23 25–23 25–23   94–94 Relatório
16 jun 15:00 Sérvia 3–0 Coreia do Sul 40–38 25–22 25–22     90–82 Relatório
16 jun 18:00 Itália 3–2 República Dominicana 25–23 20–25 25–19 16–25 15–12 101–104 Relatório
16 jun 21:00 Países Baixos 0–3 Brasil 16–25 15–25 23–25     54–75 Relatório
17 jun 15:00 Alemanha 0–3 Itália 19–25 22–25 25–27     66–77 Relatório
17 jun 18:00 Sérvia 3–2 Turquia 25–19 15–25 20–25 25–22 15–13 100–104 Relatório
17 jun 21:00 Países Baixos 2–3 República Dominicana 25–23 20–25 21–25 25–15 7–15 98–103 Relatório
18 jun 15:00 Itália 3–1 Brasil 25–17 25–15 14–25 25–14   89–71 Relatório
18 jun 18:00 Alemanha 0–3 Turquia 22–25 21–25 22–25     65–75 Relatório
18 jun 21:00 Países Baixos 3–0 Coreia do Sul 25–11 25–21 25–18     75–50 Relatório
19 jun 10:00 Brasil 3–0 Sérvia 25–21 25–9 25–21     75–51 Relatório
19 jun 13:00 Alemanha 1–3 República Dominicana 23–25 23–25 25–11 25–27   96–88 Relatório
19 jun 16:00 Turquia 3–1 Coreia do Sul 20–25 25–13 25–19 25–15   95–72 Relatório

Grupo 4[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
14 jun 15:00 Canadá 0–3 Tailândia 19–25 22–25 24–26     65–76 Relatório
14 jun 19:00 Japão 3–0 Polônia 25–21 25–21 25–21     75–63 Relatório
15 jun 15:00 Bulgária 0–3 Estados Unidos 20–25 22–25 20–25     62–75 Relatório
15 jun 19:00 China 3–0 Bélgica 25–19 25–22 25–14     75–55 Relatório
16 jun 11:00 Polônia 3–2 Tailândia 22–25 27–29 25–16 25–16 15–13 114–99 Relatório
16 jun 15:00 Canadá 3–1 Bélgica 25–22 25–21 22–25 25–22   97–90 Relatório
16 jun 19:00 Bulgária 0–3 Japão 20–25 16–25 23–25     59–75 Relatório
17 jun 11:00 Polônia 0–3 Estados Unidos 12–25 21–25 16–25     49–75 Relatório
17 jun 15:00 China 3–1 Canadá 25–16 18–25 25–12 25–18   93–71 Relatório
17 jun 19:00 Japão 3–0 Tailândia 25–22 25–16 25–14     75–52 Relatório
18 jun 11:00 Bulgária 3–0 Canadá 26–24 25–22 25–21     76–67 Relatório
18 jun 15:00 Bélgica 3–2 Polônia 25–20 15–25 25–22 22–25 15–13 102–105 Relatório
18 jun 19:00 Estados Unidos 3–0 China 25–21 25–23 25–21     75–65 Relatório
19 jun 11:00 Bulgária 2–3 Bélgica 22–25 23–25 25–20 25–20 15–17 110–107 Relatório
19 jun 15:00 Tailândia 1–3 Estados Unidos 25–17 13–25 23–25 18–25   79–92 Relatório
19 jun 19:00 Japão 3–1 China 19–25 25–16 25–23 25–12   94–76 Relatório

Terceira semana[editar | editar código-fonte]

Grupo 5[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
28 jun 17:00 Sérvia 3–1 Alemanha 17–25 25–16 25–21 25–18   92–80 Relatório
28 jun 20:00 Canadá 3–1 Turquia 25–22 21–25 25–22 25–23   96–92 Relatório
29 jun 17:00 Japão 2–3 Países Baixos 25–23 20–25 26–24 21–25 10–15 102–112 Relatório
29 jun 20:00 Bélgica 0–3 Estados Unidos 16–25 21–25 19–25     56–75 Relatório
30 jun 14:00 Turquia 3–0 Países Baixos 25–23 25–11 25–21     75–55 Relatório
30 jun 17:00 Alemanha 3–1 Bélgica 20–25 25–18 25–22 25–20   95–85 Relatório
30 jun 20:00 Estados Unidos 3–0 Sérvia 25–17 33–31 25–16     83–64 Relatório
1 jul 14:00 Bélgica 1–3 Países Baixos 25–21 24–26 20–25 21–25   90–97 Relatório
1 jul 17:00 Turquia 3–1 Japão 25–20 25–15 18–25 25–22   93–82 Relatório
1 jul 20:00 Sérvia 3–1 Canadá 25–20 25–14 20–25 25–22   95–81 Relatório
2 jul 14:00 Turquia 2–3 Estados Unidos 22–25 25–18 25–27 25–23 16–18 113–111 Relatório
2 jul 17:00 Japão 1–3 Sérvia 25–22 20–25 19–25 22–25   86–97 Relatório
2 jul 20:00 Alemanha 3–1 Canadá 25–19 19–25 27–25 25–23   96–92 Relatório
3 jul 11:00 Bélgica 3–2 Japão 25–16 18–25 25–19 11–25 15–10 94–95 Relatório
3 jul 14:00 Estados Unidos 3–1 Alemanha 25–17 25–13 13–25 25–22   88–77 Relatório
3 jul 17:00 Países Baixos 3–1 Canadá 22–25 27–25 26–24 25–23   100–97 Relatório

Grupo 6[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
28 jun 17:00 China 2–3 Brasil 20–25 23–25 25–18 25–21 11–15 104–104 Relatório
28 jun 20:00 República Dominicana 0–3 Bulgária 15–25 13–25 21–25     49–75 Relatório
29 jun 17:00 Tailândia 3–0 Coreia do Sul 25–11 25–22 25–17     75–50 Relatório
29 jun 20:00 Itália 3–1 Polônia 25–27 25–20 28–26 25–18   103–91 Relatório
30 jun 13:30 Tailândia 1–3 República Dominicana 25–22 23–25 23–25 21–25   92–97 Relatório
30 jun 16:30 Polônia 0–3 China 8–25 23–25 20–25     51–75 Relatório
30 jun 20:00 Coreia do Sul 0–3 Brasil 17–25 19–25 13–25     49–75 Relatório
1 jul 13:30 China 3–0 República Dominicana 25–19 25–16 25–15     75–50 Relatório
1 jul 16:30 Itália 3–1 Coreia do Sul 25–17 23–25 25–15 25–19   98–76 Relatório
1 jul 20:00 Brasil 3–0 Bulgária 25–21 25–20 25–18     75–59 Relatório
2 jul 13:30 República Dominicana 3–2 Polônia 20–25 38–26 25–20 13–25 15–9 111–105 Relatório
2 jul 16:45 Brasil 3–1 Tailândia 25–18 26–24 23–25 25–23   99–90 Relatório
2 jul 20:00 Itália 3–0 Bulgária 25–12 25–19 25–21     75–52 Relatório
3 jul 13:30 China 3–1 Coreia do Sul 25–13 19–25 25–19 26–24   95–81 Relatório
3 jul 16:30 Tailândia 0–3 Itália 20–25 14–25 14–25     48–75 Relatório
3 jul 20:00 Polônia 1–3 Bulgária 25–22 13–25 17–25 22–25   77–97 Relatório

Fase final[editar | editar código-fonte]

Quartas de final Semifinais Final
                   
14 de julho        
  Turquia  3
16 de julho
  Tailândia  1  
  Turquia  0
14 de julho
    Itália  3  
  Itália  3
17 de julho
  China  1  
  Itália  3
13 de julho
    Brasil  0
  Estados Unidos  2
16 de julho
  Sérvia  3  
  Sérvia  1 Terceiro lugar
13 de julho
    Brasil  3  
  Brasil  3   Turquia  0
  Japão  1     Sérvia  3
17 de julho
  • As partidas seguem o horário local (UTC+3).

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
13 jul 15:00 Brasil 3–1 Japão 29–27 28–26 20–25 25–14   102–92 Relatório
13 jul 18:30 Estados Unidos 2–3 Sérvia 27–29 23–25 25–20 25–20 13–15 113–109 Relatório
14 jul 15:00 Itália 3–1 China 25–22 25–19 24–26 25–22   99–89 Relatório
14 jul 18:30 Turquia 3–1 Tailândia 23–25 25–15 25–18 25–21   98–79 Relatório

Semifinais[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
16 jul 15:00 Sérvia 1–3 Brasil 25–14 18–25 24–26 19–25   86–90 Relatório
16 jul 18:30 Turquia 0–3 Itália 18–25 26–28 22–25     66–78 Relatório

Terceiro lugar[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
17 jul 15:00 Turquia 0–3 Sérvia 25–27 17–25 24–26     66–78 Relatório

Final[editar | editar código-fonte]

Data Hora Placar Set 1 Set 2 Set 3 Set 4 Set 5 Total Relatório
17 jul 18:30 Itália 3–0 Brasil 25–23 25–22 25–22     75–67 Relatório

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Fonte: Volleyball World

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

A seleção do campeonato foi composta pelas seguintes jogadoras:[4]

Volleyball Half Court.png

Oposta:
Egonu
Itália
1ª bloqueadora:
Stevanović
Sérvia
1ª atacante:
Bosetti
Itália
2ª atacante:
Gabi
Brasil
2ª bloqueadora:
Carol
Brasil
Levantadora:
Orro
Itália
Líbero: Itália De Gennaro

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Turquia receberá as finais da VNL feminina». Webvolei. Consultado em 12 de abril de 2022 
  2. «Sérvia elimina Estados Unidos e vai enfrentar Brasil nas semifinais da VNL». UOL. Consultado em 18 de julho de 2022 
  3. «Italy sweep Brazil to triumph as first-time VNL champs» (em inglês). Volleyball World. Consultado em 17 de julho de 2022 
  4. a b «Paola Egonu's fantastic performance crowned with MVP award» (em inglês). Volleyball World. Consultado em 18 de julho de 2022 
  5. a b «VNL 2022 Competition Formula» (em inglês). FIVB. Consultado em 28 de junho de 2022 
  6. «FIVB Declares Russia And Belarus Not Eligible For International And Continental Competitions». FIVB (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2022 
  7. «Poland And Bulgaria To Host Pools Of The Volleyball Nations League 2022». FIVB (em inglês). Consultado em 6 de abril de 2022 
  8. a b «New Volleyball Nations League format announced». volleyballworld.com (em inglês). 13 de agosto de 2021. Consultado em 6 de janeiro de 2022 
  9. «Volleyball World announces host cities for 2022 Volleyball Nations League». volleyballworld.com (em inglês). 7 de dezembro de 2021. Consultado em 6 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]