Lindemann (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lindemann
Informação geral
País  Alemanha
 Suécia
Gênero(s) Neue Deutsche Härte
Metal industrial
Período em atividade 2014 - atualmente
Gravadora(s) Warner Music Group
Integrantes Till Lindemann
Peter Tägtgren
Página oficial skillsinpills.com

Lindemann é um supergrupo teuto-sueco de metal industrial formado pelo vocalista Till Lindemann da banda de Neue Deutsche Härte Rammstein e pelo multi-instrumentista Peter Tägtgren da banda de death metal sueca Hypocrisy e do projeto de metal industrial PAIN. Peter descreve a dupla como "um filho do Rammstein com o PAIN – ao menos é uma mistura dos vocais do Rammstein com a música do PAIN."[1]

História[editar | editar código-fonte]

Till e Peter se encontraram por volta do ano 2000 em um pub de rock em Estocolmo, quando membros do Clawfinger os apresentaram.[2] Em 2013, quando o Rammstein liderava um festival na Suécia, o cantor alemão convidou seu parceiro sueco para o festival. Lá, ele contou a Peter que ele tiraria dois anos de férias e queria escrever música com ele.[2][3][4] Eles originalmente planejaram fazer apenas uma ou duas canções, mas Peter achou que elas eram "boas demais" e queria escrever mais.[3]

O nome da banda "foi a única coisa que conseguimos inventar".[2] Todos os nomes levados em consideração já haviam sido registrados por outras bandas, então eles eventualmente aceitaram uma sugestão de outra pessoa e simplesmente se batizaram de "Lindemann", embora Peter não tenha gostado disso a princípio.[2]

Em 28 de maio de 2015, a banda lançou seu primeiro single "Praise Abort". Um álbum de estúdio chamado Skills in Pills foi lançado em 19 de junho de 2015. Quando perguntado sobre a possibilidade de apresentações ao vivo futuras, Peter disse que isso dependerá da recepção dos fãs ao projeto.[2][3]

Em 9 de outubro de 2015 foi lançado o single Fish On, o segundo do álbum Skills in Pills que contém além da música título do single uma canção em alemão e em inglês chamada G-Spot Michael e a versão presente no final do vídeo de Praise Abort chamada de Praise Abort (Drago Baotic Smooth Version). O videoclipe de Fish On está disponível no canal oficial da banda no YouTube.[5]

Em 2018, a dupla fez uma música para uma adaptação da peça "Hänsel und Gretel", com Till Lindemann também aparecendo na peça.[6] Também em setembro, Lindemann e Tägtgren anunciaram uma turnê pela Rússia, Ucrânia e Cazaquistão em apoio ao livro de Lindemann "Messer".[7]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

Lista de álbuns de estúdio, com posições de paradas selecionadas
Detalhe do álbum
Melhores posições nas paradas
GER

[8]

FIN

[9]

SWI

[10]

AUT

[11]

NLD

[12]

FRA

[13]

AUS

[14]

UK

[15]

Skills in Pills 1 1 2 3 6 16 17 35

Singles[editar | editar código-fonte]

Lista de singles, com posições de paradas selecionadas
Ano Single Melhores posições nas paradas Álbum
GER

[16]

2015 "Praise Abort" 42 Skills in Pills
2015 "Fish On"

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Munro, Scott (23 de abril de 2015). «Lindemann details Skills In Pills». Metal Hammer. Team Rock. Consultado em 24 de junho de 2015 
  2. a b c d e Müller-Hansen, Niclas (16 de junho de 2015). «Lindemann: Intervju med Till Lindemann och Peter Tägtgren». Rocksverige. Consultado em 24 de junho de 2015 
  3. a b c Barkan, Jonathan (27 de maio de 2015). «[Interview] Peter Tägtgren On Lindemann: "It's A Party Album"». Bloody Disgusting. Consultado em 24 de junho de 2015 
  4. Chillingworth, Alec (19 de março de 2015). «Lindemann: The Odd Couple». Metal Hammer. Team Rock. Consultado em 25 de junho de 2015 
  5. «Lindemann: lançado o novo (e NSFW) clipe "Fish On"». Whiplash.net. Consultado em 28 de maio de 2019 
  6. «Lindemann: Vocalista compõe músicas para peça teatral». Whiplash.net. Consultado em 28 de maio de 2019 
  7. «Lindemann tour in Russia». Affenknecht.com. Consultado em 28 de maio de 2019 
  8. Staff writer(s); no by-line. (30 de junho de 2015). «Longplay-Chartverfolgung». musicline.de (em alemão). PHONONET GmbH. Consultado em 12 de julho de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  9. Staff writer(s); no by-line. «Discography Till Lindemann». finnishcharts.com. Hung Medien. Consultado em 30 de junho de 2015 
  10. Staff writer(s); no by-line. «Longplay-Chartverfolgung». swisscharts.com (em alemão). PHONONET GmbH. Consultado em 30 de junho de 2015 
  11. Staff writer(s); no by-line. «Longplay-Chartverfolgung». musicline.de (em alemão). PHONONET GmbH. Consultado em 30 de junho de 2015 
  12. Staff writer(s); no by-line. «Discografie Till Lindemann». www.dutchcharts.nl (em neerlandês). Consultado em 30 de junho de 2015 
  13. Staff writer(s); no by-line. «Discography Till Lindemann». lescharts.com. Hung Medien. Consultado em 4 de julho de 2015 
  14. Staff writer(s); no by-line. «Discography Till Lindemann». www.australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em 30 de junho de 2015 
  15. Staff writer(s); no by-line. «LINDEMANN». www.officialcharts.com. Official Charts Company. Consultado em 30 de junho de 2015 
  16. Staff writer(s); no by-line. «Single-Chartverfolgung». musicline.de (em alemão). PHONONET GmbH. Consultado em 30 de junho de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]