Limonium algarvense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaLimonium algarvense
Limonium algarvense
Limonium algarvense
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Caryophyllales
Família: Plumbaginaceae
Género: Limonium

A Ladina (Limonium algarvense Erben) é uma espécie de planta pertencente à família Plumbaginaceae.É considerada como um endemismo do sudoeste ibérico desde o Algarve, em Portugal às províncias de Huelva e Cadiz, em Espanha.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O gênero Limonium deriva da palavra grega leimon – pradaria, que conta com cerca de 120-150 espécies, possui uma distribuição na Europa, Ásia, África, Austrália e América do Norte. De longe, a maior diversidade do gênero limonium(mais de 100 espécies) está na área que se estende das Ilhas Canárias, península ibérica até a leste com a região mediterrânea de Ásia Central, por comparação, a América do Norte tem apenas 3 espécies nativas.

Morfologia[editar | editar código-fonte]

Suas folhas são de 1,5 a 12 cm x 7–25 mm em forma de roseta basal e as hastes florais podem atingir até 60 cm com flores de 5–6 mm de diâmetro[1]. Pode ser confundida com o Limonium auriculae-ursifolium.

Vida e reprodução[editar | editar código-fonte]

Época de floração: maio a agosto[2].

Habitat[editar | editar código-fonte]

Sapais.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Desde Portugal, no Algarve e, em Espanha, às províncias de Huelva e Cádis.

Referências

  1. Valdés B., Talavera. S., & Fernández-Galiano. «Limonium Algarvense». Consultado em 01 de julho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Jardim Botânico da UTAD. «Limonium Algarvense». Consultado em 01 de julho de 2012  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)