Linha Tronco Oeste (Companhia Paulista de Estradas de Ferro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tronco Oeste (Companhia Paulista de Estradas de Ferro)
Mapa Tronco Oeste Companhia Paulista.png
Verde: Atual malha
EF EF-366
Área de operação São Paulo
Tempo de operação 1941–Presente
Bitola bitola irlandesa
1 600 mm (5,25 ft)
Extensão 681 km (423 mi)
Interconexão Ferroviária Linha Tronco (Companhia Paulista de Estradas de Ferro)
Linha Tronco (Estrada de Ferro Noroeste do Brasil)
Ramal de Bauru (Estrada de Ferro Sorocabana)
Portos Atendidos Porto de Panorama
Operadora Rumo Logística

A Linha Tronco Oeste (Itirapina-Panorama) da Companhia Paulista de Estradas de Ferro liga Itirapina à cidade de Panorama em um total de 64 estações, distribuídas originalmente por 709 km de extensão. Desde 1976, com a retificação do trecho entre Bauru e Garça passou a ter 680, 6 km de extensão.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

  • Ramal de Jaú
  • Ramal de Agudos
  • Ramal de Bauru

A retificação dos ramais-criação do Tronco Oeste[editar | editar código-fonte]

A linha tronco oeste foi constituída em 1941, após a retificação dos ramais de Jaú, de Agudos e de Bauru. As obras da ampliação foram concluídas em 1962 quando a ferrovia chegou até Panorama, cidade às margens do Rio Paraná. Entre 1941 e 1954 a linha foi eletrificada entre Itirapina e Cabrália Paulista. Em 1968 foi iniciada a construção da Variante Bauru - Garça (inaugurada pela Fepasa em 1976), que retificou o trecho entre essas cidades,sendo a eletrificação reduzida até Bauru. Em 1971 a Fepasa assumiu a operação da linha até 1998, quando foi extinta, sendo o transporte de cargas concedido à Ferroban que seria incorporada á América Latina Logística em 2006. O último trem de passageiros circulou em 2001.

Tabelas[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Comprimento (km) Estações Observações
Tronco Oeste
ItirapinaPanorama 709 54 Em 1976 a Fepasa retificou o trecho entre Bauru e Garça, na serra das Esmeraldas.

Eletrificação[editar | editar código-fonte]

Trecho eletrificado [1]. Data Comprimento (km) Tipo de poste
Itirapina - Jaú 15 de novembro de 1941 101,4 aço
Jaú - Bauru 23 de junho de 1948 67,0 aço
Bauru - Cabrália Paulista 17 de maio de 1954 41,3 eucalipto
Trecho suprimido Data Comprimento (km)
Bauru - Cabrália Paulista 1 de maio de 1976 41,2 (linha tronco Original)
Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]