Lista de acidentes aéreos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lista de acidentes de avião)
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é uma lista parcial dos maiores acidentes aéreos da história envolvendo aeronaves comerciais.


Anos com registros
1912 1919
1920 1922 1923 1924. 1926 1927 1928
1930 1931 1932 1933 1934 1935 1937 1938 1939
1940 1941 1942 1943 1944 1946 1947 1948 1949
1950 1951 1952 1954 1956 1957 1958 1959
1960 1961 1962 1963 1964 1966 1967
1970 1972 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979
1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989
1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019
2020 2021 2022 ReferênciasLinks Externos

1919[editar | editar código-fonte]

Flag of Italy (1861-1946).svg 2 de agosto de 1919 - Queda do Caproni Ca. 48. Um Caproni Ca.48 cai nos arredores de Verona, matando entre 12 e 15 passageiros. Esse foi o primeiro acidente de aeronave comercial na Itália e um dos primeiros do mundo.[1]

1920[editar | editar código-fonte]

1922[editar | editar código-fonte]

1923[editar | editar código-fonte]

1924[editar | editar código-fonte]

1926[editar | editar código-fonte]

1927[editar | editar código-fonte]

1928[editar | editar código-fonte]

1930[editar | editar código-fonte]

1931[editar | editar código-fonte]

1932[editar | editar código-fonte]

  • Brasil - 25 de setembro. Três homens partidários da Revolução Constitucionalista de 1932 roubam o Sikorsky S-38 P-BDAD Pernambuco estacionado nas oficinas da Panair do Brasil na Ilha dos Ferreiros, no Rio de Janeiro. Levando consigo o vigia da aeronave, tentam alcançar São Paulo mas caem nas proximidades de São João do Meriti, Rio de Janeiro. Não houve sobreviventes. Esse seria o primeiro sequestro de aeronave comercial de matrícula brasileira.[17]

1933[editar | editar código-fonte]

1934[editar | editar código-fonte]

1935[editar | editar código-fonte]

1937[editar | editar código-fonte]

Deutsche Zeppelin Reederei Flight LZ 129, o Hindenburg, explodindo em chamas.

1938[editar | editar código-fonte]

1939[editar | editar código-fonte]

1940[editar | editar código-fonte]

1941[editar | editar código-fonte]

1942[editar | editar código-fonte]

1943[editar | editar código-fonte]

1944[editar | editar código-fonte]

1946[editar | editar código-fonte]

1947[editar | editar código-fonte]

1948[editar | editar código-fonte]

1949[editar | editar código-fonte]

1950[editar | editar código-fonte]

  • Brasil 28 de julho - Um Constellation (Voo 099 da Panair do Brasil) se choca contra o Morro do Chapéu, nas proximidades do aeroporto de Porto Alegre(no atual município de Sapucaia do Sul que na época era um distrito de São Leopoldo). Um dos maiores desastres da aviação até então, o acidente deixou 51 mortos.[76]
  • Brasil30 de julho - Um bimotor Lodestar se chocou com uma colina, (Cerro dos Cortelini), no Rincão dos Dornelles, segundo distrito de São Francisco de Assis. Morreu o candidato a Governador do Rio Grande do Sul Joaquim Pedro Salgado Filho.
  • Flag of France.svg 3 de novembro - Voo Air India 245. Realizando a rota Bombaim-Cairo-Genebra-Londres, uma aeronave Lockheed Constellation L749A (prefixo VT-CQP) chocou-se contra o Mont Blanc, nos Alpes Franceses. O acidente vitimou fatalmente 40 passageiros e 8 tripulantes.[77]

1951[editar | editar código-fonte]

1952[editar | editar código-fonte]

  • Porto Rico 11 de abril - Voo Pan Am 526A. Após decolar do aeroporto de San Juan, um Douglas DC-4 da Pan Am cai ao mar matando 52 dos seus 69 ocupantes.[82]
  • Brasil 28 de abril - Queda do Voo Pan Am 202. O acidente com o Boeing 377 Stratocruisier ceifaria a vida dos seus 50 ocupantes. A aeronave caiu em uma área de mata fechada localizada a 440 quilômetros ao sudoeste da cidade de Carolina, Maranhão. Com isso as buscas pelos destroços levariam várias semanas. O acidente teria sido provocado por um disparo de hélice.[83]
  • Brasil 12 de agosto - Explosão do Douglas DC-3 PP-ANH. Durante voo entre Rio Verde e Goiânia, um Douglas DC-3 da Viabras explodiu em pleno ar, matando seus 24 ocupantes.[84]

1954[editar | editar código-fonte]

1956[editar | editar código-fonte]

Concepção artística da Colisão aérea do Grand Canyon.

1957[editar | editar código-fonte]

  • Brasil 10 de abril - Queda do DC-3 PP-ANX. Após sofrer uma pane em um dos seus motores, o DC-3 prefixo PP-ANX da REAL bate na encosta do Pico do Papagaiona Ilha Anchieta. A aeronave que realziava o vo Rio- São Paulo transportava 26 passageiros e 4 tripulantes. No acidente, sobreviveriam 4 ocupantes da aeronave.[97]
  • República Dominicana 16 de agosto - Um Lockheed Constellation da Varig, prefixo PP-VDA, comandado pelo piloto Heraldo Knipling saiu de Porto Alegre com destino a Nova York e faria escalas em São Paulo, Rio de Janeiro e Belém. Saindo de Belém a tripulação percebeu que um dos motores estava com problemas. Deixaram os passageiros em Santo Domingo, porém a tripulação prosseguiu com 3 motores até Santo Domingo por decisão da Varig. Após uma hora de voo mais um motor avariou, também ocasionando a parada de um 3º motor, ficando com apenas um motor. O comandante forçou um pouso no mar, um dos comissários desapareceu. Porém os demais conseguiram nadar até à praia mesmo em um mar repleto de tubarões.[98][99]

1958[editar | editar código-fonte]

  • Alemanha 6 de Fevereiro - Desastre aéreo de Munique. Um avião caiu perto da cidade de Munique. Morreram 28 pessoas (passageiros e moradores do local da queda).[100]
  • Brasil 6 de Junho - O avião Convair CV-440 da Cruzeiro do Sul, procedente de Florianópolis (SC), acidentou-se durante o pouso em São José dos Pinhais, vitimando 24 dos 27 ocupantes. Também faleceram no acidente o Ex-Presidente da República Nereu Ramos, o Governador de Santa Catarina Jorge Lacerda e Leoberto Leal, então deputado federal.[101]
  • Brasil 5 de Setembro - Voo Lóide Aéreo Nacional 652. O avião Curtiss C-46 Commando, prefixo PP-LDX, do Lóide Aéreo Nacional, procedente do Rio de Janeiro (RJ), caiu durante a aproximação para pouso de escala na cidade de Campina Grande (PB), antes de seguir para o destino final em Fortaleza (CE). Das 40 pessoas a bordo, vitimaram-se 2 tripulantes e 11 passageiros.[102]
  • Portugal 9 de Novembro - Um hidroavião da companhia Artop, num voo entre Lisboa e Funchal, caiu no Oceano Atlantico com 36 pessoas a bordo. O avião nunca foi encontrado. Esse seria o primeiro acidente comercial de uma aeronave de matrícula portuguesa em voo regular[103][104][105]

1959[editar | editar código-fonte]

1960[editar | editar código-fonte]

1961[editar | editar código-fonte]

1962[editar | editar código-fonte]

1963[editar | editar código-fonte]

  • Brasil 3 de maio - Queda do Convair PP-CDW Sirius. Um Convair 340 da companhia Cruzeiro do Sul cai nas proximidades do aeroporto de Congonhas. Dos 50 ocupantes, 37 viriam a falecer.[143][144][145]
  • Estados Unidos 3 de junho - Voo Northwest Orient Airlines 293. Durante um voo fretado pelo exército dos Estados Unidos, um DC-7 da NOA caiu por razões desconhecidas em alto mar próximo a Ilha Annette, matando todos a bordo . O voo 293 decolaria da McChord Air Force Base, estado de Washington, com direção a Elmendorf Air Force Base, Alasca e era composto por 95 passageiros e 6 tripulantes.[146][147]
  • Índia 27 de julho - Voo United Arab Airlines 869 (1963). Após decolar do aeroporto Santa Cruz em Bombaim, com destino a Manama (parte da rota internacional Tóquio- Cairo), um Comet IV da United Arab Airlines cai misteriosamente no mar, cerca de 10 km de distância do aeroporto. O desastre vitimaria todos os 61 ocupantes da aeronave, entre eles 26 escoteiros filipinos que se dirigiam para o 11° Jamboree mundial realizado na Grécia.[148][149]
  • Suíça 4 de setembro - Voo Swissair 306. O Sud Aviation Caravelle registro HB-ICV da Swissair caiu a 35 km de Zurique após enfrentar um incêndio a bordo causado por uma falha hidraúlica. A aeronave que realizava o voo 306 ,Zurique - Roma (via Genebra), transportava 74 passageiros e 6 tripulantes que pereceriam após a queda da mesma. Este é o segundo pior acidente aéreo da história suíça.[150]
  • Canadá 29 de novembro - Voo Trans-Canada Air Lines 831. Queda de um DC-8 poucos minutos após decolar do aeroporto de Montreal, com destino a Toronto. Por conta de uma falha fatal no seus sistemas eletrícos e hidraúlicos, a aeornave cairia com violência sobre um pântano próximo a Quebec, matando todos os seus 118 ocupantes.[151]
  • Estados Unidos 8 de dezembro - Voo Pan Am 214. Queda de um Boeing 707 da Pan Am que realizava o voo entre Porto Rico e a Filadélfia. Após enfrentar forte tempestade, a aeronave seria antigida por um raio[152], explodindo em seguida. A explosão causaria a morte de todos os 81 ocupantes da aeronave.[153]

1964[editar | editar código-fonte]

  • Áustria 29 de fevereiro - Voo British Eagle International Airlines 802. Durante o trecho final do Voo 802 (Londres- Innsbruck), um Bristol Britannia da British Eagle International Airlines bateu na montanha Glungezer, a sudoeste do aeroporto de Glungezer. O impacto da aeronave com a montanha mataria todos os 83 ocupantes da mesma.[154][155]
  • Estados Unidos 7 de maio - Voo Pacific Airlines 773. Durante um voo comercial que sobrevoava a localidade de San Ramon (CA), um passageiro, identificado como Francisco Paula Gonzales, atirou no piloto e co-piloto, matando-os e, seguida, cometendo suicídio. O acidente causou 44 mortes, sem sobreviventes.[156]
  • Brasil 4 de setembro - Voo VASP 141. Queda de um Viscount da Vasp pouco antes do pouso no Nova Friburgo, matando 39 pessoas, o avião colidiu com o Pico da Caledônia, localizado em Nova Friburgo.No dia 4 de setembro de 1964, um acidente causaria grande impacto na população de Nova Friburgo. Um avião Vickers Viscount, que realizava o voo Vasp 141 — linha aérea que ligava Recife a São Paulo, com escalas em Aracaju, Salvador, Vitória e Rio de Janeiro — chocou-se com o pico do Caledônia, por volta das 16h30 daquela sexta-feira. O avião havia decolado do aeroporto dos Guararapes, em Recife, e tinha como destino Congonhas, em São Paulo.

Na época, o acesso a Pedra do R — provável lugar do choque da aeronave — era dificílimo, pois não havia ainda as trilhas de hoje — só era possível chegar ao local embrenhando-se na mata. No momento do acidente, muitos viram o clarão da batida, enquanto outros ficaram sabendo momentos depois através do boca a boca. Alguns cidadãos de Nova Friburgo, inclusive, enfrentaram a subida para averiguar in loco o ocorrido.

A cena, segundo relatos, era dantesca. Muitos destroços do avião, sangue e pedaços de corpos mutilados. No voo havia 39 pessoas — 34 passageiros e cinco tripulantes.

Vários relatos confirmam que pessoas subiram a pedra não só para ajudar ou ver a cena. Muitos foram até o Caledônia com a intenção de furtar os pertences dos passageiros. Outros carregaram partes do avião como lembrança do ocorrido, o que acabou levando as Forças Armadas a fecharem o local, impedindo que a população subisse.

Além da Marinha, quem participou do resgate foi a Força Aérea Brasileira (FAB), com alguns membros tendo enfrentado o duro caminho através das matas e uma outra equipe que conseguiu o acesso mais facilitado, através dos helicópteros..[157][158][159]

1966[editar | editar código-fonte]

1967[editar | editar código-fonte]

1970[editar | editar código-fonte]

1972[editar | editar código-fonte]

1973[editar | editar código-fonte]

Destroços incinerados do voo Varig 820 nos arredores de París.
  • Flag of Brazil.svg 1 de Junho - Voo Cruzeiro do Sul 109: Sud Aviation Caravelle, procedente de Belém, perde sustentação e cai durante aproximação para pouso no Aeroporto Marechal Cunha Machado em São Luís, Maranhão, matando todas as 23 pessoas a bordo.[176][177][178]
  • Flag of France.svg 03 de Junho - Durante uma apresentação aérea na região metropolitana de París, o avião supersônico soviético Tupolev Tu-144 despenhou-se ao fazer um movimento que tentava erguer a aeronave em potência máxima. A aproximadamente 600m de altitude, ele se instabilizou, fazendo com que o nariz se voltasse para baixo, e numa tentativa de reerguer a aeronave a asa esquerda partiu. A aeronave foi-se depedaçando até cair no solo e explodir. O acidente matou todos os 6 ocupantes e mais 8 em terra, ferindo ainda mais 16 pessoas e destruindo 15 casas [179]. Também existem afirmações de que a força aérea francesa tinha enviado um Mirage III para tirar fotografias do TU-144, mas não tinha avisado os russos. O Tupolev 144, em rota de colisão com o Mirage, teve de fazer uma mudança rápida de curso e o piloto acabou perdendo o controle do aparelho [180].
  • Flag of France.svg 11 de Julho - O Voo Varig 820, que partiu do Aeroporto Internacional de Galeão, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Orly, em Paris, França, fez um pouso de emergência sobre uma plantação de cebolas, a cerca de 4 km de distância do destino final, por conta de um incêndio iniciado no WC, provavelmente provocado por uma ponta de cigarro acesa jogada na lixeira. Das 134 pessoas a bordo, apenas 12 sobreviveram. O comandante deste mesmo voo, Gilberto Araújo, desapareceu anos depois enquanto realizava outro voo em avião de carga da Varig na rota Tóquio - Rio. Morreram neste acidente o senador Filinto Miller, o cantor Agostinho dos Santos, o comentarista da Rede Globo de Fórmula 1 Júlio Delamare, o empresário cearense Quinderé e a atriz milionária Regina Leclery, entre outras pessoas. Um funcionário da Varig morreu alguns dias depois no hospital.[181][182][183]

1974[editar | editar código-fonte]

  • França 3 de Março - Voo Turkish Airlines 981 onde um DC10 da Turkish Airlines partindo de Istambul voando para Londres com escala em Paris, teve problema na porta de carga traseira esquerda, despressurizando e matando 346 pessoas, sendo que 335 eram passageiros. O acidente aconteceu logo após ter decolado do aeroporto de Orly (Paris) com destino a Heathrow, Londres.[184][185][186]
  • Sri Lanka 4 de dezembro - O Voo 138 da Martinair Holland que ia da Indonésia para o Sri Lanka choca-se com as Montanhas de Anjimalai, matando todos seus 191 ocupantes.[187][188]

1975[editar | editar código-fonte]

  • Vietname 4 de abril - Um C5-A Galaxy da USAF cai sobre Saigão, Vietnam. O país estava em guerra e os EUA queriam salvar orfãos vietnamitas na Operação Babylift, 19 minutos após a descolagem e a 23 mil pés de altitude a porta do convés de carga separa-se do resto da fuselagem. Dos 325 passageiros sobreviveram 175 e morreram 155 em que a maioria eram crianças.[189][190]
  • Marrocos 3 de agosto - Um avião comercial Boeing 707 da Alia Royal Jordanian Airlines, vindo de Paris cai em Agadir, Marrocos. Aproximava-se para pouso no aeroporto de Agadir-Inezgane quando teve sua asa direita e um dos seus motores separados. A aeronave perdeu controle e caiu num barranco. Todos os 188 ocupantes morreram.[191][192]

1976[editar | editar código-fonte]

  • Jugoslávia 10 de setembro - No espaço aéreo Servo-Croata, uma falha na comunicação colocou dois jatos em rota de colisão. A asa do DC9 atravessou o meio da fuselagem do Trident, depois do choque as duas aeronaves perdem o controle e atingem o solo. O DC9 da Inex Adria ia da Croácia para a Alemanha, com 113 pessoas a bordo, e o Tridente da British Airlines ia de Londres para Istambul com 63 pessoas a bordo. Todas as 176 pessoas morreram.[193][194][195]
  • Turquia 19 de setembro Na Turquia o voo do Boeing 727 doméstico da Turkish Airlines que ia de Istanbul para Antalya, chocou-se contra as Montanhas Karatepe. O impacto foi fatal para todos os 154 ocupantes.[196][197]

1977[editar | editar código-fonte]

Ilustração demonstrando o momento do choque de dois Boeing 747 no Desastre aéreo de Tenerife, o maior da história.

1978[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Russia.svg 20 de Abril - um Boeing 707 da Korean Airlines, o Voo KAL 902, é atingido por dois caças soviéticos perto de Murmansk e faz um pouso de emergência em um lago congelado matando 2 passageiros.[213]
  • Brasil 20 de Agosto - Um 727-200 da Transbrasil toca o solo antes da cabeceira da pista, no Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. Não houve mortes.
  • Estados Unidos 25 de Setembro - o Voo Pacific Southwest Airlines 182 operado por um Boeing 727-214 fazia a rota doméstica de Sacramento a San Diego com uma escala na cidade de Los Angeles. Ao se preparar para aterrissagem no aeroporto de San Diego colidiu no ar com um monomotor Cessna 172 que fazia um voo privado para uma escola de pilotagem que atingiu um bairro em San Diego, onde 22 casas foram afetadas. Ao total, morreram 144 pessoas(7 em terra), sendo o pior acidente aéreo da Califórnia.

1979[editar | editar código-fonte]

1980[editar | editar código-fonte]

1982[editar | editar código-fonte]

  • 9 de Fevereiro Japan Airlines - O desastre foi provocado propositadamente pelo piloto à chegada a um aeroporto de Tóquio, quando seguia ao comando de um avião que fazia uma ligação doméstica dentro do Japão. Entre os 166 passageiros e oito tripulantes, morreram 24 pessoas. O piloto sobreviveu à tragédia que provocou e durante as operações de resgate por barco disse a um dos membros da equipa de emergência que era empregado de escritório, escondendo a sua verdadeira identidade. O homem foi absolvido por se ter provado que sofria de doença mental.[225]
  • Flag of Brazil.svg 24 de Maio - VASP - O Boeing 737-2A1 (PP-SMY) partiu-se ao meio durante pouso no Aeroporto Internacional de Brasília, no Distrito Federal, matando 2 dos seus 118 ocupantes.[226]
  • Flag of Brazil.svg 8 de Junho - Voo VASP 168 - O Boeing 727-200 se chocou contra a Serra da Aratanha, no Ceará, matando todos os seus 137 ocupantes, entre os mortos está o empresário cearense Edson Queiroz.[227][228]

1983[editar | editar código-fonte]

  • Canadá 23 de Julho - Voo Air Canada 143 Planador de Gimli é o apelido de uma aeronave da Air Canada que se envolveu em um bizarro acidente aéreo. Em 23 de julho de 1983, um jato Boeing 767-200, cumprindo o voo 143 da Air Canada, ficou totalmente sem combustível a 41 mil pés de altitude (12.500 metros), aproximadamente na metade do caminho entre Montreal e Edmonton. A tripulação conseguiu pousar o avião em segurança no Aeroparque Industrial de Gimli, uma antiga base aérea em Gimli, Manitoba.[229]
  • Flag of Russia.svg 1 de Setembro - um Boeing 747 da Korean Airlines, o Voo KAL 007, cai após ser atingido por dois caças soviéticos ao oeste de Sakhalin matando todas as 269 pessoas a bordo.[230]

1984[editar | editar código-fonte]

1985[editar | editar código-fonte]

O Boeing 747 envolvido no Voo Japan Airlines 123, o maior acidente envolvendo apenas um avião.
  • República da Irlanda (Oceano Atlântico, perto da Irlanda) 23 de junho - O Voo Air India 182 da Air India, um Boeing 747, voava sobre o Oceano Atlântico quando uma explosão ocorreu no compartimento de carga, causando uma rápida descompressão, matando 329 pessoas.[235]
  • Japão 12 de Agosto - O Voo Japan Airlines 123 bateu no Monte Takamagahara a 100 km de Tóquio, matando 520 pessoas. Apenas 4 sobreviveram. É considerado o 3º pior acidente da história da aviação e o pior acidente em número de pessoas envolvendo apenas um avião.[236]

1986[editar | editar código-fonte]

1987[editar | editar código-fonte]

  • Brasil 3 de Janeiro - Um Boeing 707 da Varig, matrícula PP-VJK, fazendo o voo 797, e caiu sobre um pântano durante a aproximação final do aeroporto de Abidjan, Costa do Marfim após perder sustentação. Das 51 pessoas a bordo, apenas 1 sobreviveu.[239]
  • Maurícia 28 de novembro - Um Boeing 747 da África do Sul que havia decolado de Taipé com destino a Joanesburgo faria escala em Port Louis em Maurício, desaparece minutos antes no oceano índico com 159 pessoas a bordo. A última informação recebida do piloto é de que havia fumaça na cabine.Nenhum vestígio nunca foi encontrado.[240]
  • Estados Unidos 7 de Dezembro - Voo 1771 da PSA, era um voo comercial que caiu perto de Cayucos , Califórnia , Estados Unidos, como resultado de um esquema de assassinato-suicídio por um dos passageiros. Todas as 43 pessoas a bordo da aeronave morreram.

1988[editar | editar código-fonte]

1989[editar | editar código-fonte]

1990[editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos 25 de Janeiro - Voo Avianca 52, um Boeing 707 SFP da Avianca que fazia a rota Bogotá - Nova Iorque via Medellín com 149 passageiros a bordo e 9 tripulantes caiu em Cove Neck, Long Island, Nova Iorque por falta de combustível, matando 73 pessoas.

1992[editar | editar código-fonte]

20 de Janeiro - Voo Air Inter 148, Um Airbus A320 da Air Inter, caiu na encosta de uma montanha, pouco antes de aterrissar em Estrasburgo. Somente 9 pessoas sobreviveram, e a causa do acidente foi considerada como pouca experiência dos pilotos no A320 , um erro do controlador de tráfego aéreo, e uma função do piloto automático (FPA) confundida com outra (V/S)

1994[editar | editar código-fonte]

  • 21 de Agosto - Royal Air Maroc – O voo 630 da transportadora marroquina acabou em tragédia 10 minutos depois do aparelho ter descolado do aeroporto Al Massira, em Agadir. Todos os 44 passageiros a bordo morreram, A investigação concluiu que o piloto automático do aparelho foi desligado deliberadamente pelo piloto de 32 anos, Younes Khayati, que de seguida fez despenhar o avião.[225]
  • Estados Unidos 8 de Setembro - Voo USAir 427, o acidente que foi considerado de causas "indefinidas".[257]
  • 23 de março -O Voo Aeroflot 593 (linha aérea da companhia russa Aeroflot, ligando Moscou a Hong Kong) caiu a 20 km a leste de Mejdurechensk sem nenhum motivo aparente. Ao investigarem a caixa preta do avião (cockpit recorder), foi descoberto que o piloto Yaroslav Kudrinsky autorizou a entrada de seus filhos adolescentes, Yana e Elder, permitindo que os mesmos fizessem manobras sentados na poltrona do piloto. Elde (15 anos), sem se dar conta, teria desligado o piloto automático deixando o avião em uso manual controlado por ele. O avião se inclinou 45 graus. Ao perceberem o erro, piloto e co piloto tentaram, em vão, retomar o controle da aeronave. A aeronave se chocou contra um morro de 600 m matando todos a bordo (75 pessoas). Foi um dos casos mais bizarros da aviação mundial.

1995[editar | editar código-fonte]

  • Brasil 25 de Maio Quatro pessoas morreram em Lages (SC) após a aeronave de Taxi-Aéreo que vinha de Florianópolis (SC) colidir com um morro no bairro Tributo, minutos antes de pousar no Aeroporto Federal Correia Pinto de Macedo.[258]
  • Colômbia 20 de Dezembro - Voo AA 965 Um Boeing da American Airliners despenha-se em Bogotá, na região de Cali[259]
  • (1995) (17 de Junho) - Um avião de Marca CASA pertencente a Força Aérea Angolana, despenhou-se em Benguela, quando saia do Cunene (Sul de Angola, transportando uma equipa de futebol (Maboque Sport Club) /38 mortos - 4 sobreviventes.
  • (1995) - Na Polônia - Acidente Aéreo com Luis Costa - Grande Líder Amway Espanha.

1996[editar | editar código-fonte]

1997[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Guam.svg 6 de Agosto - Voo Korean Air 801 colide próximo ao Aeroporto Internacional Antonio B. Won Pat, em Hagåtña, Guam. Das 254 pessoas a bordo, 228 morreram.[266]
  • Brasil - 9 de Julho - Voo TAM 283 - A aeronave partiu de Vitória/ES com destino a São Paulo, capital, com uma escala em São José dos Campos. Na última parte da viagem, uma bomba detonada a bordo do avião abriu um rombo na fuselagem, causando a morte de um passageiro.[267]
  • Brasil - 18 de Maio - O Aeroclube da cidade de Lages (SC) comemorava seus 55 anos e voos panorâmicos faziam parte das programações do evento além de shows com pára-quedistas. Por volta das 17h10min durante as apresentações houve o choque entre o avião Cessna 310 que fazia passeios panorâmicos com o público e o monomotor Skylane que levava os pára-quedistas. No choque 12 pessoas morreram, sendo oito no bimotor e quatro no monomotor. A 13ª vítima foi uma dona de casa que morreu quando foi atingida por um dos corpos quando tentava entrar em casa.[258]
  • Indonésia 19 de Dezembro - O voo 185 da Silk Air despencou do ar em Jakarta, matando todas as 104 pessoas a bordo. Com a investigação é colocada a hipótese de o piloto Tsu ter derrubado a aeronave propositadamente. Além de possuir muitas dívidas, há exatos 18 anos atrás, no dia 19 de dezembro de 1979, quando o comandante Tsu era piloto de acrobacias na Força Aérea de Cingapura, quatro de seus colegas pilotos morreram ao se chocarem com uma montanha envolta em nuvens, nas Filipinas. Tsu só sobreviveu porque um problema mecânico o obrigou a voltar com seu avião. Talvez, por conta de todos esses fatores, ele tenha se suicidado e matado o restante das pessoas abordo. O dispositivo responsável pela gravação de voz da caixa preta foi desligado 2 minutos antes da queda, de forma proposital. A investigação também colocou a hipótese de funcionamento deficiente do dispositivo hidráulico de controlo do leme do avião, uma vez que acidentes prévios tinham acontecido com este modelo de equipamento. O relatório final considerou não ser possível determinar as causas do acidente.

1998[editar | editar código-fonte]

1999[editar | editar código-fonte]

2000[editar | editar código-fonte]

  • Suíça10 de janeiro - Voo Crossair 498, um Saab 340 cai dois minutos depois de levantar voo em Niederhasli, Suíça, matando todas as 10 pessoas a bordo.
  • Costa do Marfim 30 de Janeiro - Um O A-130 da Kenyan Airways cai no Oceano Atlântico pouco depois de decolar de Abidjan, na Costa do Marfim, a caminho de Lagos, na Nigéria. Apenas 10 das 179 pessoas a bordo sobreviveram.[273]
  • Estados Unidos 31 de Janeiro - Um MD-83 da Alaska Airlines, que voava do México para São Francisco, cai no mar, perto da costa sul da Califórnia, matando todas as 88 pessoas a bordo.[274]
  • Filipinas 19 de Abril - O Boeing 737-200 da Air Phillippines que seguia de Manila para Davao se acidenta quando se preparava para pousar, matando as 131 pessoas a bordo.[275]
  • Índia 17 de Julho - Um Boeing 737-200 da Alliance Air sofre acidente tentava pousar em Patna, na Índia, causando a morte das 51 pessoas a bordo e de quatro pessoas no solo.[276]
  • França 25 de Julho - Voo Air France 4590. Um Concorde, perfixo F-BTSC, cai em um hotel na França, após decolar do Aeroporto Charles de Gaulle. A causa foi uma peça de um DC-10 que se soltou e foi deixada no meio da pista, batendo na asa esquerda. 113 pessoas (100 passageiros, 9 tripulantes e 4 pessoas no hotel) morreram. Esse foi um dos motivos para o descontinuamento do uso dessa aeronave.[277]
  • Irã 23 de Agosto - Um Airbus da Gulf Air caiu no mar pouco antes da hora do pouso, em Barein, causando a morte das 143 pessoas a bordo.[278]
  • República da China 31 de Outubro - Um Boeing 747 da Singapore Airlines, que seguia para Los Angeles, sofre acidente pouco depois da decolagem no aeroporto de Taipei, em Taiwan, matando 78 das 179 pessoas a bordo.[279]

2001[editar | editar código-fonte]

Os ataques de 11 de setembro de 2001 envolveram quatro aviões.
  • Rússia 4 de Julho - Um Tupolev 154 russo, que seguia de Yakaterinburgo para Vladivostok se acidenta próximo a cidade de Irkutsk, matando 133 passageiros e 10 tripulantes.[280]
  • Portugal 24 de Agosto - Voo 236 da companhia Air Transat, um Airbus A330-300 com mais de 300 pessoas a bordo fica sem combustível no meio do Oceano Atlântico mas consegue planar e pousar na Base das Lajes.[281]
  • Estados Unidos 25 de Agosto - Em 25 de agosto de 2001, às 06:45 (EST), Aaliyah e membros da gravadora embarcaram em um bimotor Cessna 402B (N8097W) em Marsh Harbour, Ilhas Abaco, Bahamas, para voltar aos Estados Unidos, para o aeroporto de Opa-locka, Flórida. O grupo não sabia que o avião era incapaz de trasportar parte do equipamento das filmagens, ultrapassando o padrão de peso e o limite para o próprio equilíbrio, proporcionado pela Cessna. O avião caiu após decolar, a cerca de 200 metros do fim da pista. Aaliyah, o piloto Luis Morales III, o cabeleireiro Eric Forman, os seguranças Anthony Dodd e Gallin Scott, o produtor de vídeo Douglas Kratz, o estilista Christopher Maldonado, a funcionária da Blackground Records Keith Wallace, e a funcionária da Virgin Records foram mortos no acidente.
  • Estados Unidos 11 de Setembro - Ataques de 11 de Setembro de 2001, envolvendo quatro aviões. Somente nos aviões, os mortos chegaram a 265.[282][283][284][285]
  • Rússia 4 de Outubro - Um Tupolev 154 da empresa aérea russa Sibir, que seguia de Tel Aviv para Novosibirsk, na Sibéria, explode durante o voo e cai no Mar Negro, matando todas as 78 pessoas a bordo.[286]
  • Itália 8 de Outubro - Um avião da SAS se choca contra um pequeno avião em meio à forte neblina na pista do aeroporto Linate, em Milão, causando a morte de 118 pessoas.[287]
  • Estados Unidos 12 de Novembro - 3 minutos após decolar do Aeroporto Internacional John F. Kennedy em Nova York, o Voo 587 da American Airlines operado por um Airbus A300 perde o leme enquanto virava à esquerda, numa altitude de 2800 pés. O avião despenha-se caindo em Belle Harbor, Queens. 260 pessoas no avião e mais 5 no solo são mortas.[288]

2002[editar | editar código-fonte]

  • Equador 28 de Janeiro - Um Boeing 727-100 da empresa equatoriana TAME com 92 pessoas a bordo cai perto de Ipiales, na região da fronteira com a Colômbia.[289]
  • Irã 12 de Fevereiro - Um Tupolev 154 da companhia aérea iraniana Iran Air Tours cai no sudeste do Irã. 119 pessoas perderam a vida.[290]
  • Alemanha 1 de Julho - Voo cargueiro DHL 611, que saiu da Itália com destino a Bélgica colide com o Voo Bashkirian Airlines 2937, que saiu da Rússia com destino a Espanha. A colisão foi entre as cidades de Owingen e Überlingen, na Alemanha. No avião havia 46 adolescentes prodígios da Cidade de Ufa, na Rússia, que foram escolhidos pela UNESCO para passarem as férias em Barcelona. O total de vítimas foram 71 mortos e nenhum sobrevivente. A história não acaba por aí, um arquiteto, que perdeu a família, mata um dos controladores a facada, o arquiteto foi preso e posteriormente encaminhado a uma clínica psiquiátrica. A culpa não foi desse controlador e sim do Skyguide que falhou.[291][292]
  • Nepal 28 de Agosto - Um Twinn Otter, da companhia aérea Shangrila Air cai no Nepal. A aeronave se partiu em vários pedaços, no total 15 pessoas morreram.[293]
  • Brasil 30 de Agosto - Um Fokker 100 da TAM Linhas Aéreas realiza um pouso de emergência em uma fazenda em Birigüi, SP. O acidente ocorre após a falha de uma tubulação metálica entre as bombas de baixa e de alta pressão de combustível, que havia sido mal projetada (contato contínuo entre partes com metais diferentes, aço e alumínio, causando deterioração rápida, acelerada pela formação de alumina/óxido de alumínio). Todos os ocupantes saem ilesos, mas a aeronave torna-se economicamente irrecuperável.[294]
  • Brasil 30 de Agosto - Um Embraer EMB-120 Brasília cai em Rio Branco, Brasil, em meio a uma tempestade. Somente oito das 31 pessoas a bordo sobreviveram e a aeronave torna-se economicamente irrecuperável.[295]
  • Brasil 14 de Setembro - Um ATR-42, da Total Linhas Aéreas, prefixo PT-MTS, realizando um voo cargueiro, cai no interior de São Paulo. Nenhum dos dois pilotos, únicos ocupantes a bordo, sobrevive, e a aeronave fica destruída.[296]
  • Itália 08 de Outubro - O choque entre um avião com 104 passageiros da companhia escandinava SAS com um pequeno avião particular na pista do aeroporto de Linate, em Milão ( Itália), mata 118 pessoas.

2003[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Benin.svg 25 de Dezembro - Voo UTA 141 da Union des Transports Aériens de Guinée cai matando 151 dos 163 ocupantes.[297]

2004[editar | editar código-fonte]

  • Egito 3 de janeiro - O voo 604 da Flash Airlines cai no Mar Vermelho logo após a decolagem, matando todos os 148 passageiros, maioria franceses que passavam férias em Sharm el-Sheikh. Fatores como falha humana e falta de manutenção contribuíram para o acidente. Após pouco tempo a companhia faliu.
  • Marte 1 de Fevereiro - A Beagle 2 foi uma nave espacial britânica mal sucedida na aterrissagem em Marte, lançada pela Agência Espacial Europeia em 2003 a bordo da nave Mars Express. Possuía um braço robótico com instrumentos. A sua chegada a Marte, em busca de sinais químicos de vida, estava prevista para 25 de dezembro de 2003. No entanto, não foi possível obter contato com a sonda e a missão foi declarada como perdida pela Agência Espacial Europeia em fevereiro de 2004.
  • Brasil 14 de Maio - Um Embraer EMB-120 Brasília da Rico Linhas Aéreas cai próximo de Manaus, Brasil, matando todas as 33 pessoas a bordo.[298]

2005[editar | editar código-fonte]

  • Itália 06 de Agosto - Tuninter 1153, o ATR-72 decola do aeroporto de Bari, após ter vindo de Túnis para buscar 35 passageiros - em sua maioria italianos - e segue direto para a cidade de Djerba, no litoral da Tunísia, 16 das 39 pessoas a bordo morreram.
  • Grécia 14 de Agosto - Helio 522, um Boeing 737 bate nas montanhas ao norte da Grécia matando todos os 115 passageiros e 6 tripulantes. Os investigadores do acidente concluiriam que o avião não havia sido pressurizado antes do voo e por isso a tripulação sofreu perda da consciência causado pela hipoxia.[299]
  • 16 de Agosto de 2005 - Voo West Caribbean 708, caiu em Machiques, Venezuela, depois de decolar do Aeroporto Tocumen, na Cidade do Panamá.Todos os 152 passageiros e 8 tripulantes morreram.

2006[editar | editar código-fonte]

Local da queda do Boeing, Voo Gol 1907, em plena Floresta Amazônica.

2007[editar | editar código-fonte]

2008[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]

[343]

2010[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

  • Irã 9 de janeiro - Um Boeing 727 da IranAir caiu perto da fronteira da Turquia. A causa pode ter sido o mau tempo. Sete pessoas morreram nos 105 estavam a bordo.[362][363]

1º de Abril - Um Boeing 737 da Southwest Airlines fazia o voo 812, de Phoenix, no Arizona, para Sacramento, Califórnia. O avião fez um pouso de emergência em Yuma, Arizona, por causa de um buraco de 5 ft na fuselagem. Todos sobreviveram, mas 2 ou 3 ficaram feridos, e receberam atendimento médico ali mesmo no aeroporto. Os investigadores tentam descobrir como e por que a fuselagem abriu.

  • Brasil 14 de Janeiro - Um Bimotor Beechcraft King Air B-200 caiu no município de Senador Canedo, a 15 km de Goiânia com seis ocupantes. Não houve sobreviventes. O filho do ex-senador Eduardo Siqueira Campos e neto do ex governador Siqueira Campos, estava a bordo.[364][365]
  • Brasil 13 de Julho - Voo NOAR Linhas Aéreas 4896. Um bimotor da companhia aérea regional Noar Linhas Aéreas caiu após decolar do aeroporto internacional de Guararapes em Recife. Todas as 16 pessoas a bordo morreram. As causas da queda ainda estão sendo investigadas.[366]
  • Brasil 19 de Agosto - Um Helicóptero da Sênior Taxi Aéreo a serviço da Petrobras do fabricante Agusta Westland AW139, caiu no oceano a 100 km de Macaé ao sair da plataforma P-65. O acidente vitimou os dois passageiros o piloto e o copiloto.[367]
  • Polónia 1º de Novembro - Um Boeing com 230 passageiros a bordo da companhia polonesa LOT, fez um pouso de emergência no aeroporto de Varsóvia. O avião procedia de Newark e, ao se aproximar de Varsóvia, houve um problema no trem de pouso e, para queimar combustível, deu voltas sobre o aeroporto e quando ficou mais leve, pousou de barriga. Segundo a imprensa local, ninguém ficou ferido.[368]

2012[editar | editar código-fonte]

  • Paquistão 20 de Abril - Voo Bhoja Air 213. Um avião comercial da companhia aérea Bhoja, caiu na localidade de Hussain Abadcai no Paquistão, matando todos os 126 passageiros a bordo.[369]
  • Indonésia 09 de Maio- Um avião russo fazia um voo experimental com 46 pessoas a bordo desapareceu nos radares e foi encontrado no dia seguinte (10) destruído. Não houve sobreviventes.[370]
  • Nigéria 03 de Junho- Voo Dana Air 992. Um MD-83 que fazia a rota da capital Abuja para Lagos na Nigéria, chocou-se contra um prédio na cidade de Lagos, matando os 153 passageiros.[371]
  • Portugal 26 de junho - Uma pequena avioneta cai em Cascais durante uma aula de treino. Ambos os passageiros (o instrutor de 45 anos e o aluno, na casa dos 20) morreram.[372]
  • Portugal 5 de setembro - Uma aeronave ligeira, usada para instrução de voo, despenhou-se perto do aeródromo de Évora. Do acidente, resultou uma vítima mortal - o piloto de 34 anos, em fim de curso.[373]
  • Nepal 28 de setembro - Queda do Voo Sita Air 601. Após se chocar com um pássaro, a aeronave cairia nas margens do rio Manohara, Kathmandu, matando todos os seus 19 ocupantes.[374]
  • Espanha - Colisão de dois Airbus no aeroporto de Madrid. O acidente obrigou à retirada de todos os passageiros dos aparelhos, mas não houve registo de feridos.

Um porta-voz do aeroporto explicou que o piloto do airbus da Air Europa solicitou à torre de controlo o arranque do avião e que, apesar de o pedido lhe ter sido negado, o piloto iniciou manobras, embatendo na cauda do aparelho da Iberworld.[375]

  • Flag of the Comoros.svg 27 de Novembro - Avião fabricado pela Embraer cai nas Ilhas Comores com 29 pessoas a bordo e todas sobrevivem [376]
  • Flag of the Republic of the Congo.svg 30 de Novembro - Um avião de carga saiu da pista ao aterrissar no aeroporto de Maya Maya. Aeronave se chocou contra um barranco após atingir várias casas. 20 pessoas morreram.[377]

2013[editar | editar código-fonte]

  • Flag of Afghanistan 1992 free.png 1 de Abril - Um Boeing 747 despencou logo após a decolagem no Afeganistão e explode quando se choca no chão, todos os sete ocupantes da aeronave morreram no acidente. A Aliança Militar do Ocidente descartou a hipótese de terrorismo.[378]
  • Indonésia 13 de abril - Um avião com mais de 130 pessoas a bordo atravessou a pista de aterragem do aeroporto internacional de Bali e caiu no mar, sem fazer vítimas. Segundo um responsável do Ministério dos Transportes indonésio, o avião era um Boeing 737 da companhia “low cost” Lion Air proveniente de Bandung no oeste de Java.[379]
  • Estados Unidos 6 de julho - Uma aeronave Boeing 777 da Asiana Airlines sofre um acidente no Aeroporto Internacional de São Francisco enquanto tentava pousar na pista. O Boeing acidentou-se quando tocou o solo do aeroporto. Um sobrevivente disse ao canal televisivo de notícias CNN que ao se aproximar do solo, a aeronave parecia acelerar (porque havia pouco espaço entre o avião e a cabeceira da pista, e a aeronave estava muito próxima ao solo). O ministério dos Transportes da Coreia do Sul afirmou que a cauda da aeronave tocou a pista na hora do pouso. Dentre as 307 pessoas a bordo, 182 delas ficaram feridas, e houve duas fatalidades.[380][381]
  • Brasil 12 de agosto - Durante um treino na Academia da Força Aérea (AFA), localizada na cidade de Pirassununga interior de São Paulo o super tucano da esquadrilha da fumaça cai e morrem 2 pessoas
  • Brasil 2 de setembro - Um avião Airbus A330 da TAM que fazia o voo 8065 Madrid-São Paulo com 168 passageiros e 16 tripulantes bordo, fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Fortaleza. O acidente ocorreu após enfrentar uma forte turbulência que deixou quinze passageiros feridos. Não houve vítimas fatais.[382]
  • Níger 3 de outubro - Um avião fabricado pela EMBRAER do modelo 110 cai na Nigéria e deixa pelo menos 15 mortos.[383]
  • Rússia 17 de novembro - Um avião Boeing 737 despenhou-se numa das pistas do Aeroporto Internacional de Kazan. Todos os 50 passageiros deste avião tiveram morte imediata.[384]
  • Namíbia 29 de Novembro - Um avião Embraer 190 saído do aeroporto de Maputo com destino a Luanda desaparece dos radares enquanto sobrevoava região norte da Namíbia. É encontrado horas depois reduzido a cinzas no Parque Nacional de Bwabwata na Namíbia, 27 passageiros e 6 tripulantes perderam a vida.

2014[editar | editar código-fonte]

  • 8 de março - O Voo Malaysia Airlines 370, que levava 227 passageiros e 12 tripulantes, desapareceu dos radares após aproximadamente uma hora de voo enquanto sobrevoava o Golfo da Tailândia.[385]
  • Ucrânia 17 de julho - Um avião modelo Boeing 777 da Malaysia Airlines que saiu de Amsterdã com destino a Kuala Lumpur foi abatido, supostamente por rebeldes pró-Russia, em território ucraniano. Todas as 298 pessoas a bordo do voo MH17 morreram, sendo 192 neerlandeses , 44 malaios (incluindo 15 tripulantes e duas crianças), 27 australianos, 12 indonésios, 10 do Reino Unido, quatro alemães, quatro belgas, três filipinos, um canadense e um neozelandês.[386]
  • República da China 23 de julho - Transportando 58 passageiros, um ATR 72-600 caiu tentando aterrissar no Arquipélago de Penghu, Taiwan, deixando 48 vítimas.[387]
  • Flag of Mali.svg 24 de julho - Um avião, modelo McDonnell Douglas MD-83, da empresa Air Algérie, cumpria o voo AH5017, que partiu de Uagadugu, capital de Burkina Faso, em direção a Argel, capital da Argélia, desapareceu dos radares 50 minutos após a decolagem (1:17 da manhã, horário local). A 1:38 da manhã, horário local, o piloto havia solicitado ao controle aéreo de Níger uma mudança de rota por causa da chuva forte que caía na região norte de Mali, país situado na África Ocidental que enfrenta conflitos envolvendo islâmicos ligados à Al-Qaeda e ação de separatistas. Um diplomata malinês divulgou que o último contato com a aeronave foi às 1:55 da manhã, horário local. Depois disso, ela sumiu dos radares e foi encontrada na manhã do dia 24 de julho em território malinês. Havia 110 passageiros de 14 nacionalidades , a maioria eram franceses (51 passageiros), além de 6 tripulantes espanhóis. A aeronave pertencia à empresa aérea espanhola Swiftair, e estava alugada para a Air Algérie.[388]
  • Irã 10 de agosto - Um avião Iran-140 caiu em Teerã deixando ao menos 40 vítimas fatais, todas iranianas.[389]
  • Brasil 13 de agosto - O candidato a presidência da República Eduardo Campos morre após o jato, modelo Cessna Citation Excel em que o político estava, cair em um bairro residencial de Santos. Junto com ele estavam mais seis pessoas.
  • Colômbia 06 de setembro - Aeronave da empresa Laser ia para Florencia, capital de Caquetá na Colômbia. Um dos motores apresentou falhas no momento da decolagem deixando 10 mortos.
  • Indonésia 27 de dezembro - Um A320 da Air Asia desaparece no Golfo da Indonésia levando 168 passageiros, dois dias depois foram encontrados corpos no mar.162 pessoas morreram.[385]

2015[editar | editar código-fonte]

2016[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Flight Magazine (7 de agosto de 1919). «The Caproni disaster» (PDF). Consultado em 29 de abril de 2012. 
  2. The Times (London) (Wednesday, 15 December 1920). Four Killed In Air Crash. Disaster Near Cricklewood., Burning Aeroplane In A Garden [S.l.: s.n.] pp. 12–12. 
  3. Jackson, A.J. (1973). British Civil Aircraft since 1919 Volume 2 Putnam [S.l.] p. 382. ISBN 0 370 10010 7. 
  4. Flight International (13 de abril de 1922). «London-Paris machines collide». Consultado em 24 de março de 2012. 
  5. «De Havilland D.H.18». Consultado em 24 de março de 2012. 
  6. Plane crash info. «accident descrition». Consultado em 24 de março de 2012. 
  7. Folha da Manhã (4 de dezembro de 1928). «A catástrofe do Hidrovião Santos Dumont». Ano IV Nº 1297. Consultado em 13 de fevereiro de 2012. 
  8. SILVA, Carlos Ari Cesar Germano da (2008). O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes EDIPUCRS [S.l.] pp. 18–21. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  9. Flight International (10 de outubro de 1930). «The loss of H. M. airship R101». Consultado em 24 de março de 2012. 
  10. Folha da Noite (6 de outubro de 1930). «A dolorosa catástrofe do R101». Ano X, edição 3040 - página 03. Consultado em 24 de março de 2012. 
  11. Jornal do Brasil (7 de outubro de 1930). «O maior desastre de aviação de todos os tempos». Ano XL, edição 240 - página 7. Consultado em 24 de março de 2012. 
  12. José Rubens de Oliveira Fortes. «A queda do hidroavião "Potyguar" em 1930». Consultado em 24 de março de 2012. 
  13. The National Museum of Australia. «Southern Cloud clock». Consultado em 24 de março de 2012. 
  14. Plane Crash info. «Accident details». Consultado em 24 de março de 2012. 
  15. U. S. Centennial of Flight. «Accident Investigation». Consultado em 24 de março de 2012. 
  16. Jornal do Brasil (1 de abril de 1931). «O famoso Footballer Knute Rockne e sete outras pessoas que morreram num desastre deavião». Consultado em 24 de março de 1931. 
  17. SILVA, Carlos Ari Cesar Germano da (2008). O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes EDIPUCRS [S.l.] pp. 22–23. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  18. Folha da Manhã (29 de março de 1933). «Num grande desastre ocorrido na linha Londres - Bruxelas perecem 15 pessoas». Ano VIII, edição 2655 - páginas 1 e 2. Consultado em 24 de março de 2012. 
  19. Plane crash info. «Accident descrition». Consultado em 24 de março de 2012. 
  20. Flight International (4 de janeiro de 1934). «Airport News». Consultado em 24 de março de 2012. 
  21. Folha da Manhã (10 de maio de 1934). «Queda de um avião comercial francês na Mancha». Ano IX, edição 3001 - página 3. Consultado em 24 de março de 2012. 
  22. Folha da Manhã (28 de julho de 1934). «Queda de um aparelho comercial suíço em Württemberg - morreram carbonizados todos os tripulantes e passageiros». Ano X - edição 3069, página 4. Consultado em 24 de março de 2012. 
  23. Folha da Manhã (3 de outubro de 1934). «Queda de um avião britânico na Mancha». Ano X - n° 3126, página 3. Consultado em 24 de março de 2012. 
  24. Plane crash info. «Accident details». Consultado em 24 de março de 2012. 
  25. El Tiempo (25 de junho de 1935). «Qunce muertos y cinco heridos en la catastrofe aerea de ayer tarde en Medellín». Ano XXV, número 8526 - página 1. Consultado em 12 deagosto de 2012. 
  26. United Press (25 de junho de 1935). «Num desastre de avião na Colombia morreu o popular chansonier argentino Carlos Gardel». Jornal do Brasil, Ano XLV, número 150, página 9. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  27. «Accident Description». Aviation Safety Network. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  28. SCV Historical Society. «Boeing 247 Crash, 1937». Consultado em 24 de março de 2012. 
  29. Folha da Manhã (7 de maio de 1937). «O dirigivel "Hindenburg" incendiou-se em Lakehurst». Consultado em 24 de março de 2012. 
  30. Folha da Manhã (17 de novembro de 1937). «Grave desastre de aviação na linha Londres - Bruxelas». Ano XIII, edição 4196- página 3. 
  31. U. S. DOT Collection. «Relário do acidente (english)» (PDF). Consultado em 25 de março de 2012. 
  32. El Tiempo (25 de julho de 1938). «34 muertos y 110 heridos hubo en lacatastrofe de ayer». Ano XXVII, número 9635, páginas 1,2. Consultado em 11 de agosto de 2012. 
  33. El Tiempo (31 de julho de 1938). «Tres de los heridos de Sana Ana murieron y otros tres agonizan». Ano XXVII, número 9641. Consultado em 12 de julho de 2012. 
  34. Folha da Manhã (16 de agosto de 2012). «Gravíssimo desastre com um aparelho da Condor». Ano XIV, número 4426 - página 1. Consultado em 24 de março de 2012. 
  35. ABC News (25 de outubro de 2008). «Kyeema air disaster lives in the memory, 70 years on». Consultado em 25 de março de 2012. 
  36. U. S. DOT Collection. «Relário do acidente (english)» (PDF). Consultado em 25 de março de 2012. 
  37. Jornal do Brasil (14 de janeiro de 1939). «Caiu na serrá do Itambém o Hidroavião Marimbá». Ano XLVIII, número 12, página 7. 
  38. Aviadores que fizeram história. «Severiano Lins». Consultado em 25 de março de 2012. 
  39. Folha da Manhã (15 deagosto de 1939). «Submergiu na Guanabara um hidroavião repleto de passageiros». Ano XV, número 4734 - página 3. Consultado em 25 de março de 2012. 
  40. American Foreign Service Association. «The Last Flight from Tallinn» (PDF). Consultado em 25 de março de 2012. 
  41. Time (9 de setembro de 1940). «"Death in the Blue Ridge"». Consultado em 25 de março de 2012. 
  42. Jornal do Brasil (10 de novembro de 1940). «O desastre de sexta feira na enseada de Botafogo». Ano L, Nº 265 - página 9. Consultado em 12 de fevereiro de 2012. 
  43. Plane crash info. «Accident detail». Consultado em 25 de março de 2012. 
  44. Folha da Manhã (18 de janeiro de 1942). «Pereceu, vítima de um desastre da aviação, a atriz Carole Lombard». Ano XVII, número 5482 - página 3. Consultado em 25 de março de 2012. 
  45. Plane crash Info. «Accident details». Consultado em 25 de março de 2012. 
  46. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  47. Aviation Safety Network. «Criminal Occurrence description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  48. Folha da Manhã (28 de agosto de 1943). «Grave desastre se verificou no Rio com o primeiro avião de carreira da VASP». Edição nº 5972 Ano XIX página 5. Consultado em 19 de fevereiro de 2012. 
  49. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  50. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  51. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  52. El Tiempo (Colômbia) (18 de julho de 1946). «Espantoso siniestro aéreo ocorrió ayer en el Ecuador». Ano 36, número 12522 - página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  53. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  54. Jornal do Brasil (25 de dezembro de 1946). «Mias um grave acidente na aviação comercial». Ano LVI, número 302 - pagina 4. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  55. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  56. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  57. Jornal do Brasil (3 de fevereiro de 1947). «Mais um desastre com um avião do tipo Dakota». Ano LVI, número 28 - página 7. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  58. United Press (16 de fevereiro de 1947). «Desaparecido um avião da linha de Bogotá». Jornal do Brasil, Ano, LVI Edição nº 40, página 7. Consultado em 11 de novembro de 2012. 
  59. «El mas terrible desastre aereo de la historia». La Nacion (Costa Rica), Ano I nº 103. Consultado em 11 de novembro de 2012. 
  60. AP (21 de fevereiro de 2000). «Argentines Work at 1947 Crash Site». Consultado em 25 de março de 2012. 
  61. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  62. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  63. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  64. Jornal do Brasil (6 de abril de 1948). «A Câmara dos Comuns deseja detalhes do acidente ocorrido entre aviões britânicos e soviéticos». Ano LVII, Número 79- Página 7. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  65. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  66. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 25 de março de 2012. 
  67. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  68. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  69. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  70. Folha da Manhã (5 de maio de 1949). «Morta a delegação do TOrino A.C. em desastre de avião na cidade de Turim». Ano XXIV, número 7694 - página 1. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  71. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  72. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  73. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  74. Folha da Manhã (29 de outubro de 1949). «Avião caiu nos açores com 48 pessoas a bordo». Ano XXv, número 7846 -2º caderno. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  75. Jornal do Brasil (29 de outubro de 1949). «Precipitou-se e explodiu contra as motanhas o Constellation da Air France». Ano LIX, número 255Página 7. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  76. Jornal do Brasil (30 de julho de 1950). «A horrível tragédia do Constelation da Panair». Edição nº 177 Ano LX - página 6. Consultado em 20 de fevereiro de 2012. 
  77. Aviation Safety Network. http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19501103-0. Página visitada em 18 de março de 2014.
  78. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 2 de julho de 2012. 
  79. Jornal do Brasil (23 de julho de 1951). «Desaparecido um Constellation da Pan-American Airways». Ano LXI, número 143, páginas 1 e 7. Consultado em 2 de julho de 2012. 
  80. Jornal do Brasil (13 de julho de 1951). «Espatifou-se contra o solo um avião da LAP». Ano LXI, número 160, páginas 1 e 7. Consultado em 2 de julho de 2012. 
  81. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 2 de julho de 2012. 
  82. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 20 de janeiro de 2013. 
  83. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 20 de janeiro de 2013. 
  84. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 20 de janeiro de 2013. 
  85. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  86. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  87. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  88. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  89. Jornal do Brasil (1 de julho de 1956). «Ter-se Iam chocado no ar o Super Constellation e o Douglas DC-7». Ano LXVI, número 151 - página 7. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  90. Folha da Manhã (3 de julho de 1956). «Catástrofe sem igual na história da aviação comercial :128 mortos». Ano XXXII, número 9871 página 1. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  91. Jornal do Brasil (10 de julho de 1956). «Desastre de aviação em Rio Branco». Ano LXVI, número 158 - página 11. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  92. Folha da Manhã (9 de abril de 1957). «Grave desastrede aviação em Bagé causa a morte de 40 pessoas». Ano XXXII, número 10108, páginas 1 e 2. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  93. A Noite (8 de abril de 1957, Ano XLV, número 15587, páginas 1 e 2). «Quarenta mortos num desastre de aviaçãoem Bagé». Fundação Biblioteca Nacional. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  94. Mario Lopes (7 de abril de 2012). «Acidente de avião com 40 mortos». Folha do Sul Gaúcho. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  95. «Frota da Varig». Aviação Comercial. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  96. «Accident Description». Aviation Safety Network. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  97. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 20 de janeiro de 2013. 
  98. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  99. Gianfranco Beting. «Acidentes Gerais- Lockheed Constellation PP-VDA». Jetsite. Consultado em 29 de julho de 2012. 
  100. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  101. SILVA, Carlos Ari Cesar Germano da (2008). O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes EDIPUCRS [S.l.] pp. 165–168. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  102. Jornal Do Brasil (7 de setembro de 1958). «Lóide Aéreo: apenas doze mortos em desastre com seu avião». Ano LXVIII, Edição Nº 209, 2º caderno - página 8. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  103. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 7 de junho de 2012. 
  104. Diário de Notícias (7 de Novembro 2011). «Acidente com hidroavião foi há 53 anos». Consultado em 7 de junho de 2012. 
  105. Jornal do Brasil (11 de novembro de 1958). «Caiu um hidroavião português». Ano 68, Número 264 , página 16. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  106. Jornal do Brasil (13 de janeiro de 1959). «Desastre do Galeão: o primeiro da Lufthansa depois da guerra». Ano LXVIII, número 10 - página 9. Consultado em 16 de abril de 2012. 
  107. Folha da Manhã (13 de janeiro de 1959). «Comissão de inquérito da companhia para apurar as causas do acidente com o Super G Constellation». Ano XXXIV - número 10650, página 2. Consultado em 16 de abril de 2012. 
  108. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 21 de outubro de 2012. 
  109. UPI (27 de junho de 1959). «Constellation Cai em Milão: 68 mortos». Jornal do Brasil Ano LXIX , Edição nº148, página2. Consultado em 21 de outubro de 2012. 
  110. «O avião explodiu antes de tocar o solo:20 pessoas mortas ontem, no Jabaquara». Folha de S. Paulo Ano XXXV, número 10866, 2º caderno, página 8. 24 de setembro de 1959. Consultado em 8 de dezembro de 2012. 
  111. «Avião cai em São Paulo:20 pessoas mortas». Jornal do Brasil, ano LXIX, número 223, página 10. 24 de setembro de 1959. Consultado em 8 de dezembro de 2012. 
  112. SILVA, Carlos Ari Cesar Germano da (2008). O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes Editora EDIPUCRS, Porto Alegre [S.l.] pp. 177–181. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  113. Jornal do Brasil (26 de fevereiro de 1960). «choque de avião sobre o Rio mata 66 pessoas». Ano LXIX, número 48. Consultado em 9 de abril de 2012. 
  114. Folha de S. Paulo (26 de fevereiro de 1960). «67 mortos. 2 aviões chocam-se no ar sobre a Baía de Guanabara». XXXV edição 10997 - paginas 1 e 4. Consultado em 9 de abril de 1960. 
  115. Folha de S. Paulo (26 de junho de 1960). «Mortos os 51 ocupantes do avião caído na Guanabara». Ano XXXV, edição 11099, pagina 1. Consultado em 9 de abril de 2012. 
  116. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de abril de 2012. 
  117. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 21 de abril de 2012. 
  118. Folha de S. Paulo (16 de fevereiro de 1961). «Avião cai perto do aeroporto de Bruxelas;73 mortos». Ano XXXVI, número 11299, página 1. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  119. UPI,FP, AP, JB (31 de maio de 1961). «DC-8 cai em Lisboa e mata 62». Jornal do Brasil, Ano LXXI, número 125, páginas 1 e 5. Consultado em 19 de novembro de 2012. 
  120. «Accident description». Consultado em 19 de novembro de 2012. 
  121. «Aviation Safety Database - Argentina». Aviation Safety Network. Consultado em 17 de novembro de 2012. 
  122. «Un rayo derribó avión argentino con 67 personas». El Tiempo (Colômbia), Ano 50, número 17257, páginas 1 e 6. 20 de julho de 1961. 
  123. AFP-UP (20 de julho de 1961). «Aviaão argentino cai ao solo; 67 pessoas mortas». Folha de S. Paulo, Ano XL , número 11726,página 2. Consultado em 17 de novembro de 2012. 
  124. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 21 de abril de 2012. 
  125. Jornal do Brasil (2 de novembro de 1961). «Morte interrompe voo da amizade 2 minutos antes do pouso». Ano LXXI, número 257- páginas 1 e 4. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  126. Folha de S.Paulo (2 de novembro de 1961). «Explode em Recife avião com 84 pessoas a bordo». Ano XL, número 11831, páginas 1 e contra capa. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  127. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 21 de abril de 2012. 
  128. Jornal do Brasil (24 de novembro de 1961). «Arco-íris se desfez em fogo pela madrugada». Ano LXXI, número 275 página 1. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  129. Folha de S. Paulo (24 de novembro de 1961). «52mortos na queda do jato em Campinas:nenhum sobrevivente». Ano XL- número 853. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  130. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  131. Folha de S. Paulo (21 de agosto de 1961). «Rio:jato cai ao mar;101 pessoas a bordo». Ano XLII, número 12119. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  132. Gianfranco Beting. «A tragédia do Panair 26». Jetsite. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  133. Jornal do Brasil (21 de agosto de 1962). «Jacto cai no Galeão: 13 mortos». Ano LXII, número 194. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  134. Folha de S. Paulo (27 de novembro de 1962). «Colisão no ar:26 mortos». Ano XLII , número 12217. Consultado em 29 de abril de 2012. 
  135. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 7 de junho de 2012. 
  136. Jornal do Brasil (27 de novembro de 1962). «Cho que de aviões mata 26 em São Paulo». Ano LXXII, número 273 -página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  137. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  138. Jornal do Brasil. «Jato do Brasil cai no Peru e mata 97». Ano LXXII, número 274 -página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  139. El Tiempo (Colômbia) (28 de novembro de 1962). «5 colombianos muerem al caer un jet cerca a Lima». Ano 51 - número 17748 página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  140. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  141. Jornal do Brasil (15 de dezembro de 1962). «Buscas na selva não localizam Constellation». Ano LXXII, número 289, página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  142. EL Tiempo (Colômbia) (16 de dezembro de 1962). «Localizado en plena selva el avión del Brasil». Ano 51, número 17766, pagina 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  143. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  144. Jornal do Brasil (4 de maio de 1963). «Avião cai em São Paulo: 33 mortos e 16 feridos». Ano LXXIII, número 102, página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  145. Última Hora, Ano XII, número 4039,página 1 (4 de maio de 1963). «Convair com 50 pessoas caiu na rua em São Paulo». Arquivo público de São Paulo. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  146. «Avião cai no Alasca e mata 101». Jornal do Brasil, Ano LXXIII, número 129, página 7. 5 de junho de 1963. Consultado em 27 de dezembro de 2012. 
  147. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 27 de dezembro de 2012. 
  148. . Aviation Safety Network http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19630727-0. Consultado em 27 de dezembro de 2012.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  149. «Por la pantalla del radar, se vió la tragedia del Comet». El Tiempo (Colômbia), Ano 52, número 17986,página 8. 29 de julho de 1963. Consultado em 27 de dezembro de 2012. 
  150. . Aviation Safety Network http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19630904-0. Consultado em 27 de dezembro de 2012.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  151. . Aviation Safety Network http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19631129-0. Consultado em 27 de dezembro de 2012.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  152. Ricardo L. Araújo, Artur R. Araújo (maio de 2010). «Um Raio pode Derrubar um Avião ???» (PDF). EMField. Consultado em 15 de dezembro de 2012. 
  153. Jornal do Brasil (10 de dezembro de 1963). «Boeing que matou 81 pessoas em Maryland explodiu em pleno ar». Jornal do Brasil Ano LXXIII, número 288, página 7. Consultado em 22 de outubro de 2012. 
  154. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 2 de janeiro de 2013. 
  155. «168 mortos em 2 desastres de avião». Jornal do Brasil, ano LXXIII, número 51, página 7. 3 de março de 1964. Consultado em 2 de janeiro de 2013. 
  156. . Aviation Safety Network http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19640507-0. Consultado em 13 de agosto de 2014.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  157. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  158. Jornal do Brasil (5 de setembro de 1964). «Avião cai na serra do órgãos com 39». LXXIV, número 210 página 1. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  159. Última Hora, Ano XIV, número 4552, página 1 (5 de setembro de 1964). «Viscount cai na serra do órgãos». Arquivo Público do estado de São Paulo. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  160. El Tiempo (16 de janeiro de 1966). «55 muertos en el accidente». Ano 55, Edição Nº 18874 páginas 1, 9, 10 e 11. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  161. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 12 de agosto de 2012. 
  162. Flight International (3 de fevereiro de 1966). The Air India Disaster. Página visitada em 18 de março de 2014.
  163. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  164. Última Hora, Ano XVI, número 1990 página 1 (6 de março de 1967). «Jato brasileiro caiu na África:56 mortos e 40 sobreviventes». Arquivo público do estado de São Paulo. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  165. UPI,AP,AFP,JB (6 de fevereiro de 1970). «Bimotor argentino explode no ar perto de Corrientes e mata seus 39 passageiros». Jornal do Brasil, ano LXXIX, Edição nº 259, página 11. Consultado em 11 de novembro de 2012. 
  166. «Avião argentino exlode no ar; morrem 39 pessoas». Folha de S.Paulo, Ano XLIX, Edição nº14845, página 2. Consultado em 11 de novembro de 2012. 
  167. Jornal do Brasil (15 e 16 de março de 1970). «Avião da Paraense cai no oceano e 37 morrem». Ano LXXIX - edição 289 - páginas 1 e 25. Consultado em 7 de abril de 2012. 
  168. «Accident». Aviation Safety Network. Consultado em 18 de novembro de 2012. 
  169. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  170. Jornal do Brasil (15 de junho de 1972). «Jato cai na Índia com Leila Diniz». Ano LXXXII, número 58, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  171. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  172. Jornal do Brasil (23 de dezembro de 1972). «Chile resgata sobreviventes de avião hoje». Ano LXXXII, número 247, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  173. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  174. Folha de S. Paulo (31 de dezembro de 1972). «Cai o primeiro Jumbo, com 167 pessoas». Ano LII, número 15903, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  175. Gianfranco Beting (2008). «Fantasmas do pântano - a impressionante saga do Eastern 401». Jetsite. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  176. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  177. Jornal do Brasil (2 de junho de 1973). «Avião explode ao aterrar e mata 23 pessoas em S. Luís». Ano LXXXIII, número 55 , página 1. 
  178. Folha de S. Paulo (2 de junho de 1973). «O trágico fim do Caravelle PP-PDX». Ano LIII, número 16054, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  179. http://aviation-safety.net/database/record.php?id=19730603-0
  180. http://port.pravda.ru/news/russa/15-01-2004/4057-0/
  181. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  182. Jornal do Brasil (12 de julho de 1973). «Fogo a bordo derruba Boeing perto do aerporto de Paris e mata 122». Ano LXXXIII, número 95, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  183. Folha de S. Paulo (12 de julho de 1973). «Fogo a bordo, depois a queda: 122 mortos». Ano LIII, número 16094, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  184. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  185. Jornal do Brasil (4 de março de 1974). «Avião turco cai na França e morrem 344». Ano LXXXIII, número 326, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  186. Folha de S.Paulo (4 de março de 2012). «Catástrofe em Orly:345 mortos». Ano LIV, número 16329, página 1. Consultado em 9 de março de 2012. 
  187. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  188. Jornal do Brasil (5 de dezembro de 1974). «Avião da Holanda cai com 191». Ano LXXXIV, número 241, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  189. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  190. Jornal do Brasil (5 de abril de 1975). «Avião cai perto de Saigon e mata mais de 100 órfãos». Ano LXXXIV, numero 358, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  191. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  192. Jornal do Brasil (4 de agosto de 1975). «Boeing cai no Marrocos e 188 pessoas morrem». Ano LXXXV, número 118, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  193. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  194. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  195. Folha de S. Paulo (11 de setembro de 1976). «Na Iugoslávia, 176 mortos em acidente aéreo». Ano LVI, edição número 17327, página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  196. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  197. Jornal do Brasil (20 de setembro de 1976). «Avião cai na Turquia e mata 120». Ano LXXXVI, número 165, página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  198. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  199. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  200. Jornal do Brasil (28 de março de 1977). «Choque de dois Jumbo mata 570 pessoas nas Canárias». Ano LXXXVI, número 349 página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  201. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  202. NTSB (1977). «NTSB Identification». Consultado em 10 de junho de 2012. 
  203. Folha de S. Paulo (21 de novembro de 1977). «Avião da TAP explode e mata mais de 120». Ano LVI, número 17764, página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  204. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  205. Folha de S. Paulo (23 de novembro de 1977). «Confirmada a morte em Bariloche». Ano LVI, número 17766. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  206. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  207. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  208. Folha de S.Paulo (5 de dezembro de 1977). «100 pessoas morrem no avião sequestrado». Ano LVI, número 17778, página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  209. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  210. Folha de S.Paulo (19 de dezembro de 1977). «Avião cai em Funchal; 57 desaparecidos». Ano LVI, número 17792 página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  211. Jornal do Brasil (19 de dezembro de 1977). «Avião suíço cai ao mar com 52 passageiros». Ano LXXXVII, número 255, página 1. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  212. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  213. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  214. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  215. Eduardo Tessler (3 de junho de 2009). «O sumiço do 707 da Varig». Terra Magazine. Consultado em 10 de junho de 2012. 
  216. «Accident description PT-SBB». Aviation Safety Network. Consultado em 20 de maio de 2011. 
  217. Germano da Silva, Carlos Ari César (2008). «Compensador automático». O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes 1928-1996 2 ed. (Porto Alegre: EDIPUCRS). pp. 308–312. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  218. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  219. Jornal do Brasil (27 de julho de 1979). «Avião cargueiro alemão explode em Petrópolis». Ano LXXXIX, número 110 página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  220. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  221. Jornal do Brasil (14 de abril de 1980). «Desastre com Boeing só tem 4 sobreviventes». Ano XC, edição 6 página 20. Consultado em 9 de abril de 2012. 
  222. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de abril de 2012. 
  223. Jornal do Brasil (6 de dezembro de 1980). «Família sepulta Sá Carneiro hoje em Lisboa». Ano XC, edição 242, páginas 1 e 12. 
  224. Folha de S. Paulo (5 de dezembro de 1980). «Morre o premiê de Portugal, em acidente aéreo». Ano 59, número 18894- páginas 1 e 8. Consultado em 9 de abril de 2012. 
  225. a b «Cinco casos de pilotos que fizeram despenhar aviões». 
  226. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  227. Folha de S.Paulo (9 de junho de 1982). «Boeing explode, 135 mortos». Ano 62, número 19425,página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  228. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  229. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  230. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  231. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  232. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  233. «Accident description PP-SBC». Aviation Safety Network. Consultado em 4 de agosto de 2011. 
  234. Germano da Silva, Carlos Ari César (2008). «Visumento». O rastro da bruxa: história da aviação comercial brasileira no século XX através dos seus acidentes 1928-1996 2 ed. (Porto Alegre: EDIPUCRS). pp. 338–341. ISBN 978-85-7430-760-2. 
  235. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  236. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  237. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  238. Jornal do Brasil (21 de outubro de 1986). «Aviãi cai na África e mata Samora Machel». Ano XCVI, número 196, página 1. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  239. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  240. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  241. Jornal do Brasil (18 de março de 1988). «Avião bate em montanha na Colômbia e mata 136 pessoas». Ano XCVII, Edição Nº 341, página 13. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  242. «Accident description». Aviation Safety Network. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  243. Aviation Safety Network. [aviation-safety.net/database/record.php?id=19880428-0 «Accident description»] Verifique |url= (Ajuda). Consultado em 9 de junho de 2012. 
  244. Jornal do Brasil (30 de abril de 1988). «Boeing explode no ar e piloto pousa no Havaí». Ano XCVIII, número 22, páginas 1 e 9. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  245. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  246. Jornal do Brasil (4 de julho de 1988). «EUA abatem avião com 298». Ano XCVIII, número 175, páginas 1 e 7. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  247. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  248. Jornal do Brasil (30 de setembro de 1988). «Piloto morre em sequestro de avião». Ano XCVIII, número 87, páginas 1, 4 e 5. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  249. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  250. Jornal do Brasil (22 de dezembro de 1988). «Boeing da pan AM cai na Escócia com 258 a bordo». Ano XCVIII, número 258, páginas 1 e 16. Consultado em 15 de agosto de 2012. 
  251. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  252. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  253. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  254. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  255. a b CENIPA (1989). «Accident description» (PDF). Cenipa. Consultado em 28 de novembro de 1989.  Parâmetro desconhecido |acessoano= ignorado (|acessodata=) (Ajuda); Erro de citação: Invalid <ref> tag; name ":1" defined multiple times with different content
  256. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  257. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  258. a b Luiz Augusto (3 de abril de 2010). «Tragédia aérea. Em 1997 colisão entre aviões deixou 13 mortos». Correio Lageano. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  259. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  260. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  261. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  262. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  263. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  264. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  265. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  266. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  267. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  268. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  269. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  270. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  271. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  272. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  273. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  274. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  275. Aviation Safety Network. http://aviation-safety.net/database/record.php?id=20000419-0 «Accident description» Verifique |url= (Ajuda). Consultado em 9 de junho de 2012. 
  276. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  277. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  278. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  279. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  280. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  281. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  282. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  283. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  284. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  285. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  286. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  287. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  288. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  289. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  290. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  291. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  292. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  293. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  294. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  295. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  296. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  297. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  298. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  299. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  300. a b Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  301. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  302. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  303. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  304. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  305. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  306. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  307. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  308. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  309. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  310. CENIPA. «Relatório do Acidente». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  311. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  312. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  313. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  314. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  315. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  316. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  317. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  318. Reuters (3 de junho de 2012). «Helicóptero cai em Serra Leoa e mata ao menos 20 pessoas». Portal Uol. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  319. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  320. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  321. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  322. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  323. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  324. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  325. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  326. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  327. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  328. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  329. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  330. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  331. Agencia Estado (23 de novembro de 2008). «Produtor da banda Calypso morre em acidente de avião». Estadão. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  332. . Folha http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u472626.shtml. Consultado em 17 de julho de 2012.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  333. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  334. Terra (8 de fevereiro de 2009). «Coari decreta luto oficial de 3 dias após queda de avião no AM». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  335. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  336. Globo.com (12 de março de 2009). «Homem sequestra a filha, rouba avião e mata os dois». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  337. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  338. Folha de S. Paulo (23 de maio de 2012). «Avião cai no litoral da Bahia e 11 morrem». Ano 89, número 29270, página C-5. Consultado em 9 de junho de 2012. 
  339. Estadão (25 de maio de 2009). «Passageiros da TAM ficam feridos após forte turbulência». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  340. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  341. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  342. Terra (15 de julho de 2009). «Avião cai no noroeste do Irã com 168 pessoas a bordo». Consultado em 10 de junho de 2012. 
  343. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  344. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  345. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  346. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  347. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  348. G1 (10 de fevereiro de 2012). «Helicóptero de emissora de TV cai em São Paulo». Consultado em 10 de junho de 2012. 
  349. «G1 >Brasil - NOTÍCIAS - Principais comandantes militares poloneses morrem em acidente aéreo». g1.globo.com. Consultado em 10 de Abril de 2010. 
  350. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  351. Folha de S. Paulo (13 de maio de 2010). «Secretária de Educação do AM e mais cinco morrem em queda de avião em Manaus». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  352. «Acidente com aeronave da Air India deixa cerca de 160 mortos». abril.com.br. Consultado em 22 de Maio de 2010. 
  353. «Não há sobreviventes em queda de avião no Paquistão, diz ministro.». oglobo.com.br. Consultado em 28 de julho de 2010. 
  354. «Ocean Air diz que os três tripulantes de avião não tiveram ferimentos». oglobo.com.br. Consultado em 13 de Agosto de 2010. 
  355. «Acidente aéreo em aeroporto da Colômbia deixa um morto». oglobo.com.br. Consultado em 16 de Agosto de 2010. 
  356. «Acidente aéreo mata 42 na China». g1.glogo.com.br. Consultado em 25 de Agosto de 2010. 
  357. «42 die in plane crash in NE China». ChinaDaily.com. Consultado em 25 de Agosto de 2010. 
  358. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  359. «Queda de avião no Nepal não deixa sobreviventes, diz chefe do resgate». g1.glogo.com.br. Consultado em 25 de Agosto de 2010. 
  360. Avião cai e mata 68 pessoas
  361. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  362. G1. «Avião cai no Irã com 105 pessoas abordo». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  363. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  364. []
  365. Terra. «Avião cai e mata neto do governador deTocantins». Consultado em 10 de junho de 2012. 
  366. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  367. G1. «Petrobras ainda apura queda de helicóptero na bacia de Campos». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  368. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  369. Portal G1. «Aviao com 126 cai no Paquistão e não há sobreviventes diz polícia». Consultado em 29 de abril de 2012. 
  370. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  371. Aviation Safety Network. «Accident description». Consultado em 9 de junho de 2012. 
  372. TVI24. «Avioneta cai em Cascais». Consultado em 5 de setembro de 2012. 
  373. RTP/A Bola. «Avião cai em Évora». Consultado em 5 de setembro de 2012. 
  374. Agência Estado (28 de setembro de 2012). «Avião que seguia para o Everest cai no Nepal e mata 19». Estadão. Consultado em 28 de setembro de 2012. 
  375. A Bola (06 de setembro de 2012). «Colisão em Espanha, entre dois Airbus». Consultado em 07 de outubro de 2012. 
  376. G1 (27 de Novembro de 2012). «Pequeno avião cai no mar logo após decolagem nas Ilhas Comores». G1. Consultado em 27 de Novembro de 2012. 
  377. G1 (01 de Dezembro de 2012). «Acidente com avião de carga mata 20 no Congo.». G1. Consultado em 01 de Dezembro de 2012. 
  378. http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/05/aviao-de-carga-cai-no-afeganistao-e-deixa-sete-mortos.html/
  379. http://pt.euronews.com/2013/04/13/indonesia-aviao-cai-ao-mar-com-130-pessoas-a-bordo/
  380. «Avião sofre acidente no aeroporto de San Francisco, nos EUA». G1. Consultado em 10 de Julho de 2013. 
  381. «Autoridades tentam determinar causas de acidente aéreo em São Francisco». INFO. Consultado em 10 de Julho de 2013. 
  382. http://oglobo.globo.com/pais/deu-medo-parecia-que-aviao-ia-cair-diz-passageiro-do-voo-da-tam-9782.
  383. http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2013/10/03/queda-de-aviao-fabricado-pela-embraer-deixa-pelo-menos-13-mortos-na-nigeria.htm#fotoNav=8
  384. http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=3539390
  385. a b «Malaysia Airlines retires 'MH370' flight code» (em inglês). Hindustantimes. 13 de março de 2014. Consultado em 10 de agosto de 2014. 
  386. Zero Hora (19/07/2014) «Malaysia Airlines divulga atualização das nacionalidades de passageiros a bordo de avião que caiu na Ucrânia». 19/07/2014. Consultado em 24/07/2014. .
  387. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/07/sobe-para-48-o-numero-de-mortos-no-em-acidente-aereo-taiwan.html
  388. UOL - O Melhor Conteúdo (24/07/2014) «Destroços de avião da Argélia que estava desaparecido são encontrados no Mali». 24/07/2014. Consultado em 24/07/2014. .
  389. «Autoridades iranianas reduzem para 40 número mortos em acidente aéreo». G1. 10 de agosto de 2014. Consultado em 10 de agosto de 2014. 
  390. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/02/numero-de-mortos-em-acidente-de-aviao-em-taiwan-chega-40.html
  391. «Rastreio de Voo ao Vivo (GWI9525)». FlightAware. 24 de Março de 2015. Consultado em 24 de Março de 2015. 
  392. http://www.publico.pt/mundo/noticia/numero-de-mortos-do-acidente-aereo-na-indonesia-sobe-para-mais-de-140-1700693
  393. http://noticias.terra.com.br/mundo/asia/aviao-militar-indonesio-estava-com-problema-na-helice,ad2a64324ce731f910660a332e89f48004ylRCRD.html
  394. http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/indonesia-conclui-retirada-dos-corpos-de-acidente-aereo.html