Linha Bière-Apples-Morges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linha Bière-Apples-Morges
BiereApplesMorges.jpeg
À partida de Bière
BAM Ge 4-4 III Bière Caserne.jpg
Uma locomotiva Ge 4/4 em rota para Bière Caserne
Informações
Proprietário Chemin de fer Bière-Apples-Morges
Local Suíça
Tipo de transporte Ferrovia
Número de linhas Via única
Número de estações 21
Website www.mbc.ch
Funcionamento
Início de funcionamento 1895 (121 anos)
Operadora(s) Transports de la région Morges-Bière-Cossonay SA
Sigla(s) do material circulante BAM, MBC
Dados técnicos
Extensão do sistema 31,64 km (19,7 mi)
Bitola Bitola métrica
1 000 mm (3,28 ft)
Eletrificação 15 kV, 16,67 Hz
Velocidade média 65 km/h (40,4 mph)
Mapa da rede

Bam carte.png

A Linha Bière-Apples-Morges (BAM), é uma linha de caminho de ferro Suíça, de 30 km a via única, de bitola métrica, que liga a estação de Morges a Bière via Aples, e que tem uma linha secundário de Apple a l'Isle.

A BAM faz parte dos Transportes da região Morges-Bière-Cossonay, a MBC, que além desta linha de ferro também faz os transportes públicos de Morges e redondezas (TPM), e inclui desde Janeiro de 2012 o funicular de 1,2 km que liga a estação à localidade de Cossonay.

História[editar | editar código-fonte]

No início a linha foi profundamente influenciada pela existência do aquartelamento de Bière que necessitava o transporte das tropas, de material e de equipamento. Desde 1875 as reuniões tentam definir o trajecto até porque era questão de fazer uma linha ao longo do Jura que ligaria Nyon a Yverdon-les-Bains, passando por Orbe, l'Isle, Montricher, Bière, Gimel, e Genolier.

Independentemente do transporte militar, também havia a necessidade, numa zona muito florestal, do transporte da madeira até às margens do Lago Lemano, e assim se impôs a ligação Morges-Bièrre.

A linha definitiva deu origem a um estudo aprofundado do traçado e assim não tem nenhuma curva com um raio inferior a 100 m, e onde o declive seja superior a 3,5 %. A inauguração teve lugar a 29 de Junho de 1895, mas a exploração nessa altura foi confiada aos Caminhos de ferro Jura-Simplon (JS), que aliás explorava a quase totalidade das linhas do Oeste da Suíça. Foi quando a JS se juntou a outras companhias ferroviárias para formar em 1902 os Caminhos de Ferro Federais, os CFF, e foi esta nova companhia se encarregou da exploração.

Foi só em Janeiro de 1916 que a BAM começou a explorar a linha por conta própria, e a companhia teve tal sucesso que mesmo em plena guerra fazia benefícios. Foi a penúria do carvão que incentivou a electrificação da linha em 1939.

Datas[editar | editar código-fonte]

  • 1895 - inauguração a 29 de Junho, e explorado pela JS
  • 1896 - abertura de Apples-l'Isle
  • 1899 - a linha Apples-l'Isle é integrada à BAM
  • 1902 - os CFF começam a explorar a linha
  • 1943 - electrificação Apples-l'Isle

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

A BAM faz jornadas turísticas Apples-l'Isle que incluem o trajecto numa carruagem restaurante de 1925, e uma refeição regional [1]

Imagens[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Imagens da BAM


Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]