Lista de ases a jacto da Alemanha na Segunda Guerra Mundial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Um Messerschmitt Me 262.

Esta é uma lista dos pilotos alemães que se tornaram ases da aviação pilotando aviões a jacto durante a Segunda guerra Mundial.

Um ás da aviação é um piloto de aeronaves que abateu cinco ou mais aeronaves inimigas durante um combate aéreo (apesar de os alemães colocarem a fasquia apenas a partir da décima aeronave abatida). Cada aeronave abatida é referida como uma "vitória". Durante a Segunda Guerra Mundial, centenas de pilotos da Luftwaffe conseguiram alcançar este feito, pilotando aviões convencionais a pistão.[1] Contudo, apenas 28 pilotos conseguiram abater cinco ou mais aeronaves inimigas a bordo de aeronaves a jacto.[2]

Uma aeronave a jacto foi usada pela primeira vez em combate durante a Segunda Guerra Mundial; a aeronave era um Messerschmitt Me 262 A-1a e o seu piloto era o alemão Alfred Schreiber, e o inimigo atacado foi um Mosquito PR XVI do Esquadrão N.º 540 da Força Aérea Real, enquanto sobrevoava os Alpes, no dia 26 de Julho de 1944.[3]

Embora seja referida como a primeira vitória da história por um avião a jacto,[4] o Mosquito danificado conseguiu voltar para uma base dos aliados na Itália, ficando apenas destruído quando falhou a aterragem. Assim, a primeira vitória de facto (com a confirmação da destruição da aeronave inimiga no momento) foi outro Mosquito, também do Esquadão N.º 540, que foi abatido por Joachim Weber, em Ohlstadt, no dia 8 de Agosto de 1944.[3]

Entre 1944 e 1945, a Luftwaffe incorporou nas suas fileiras três novos tipos de aeronaves (duas a jacto e uma a foguete). Além do Me 262, o jacto Heinkel He 162 "Volksjäger" e o Messerschmitt Me 163 "Komet" com motor a foguete foram as outras duas aeronaves revolucionárias; contudo, nestas duas aeronaves, nenhum piloto conseguiu alcançar o estatuto de ás, fazendo com que todos os ases tenham alcançado o feito a bordo de um Messerschmitt Me 262.[5]

Ases a jacto[editar | editar código-fonte]

      Esta cor, juntamente com um * (asterisco), indica que o piloto ou foi morto em combate ou faleceu em algum tipo de acidente aéreo.

Está lista está inicialmente classificada pelo número de vitórias.[2]

Nome Posto Vitórias pilotando jactos Unidade Total de vitórias Notas
Welter, KurtKurt Welter Oberleutnant 20+[a] Kommando Welter, 10./NJG 11 63 Várias fontes apontam para mais de 20 vitórias, porém apenas estas têm confirmação documental. Possivelmente o maior ás a jacto de todos os tempos.
Bar, HeinrichHeinrich Bär Oberstleutnant 16 EJG 2, JV 44 220 Começou a combater em Março de 1945, e a sua primeira vitória concretizou-se a 19 de Março.[6]
Schall, FranzFranz Schall* Hauptmann 14+ Kdo Nowotny, JG 7 137 Várias fontes apontam para mais de 14 vitórias, porém o número exacto é incerto.[7][8] Faleceu num acidente aéreo a 10 de Abril de 1945[2]
Buchner, HermannHermann Buchner Leutnant 12 Kdo Nowotny
JG 7
58
Eder, Georg-PeterGeorg-Peter Eder Major 12 Kdo Nowotny
JG 7
78 Ferido a 16 de Fevereiro de 1945[2]
Rudorffer, ErichErich Rudorffer Major 12 JG 7 222
Schnörrer, KarlKarl Schnörrer Leutnant 11 EKdo 262
Kdo Nowotny
JG 7
46 Ferido a 30 de Março de 1945[2]
Büttner, ErichErich Büttner* Oberfeldwebel 8 EKdo 262
Kdo Nowotny
JG 7
8 Morto em combate a 20 de Março de 1945[2]
Lennartz, HelmutHelmut Lennartz Feldwebel 8 EKdo 262
Kdo Nowotny
JG 7
13 Primeiro vitória de um avião a jacto sobre um B-17 Flying Fortress, a 15 de Agosto de 1944.[9]
Rademacher, RudolfRudolf Rademacher Leutnant 8 JG 7 126
Schuck, WalterWalter Schuck Oberleutnant 8 JG 7 206
Wegmann, GüntherGünther Wegmann Oberleutnant 8 EKdo 262
JG 7
14 Ferido a 18 de Março de 1945[2]
Weihs, Hans-DieterHans-Dieter Weihs Leutnant 8 JG 7 8 Colisão aérea com Hans Waldmann a 18 de Março de 1945. Waldmann faleceu.[10]
Weissenberger, TheodorTheodor Weissenberger Major 8 JG 7 208
Ambs, AlfredAlfred Ambs Leutnant 7 JG 7 7
Arnold, HeinzHeinz Arnold* Oberfeldwebel 7 JG 7 49 Morto em combate a 17 de Abril de 1945[2]
O Me 262 A-1a W.Nr.500491 da II./JG 7, com as marcas das suas vitórias pessoais, encontra-se em exposição no museu Smithsonian Institution, em Washington, D.C., nos Estados Unidos.[11]
Becker, Karl-HeinzKarl-Heinz Becker Feldwebel 7 10./NJG 11 7
Galland, AdolfAdolf Galland Generalleutnant 7 JV 44 104 Incumbido de criar a JV44 em Março de 1945. Ferido em combate a 26 de Abril de 1945.[2]
Köster, FranzFranz Köster Unteroffizier 7 EJG 2
JG 7
JV 44
7
Muller, FritzFritz Müller Leutnant 6 JG 7 22
Steinhoff, JohannesJohannes Steinhoff Oberst 6 JG 7
JV 44
176 Ferido a 18 de Abril de 1945[2]
Baudach, HelmutHelmut Baudach* Oberfeldwebel 5 Kdo Nowotny
JG 7
20 Morto em combate a 22 de Fevereiro de 1945[2]
Ehrler, HeinrichHeinrich Ehrler* Major 5 JG 7 206 Morto em combate a 4 de Abril de 1945[2]
Grünberg, HansHans Grünberg Oberleutnant 5 JG 7
JV 44
82
Heim, JosephJoseph Heim* Gefreiter 5 JG 7 5 Morto em combate a 10 de Abril de 1945[2]
Neumann, KlausKlaus Neumann Leutnant 5 JG 7
JV 44
37
Schreiber, AlfredAlfred Schreiber* Leutnant 5 Kdo Nowotny
JG 7
5 Primeiro ás a jacto da história [12]
Faleceu num acidente aéreo a 26 de Novembro de 1944[2]
Späte, WolfgangWolfgang Späte Major 5 (JG 400)
JV 44
99

Notas[editar | editar código-fonte]

  • a De acordo com Hinchliffe, Kurt Welter ultrapassou a marca das 20 vitórias aéreas, porém o número exacto é contestado.[13]

Referências

  1. Spick 1996, pp. 2–3.
  2. a b c d e f g h i j k l m n Morgan & Weal 1998, p. 88.
  3. a b Morgan & Weal 1998, pp. 16–17.
  4. Radinger & Schick 1993, p. 51.
  5. Spick 1996, p. 204.
  6. «Heinrich "Heinz Pritzl" Bär». www.luftwaffe39-45.historia.nom.br. Consultado em 3 de julho de 2016. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2016 
  7. «Schall». www.luftwaffe39-45.historia.nom.br. Consultado em 7 de maio de 2016. Cópia arquivada em 12 de outubro de 2016 
  8. «Aces of the Luftwaffe - Franz Schall». www.luftwaffe.cz. Consultado em 7 de maio de 2016. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2016 
  9. Morgan & Weal 1998, p. 17.
  10. Weal 2003, p. 92.
  11. Radinger & Schick 1993, p. 60.
  12. Foreman & Harvey 1995, p. 81.
  13. Hinchliffe 1998, pp. 210, 294.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Boehme, Manfred (1992). JG 7 The World's First Jet Fighter Unit 1944/1945. Atglen, PA: Schiffer Publishing Ltd. ISBN 0-88740-395-6 .
  • Boyne, Walter J. (1980). Messerschmitt Me 262 Arrow to the Future. Estados Unidos da América: Smithsonian Institution. ISBN 0-87474-275-7 .
  • Foreman, John; Harvey, S.E. (1995), Messerschmitt Combat Diary Me.262, ISBN 1-871187-30-3, Crecy Publishing Ltd .
  • Hinchliffe, Peter (1998), Luftkrieg bei Nacht 1939–1945 [Air War at Night], ISBN 3-613-01861-6, Motorbuch Verlag .
  • Morgan, Hugh; Weal, John (1998), German Jet Aces of World War II, ISBN 1-85532-634-5, Londres: Orsprey Publishing Limited .
  • Radinger, Willy; Schick, Walther (1993), Messerschmitt Me 262 Development Testing Production, ISBN 0-88740-516-9, Schiffer Publishing Ltd .
  • Spick, Mike (1996), Luftwaffe Fighter Aces, ISBN 0-8041-1696-2, Nova York: Ivy Books .
  • Weal, John (2003), Bf109 Aces of the Russian Front, ISBN 1-84176-084-6, Oxford, Reino Unido: Osprey Publishing Limited .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]