Linha 6 do Tramway d'Île-de-France

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A linha 6 do Tramway d'Île-de-France[1], abreviada como linha T6, é uma linha de bondes em pneus em serviço, em 13 de dezembro de 2014[2]. Com 14 quilômetros, ela liga a estação de metrô Châtillon - Montrouge (linha 13) à estação de Viroflay-Rive-Droite (Transilien Paris Saint-Lazare), graças a uma primeira extensão em 28 de maio de 2016 de Robert Wagner a Viroflay-Rive-Droite.

História[editar | editar código-fonte]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 15 de junho a 6 de julho de 2001: consulta prévia
  • 17 de janeiro a 19 de fevereiro de 2005: levantamento de utilidade pública
  • 9 de fevereiro de 2006: publicação do decreto de utilidade pública
  • 2011: início da construção (parte subterrânea)
  • 13 de dezembro de 2014: o comissionamento de Châtillon - Montrouge à Robert Wagner
  • 28 de maio de 2016 - extensão de Robert Wagner a Viroflay-Rive-Droite

Nascimento do projeto[editar | editar código-fonte]

O projeto foi inscrito no contrato de plano Estado-Região em 2000. A consulta prévia foi realizada de 15 de junho a 6 de julho de 2001 e o esquema de princípio do projeto foi realizado de maio a outubro de 2002. Foi aprovado em 10 de outubro de 2002 pelo Syndicat des transports d'Île-de-France (STIF).

A investigação da utilidade pública do projeto se desenrolou de 17 de janeiro a 19 de fevereiro de 2005 e o decreto de utilidade pública do projeto foi publicado em 9 de fevereiro de 2006. A aquisição fundiária e dos trabalhos preparatórios (deslocamento das redes de água, de saneamento, de electricidade, de gás, de telecomunicações) iniciaram em 2007.

Tramway chamado T6[editar | editar código-fonte]

Em 10 de dezembro de 2008, o STIF aprovou o financiamento do projeto e decidiu atribuir o número "6" nessa linha em 11 de fevereiro de 2009. O registro preliminar de segurança, que apresenta a estrutura que permitirá o tráfego futuro com segurança, foi aprovado em 5 de maio de 2009[3].

Un tramway en essais près de la station Hôpital Béclère.
Um tramway em ensaio perto da estação Hôpital Béclère.

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Fim provisório da linha.

O teste da linha começou em 24 de fevereiro de 2014, em um primeiro momento entre Robert Wagner e Divisão Leclerc. Em um segundo momento, a partir de 2 de abril de 2014, eles seguiram até Châtillon - Montrouge[4]. A linha foi inaugurada no dia 13 de dezembro de 2014, em sua seção de superfície, de Châtillon - Montrouge a Robert Wagner. Um ano e meio mais tarde, em 28 de maio de 2016, a seção subterrânea, de Vélizy a Viroflay-Rive-Droite foi inaugurada por sua vez[5]. Sua inauguração aconteceu em 11 de junho de 2016[6].

Esta linha é um dos primeiros tramways sobre pneus com trens de seis carros.

Estações[editar | editar código-fonte]

Plano da linha.
  • Châtillon - Montrouge
  • Vauban
  • Centre de Châtillon
  • Parc André Malraux
  • Division Leclerc
  • Soleil Levant
  • Hôpital Béclère
  • Mail de la Plaine
  • Pavé Blanc
  • Georges Pompidou
  • Georges Millandy
  • Meudon-la-Forêt
  • Vélizy
  • Dewoitine
  • Inovel Parc Nord
  • Louvois
  • Mairie de Vélizy
  • L'Onde
  • Robert Wagner
  • Viroflay-Rive-Gauche
  • Viroflay-Rive-Droite

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Attribution des numéros des lignes de tramway par le STIF
  2. «image du 17 octobre 2014 (Samedi 13 décembre - Inauguration) du diaporama en page d'accueil». tramway-chatillon-viroflay.fr. Consultado em 19 octobre 2014. Arquivado do original em 19 de outubro de 2014  Parâmetro desconhecido |titre= ignorado (|titulo=) sugerido (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda).
  3. «Tramway Châtillon <> Viroflay T6 - « Actualités »». Consultado em 21 de abril de 2018. Arquivado do original em 7 de novembro de 2016 
  4. Les essais du T6, no site stif.org. Consultado em 25 de fevereiro de 2014.
  5. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de abril de 2018. Arquivado do original em 4 de maio de 2016 .
  6. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de abril de 2018. Arquivado do original em 7 de novembro de 2016 .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]