Linguinha x Mr. Yes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Linguinha x Mr. Yes
Informação geral
Formato
Gênero seriado infanto-juvenil
Duração 8 minutos
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) João Loredo
Roteirista(s) Arnaud Rodrigues
Elenco Chico Anysio
Grande Otelo
Jorge Loredo
Luiz Delfino
Nizo Neto
Exibição
Emissora original Rede Globo
Transmissão original 11 de outubro de 1971 (1971-10-11) – abril 1972 (1972-04)

Linguinha x Mr. Yes foi um seriado infanto-juvenil exibido pela Rede Globo entre 11 de outubro de 1971 e abril de 1972. O programa foi dirigido por João Loredo e tinha Arnaud Rodrigues como redator.

O humorista Chico Anysio interpreta o personagem principal, Linguinha, numa história que narra suas aventuras contra o seu grande inimigo Mr. Yes (Luiz Delfino). Linguinha, por sua vez, adquiria super poderes colocando a língua para fora e sempre dava bons exemplos para os telespectadores. O seriado obteve boas audiências para a emissora e o personagem Linguinha se tornou um ícone para as crianças da época.

Produção[editar | editar código-fonte]

O seriado foi dirigido por João Loredo e tinha Arnaud Rodrigues como redator.[1] A produção, por sua vez, gastava elevadas quantidades de gelo seco para produzir a fumaça do vilão Mr. Yes, que era caracterizado como poluidor. O laboratório deste também exigia muito trabalho da cenografia, que abastecia o cenário com equipamentos sofisticados.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Harry Carey do Nascimento, apelidado de Linguinha, era um jovem que se transformava em super-herói colocando a língua para fora. No entanto, seus métodos para combater os vilões eram atípicos: ele não brigava ou usava armas e também não saia de casa sem tomar banho ou escovar os dentes.[1][2][3] Os vilões usavam bigodes, uma característica do seriado para auxiliar os telespectadores. O principal vilão do seriado era Mr. Yes, um poluidor.[1][2]

Exibição[editar | editar código-fonte]

Os episódios de Linguinha x Mr. Yes duravam cerca de oito minutos e eram exibidos de segunda a sexta, após o Jornal Nacional. Em São Paulo, os seis episódios semanais eram reprisados aos sábados.[1] O seriado estreou em 11 de outubro de 1971 e foi finalizado em abril de 1972.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

O seriado foi sucesso de audiência na grade da Rede Globo,[1] e o personagem se tornou um ícone entre as criança da década de 1970 que imitavam o gesto de colocar a língua para fora nas brincadeiras de colégio.[1][4] Já a trilha sonora também fez sucesso e rendeu dois lançamentos pela Som Livre, o primeiro em 1971 e o segundo em 2006.[4]

Referências

  1. a b c d e f g h «Linguinha x Mr. Yes». Memoriaglobo.globo.com. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de outubro de 2020 
  2. a b Duh Secco (9 de outubro de 2017). «Semana da criança: super-heróis brasileiros faziam a cabeça da garotada nos anos 1960 e 1970». Tvhistoria.com.br. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de outubro de 2020 
  3. «Linguinha x Mr. Yes». Infantv.com.br. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 9 de outubro de 2020 
  4. a b c d e f g h «Linguinha». Teledramaturgia.com.br. Consultado em 9 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 1 de fevereiro de 2020