Linor Abargil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Linor Abargil
Nome nativo לינור אברג'יל
Nascimento 17 de fevereiro de 1980 (38 anos)
Netanya
Cidadania Israel
Estatura 175 centímetros
Cônjuge Šarūnas Jasikevičius
Ocupação modelo, atriz, competidor de concurso de beleza, atriz de teatro

Linor Abargil, (17 de fevereiro de 1980) de Israel, foi a vencedora do concurso Miss Mundo 1998. Foi a primeira israelense a ganhar a coroa. Também modelo, atriz e advogada.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Abargil nasceu em Netanya, Israel, filha de Aliza e Jackie Abargil.

Em outubro de 1998, algumas semanas antes do Miss Mundo, então com 18 anos de idade, ela foi seqüestrada e estuprada por Shlomo Nour, um agente de viagens posteriormente condenado pela Corte Suprema de Tel Aviv.[1]. Na época ela morava na Itália onde trabalhava como modelo. "Nunca passou pela minha mente que aquele 'bom' homem iria me prejudicar. Mais tarde, percebi que este ato foi cuidadosamente planejado e a visão daquela noite terrível esteve em meus pesadelos por muitos anos", declarou ela anos depois.[2] Em 2013, a história de seu rapto virou um documentário, Brave Miss World (Admirável Miss Mundo, em português), produzido por Cecilia Peck, filha de Gregory Peck. Abargil também tornou-se uma ativista contra a violência sexual.[3]

Em 2014 sua história também virou seriado no Netflix.[4]

Casou-se em 2006 com o jogador de basquete lituano Šarūnas Jasikevičius de quem se divorciou em 2008. Em 2010 casou-se com Oren Halfon, com quem tem três filhos.

Participação no Miss Mundo[editar | editar código-fonte]

Linor venceu o Miss Israel em março de 1998. Posteriormente ela declarou: "nunca pensei em participar de concursos, mas os prêmios, uma viagem à Tailândia e um carro novo, eram bons prêmios para quem vem de uma cidade pequena".[3] Em novembro de 1998, ela foi coroada Miss Mundo em Seicheles, vencendo outras 85 concorrentes.

Referências