Lisbon Story

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lisbon Story
Lisbon Story (PT)
O Céu de Lisboa (BR)
 Alemanha Ocidental /  Portugal
1994 •  p&b / cor •  100 min 
Direção Wim Wenders
Elenco Rüdiger Vogler
Patrick Bauchau
Género documentário
Idioma alemão / inglês / português
Página no IMDb (em inglês)

Lisbon Story (em português: O Céu de Lisboa (no Brasil) em alemão: Lisbonne Story) é um filme realizado por Wim Wenders. Foi apresentado no festival de Cinema de Cannes.[1]

O filme é uma co-produção entre a Madragoa Filmes de Paulo Branco e a Road Movies de Wenders, com um apoio de Lisboa 94.

Wenders foi convidado para realizar um documentário no âmbito de Lisboa 1994 - Capital Europeia da Cultura acabando por resultar no filme "Lisbon Story".[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Lisbon Story é parcialmente uma sequela do filme O Estado das Coisas de Wenders foi realizado em Sintra, na Praia das Maças. O personagem Friedrich Munro, realizador de cinema desempenhado por Patrick Bauchau, é retomado neste filme. Em Lisbon Story Friedrich veio para Lisboa e convida o engenheiro de som Philip Winter (o actor Rüdiger Vogler) para colaborar com ele para a recolha de sons para um filme sobre a capital portuguesa.

Ele não consegue encontrar o realizador mas parte à descoberta da cidade encontrando o grupo musical Madredeus e o realizador Manoel de Oliveira.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Wim Wenders realizou, na década de 1970, três filmes na sua denominada The Road Movie Trilogy. Lisbon Story serve de homenagem a essa trilogia.
  • Philip Winter era uma personagem desempenhada pelo mesmo actor (Rüdiger Vogler) no filme Alice in the Cities de (1974).
  • O filme começou por se chamar "Lisboa Monogatari". Era uma referência a "Tokyo Monogatari" ("Viagem a Tóquio") de Yasujiro Ozu.

Comentários[editar | editar código-fonte]

«a visão de Lisboa é dada por uma personagem: alguém que vem a Lisboa à procura de outra pessoa mas que, por tanto olhar, se esquece do que procura» -- ou seja, estamos em plena problemática sobre o olhar, central na obra do cineasta, embora neste caso «o conflito palavra/imagem não seja o assunto central do filme, mas o seu `subplot'», explicou Wenders na conferência de imprensa (em jornal PÚBLICO)[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Festival de Cannes: Lisbon Story». festival-cannes.com. Consultado em 6 de setembro de 2009 
  2. Marcelino Santos, "The image of the city - Wim Wenders' Lisbon Story", City + Cinema: Essays on the specificity of location in film, Datutop 29, 2007.
  3. Jornal Público 22.03.1994