Linha de campo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Na esquerda, linhas de campo de duas cargas positivas iguais. Na direita, linhas de campo de um dipolo.
Pó de ferro indicando linhas de campo magnético de um ímã.

Linha de campo, ou linha de fluxo, é um auxilio visual utilizado na visualização de um campo vetorial por meio de curvas direcionadas, em vez de vetores individuais. Cada linha é construída de tal forma que, em todos os pontos que a constituem, os vetores associados são tangentes a ela.[1][2]

Referências

  1. Tou, Stephen (22 de abril de 2011). Visualization of Fields and Applications in Engineering (em inglês). [S.l.]: John Wiley & Sons 
  2. «Visualization of Fields and the Divergence and Curl - Course notes from a course at the Massachusetts Institute of Technology.». web.mit.edu. Consultado em 6 de setembro de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Griffiths, David J. (1998). Introduction to Electrodynamics (3rd ed.). [S.l.]: Prentice Hall. pp. 65–67 and 232. ISBN 0-13-805326-X 


Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.