Limnocharitaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaLimnocharitaceae
Limnocharis flava

Limnocharis flava
Classificação científica
Reino: Plantae
Superdivisão: Spermatophyta
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Alismatales
Família: Limnocharitaceae
Géneros
Ver texto.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Limnocharitaceae

Limnocharitaceae é uma família de plantas pertencente à ordem Alismatales.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Alguns autores colocam o género Butomus na família Limnocharitaceae devido à placentação laminar e ao fruto folicular, mas é actualmente colocado na família monoespecífica Butomaceae.

Limnocharitaceae é próxima da família Alismataceae, mas difere desta pelo fruto totalmente deiscente, numerosos óvulos por carpelo e pela placentação laminar. Os membros destas duas famílias apresentam laticíferos, pecíolos, um poro terminal em cada folha, cálice sepalóide e pétalas finas e evanescentes.

Limnocharitaceae foi segregada de Alismataceae por Armen Takhtajan no ano de 1954,[1] mas não foi publicada de maneira válida até uma diagnose em latim foi efectuada por Arthur J. Cronquist no ano de 1981.[2] [3]

Limnocharitaceae foi reconhecida pelo Angiosperm Phylogeny Group no seu sistema APG II de 2003, mas o sistema APG III de 2009, foi colocada de volta na família Alismataceae. Estudos de filogenética molecular indicaram que esta família não seja monofilética, mas parafilética sobre Alismataceae sensu stricto.

Limnocharitaceae é reconhecida como uma família distinta por Heywood et al. 2007.[4]

Sinónimos[editar | editar código-fonte]

Segundo o sistema de classificação filogenética Angiosperm Phylogeny Website, Limnocharitaceae está incluída em Alismataceae, sendo sinónima desta última.[5]

Géneros[editar | editar código-fonte]

Butomopsis - Hydrocleys - Limnocharis

Referências

  1. Armen L. Takhtajan. 1954. Proiskhozhdenie pokrytosemennykh rastenii. Moskva. - English translation by O.H. Gankin. 1958. Origin of Angiospermatous Plants. American Institute of Biological Sciences: Washington, DC, USA. (68 pages).
  2. Robert R. Haynes and Lauritz B. Holm-Nielsen. 1992. "The Limnocharitaceae" (Flora Neotropica monograph 56). The New York Botanical Garden: New York, NY, USA.
  3. Arthur John Cronquist. 1981. "Limnocharitaceae" pages 1048-1049. In: An Integrated System of Classification of Flowering Plants. Columbia University Press: New York, NY, USA. ISBN 978-0-231-03880-5
  4. Christopher D.K. Cook and Ole Seberg. 2007. "Limnocharitaceae". pages 379-380. In: Vernon H. Heywood, Richard K. Brummitt, Ole Seberg, and Alastair Culham. 2007. Flowering Plant Families of the World. Firefly Books: Ontario, Canada. ISBN 978-1-55407-206-4.
  5. Stevens, P. F. (2001 onwards). Angiosperm Phylogeny Website. Version 12, July 2012 [and more or less continuously updated since]. http://www.mobot.org/MOBOT/research/APweb/

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre monocotiledóneas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.