Liga de Basquete Feminino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Liga de Basquete Feminino (LBF)
Temporada ou competição atual:
Basketball current event.svg Liga de Basquete Feminino de 2016-17
LBF.jpg
Esporte Basquete
Fundada Maio de 2010
São Paulo, São Paulo, Brasil
CEO Márcio Cattaruzzi
Temporada inaugural 2010-11
País(es)  Brasil
Continente Flags of South American Conmebol Members.gif América do Sul
FIBA Américas
Equipes 6
Atual campeão São Paulo Corinthians/ADCF Unimed/Americana
Maior campeão São Paulo ADCF Unimed/Americana
TV SporTV
Site oficial LBF.com.br

A Liga de Basquete Feminino é a liga oficial de basquete feminino do Brasil, organizada com a chancela da Confederação Brasileira de Basketball, em substituição ao antigo Campeonato Brasileiro de Basquete Feminino. É reconhecida pela FIBA (a Federação Internacional de Basquete) como a liga de basquete feminino do Brasil. O Basquete é um dos esportes mais populares do Brasil, sendo que a seleção já foi uma das principais da modalidade.

Criada pela Liga Nacional de Basquete em maio de 2010 e mantendo sede em São Paulo, a LBF atualmente é presidida por Márcio Cattaruzzi e organizada pelos clubes e federações, em uma parceria com a Sportv. Na sua terceira edição, devido a uma crise financeira, não houve jogos em 2012; apenas em 2013 a disputa foi retomada em turno único e saindo logo para as finais.

História[editar | editar código-fonte]

Torneios Anteriores[editar | editar código-fonte]

Taça Brasil[editar | editar código-fonte]

A Taça Brasil foi o primeiro torneio oficial de basquete do Brasil, criado pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), realizando 13 edições entre 1984 e 1997, sendo conquistado por 8 times diferentes, e o principal campeão sendo o UNIMEP, com 3 títulos.

Campeonato Nacional[editar | editar código-fonte]

Em 1998, a Taça Brasil mudou de nome para Campeonato Nacional, com um formato mais organizado de uma temporada por ano. O Campeonato foi conquistado por 8 times diferentes, sendo Ourinhos o principal campeão, com 5 títulos.

Liga de Basquete Feminino: Primeiros Anos (7 a 9 equipes)[editar | editar código-fonte]

A Liga de Basquete Feminino foi criada pela LNB. A LNB contava, na primeira temporada, com 8 clubes associados, que participam da LBF, que é organizado pelos clubes, em parceria com o Sportv e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Os jogos acontecem de acordo com as regras da FIBA.

Temporada[editar | editar código-fonte]

Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

A temporada regular da LBF geralmente começa no final de Novembro e vai até final de Fevereiro.

A temporada regular funciona em um sistema onde todos os times se enfrentam 2 vezes (um jogo em casa, um fora), onde os 2 principais times se classificam para as Semifinais automaticamente, e os próximos 4 na classificação (3º ao 6º colocados) decidem as outras 2 vagas.

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Os playoffs começam logo após o fim da temporada regular, com as partidas entre os times que ficaram entre 3º e 6º na tabela, onde o melhor colocado enfrenta o pior e assim por diante, buscando as 2 vagas restantes para a Fase Final, em confrontos de 3 jogos.

A fase final dos playoffs é decida entre os 2 primeiros colocados e os vencedores dos playoffs classificatórios, onde, entre os classificados, os confrontos são definidos pela colocação na temporada regular. Os times fazem confrontos de Semi-final, para ir à Final da LBF.

A Grande Final decide o campeão da temporada da LBF, decidida em 3 jogos, menos na 1ª edição onde foi em apenas um jogo.

Edições[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: LBF Finais
Ano Campeão Placar(es) Vice 3º lugar 4º lugar
2010-11
Detalhes
São Paulo
Santo André
1 – 0 São Paulo
Ourinhos
São Paulo
Americana
São Paulo
Catanduva
2011-12
Detalhes
São Paulo
Americana
2 – 0 São Paulo
Ourinhos
São Paulo
Catanduva
São Paulo
Santo André
2013
Detalhes
Pernambuco
Sport
2 – 0 São Paulo
Americana
Maranhão
Maranhão
São Paulo
São José
2013-14
Detalhes
São Paulo
Americana
2 – 0 Pernambuco
Sport
São Paulo
São José
Maranhão
Maranhão
2014-15
Detalhes
São Paulo
Americana
2 – 1 Pernambuco
América
São Paulo
São José
Maranhão
Maranhão
2015-16
Detalhes
Maranhão
Sampaio Corrêa
3 - 1 São Paulo
Corinthians/ADCF Unimed/Americana
Pernambuco
América
Maranhão
Maranhão
2016-17
Detalhes
São Paulo
Corinthians/Americana
3 -2 Pernambuco
Uninassau
São Paulo
Santo André
Maranhão
Sampaio Corrêa

Títulos[editar | editar código-fonte]

Por equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Títulos Vices 3º lugar 4º lugar
São Paulo Americana 4 (2011-12, 2013-14,2014-15 e 2016-17) 2 (2012-13, 2015-16) 1 (2010-11) 0
Pernambuco Sport 1 (2013) 1 (2013-14) 0 0
São Paulo Corinthians 1 (2016-17) 1 (2015-16) 0 0
São Paulo Santo André 1 (2010-11) 0 2 (2011-12 e 2016-17) 1 (2011-12)
MaranhãoSampaio Corrêa 1 (2015-16) 0 0 1 (2016-17)
São Paulo Ourinhos 0 2 (2010-11 e 2011-12) 0 0
São Paulo São José 0 0 2 (2013-14 e 2014-15) 1 (2012-13)
Maranhão Maranhão 0 0 1 (2012-13) 3 (2013-14 e 2014-15, 2015-16)
São Paulo Catanduva 0 0 1 (2011-12) 1 (2010-11)
Pernambuco América 0 2 (2014-15 e 2016-17) 1 (2015-16) 0

Por federação[editar | editar código-fonte]

Estado Títulos Vices 3º lugar 4º lugar
 São Paulo 5 4 4 3
 Pernambuco 1 2 1 0
 Maranhão 1 0 1 3

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Melhor Jogadora

Cestinha

Histórico das equipes[editar | editar código-fonte]

Equipe 2010-11 2011-12 2013 2013-14 2014-15 2015-16 2016-17 Participações
São Paulo Americana 7
Pernambuco América 3
São Paulo Araçatuba 2
São Paulo Barretos 1
Santa Catarina Blumenau 1
Distrito Federal (Brasil) Brasília 10º 1
São Paulo Catanduva 2
São Paulo Guarulhos 1
Santa Catarina Jaraguá 1
Santa Catarina Joinville BA 1
Rio de Janeiro Mangueira 1
Maranhão Maranhão 5
São Paulo Ourinhos 4
São Paulo Presidente Venceslau 3
São Paulo Rio Claro 1
Maranhão Sampaio Corrêa 4
São Paulo Santo André 4
São Paulo São Caetano 2
São Paulo São José 4
Pernambuco Sport 3

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]