Lipéfile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Lipéfile (em grego clássico: Λειπεφίλη; transl.: Leipephíle), também supostamente chamada Lipefilene (em grego clássico: Λειπεφιλήνη; transl.: Leipephiléne), Hipófila (em grego clássico: Ἱπποφίλη) e Dífila (em grego clássico: Δηιφίλη; transl.: Deiphíle), na mitologia grega, foi uma filha de Iolau. A única referência a este personagem é um fragmento do poema Ehoiai, atribuído a Hesíodo.

Lipefilene, filha de Iolau, se casou com Filas, e teve dois filhos, Hipotes e Terão.[1] Terão foi seduzida por Apolo, com quem teve um filho, Querão, de quem deriva a cidade de Queroneia.[2] Hipotes estava na força dória durante a invasão do Peloponeso, mas matou um adivinho e foi banido.[3]

Os baquídas, uma importante família oligárquica que controlou Corinto, eram descendentes de Aletes, filho de Hipotes.

Referências