Like a Stone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Like a Stone"
Single de Audioslave
do álbum Audioslave
Lançamento 2003
Formato(s) CD single
Gênero(s) Hard rock, Rock Alternativo
Duração 4:54
Gravadora(s) Epic
Composição Cornell, Morello, Commerford, B. Wilk
Produção Rick Rubin e Simon Askew
Cronologia de singles de Audioslave
Último
Último
"Cochise"
(2002)
"Show Me How To Live"
(2003)
Próximo
Próximo

"Like a Stone" é o segundo single do disco de estréia do Audioslave, que tem o mesmo nome da banda, Audioslave, lançado em 2002. A música gira em torno de um simples riff de guitarra, e apresenta uma das marcas registradas de Tom Morello, solos agudos utilizando o Whammy Digitech.

Esse é o single de maior sucesso lançado do álbum, tendo alcançado o primeiro lugar na lista Billboard Mainstream Rock Tracks e na lista Modern Rock Tracks, além do 31° lugar na lista do Billboard Hot 100.

"Like a stone" é o single de maior sucesso da banda e foi premiado como disco de ouro pela RIAA.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Like a Stone" - 4:57
  2. "Like a Stone (Live BBC Radio 1 Session)" - 4:58
  3. "Gasoline (Live BBC Radio 1 Session)" - 4:45
  4. "Set It Off" (Live from Letterman) - 4:01
  5. "Super Stupid (Live BBC Radio 1 Session)"
  6. "Like a Stone (Vídeoclipe)"

Informações sobre a música[editar | editar código-fonte]

O baixista Tim Commerford explicou que a música narra um velho homem à espera da morte. Ele senta sozinho em sua casa depois que todos os seus amigos e sua família se foram (desta vida). Ele está à espera de reencontrá-los.[1] [2]

Porém, enquanto Commerford pensa que originalmente a música fala sobre amor e romance, Chris Cornell explica: "É uma canção que aborda a concentração na vida seguinte que você deseja, tanto quanto um monoteísta: Você trabalha duro toda a sua vida para ser uma pessoa moral, agradável e generosa... E você irá para o inferno de qualquer jeito."[3]

A melancolia e certas partes da letra de "Like a Stone" induziu alguns a pensar se Cornell não teria escrito a música para o antigo cantor do Alice in Chains, Layne Staley, que morreu em Abril de 2002. A resposta de Cornell quanto aos boatos foi: "Não. Eu não sou um desses caras que, quando algo acontece, eles dizem 'Bem, 11/9, hoje é dia 12/9, deixe-me escrever algo sobre o assunto'. Eu escrevi a letra depois que ele morreu. Você pode facilmente interpretar mal esse assunto, mas eu não preciso sentar-me e planejar escrever sobre um fato específico. Eles Vêm, ou não."[4]

Vìdeoclipe[editar | editar código-fonte]

O vídeo de "Like a Stone" foi escrito e dirigido pelo vencedor do Grammy, Meiert Avis, que também já dirigiu outros vídeos para State Radio, U2, Bruce Springsteen, Bob Dylan, J-Lo e vários outros. O vídeo foi produzido por Oualid Mouaness. Foi gravado em Los Angeles, em uma velha mansão espanhola, onde Jimi Hendrix já morou e escreveu. As imagens consistem em retratar fortemente os músicos, mostrando-os gravando em dias de chuva pesada. Sons de elementos vivos reforçam o realismo do vídeo. As fortes cores dos raios, o uso de um espaço negativo, a performance vulnerável de Cornell, todo trabalho para criar um intenso pensamento de perda e sobrevivência. Não obstante, os fantasmas de Jimi Hendrix e Seattle vagam no ar. O solo de guitarra vibrante de Morello remete-nos à bonita melancolia da canção, e quando o jovem filho do baixista Tim Commerford aparece no clipe, dá ao ao solo e à ponte um senso de contraste entre otimismo, família e amizades.

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Chris Cornell - vocalista
  • Tom Morello - guitarrista
  • Tim Commerford - baixista
  • Brad Wilk - bateria
  • Simon Askew - produtor
  • John Burton - técnico
  • Lindsay Chase - vozes, produtora e coordenadora
  • Rich Costey - mixador
  • Greg Fidelman - edição digital
  • Harvey Goldberg - técnico
  • Chris Holmes - técnico assistente
  • Vlado Meller - masterização
  • Darren Mora - técnico assistente
  • Floyd Reitsman - técnico
  • Rick Rubin - produtor, mixador
  • Thom Russo - técnico, edição digital, mixador
  • Andrew Scheps - técnico, edição digital
  • David Schiffman - técnico
  • Nick Scripps - técnico
  • Miles Wilson - técnico assistente

Vídeo[editar | editar código-fonte]

  • Meiert Avis - diretor
  • Oualid Mouaness - produtor
  • Danny Hiele - diretor de produção
  • Philip Duffin - designer

Miscelânea[editar | editar código-fonte]

  • A edição limitada veio com um poster.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]