Lista de campeões do UFC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta é uma lista de campeões do UFC.[1]

Atuais campeões[editar | editar código-fonte]

Lista de campeões

Masculino

Categoria Peso Lutador Campeão desde Próxima Defesa Defesas de título
Peso pesado até 120,2 kg Camarões Francis Ngannou 27 de março de 2021
(UFC 260)
Vs. França Ciryl Gane - 22 de janeiro de 2022 (UFC 270) 0
França Ciryl Gane 7 de agosto de 2021
(UFC 265)
Vs. Camarões Francis Ngannou - 22 de janeiro de 2022 (UFC 270) 0
Peso meio-pesado até 93,0 kg Polónia Jan Blachowicz 26 de setembro de 2020
(UFC 253)
Vs. Brasil Glover Teixeira - 30 de outubro de 2021 (UFC 267) 1
Peso médio até 83,9 kg Nigéria Israel Adesanya 5 de outubro de 2019
(UFC 243)
Vs. Austrália Robert Whittaker - 12 de fevereiro de 2022 (UFC 271) 3
Peso meio-médio até 77,1 kg Nigéria Kamaru Usman 2 de março de 2019
(UFC 235)
Vs. Estados Unidos Colby Covington - 6 de novembro de 2021 (UFC 268) 4
Peso leve até 70,3 kg Brasil Charles Oliveira 15 de maio de 2021
(UFC 262)
Vs. Estados Unidos Dustin Poirier - 11 de dezembro de 2021 (UFC 269) 0
Peso pena até 65,8 kg Austrália Alexander Volkanovski 14 de dezembro de 2019
(UFC 245)
Vs. Estados Unidos Max Holloway 2
Peso galo até 61,2 kg Estados Unidos Aljamain Sterling 6 de março de 2021
(UFC 259)
Sem luta marcada 0
30 de outubro de 2021
(UFC 267)
Vs. Estados Unidos Aljamain Sterling 0
Peso mosca até 56,7 kg México Brandon Moreno 12 de junho de 2021
(UFC 263)
Vs. Brasil Deiveson Figueiredo - 22 de janeiro de 2022 (UFC 270) 0

Feminino

Categoria
Peso
Lutadora
Campeã desde
Próxima Defesa
Defesas de título
Peso pena até 65,7 kg Brasil Amanda Nunes 29 de dezembro de 2018
(UFC 232)
Sem luta marcada 2
Peso galo até 61,2 kg Brasil Amanda Nunes 9 de julho de 2016
(UFC 200)
Vs. Estados Unidos Julianna Peña - 11 de dezembro de 2021 (UFC 269) 5
Peso mosca até 56,7 kg Quirguistão Valentina Shevchenko 8 de dezembro de 2018
(UFC 231)
Sem luta marcada 6
Peso palha até 52,2 kg Estados Unidos Rose Namajunas 24 de abril de 2021
(UFC 261)
Vs. China Zhang Weili - 6 de novembro de 2021 (UFC 268) 0

Histórico de títulos[editar | editar código-fonte]

Masculinos[editar | editar código-fonte]

Peso pesado[editar | editar código-fonte]

Até 120,2 kg
No UFC 12, Mark Coleman e Dan Severn unificaram o torneio do UFC 11 e o título superfight na inauguração do peso pesado.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Mark Coleman 7 de fevereiro de 1997
(UFC 12)
Dothan, Estados Unidos Finalizou Dan Severn
2 Estados Unidos Maurice Smith 27 de julho de 1997
(UFC 14)
Birmingham, Estados Unidos Venceu Mark Coleman

1. Finalizou Tank Abbott (UFC 15)

3 Estados Unidos Randy Couture 21 de dezembro de 1997
(UFC Japão)
Yokohama, Japão Venceu Maurice Smith
Em janeiro de 1998, Randy Couture foi destituído ao assinar com o Vale Tudo Japan.
4 Países Baixos Bas Rutten 7 de maio de 1999
(UFC 20)
Birmingham, Estados Unidos Venceu Kevin Randleman
Em junho de 1999, Bas Rutten abidcou do título ao se aposentar.
5 Estados Unidos Kevin Randleman 19 de novembro de 1999
(UFC 23)
Tóquio, Japão Venceu Pete Williams

1. Venceu Pedro Rizzo (UFC 26)

6 Estados Unidos Randy Couture (2) 17 de novembro de 2000
(UFC 28)
Atlantic City, Estados Unidos Nocauteou Kevin Randleman

1. Venceu Pedro Rizzo (UFC 31)
2. Nocauteou Pedro Rizzo (UFC 34)

7 Estados Unidos Josh Barnett 22 de março de 2002
(UFC 36)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Randy Couture
Em 26 de julho de 2002, Josh Barnett foi destituído ao testar positivo para anabolizante em teste pós-luta contra Randy Couture.
8 Estados Unidos Ricco Rodriguez 27 de setembro de 2002
(UFC 39)
Uncasville Estados Unidos Finalizou Randy Couture
9 Estados Unidos Tim Sylvia 28 de fevereiro de 2003
(UFC 41)
Atlantic City, Estados Unidos Nocauteou Ricco Rodriguez

1. Nocauteou Gan McGee (UFC 44)

Em 15 de outubro de 2003, Tim Sylvia foi destituído ao testar positivo para anabolizantes em teste pós-luta contra Gan McGee.
10 Estados Unidos Frank Mir 19 de junho de 2004
(UFC 48)
Atlantic City, Estados Unidos Finalizou Tim Sylvia
Int. Bielorrússia Andrei Arlovski 5 de fevereiro de 2005
(UFC 51)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Tim Sylvia

1. Nocauteou Justin Eilers (UFC 53)

Em 12 de agosto de 2005, Frank Mir foi destituído ao se acidentar de uma moto.
11 Bielorrússia Andrei Arlovski 12 de agosto de 2005 Promovido a Campeão Linear

1. Nocauteou Paul Buentello (UFC 55)

12 Estados Unidos Tim Sylvia (2) 15 de abril de 2006
(UFC 59)
Anaheim, Estados Unidos Nocauteou Andrei Arlovski

1. Venceu Andrei Arlovski (UFC 61)
2. Venceu Jeff Monson (UFC 65)

13 Estados Unidos Randy Couture (3) 3 de março de 2007
(UFC 68)
Columbus, Estados Unidos Venceu Tim Sylvia

1. Nocauteou Gabriel Gonzaga (UFC 74)

Int. Brasil Antônio Rodrigo Nogueira 2 de fevereiro de 2008
(UFC 81)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Tim Sylvia
14 Estados Unidos Brock Lesnar 15 de novembro de 2008
(UFC 91)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Randy Couture

1. Nocauteou Frank Mir (UFC 100)
2. Finalizou Shane Carwin (UFC 116)

Int. Estados Unidos Frank Mir 27 de dezembro de 2008
(UFC 92)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Antônio Rodrigo Nogueira
No UFC 92, Antônio Rodrigo Nogueira defendeu o título interino e foi nocauteado por Frank Mir. Em seguida, Frank Mir e Brock Lesnar unificaram seus títulos no UFC 100.
Int. Estados Unidos Shane Carwin 27 de março de 2010
(UFC 111)
Newark, Estados Unidos Nocauteou Frank Mir
15 Estados Unidos Cain Velasquez 23 de outubro de 2010
(UFC 121)
Anaheim, Estados Unidos Nocauteou Brock Lesnar
16 Brasil Junior dos Santos 12 de novembro de 2011
(UFC on Fox: Velasquez vs. Dos Santos)
Anaheim, Estados Unidos Nocauteou Cain Velasquez

1. Nocauteou Frank Mir (UFC 146)

17 Estados Unidos Cain Velasquez (2) 29 de dezembro de 2012
(UFC 155)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Junior dos Santos

1. Nocauteou Antônio Silva (UFC 160)
2. Nocauteou Junior dos Santos (UFC 166)

Int. Brasil Fabrício Werdum 15 de novembro de 2014
(UFC 180)
Cidade do México, México Nocauteou Mark Hunt
18 Brasil Fabrício Werdum 13 de junho de 2015
(UFC 188)
Cidade do México, México Finalizou Cain Velasquez
19 Estados Unidos Stipe Miocic 14 de maio de 2016
(UFC 198)
Curitiba, Brasil Nocauteou Fabrício Werdum

1. Nocauteou Alistair Overeem (UFC 203)
2. Nocauteou Junior dos Santos (UFC 211)
3. Venceu Francis Ngannou (UFC 220)

20 Estados Unidos Daniel Cormier 7 de julho de 2018
(UFC 226)
Paradise, Estados Unidos Nocauteou Stipe Miocic

1. Finalizou Derrick Lewis (UFC 230)

21 Estados Unidos Stipe Miocic (2) 17 de agosto de 2019
(UFC 241)
Anaheim, Estados Unidos Nocauteou Daniel Cormier

1. Venceu Daniel Cormier (UFC 252)

22 Camarões Francis Ngannou 27 de março de 2021
(UFC 260)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Stipe Miocic
Int. França Ciryl Gane 7 de agosto de 2021
(UFC 265)
Houston, Estados Unidos Nocauteou Derrick Lewis

Peso meio-pesado[editar | editar código-fonte]

Até 93 kg
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Frank Shamrock 21 de dezembro de 1997
(UFC Japão)
Yokohama, Japão Finalizou Kevin Jackson

1. Nocauteou Igor Zinoviev (UFC 16)
2. Finalizou Jeremy Horn (UFC 17)
3. Finalizou John Lober (UFC Brasil)
4. Finalizou Tito Ortiz (UFC 22)

Em 24 de novembro de 1999, Frank Shamrock abdicou do título ao se aposentar citando a falta de concorrência.
2 Estados Unidos Tito Ortiz 14 de abril de 2000
(UFC 25)
Tóquio, Japão Venceu Wanderlei Silva

1. Finalizou Yuki Kondo (UFC 29)
2. Nocauteou Evan Tanner (UFC 30)
3. Nocauteou Elvis Sinosic (UFC 32)
4. Venceu Vladimir Matyushenko (UFC 33)
5. Nocauteou Ken Shamrock (UFC 40)

Int. Estados Unidos Randy Couture 6 de junho de 2003
(UFC 43)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Chuck Liddell
3 Estados Unidos Randy Couture 26 de setembro de 2003
(UFC 44)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Tito Ortiz
4 Brasil Vitor Belfort 31 de janeiro de 2004
(UFC 46)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Randy Couture
5 Estados Unidos Randy Couture (2) 21 de agosto de 2004
(UFC 49)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Vitor Belfort
6 Estados Unidos Chuck Liddell 16 de abril de 2005
(UFC 52)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Randy Couture

1. Nocauteou Jeremy Horn (UFC 54)
2. Nocauteou Randy Couture (UFC 57)
3. Nocauteou Renato Sobral (UFC 62)
4. Nocauteou Tito Ortiz (UFC 66)

7 Estados Unidos Quinton Jackson 26 de maio de 2007
(UFC 71)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Chuck Liddell

1. Venceu Dan Henderson (UFC 75)

No UFC 75, Quinton Jackson venceu Dan Henderson e unificou o título até 93 Kg do UFC com o do Pride.
8 Estados Unidos Forrest Griffin 5 de julho de 2008
(UFC 86)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Quinton Jackson
9 Estados Unidos Rashad Evans 27 de dezembro de 2008
(UFC 92)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Forrest Griffin
10 Brasil Lyoto Machida 23 de maio de 2009
(UFC 98)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Rashad Evans

1. Venceu Maurício Rua (UFC 104)

11 Brasil Maurício Rua 8 de maio de 2010
(UFC 113)
Montreal, Canadá Nocauteou Lyoto Machida
12 Estados Unidos Jon Jones 19 de março de 2011
(UFC 128)
Newark, Estados Unidos Nocauteou Maurício Rua

1. Finalizou Quinton Jackson (UFC 135)
2. Finalizou Lyoto Machida (UFC 140)
3. Venceu Rashad Evans (UFC 145)
4. Finalizou Vitor Belfort (UFC 152)
5. Nocauteou Chael Sonnen (UFC 159)
6. Venceu Alexander Gustafsson (UFC 165)
7. Venceu Glover Teixeira (UFC 172)
8. Venceu Daniel Cormier (UFC 182)

Em 28 de abril de 2015, Jon Jones foi destituído ao provocar um acidente de trânsito e fugir do local sem prestar socorro.
13 Estados Unidos Daniel Cormier 23 de maio de 2015
(UFC 187)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Anthony Johnson

1. Venceu Alexander Gustafsson (UFC 192)
2. Finalizou Anthony Johnson (UFC 210)
NC. contra Jon Jones (UFC 214)
3. Nocauteou Volkan Oezdemir (UFC 220)

Int. Estados Unidos Jon Jones 23 de abril de 2016
(UFC 197)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Ovince St. Preux
Em 9 de novembro de 2016, Jon Jones foi destituído ao ser flagrado em teste pré-luta do UFC 200.
No UFC 200, Daniel Cormier não precisou cortar 0,4 g no tempo extra, pela luta não valer título, devido a Anderson Silva ter aceito lutar apenas 3 rounds.
Em 13 de setembro de 2017, Jon Jones teve a vitória no UFC 214 anulada ao testar postivo em teste pós-luta e Daniel Cormier continuou campeão.
Em 28 de dezembro de 2018, Daniel Cormier abdicou oficialmente do título para a divisão não estagnar por ele ter virado campeão dos pesados.
14 Estados Unidos Jon Jones (2) 29 de dezembro de 2018
(UFC 232)
Inglewood, Estados Unidos Nocauteou Alexander Gustafsson

1. Venceu Anthony Smith (UFC 235)
2. Venceu Thiago Santos (UFC 239)
3. Venceu Dominick Reyes (UFC 247)

Em 17 de agosto de 2020, Jon Jones abdicou do título para buscar novos desafios apenas no peso pesado.
15 Polónia Jan Blachowicz 26 de setembro de 2020
(UFC 253)
Abu Dhabi, =Emirados Árabes Unidos Nocauteou Dominick Reyes

1. Venceu Israel Adesanya (UFC 259)

Peso médio[editar | editar código-fonte]

Até 83,9 kg
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Dave Menne 28 de setembro de 2001
(UFC 33)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Gil Castillo
2 Brasil Murilo Bustamante 11 de janeiro de 2002
(UFC 35)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Dave Menne

1. Finalizou Matt Lindland (UFC 37)

Em 5 outubro de 2002, Murilo Bustamante foi destituído ao assinar com o Pride.
3 Estados Unidos Evan Tanner 5 de fevereiro de 2005
(UFC 51)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou David Terrell
4 Estados Unidos Rich Franklin 4 de junho de 2005
(UFC 53)
Atlantic City, Estados Unidos Nocauteou Evan Tanner

1. Nocauteou Nate Quarry (UFC 56)
2. Venceu David Loiseau (UFC 58)

5 Brasil Anderson Silva 14 de outubro de 2006
(UFC 64)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Rich Franklin

1. Nocauteou Nate Marquardt (UFC 73)
2. Nocauteou Rich Franklin (UFC 77)
3. Finalizou Dan Henderson (UFC 82)
4. Nocauteou Patrick Côté (UFC 90)
5. Venceu Thales Leites (UFC 97)
6. Venceu Demian Maia (UFC 112)
7. Finalizou Chael Sonnen (UFC 117)
8. Nocauteou Vitor Belfort (UFC 126)
9. Nocauteou Yushin Okami (UFC 134)
10. Nocauteou Chael Sonnen (UFC 148)

No UFC 67, Travis Lutter pesou 1,5 kg acima do peso permitido e Anderson Silva não teve a defesa contabilizada, devido a um acordo pré-luta para que o título não vagasse, se perdesse.
No UFC 82, Anderson Silva finalizou Dan Henderson e unificou o título até 83,9 Kg do UFC com o do Pride.
6 Estados Unidos Chris Weidman 6 de julho de 2013
(UFC 162)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Anderson Silva

1. Nocauteou Anderson Silva (UFC 168)
2. Venceu Lyoto Machida (UFC 175)
3. Nocauteou Vitor Belfort (UFC 187)

7 Estados Unidos Luke Rockhold 12 de dezembro de 2015
(UFC 194)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Chris Weidman
8 Inglaterra Michael Bisping 4 de junho de 2016
(UFC 199)
Inglewood, Estados Unidos Nocauteou Luke Rockhold

1. Venceu Dan Henderson (UFC 204)

Int. Austrália Robert Whittaker 8 de julho de 2017
(UFC 213)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Yoel Romero
9 Canadá Georges St. Pierre 4 de novembro de 2017
(UFC 217)
Nova York, Estados Unidos Finalizou Michael Bisping
Em 7 de dezembro de 2017, Georges St. Pierre abdicou do título ao alegar problemas de sáude, provocados pelo aumento de peso.
10 Austrália Robert Whittaker 8 de dezembro de 2017 Promovido a campeão linear
No UFC 221, Yoel Romero não pode se tornar campeão interino, com o nocaute em cima de Luke Rockhold, por ter pesado 1,2 kg acima do peso permitido.
No UFC 225, Yoel Romero pesou 100 g acima do peso permitido e Robert Whittaker não teve a defesa contabilizada, devido a um acordo pré-luta para que o título não vagasse, se perdesse.
Int. Nigéria Israel Adesanya 13 de abril de 2019
(UFC 236)
Atlanta, Estados Unidos Venceu Kelvin Gastelum
11 Nigéria Israel Adesanya 5 de outubro de 2019
(UFC 243)
Melbourne, Austrália Nocauteou Robert Whittaker

1. Venceu Yoel Romero (UFC 248)
2. Nocauteou Paulo Costa (UFC 253)
3. Venceu Marvin Vettori (UFC 263)

Peso meio-médio[editar | editar código-fonte]

Até 77,1 kg
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Pat Miletich 16 de outubro de 1998
(UFC Brasil)
São Paulo, Brasil Venceu Mikey Burnett

1. Venceu Jorge Patino (UFC 18)
2. Nocauteou André Pederneiras (UFC 21)
3. Finalizou John Alessio (UFC 26)
4. Finalizou Kenichi Yamamoto (UFC 29)

2 Canadá Carlos Newton 4 de maio de 2001
(UFC 31)
Atlantic City, Estados Unidos Finalizou Pat Miletich
3 Estados Unidos Matt Hughes 2 de novembro de 2001
(UFC 34)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Carlos Newton

1. Nocauteou Hayato Sakurai (UFC 36)
2. Nocateou Carlos Newton (UFC 38)
3. Nocauteou Gil Castillo (UFC 40)
4. Venceu Sean Sherk (UFC 42)
5. Finalizou Frank Trigg (UFC 45)

4 Estados Unidos B.J. Penn 31 de janeiro de 2004
(UFC 46)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Matt Hughes
Em 17 de maio de 2004, B.J. Penn foi destituído ao assinar com o K-1.
5 Estados Unidos Matt Hughes (2) 22 de outubro de 2004
(UFC 50)
Atlantic City, Estados Unidos Finalizou Georges St. Pierre

1. Finalizou Frank Trigg (UFC 52)
2. Nocauteou B.J. Penn (UFC 63)

No UFC 56, Joe Riggs pesou 1,1 kg acima do peso permitido e Matt Hughes não teve a defesa contabilizada, devido a um acordo pré-luta para que o título não vagasse, se perdesse.
6 Canadá Georges St. Pierre 18 de novembro de 2006
(UFC 65)
Sacramento, Estados Unidos Nocauteou Matt Hughes
7 Estados Unidos Matt Serra 7 de abril de 2007
(UFC 69)
Houston, Estados Unidos Nocauteou Georges St. Pierre
Int. Canadá Georges St. Pierre 29 de dezembro de 2007
(UFC 79)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Matt Hughes
8 Canadá Georges St. Pierre (2) 19 de abril de 2008
(UFC 83)
Montreal, Canadá Nocauteou Matt Serra

1. Venceu Jon Fitch (UFC 87)
2. Nocauteou B.J. Penn (UFC 94)
3. Venceu Thiago Alves (UFC 100)
4. Venceu Dan Hardy (UFC 111)
5. Venceu Josh Koscheck (UFC 124)
6. Venceu Jake Shields (UFC 129)
7. Venceu Carlos Condit (UFC 154)
8. Venceu Nick Diaz (UFC 158)
9. Venceu Johny Hendricks (UFC 167)

Int. Estados Unidos Carlos Condit 4 de fevereiro de 2012
(UFC 143)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Nick Diaz
Em 13 de dezembro de 2013, Georges St. Pierre abdicou do título ao alegar problemas pessoais.
9 Estados Unidos Johny Hendricks 15 de março de 2014
(UFC 171)
Dallas, Estados Unidos Venceu Robbie Lawler
10 Estados Unidos Robbie Lawler 6 de dezembro de 2014
(UFC 181)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Johny Hendricks

1. Nocauteou Rory MacDonald (UFC 189)
2. Venceu Carlos Condit (UFC 195)

11 Estados Unidos Tyron Woodley 30 de julho de 2016
(UFC 201)
Atlanta, Estados Unidos Nocauteou Robbie Lawler

1. Empatou contra Stephen Thompson (UFC 205)
2. Venceu Stephen Thompson (UFC 209)
3. Venceu Demian Maia (UFC 214)
4. Finalizou Darren Till (UFC 228)

Int. Estados Unidos Colby Covington 9 de junho de 2018
(UFC 225)
Chicago, Estados Unidos Venceu Rafael dos Anjos
Em 8 de setembro de 2018, Colby Covington foi destituído por não está disponível contra Tyron Woodley.
12 Nigéria Kamaru Usman 2 de março de 2019
(UFC 235)
Paradise, Estados Unidos Venceu Tyron Woodley

1. Nocauteou Colby Covington (UFC 245)
2. Venceu Jorge Masvidal (UFC 251)
3. Nocauteou Gilbert Burns (UFC 258)
4. Nocauteou Jorge Masvidal (UFC 261)

Peso leve[editar | editar código-fonte]

Até 70,3 kg
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Jens Pulver 23 de fevereiro de 2001
(UFC 30)
Atlantic City, Estados Unidos Venceu Caol Uno

1. Venceu Dennis Hallman (UFC 33)
2. Venceu B.J. Penn (UFC 35)

Em 23 de março de 2002, Jens Pulver foi destituído ao não renovar com o UFC.
No UFC 41, B.J. Penn empatou com Caol Uno pelo título vago e não houve um novo campeão.
2 Estados Unidos Sean Sherk 14 de outubro de 2006
(UFC 64)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Kenny Florian

1. Venceu Hermes França (UFC 73)

Em 8 de dezembro de 2007, Sean Sherk foi destituído ao testar positivo em teste pós luta contra Hermes França no UFC 73.
3 Estados Unidos B.J. Penn 19 de janeiro de 2008
(UFC 80)
Newcastle, Inglaterra Finalizou Joe Stevenson

1. Venceu Sean Sherk (UFC 84)
2. Finalizou Kenny Florian (UFC 101)
3. Nocauteou Diego Sanchez (UFC 107)

4 Estados Unidos Frankie Edgar 10 de abril de 2010
(UFC 112)
Abu Dhabi, =Emirados Árabes Unidos Venceu B.J. Penn

1. Venceu B.J. Penn (UFC 118)
2. Empatou contra Gray Maynard (UFC 125)
3. Nocauteou Gray Maynard (UFC 136)

5 Estados Unidos Ben Henderson 26 de fevereiro de 2012
(UFC 144)
Tóquio, Japão Venceu Frankie Edgar

1. Venceu Frankie Edgar (UFC 150)
2. Venceu Nate Diaz (UFC on Fox: Henderson vs. Diaz)
3. Venceu Gilbert Melendez (UFC on Fox: Henderson vs. Melendez)

6 Estados Unidos Anthony Pettis 31 de agosto de 2013
(UFC 164)
Milwaukee, Estados Unidos Finalizou Ben Henderson

1. Finalizou Gilbert Melendez (UFC 181)

7 Brasil Rafael dos Anjos 14 de março de 2015
(UFC 185)
Dallas, Estados Unidos Venceu Anthony Pettis

1. Nocauteou Donald Cerrone (UFC on Fox: dos Anjos vs. Cerrone II)

8 Estados Unidos Eddie Alvarez 7 de julho de 2016
(UFC Fight Night: dos Anjos vs. Alvarez)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Rafael dos Anjos
9 República da Irlanda Conor McGregor 12 de novembro de 2016
(UFC 205)
Nova York, Estados Unidos Nocauteou Eddie Alvarez
Int. Estados Unidos Tony Ferguson 7 de outubro de 2017
(UFC 216)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Kevin Lee
No UFC 223, Conor McGregor e Tony Ferguson foram destituídos, respectivamente por inatividade e lesão fora do ambiente de trabalho.
10 Rússia Khabib Nurmagomedov 7 de abril de 2018
(UFC 223)
Brooklyn, Estados Unidos Venceu Al Iaquinta

1. Finalizou Conor McGregor (UFC 229)
2. Finalizou Dustin Poirier (UFC 242)
3. Finalizou Justin Gaethje (UFC 254)

No UFC 223, Al Iaquinta pesou 100 g acima do peso permitido e o título valeu apenas para Khabib Nurmagomedov.
Int. Estados Unidos Dustin Poirier 13 de abril de 2019
(UFC 236)
Atlanta, Estados Unidos Venceu Max Holloway
Int. Estados Unidos Justin Gaethje 9 de maio de 2020
(UFC 249)
Jacksonville, Estados Unidos Nocauteou Tony Ferguson
Em 19 de março de 2021, Khabib Nurmagomedov abdicou do título ao se aposentar.
11 Brasil Charles Oliveira 15 de maio de 2021
(UFC 262)
Houston, Estados Unidos Nocauteou Michael Chandler

Peso pena[editar | editar código-fonte]

Até 65,8 kg
Na coletiva do UFC 123, José Aldo foi promovido a primeiro campeão peso pena, por ser o detentor do título no WEC após a fusão com o UFC.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Brasil José Aldo 20 de novembro de 2010
(UFC 123)
Auburn Hills, Estados Unidos Promovido a Campeão

1. Venceu Mark Hominick (UFC 129)
2. Venceu Kenny Florian (UFC 136)
3. Nocauteou Chad Mendes (UFC 142)
4. Venceu Frankie Edgar (UFC 156)
5. Nocauteou Jung Chan-Sung (UFC 163)
6. Venceu Ricardo Lamas (UFC 165)
7. Venceu Chad Mendes (UFC 179)

Int. República da Irlanda Conor McGregor 11 de julho de 2015
(UFC 189)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Chad Mendes
2 República da Irlanda Conor McGregor 12 de dezembro de 2015
(UFC 194)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou José Aldo
Int. Brasil José Aldo 9 de julho de 2016
(UFC 200)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Frankie Edgar
Em 26 de novembro de 2016, Conor McGregor foi destituído por inatividade na divisão.
3 Brasil José Aldo (2) 26 de novembro de 2016 Promovido a campeão linear
Int. Estados Unidos Max Holloway 10 de dezembro de 2016
(UFC 206)
Toronto, Canadá Nocauteou Anthony Pettis
No UFC 206, Anthony Pettis pesou 1,3 kg acima do peso permitido e o título interino valeu apenas para Max Holloway.
4 Estados Unidos Max Holloway 3 de junho de 2017
(UFC 212)
Rio de Janeiro, Brasil Nocauteou José Aldo

1. Nocauteou José Aldo (UFC 218)
2. Nocauteou Brian Ortega (UFC 231)
3. Venceu Frankie Edgar (UFC 240)

5 Austrália Alexander Volkanovski 14 de dezembro de 2019
(UFC 245)
Paradise, Estados Unidos Venceu Max Holloway

1. Venceu Max Holloway (UFC 251)
2. Venceu Brian Ortega (UFC 266)

Peso galo[editar | editar código-fonte]

Até 61,2 kg
No WEC 53, Dominick Cruz defendeu o título do peso galo do WEC e se tornou o primeiro campeão após a fusão com o UFC.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Dominick Cruz 16 de dezembro de 2010
(WEC 53)
Glendale, Estados Unidos Venceu Scott Jorgensen

1. Venceu Urijah Faber (UFC 132)
2. Venceu Demetrious Johnson (UFC Live: Cruz vs. Johnson)

Int. Brasil Renan Barão 21 de julho de 2012
(UFC 149)
Calgary, Canadá Venceu Urijah Faber

1. Finalizou Michael McDonald (UFC on Fuel TV: Barão vs. McDonald)
2. Nocauteou Eddie Wineland (UFC 165)

Em 6 de janeiro de 2014, Dominick Cruz foi destituído ao se lesionar repetidamente em uma ausência de 2 anos.
2 Brasil Renan Barão 6 de janeiro de 2014 Promovido a Campeão Linear

1. Nocauteou Urijah Faber (UFC 169)

3 Estados Unidos T.J. Dillashaw 24 de maio de 2014
(UFC 173)
Las Vegas, Estados Unidos Nocauteou Renan Barão

1. Nocauteou Joe Soto (UFC 177)
2. Nocauteou Renan Barão (UFC on Fox: Dillashaw vs. Barão II)

4 Estados Unidos Dominick Cruz (2) 17 de janeiro de 2016
(UFC Fight Night: Dillashaw vs. Cruz)
Boston, Estados Unidos Venceu T.J. Dillashaw

1. Venceu Urijah Faber (UFC 199)

5 Estados Unidos Cody Garbrandt 30 de dezembro de 2016
(UFC 207)
Paradise, Estados Unidos Venceu Dominick Cruz
6 Estados Unidos T.J. Dillashaw (2) 4 de novembro de 2017
(UFC 217)
Nova York, Estados Unidos Nocauteou Cody Garbrandt

1. Nocauteou Cody Garbrandt (UFC 227)

Em 20 de março de 2019, T.J. Dillashaw abdicou do título ao falhar no teste para EPO contra Henry Cejudo pelo título dos moscas no UFC Fight Night: Cejudo vs. Dillashaw.
7 Estados Unidos Henry Cejudo 8 de junho de 2019
(UFC 238)
Chicago, Estados Unidos Nocauteou Marlon Moraes

1. Nocauteou Dominick Cruz (UFC 249)

Em 24 de maio de 2020, Henry Cejudo abdicou do título ao se aposentar.
8 Rússia Petr Yan 11 de julho de 2020
(UFC 251)
Abu Dhabi, =Emirados Árabes Unidos Nocauteou José Aldo
9 Estados Unidos Aljamain Sterling 6 de março de 2021
(UFC 259)
Las Vegas, Estados Unidos Desqualificação de Petr Yan
Int. Petr Yan vs Cory Sandhagen 30 de outubro de 2021
(UFC 267)
Abu Dhabi, =Emirados Árabes Unidos

Peso mosca[editar | editar código-fonte]

Até 56,7 kg
O título inaugural foi entregue a Demetrious Johnson que venceu Joseph Benavidez na final do torneio realizado nos eventos UFC on FX 2, UFC on FX 3 e UFC 152.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Demetrious Johnson 22 de setembro de 2012
(UFC 152)
Toronto, Canadá Venceu Joseph Benavidez

1. Venceu John Dodson (UFC on Fox: Johnson vs. Dodson)
2. Finalizou John Moraga (UFC on Fox: Johnson vs. Moraga)
3. Nocauteou Joseph Benavidez (UFC on Fox: Johnson vs. Benavidez II)
4. Venceu Ali Bagautinov (UFC 174)
5. Finalizou Chris Cariaso (UFC 178)
6. Finalizou Kyoji Horiguchi (UFC 186)
7. Venceu John Dodson (UFC 191)
8. Nocauteou Henry Cejudo (UFC 197)
9. Venceu Tim Elliott (The Ultimate Fighter 24)
10. Finalizou Wilson Reis (UFC on Fox: Johnson vs. Reis)
11. Finalizou Ray Borg (UFC 216)

2 Estados Unidos Henry Cejudo 4 de agosto de 2018
(UFC 227)
Dallas, Estados Unidos Venceu Demetrious Johnson

1. Nocauteou T.J. Dillashaw (UFC Fight Night: Cejudo vs. Dillashaw)

No UFC Fight Night: Benavidez vs. Figueiredo, Henry Cejudo abdicou do título para a divisão não estagnar por ele ter virado campeão dos galos.
No UFC Fight Night: Benavidez vs. Figueiredo, Deiveson Figueiredo não pode se tornar o campeão, com o nocaute em cima de Joseph Benavidez, por ter pesado 1,4 kg acima do peso permitido.
3 Brasil Deiveson Figueiredo 18 de julho de 2020
(UFC Fight Night: Figueiredo vs. Benavidez 2)
Abu Dhabi, =Emirados Árabes Unidos Finalizou Joseph Benavidez

1. Finalizou Alex Perez (UFC 255)
2. Empatou contra Brandon Moreno (UFC 256)

4 México Brandon Moreno 12 de junho de 2021
(UFC 263)
Glendale, Estados Unidos Finalizou Deiveson Figueiredo

Femininos[editar | editar código-fonte]

Peso pena[editar | editar código-fonte]

Até 65,7 kg
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Países Baixos Germaine de Randamie 11 de fevereiro de 2017
(UFC 208)
Brooklyn, Estados Unidos Venceu Holly Holm
Em 19 de junho de 2017, Germaine de Randamie foi destituída, devido à sua constante recusa em enfrentar a desafiante número 1 da categoria Cristiane Justino.
2 Brasil Cristiane Justino 29 de julho de 2017
(UFC 214)
Anaheim, Estados Unidos Nocauteou Tonya Evinger

1. Venceu Holly Holm (UFC 219)
2. Nocauteou Yana Kunitskaya (UFC 222)

3 Brasil Amanda Nunes 29 de dezembro de 2018
(UFC 232)
Inglewood, Estados Unidos Nocauteou Cristiane Justino

1. Venceu Felicia Spencer (UFC 250)
2. Finalizou Megan Anderson (UFC 259)

Peso galo[editar | editar código-fonte]

Até 61,2 kg
Na coletiva do UFC on Fox: Henderson vs. Diaz, Ronda Rousey foi promovida a primeira campeã, por ser a detentora do título no Strikeforce após a fusão com o UFC.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Ronda Rousey 8 de dezembro de 2012
(UFC on Fox: Henderson vs. Diaz)
Seattle, Estados Unidos Promovida a Campeã

1. Finalizou Liz Carmouche (UFC 157)
2. Finalizou Miesha Tate (UFC 168)
3. Nocauteou Sara McMann (UFC 170)
4. Nocauteou Alexis Davis (UFC 175)
5. Finalizou Cat Zingano (UFC 184)
6. Nocauteou Bethe Correia (UFC 190)

2 Estados Unidos Holly Holm 14 de novembro de 2015
(UFC 193)
Melbourne, Austrália Nocauteou Ronda Rousey
3 Estados Unidos Miesha Tate 5 de março de 2016
(UFC 196)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Holly Holm
4 Brasil Amanda Nunes 9 de julho de 2016
(UFC 200)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Miesha Tate

1. Nocauteou Ronda Rousey (UFC 207)
2. Venceu Valentina Shevchenko (UFC 215)
3. Nocauteou Raquel Pennington (UFC 224)
4. Nocauteou Holly Holm (UFC 239)
5. Venceu Germaine de Randamie (UFC 245)

Peso mosca[editar | editar código-fonte]

Até 56,7 kg
O título inaugural foi entregue a Nicco Montaño que venceu Roxanne Modafferi na final do The Ultimate Fighter 26.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Nicco Montaño 1 de dezembro de 2017
(The Ultimate Fighter 26)
Las Vegas, Estados Unidos Venceu Roxanne Modafferi
Em 7 de setembro de 2018, Nicco Montaño foi destituída, devido à constantes lesões e doenças, provocadas pela sua redução de peso.
2 Quirguistão Valentina Shevchenko 8 de dezembro de 2018
(UFC 231)
Toronto, Canadá Venceu Joanna Jedrzejczyk

1. Nocauteou Jessica Eye (UFC 238)
2. Venceu Liz Carmouche (UFC Fight Night: Shevchenko vs. Carmouche 2)
3. Nocauteou Katlyn Chookagian (UFC 247)
4. Venceu Jennifer Maia (UFC 255)
5. Nocauteou Jéssica Andrade (UFC 261)
6. Nocauteou Lauren Murphy (UFC 266)

Peso palha[editar | editar código-fonte]

Até 52,2 kg
O título inaugural foi entregue a Carla Esparza que finalizou Rose Namajunas na final do The Ultimate Fighter 20.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Carla Esparza 12 de dezembro de 2014
(The Ultimate Fighter 20)
Las Vegas, Estados Unidos Finalizou Rose Namajunas
2 Polónia Joanna Jedrzejczyk 14 de março de 2015
(UFC 185)
Dallas, Estados Unidos Nocauteou Carla Esparza

1. Nocauteou Jessica Penne (UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne)
2. Venceu Valérie Létourneau (UFC 193)
3. Venceu Cláudia Gadelha (The Ultimate Fighter 23)
4. Venceu Karolina Kowalkiewicz (UFC 205)
5. Venceu Jéssica Andrade (UFC 211)

3 Estados Unidos Rose Namajunas 4 de novembro de 2017
(UFC 217)
Nova York, Estados Unidos Nocauteou Joanna Jedrzejczyk

1. Venceu Joanna Jedrzejczyk (UFC 223)

4 Brasil Jéssica Andrade 11 de maio de 2019
(UFC 237)
Rio de Janeiro, Brasil Nocauteou Rose Namajunas
5 China Zhang Weili 31 de agosto de 2019
(UFC Fight Night: Andrade vs. Zhang)
Shenzhen, China Nocauteou Jéssica Andrade

1. Venceu Joanna Jedrzejczyk (UFC 248)

6 Estados Unidos Rose Namajunas (2) 24 de abril de 2021
(UFC 261)
Jacksonville, Estados Unidos Nocauteou Zhang Weili

Título extinto[editar | editar código-fonte]

Cinturão Superfight[editar | editar código-fonte]

Um título absoluto usado antes da introdução das divisões de peso em 1997. Ele foi projetado para criar um campeão do UFC para os vencedores do torneio do UFC desafiarem
Nome Data Local Oponente Defesas
No UFC 5, Royce Gracie se recusou a lutar um round extra e empatou com Ken Shamrock pelo título vago.
1 Estados Unidos Ken Shamrock 14 de julho de 1995
(UFC 6)
Casper, Estados Unidos Finalizou Dan Severn

1. Empatou contra Oleg Taktarov (UFC 7)
2. Finalizou Kimo Leopoldo (UFC 8)

2 Estados Unidos Dan Severn 17 de maio de 1996
(UFC 9)
Detroit, Estados Unidos Venceu Ken Shamrock
No UFC 12, a divisão foi exitinta após Mark Coleman, vencedor do torneio do UFC 11, derrotar Dan Severn na inauguração do peso pesado.

Título simbólico[editar | editar código-fonte]

Cinturão BMF[editar | editar código-fonte]

O título BMF (ou baddest mother fucker) foi uma luta no meio-médio que decidiu o vencedor dos que aceitam qualquer luta.
Nome Data Local Oponente Defesas
1 Estados Unidos Jorge Masvidal 2 de novembro de 2019
(UFC 244)
Nova York, Estados Unidos Nocauteou Nate Diaz

Torneios do UFC[editar | editar código-fonte]

Evento Classe de Peso Vencedor Segundo Colocado Final
UFC 1 Peso aberto Brasil Royce Gracie Países Baixos Gerard Gordeau 12 de novembro de 1993
UFC 2 Peso aberto Brasil Royce Gracie (2) Estados Unidos Patrick Smith 11 de março de 1994
UFC 3 Peso aberto Estados Unidos Steve Jennum Canadá Harold Howard 9 de setembro de 1994
UFC 4 Peso aberto Brasil Royce Gracie (3) Estados Unidos Dan Severn 16 de dezembro de 1994
UFC 5 Peso aberto Estados Unidos Dan Severn Canadá Dave Beneteau 7 de abril de 1995
UFC 6 Peso aberto Rússia Oleg Taktarov Estados Unidos David Abbott 14 de julho de 1995
UFC 7 Peso aberto Brasil Marco Ruas Estados Unidos Paul Varelans 8 de setembro de 1995
UFC 7.5 Peso aberto Estados Unidos Dan Severn (2) Rússia Oleg Taktarov 16 de dezembro de 1995
UFC 8 Peso aberto Estados Unidos Don Frye Trindade e Tobago Gary Goodridge 16 de fevereiro de 1996
UFC 10 Peso aberto Estados Unidos Mark Coleman Estados Unidos Don Frye 12 de julho de 1996
UFC 11 Peso aberto Estados Unidos Mark Coleman (2) Estados Unidos Scott Ferrozzo 20 de setembro de 1996
UFC 11.5 Peso aberto Estados Unidos Don Frye (2) Estados Unidos David Abbott 7 de dezembro de 1996
UFC 12 Peso pesado Brasil Vitor Belfort Estados Unidos Scott Ferrozzo 7 de fevereiro de 1997
Peso leve Estados Unidos Jerry Bohlander Estados Unidos Nick Sanzo
UFC 13 Peso pesado Estados Unidos Randy Couture Estados Unidos Steven Graham 30 de maio de 1997
Peso leve Estados Unidos Guy Mezger Estados Unidos Tito Ortiz
UFC 14 Peso pesado Estados Unidos Mark Kerr Estados Unidos Dan Bobish 27 de julho de 1997
Peso médio Estados Unidos Kevin Jackson Estados Unidos Tony Fryklund
UFC 15 Peso pesado Estados Unidos Mark Kerr (2) Estados Unidos Dwayne Cason 17 de outubro de 1997
UFC Japão Peso pesado Japão Kazushi Sakuraba Brasil Marcus Silveira 21 de dezembro de 1997
UFC 16 Peso leve Estados Unidos Pat Miletich Estados Unidos Chris Brennan 13 de março de 1998
UFC 17 Peso médio Estados Unidos Dan Henderson Canadá Carlos Newton 15 de maio de 1998
UFC 23 Peso médio Japão Kenichi Yamamoto Japão Shamoji Fujii 14 de novembro de 1999
UFC 39
UFC 41
Peso leve B.J. Penn empatou com Caol Uno na final de um torneio de 4 lutadores. 28 de fevereiro de 2003
UFC on FX 2
UFC on FX 3
UFC 152
Peso mosca Estados Unidos Demetrious Johnson Estados Unidos Joseph Benavidez 22 de setembro de 2012

The Ultimate Fighter (Reality Show de estreantes)[editar | editar código-fonte]

Programa Classe de Peso Vencedor Segundo Colocado Final
The Ultimate Fighter 1 Peso meio-pesado Estados Unidos Forrest Griffin Estados Unidos Stephan Bonnar 9 de abril de 2005
Peso médio Estados Unidos Diego Sanchez Estados Unidos Kenny Florian
The Ultimate Fighter 2 Peso pesado Estados Unidos Rashad Evans Estados Unidos Brad Imes 5 de novembro de 2005
Peso meio-médio Estados Unidos Joe Stevenson Estados Unidos Luke Cummo
The Ultimate Fighter 3 Peso médio Estados Unidos Kendall Grove Estados Unidos Ed Herman 24 de junho de 2006
Peso meio-pesado Inglaterra Michael Bisping Estados Unidos Josh Haynes
The Ultimate Fighter 4 Peso médio Estados Unidos Travis Lutter Canadá Patrick Côté 11 de novembro de 2006
Peso meio-médio Estados Unidos Matt Serra Estados Unidos Chris Lytle
The Ultimate Fighter 5 Peso leve Estados Unidos Nate Diaz Arménia Manvel Gamburyan 23 de junho de 2007
The Ultimate Fighter 6 Peso meio-médio Estados Unidos Mac Danzig Estados Unidos Tommy Speer 8 de dezembro de 2007
The Ultimate Fighter 7 Peso médio Estados Unidos Amir Sadollah Estados Unidos C.B. Dollaway 21 de junho de 2008
The Ultimate Fighter 8 Peso meio-pesado Estados Unidos Ryan Bader Brasil Vinicius Magalhães 13 de dezembro de 2008
Peso leve México Efrain Escudero Estados Unidos Phillipe Nover
The Ultimate Fighter 9 Peso meio-médio Inglaterra James Wilks Estados Unidos DaMarques Johnson 20 de junho de 2009
Peso leve Inglaterra Ross Pearson Granada Andre Winner
The Ultimate Fighter 10 Peso pesado Estados Unidos Roy Nelson Estados Unidos Brendan Schaub 5 de dezembro de 2009
The Ultimate Fighter 11 Peso médio Estados Unidos Court McGee Estados Unidos Kris McCray 19 de junho de 2010
The Ultimate Fighter 12 Peso leve Estados Unidos Jonathan Brookins Estados Unidos Michael Johnson 4 de dezembro de 2010
The Ultimate Fighter 13 Peso meio-médio Estados Unidos Tony Ferguson Estados Unidos Ramsey Nijem 4 de junho de 2011
The Ultimate Fighter 14 Peso pena BrasilDiego Brandão Estados Unidos Dennis Bermudez 3 de dezembro de 2011
Peso galo Estados Unidos John Dodson Estados Unidos T.J. Dillashaw
The Ultimate Fighter 15 Peso leve Estados Unidos Michael Chiesa Estados Unidos Al Iaquinta 1 de junho de 2012
The Ultimate Fighter: Brasil Peso médio Brasil Cézar Mutante Brasil Sérgio Moraes 23 de junho de 2012
Peso pena Brasil Rony Jason Brasil Godofredo Pepey
The Ultimate Fighter: The Smashes Peso meio-médio Austrália Robert Whittaker Inglaterra Brad Scott 14 de dezembro de 2012
Peso leve Irlanda do Norte Norman Parke Inglaterra Colin Fletcher
The Ultimate Fighter 16 Peso meio-médio Estados Unidos Colton Smith Canadá Mike Ricci 15 de dezembro de 2012
The Ultimate Fighter 17 Peso médio Estados Unidos Kelvin Gastelum Jamaica Uriah Hall 13 de abril de 2013
The Ultimate Fighter: Brasil 2 Peso meio-médio Brasil Leonardo Santos Brasil William Macario 8 de junho de 2013
The Ultimate Fighter 18 Peso galo Estados Unidos Chris Holdsworth Inglaterra David Grant 30 de novembro de 2013
Peso galo feminino Estados Unidos Julianna Peña Canadá Jessica Rakoczy
The Ultimate Fighter: China Peso meio-médio China Zhang Lipeng China Wang Sai 1 de março de 2014
Peso pena China Ning Guangyou China Yang Jianping 23 de agosto de 2014
The Ultimate Fighter Nations: Canadá vs. Austrália Peso médio Canadá Elias Theodorou Canadá Sheldon Westcott 16 de abril de 2014
Peso meio-médio Canadá Chad Laprise Canadá Olivier Aubin-Mercier
The Ultimate Fighter: Brasil 3 Peso pesado Brasil Antonio Carlos Jr. Brasil Vitor Miranda 31 de maio de 2014
Peso médio Brasil Warlley Alves Brasil Márcio Alexandre Jr.
The Ultimate Fighter 19 Peso meio-pesado Estados Unidos Corey Anderson Estados Unidos Matt Van Buren 6 de julho de 2014
Peso médio Jamaica Eddie Gordon Brasil Dhiego Lima
The Ultimate Fighter: América Latina Peso pena México Yair Rodríguez Nicarágua Leonardo Morales 15 de novembro de 2014
Peso galo México Alejandro Pérez México José Alberto Quiñónez
The Ultimate Fighter 20 Peso palha feminino Estados Unidos Carla Esparza Estados Unidos Rose Namajunas 12 de dezembro de 2014
The Ultimate Fighter: American Top Team vs. Blackzilians Academia Estados Unidos American Top Team Estados Unidos Blackzilians 12 de julho de 2015
Peso meio-médio Nigéria Kamaru Usman Estados Unidos Hayder Hassan
The Ultimate Fighter: Brasil 4 Peso leve Brasil Glaico França Brasil Fernando Bruno 1 de agosto de 2015
Peso galo Brasil Reginaldo Vieira Brasil Dileno Lopes
The Ultimate Fighter: América Latina 2 Peso meio-médio México Erick Montaño Espanha Enrique Marín 21 de novembro de 2015
Peso leve Peru Enrique Barzola México Horacio Gutíerrez
The Ultimate Fighter 22 Peso leve Estados Unidos Ryan Hall Rússia Artem Lobov 11 de dezembro de 2015
The Ultimate Fighter 23 Peso meio-pesado Estados Unidos Andrew Sanchez Estados Unidos Khalil Rountree 8 de julho de 2016
Peso palha feminino Estados Unidos Tatiana Suarez Estados Unidos Amanda Cooper
The Ultimate Fighter: América Latina 3 Peso leve México Martín Bravo Peru Claudio Puelles 5 de novembro de 2016
The Ultimate Fighter 24 Peso mosca Estados Unidos Tim Elliott Japão Hiromasa Ougikubo 30 de novembro de 2016
The Ultimate Fighter 25 Peso leve Estados Unidos Jesse Taylor Brasil Dhiego Lima 7 de julho de 2017
The Ultimate Fighter 26 Peso mosca feminino Estados Unidos Nicco Montaño Estados Unidos Roxanne Modafferi 1 de dezembro de 2017
The Ultimate Fighter 27 Peso leve Estados Unidos Mike Trizano Estados Unidos Joe Giannetti 6 de julho de 2018
Peso pena Canadá Brad Katona Inglaterra Jay Cucciniello
The Ultimate Fighter 28 Peso pesado Espanha Juan Francisco Dieppa Estados Unidos Justin Frazier 30 de novembro de 2018
Peso pena feminino Estados Unidos Macy Chiasson Suécia Pannie Kianzad
The Ultimate Fighter 29 Peso médio Estados Unidos Bryan Battle Estados Unidos Gilbert Urbina 28 de agosto de 2021
Peso galo Estados Unidos Ricky Turcios Estados Unidos Brady Hiestand

Recordes[editar | editar código-fonte]

Maiores vencedores de disputa de Cinturão[editar | editar código-fonte]

Vitórias Campeão Divisão V E NC D
14 Estados Unidos Jon Jones Peso meio-pesado 14 0 1 0
13 Canadá Georges St. Pierre Peso médio
Peso meio-médio
1
12
0
0
0
0
0
2
12 Estados Unidos Demetrious Johnson Peso galo
Peso mosca
0
12
0
0
0
0
1
1
11 Brasil Anderson Silva Peso médio 11 0 0 2
9 Estados Unidos Randy Couture Peso pesado
Peso meio-pesado
6
3
0
0
0
0
3
3
Estados Unidos Matt Hughes Peso meio-médio 9 0 0 3
Brasil Amanda Nunes Peso pena feminino
Peso galo feminino
3
6
0
0
0
0
0
0
8 Brasil José Aldo Peso pena
Peso galo
8
0
0
0
0
0
3
1
7 Quirguistão Valentina Shevchenko Peso galo feminino
Peso mosca feminino
0
7
0
0
0
0
1
0
6 Estados Unidos Daniel Cormier Peso pesado
Peso meio-pesado
2
4
0
0
0
1
2
1
Polónia Joanna Jedrzejczyk Peso mosca feminino
Peso palha feminino
0
6
0
0
0
0
1
3
Estados Unidos Tito Ortiz Peso meio-pesado 6 0 0 3
Estados Unidos Ronda Rousey Peso galo feminino 6 0 0 2
Estados Unidos Stipe Miocic Peso pesado 6 0 0 2
5 Estados Unidos B.J. Penn Peso meio-médio
Peso leve
1
4
0
1
0
0
2
3
Estados Unidos Tim Sylvia Peso pesado 5 0 0 4
Estados Unidos Max Holloway Peso leve
Peso pena
0
5
0
0
0
0
1
2
Estados Unidos Chuck Liddell Peso meio-pesado 5 0 0 2
Estados Unidos T.J. Dillashaw Peso galo
Peso mosca
0
5
0
0
0
0
1
1
Estados Unidos Dominick Cruz Peso galo 5 0 0 2
Estados Unidos Pat Miletich Peso meio-médio 5 0 0 1
Nigéria Israel Adesanya Peso meio-pesado
Peso médio
0
5
0
0
0
0
1
0
Estados Unidos Frank Shamrock Peso meio-pesado 5 0 0 0
Nigéria Kamaru Usman Peso meio-médio 5 0 0 0
4 Estados Unidos Tyron Woodley Peso meio-médio 4 1 0 1
Estados Unidos Cain Velasquez Peso pesado 4 0 0 2
Brasil Renan Barão Peso galo 4 0 0 2
Estados Unidos Ben Henderson Peso leve 4 0 0 1
Estados Unidos Chris Weidman Peso médio 4 0 0 1
Estados Unidos Henry Cejudo Peso galo
Peso mosca
2
2
0
0
0
0
0
1
Rússia Khabib Nurmagomedov Peso leve 4 0 0 0

Maiores sequências de defesas de Cinturão[editar | editar código-fonte]

Defesas Lutador Divisão Data
11 Estados Unidos Demetrious Johnson Peso mosca 22 de setembro de 20124 de agosto de 2018
10 Brasil Anderson Silva Peso médio 14 de outubro de 20066 de julho de 2013
9 Canadá Georges St. Pierre Peso meio-médio 19 de abril de 200813 de dezembro de 2013
8 Estados Unidos Jon Jones Peso meio-pesado 19 de março de 201128 de abril de 2015
7 Brasil José Aldo Peso pena 20 de novembro de 201012 de dezembro de 2015
6 Estados Unidos Ronda Rousey Peso galo feminino 8 de dezembro de 201215 de outubro de 2015
Quirguistão Valentina Shevchenko Peso mosca feminino 8 de dezembro de 2018presente
5 Estados Unidos Tito Ortiz Peso meio-pesado 14 de abril de 200026 de setembro de 2003
Estados Unidos Matt Hughes Peso meio-médio 2 de novembro de 200131 de janeiro de 2004
Polónia Joanna Jedrzejczyk Peso palha feminino 14 de março de 20154 de novembro de 2017
Brasil Amanda Nunes Peso galo feminino 9 de julho de 2016presente
4 Estados Unidos Frank Shamrock Peso meio-pesado 21 de dezembro de 199724 de novembro de 1999
Estados Unidos Pat Miletich Peso meio-médio 16 de outubro de 19984 de maio de 2001
Estados Unidos Chuck Liddell Peso meio-pesado 16 de abril de 200526 de maio de 2007
Estados Unidos Tyron Woodley [nota 1] Peso meio-médio 30 de julho de 20162 de março de 2019
Nigéria Kamaru Usman Peso meio-médio 2 de março de 2019presente
3 Estados Unidos B.J. Penn Peso leve 19 de janeiro de 200810 de abril de 2010
Estados Unidos Frankie Edgar [nota 2] Peso leve 10 de abril de 201026 de fevereiro de 2012
Estados Unidos Ben Henderson Peso leve 26 de fevereiro de 201231 de agosto de 2013
Brasil Renan Barão [nota 3] Peso galo 21 de julho de 201224 de maio de 2014
Estados Unidos Chris Weidman Peso médio 6 de julho de 201312 de dezembro de 2015
Estados Unidos Stipe Miocic Peso pesado 14 de maio de 20167 de julho de 2018
Estados Unidos Daniel Cormier [nota 4] Peso meio-pesado 23 de maio de 201528 de dezembro de 2018
Estados Unidos Max Holloway Peso pena 3 de junho de 201714 de dezembro de 2019
Estados Unidos Jon Jones Peso meio-pesado 29 de dezembro de 201817 de agosto de 2020
Rússia Khabib Nurmagomedov Peso leve 7 de abril de 201819 de março de 2021
Nigéria Israel Adesanya Peso médio 5 de outubro de 2019presente

Campeões de múltiplas divisões[editar | editar código-fonte]

Título interino
Campeão Divisão Inicio Fim Defesas
1 Estados Unidos Randy Couture Peso pesado 21 de dezembro de 1997
(UFC Japão)
janeiro de 1998
(Destituído)
0
17 de novembro de 2000
(UFC 28)
22 de março de 2002
(UFC 36)
2
3 de março de 2007
(UFC 68)
15 de novembro de 2008
(UFC 81)
1
Peso meio-pesado 6 de junho de 2003
(UFC 43)
26 de setembro de 2003
(UFC 44)
0
26 de setembro de 2003
(UFC 44)
31 de janeiro de 2004
(UFC 46)
0
21 de agosto de 2004
(UFC 49)
16 de abril de 2005
(UFC 52)
0
2 Estados Unidos B.J. Penn Peso meio-médio 31 de janeiro de 2004
(UFC 46)
17 de maio de 2004
(Destituído)
0
Peso leve 19 de janeiro de 2008
(UFC 80)
10 de abril de 2010
(UFC 112)
3
3 República da Irlanda Conor McGregor Peso leve 12 de novembro de 2016
(UFC 205)
7 de abril de 2018
(Destituído)
0
Peso pena 11 de julho de 2015
(UFC 189)
12 de dezembro de 2015
(UFC 194)
0
12 de dezembro de 2015
(UFC 194)
26 de novembro de 2016
(Destituído)
0
4 Canadá Georges St. Pierre Peso médio 4 de novembro de 2017
(UFC 217)
7 de dezembro de 2017
(Vagou)
0
Peso meio-médio 18 de novembro de 2006
(UFC 65)
7 de abril de 2007
(UFC 69)
0
29 de dezembro de 2007
(UFC 79)
19 de abril de 2008
(UFC 83)
0
19 de abril de 2008
(UFC 83)
13 de dezembro de 2013 (Vagou) 9
5 Estados Unidos Daniel Cormier Peso pesado 7 de julho de 2018
(UFC 226)
17 de agosto de 2019
(UFC 241)
1
Peso meio-pesado 23 de maio de 2015
(UFC 187)
28 de dezembro de 2018
(Vagou)
3
6 Brasil Amanda Nunes Peso pena feminino 29 de dezembro de 2018
(UFC 232)
presente 2
Peso galo feminino 9 de julho de 2016
(UFC 200)
presente 5
7 Estados Unidos Henry Cejudo Peso galo 8 de junho de 2019
(UFC 238)
24 de maio de 2020
(Destituído)
1
Peso mosca 4 de agosto de 2018
(UFC 227)
29 de fevereiro de 2020
(Destituído)
1

Campeões de duas divisões simultaneamente[editar | editar código-fonte]

Esta tabela diferente da anterior só conta os períodos em que o lutador carregou os títulos simultaneamente e as defesas nesse espaço de tempo.

Campeão Divisão Data Defesas
1 República da Irlanda Conor McGregor Peso leve 12 de novembro de 201626 de novembro de 2016 0
Peso pena 0
2 Estados Unidos Daniel Cormier Peso pesado 7 de julho de 201828 de dezembro de 2018 1
Peso meio-pesado 0
3 Brasil Amanda Nunes Peso pena feminino 29 de dezembro de 2018presente 2
Peso galo feminino 2
4 Estados Unidos Henry Cejudo Peso galo 8 de junho de 201929 de fevereiro de 2020 0
Peso mosca 0

Lutas de título não válidas[editar | editar código-fonte]

Por falha de peso[editar | editar código-fonte]

Todas as disputas de título só são válidas, se o lutador bate o peso necessário. Se o desafiante falha no corte de peso, ele não pode conquistar o título, se vencer o campeão, mas o campeão contabilizará sua vitória como defesa, exceto se fizer acordo pré-luta que não vai perder o título, se for derrotado. O campeão é destítuido, se falhar no corte de peso e o desafiante bater peso.

Campeão
Título vago
Título interino
+ Acima do peso
* Sem título
** Sem defesa
Data Divisão Peso Vencedor Método Oponente
19 de novembro de 2005
(UFC 56)
Peso meio-médio até 77,1 kg Estados Unidos Matt Hughes (77,1 kg) ** Finalizou Estados Unidos Joe Riggs (78,2 kg) +
3 de fevereiro de 2007
(UFC 67)
Peso médio até 83,9 kg Brasil Anderson Silva (83,9 kg) ** Finalizou Estados Unidos Travis Lutter (85,4 kg) +
10 de dezembro de 2016
(UFC 206)
Peso pena até 65,8 kg Estados Unidos Max Holloway (65,8 kg) Nocauteou Estados Unidos Anthony Pettis (67,1 kg) +
10 de fevereiro de 2018
(UFC 221)
Peso médio até 83,9 kg Cuba Yoel Romero (85,1 kg) + * Nocauteou Estados Unidos Luke Rockhold (83,9 kg)
7 de abril de 2018
(UFC 223)
Peso leve até 70,3 kg Rússia Khabib Nurmagomedov (70,3 kg) Venceu Estados Unidos Al Iaquinta (70,4 kg) +
9 de junho de 2018
(UFC 225)
Peso médio até 83,9 kg Austrália Robert Whittaker (83,9 kg) ** Venceu Cuba Yoel Romero (84 kg) +
29 de fevereiro de 2020
(UFC Fight Night: Benavidez vs. Figueiredo)
Peso mosca até 56,7 kg Brasil Deiveson Figueiredo (57,8 kg) + * Nocauteou Estados Unidos Joseph Benavidez (56,4 kg)

Por ser 3 rounds[editar | editar código-fonte]

Todas as disputas de título só são válidas, se forem de 5 rounds, independentemente se o campeão ou desafiante baterem o peso necessário e vencerem o duelo.

Data Divisão Peso Vencedor Método Oponente
9 de julho de 2020
(UFC 200)
Peso meio-pesado até 93,0 kg Estados Unidos Daniel Cormier (93,4 kg) + ** Venceu Brasil Anderson Silva (90 kg)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Títulos e vitórias removidas[editar | editar código-fonte]

  • Vitor Belfort foi campeão meio-pesado contra Randy Couture (UFC 46) após uma emenda da sua luva cortar acidentalmente o olho do seu adversário. Nos dias de hoje, essa vitória seria convertida em no contest e o título anulado.

Multiplos campeões[editar | editar código-fonte]

  • Amanda Nunes é a única mulher que já foi campeã de duas divisões e a defender os seus dois títulos nesse exato período.
  • Mark Coleman, Pat Miletich e Vitor Belfort entrariam no Hall dos doubles champions, se os torneios do UFC contassem oficialmente. O primeiro é ex-campeão dos pesados e venceu 2 torneios no peso aberto. O segundo foi campeão meio-médio e venceu um torneio no peso leve. Já o terceiro conquistou o título do meio-pesado e venceu um torneio no peso pesado, além de ter disputado um título na divisão dos médios, o que o torna como o único a disputar título em 3 divisões diferentes.

The Ultimate Fighter[editar | editar código-fonte]

Via rápida em disputas de títulos[editar | editar código-fonte]

  • Anderson Silva é quem mais venceu por via rápida: 9 (7 nocautes + 2 finalizações)
  • Ronda Rousey é quem mais venceu por via rápida consecutivamente: 6

Notas

  1. Tyron Woodley depois de se tornar campeão peso-meio-médio foi bem sucedido ao defender o cinturão por 4 vezes: 3 vitórias e 1 empate.
  2. Frankie Edgar depois de se tornar campeão peso leve foi bem sucedido ao defender o cinturão por 3 vezes: 2 vitórias e 1 empate.
  3. Renan Barão possui 3 defesas bem sucedidas, sendo 2 como campeão interino e 1 depois de ser promovido como campeão linear.
  4. Daniel Cormier possui 3 defesas bem sucedidas, porque a sua derrota contra Jon Jones virou no contest, ou seja, ele nunca venceu nem empatou tal luta. Para efeitos, a luta nunca existiu.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (em inglês) Current and all-time UFC champions (espn.com)