Lista de campeões olímpicos da maratona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A lista de campeões olímpicos da maratona contém todos os vencedores da mais longa corrida olímpica, homens e mulheres, desde Atenas 1896 até Rio 2016.

Homens[editar | editar código-fonte]

Spiridon Louis, primeiro campeão olímpico da maratona – Atenas 1896.
Eliud Kipchoge, atual campeão olímpico da maratona – Rio 2016

Nos 120 anos que separam os Jogos Olímpicos de Atenas 1896 e Rio 2016, foram realizadas vinte e oito edições dos Jogos e, consequentemente, disputadas vinte e oito maratonas olímpicas masculinas. Do grego Spiridon Louis ao queniano Eliud Kipchoge, 26 atletas de 15 países tiveram até hoje a suprema glória de pendurar no peito a medalha de ouro da maratona olímpica.[1]

Jogos Olímpicos Atleta País Tempo
Rio 2016
Eliud Kipchoge
Quénia
2:08:44
Londres 2012
Stephen Kiprotich
Uganda
2:08:01
Pequim 2008
Samuel Wanjiru
Quénia
2:06:32
Atenas 2004
Stefano Baldini
Itália
2:10.55
Sydney 2000
Gezahegne Abera
Etiópia
2:10.11
Atlanta 1996
Josia Thugwane
África do Sul
2:12.36
Barcelona 1992
Young-Cho Hwang
Coreia do Sul
2:13.23
Seul 1988
Gelindo Bordin
Itália
2:10.32
Los Angeles 1984
Carlos Lopes
Portugal
2:09.21
Moscou 1980
Waldemar Cierpinski
Alemanha Oriental
2:11.03
Montreal 1976
Waldemar Cierpinski
Alemanha Oriental
2:09.55
Munique 1972
Frank Shorter
Estados Unidos
2:12.19
Cidade do México 1968
Mamo Wolde
Flag of Ethiopia (1897-1936; 1941-1974).svg
2:20.26
Tóquio 1964
Abebe Bikila
Flag of Ethiopia (1897-1936; 1941-1974).svg
2:12.11
Roma 1960
Abebe Bikila
Flag of Ethiopia (1897-1936; 1941-1974).svg
2:15.16
Melbourne 1956
Alain Mimoun
França
2:25.00
Helsinque 1952
Emil Zatopek
República Checa
2:23.03
Londres 1948
Delfo Cabrera
Argentina
2:34.51
Berlim 1936
Sohn Kee-chung *
(Kitei Son)
Japão
2:29.16
Los Angeles 1932
Juan Carlos Zabala
Argentina
2:31.36
Amsterdã 1928
Boughera El Ouafi
França
2:32.57
Paris 1924
Albin Stenroos
Finlândia
2:41.22
Antuérpia 1920
Hannes Kolehmainen
Finlândia
2:32.35
Estocolmo 1912
Kenneth McArthur
Red Ensign of South Africa (1910–1912).svg
2:35.56
Londres 1908
Johnny Hayes
Estados Unidos
2:55.18
St. Louis 1904
Thomas Hicks
Estados Unidos
3:28.53
Paris 1900
Michel Théato
França
2:59.45
Atenas 1896
Spiridon Louis
Flag of Greece (1822-1978).svg
2:58.50
  • Tempo em azul – recorde olímpico
  • * – o coreano Sohn Kee-chung fez história ao vencer a maratona em Berlim 1936 representando o Japão – que desde 1910 ocupava militar e politicamente a Coreia – com o nome japonês de "Kitei Son". Depois da guerra, Sohn foi o porta-bandeira da delegação sul-coreana na cerimônia de abertura dos Jogos de Londres 1948. Em Seul 1988, de cabelos completamente brancos e aos 76 anos de idade, ele entrou no Estádio Olímpico carregando a tocha olímpica com seu próprio nome e com as cores de sua verdadeira pátria, sob uma das maiores ovações já ouvidas na história dos Jogos Olímpicos. Sohn Kee-chung está enterrado no Cemitério Nacional em Daejeon, e sua saga é contada nas salas de aula de História às crianças coreanas.[2]
Desde os anos 1980, a Coreia do Sul, país do qual tornou-se cidadão após a divisão das Coreias, vinha tentando junto ao COI o reconhecimento oficial do nome de Sohn como o do verdadeiro vencedor em Berlim e de sua real nacionalidade – Sohn Kee-chung e coreano ao invés de Kitei Son e japonês – com periódicos e insistentes pedidos oficiais de adequamento aos fatos históricos reais. Depois de anos negando o reconhecimento, em 9 de novembro de 2011, setenta e cinco anos após sua vitória e nove anos após sua morte, o Comitê Olímpico Internacional finalmente concordou em realizar oficialmente a mudança; o real nome coreano dele passou a fazer parte dos documentos históricos do COI mas o Comitê manteve sua nacionalidade e sua medalha como japonesas, pois ele correu representando o Japão e mudar este fato seria uma distorção da História.[3]

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Joan Benoit, primeira campeã olímpica – Los Angeles 1984.
Jemima Sumgong, atual campeã olímpica – Rio 2016.

Quase noventa anos após a disputa da primeira maratona em Atenas 1896, as mulheres receberam também o direito de disputar sua própria maratona, devido ao sucesso que a prova fazia ao redor do mundo, onde multidões, incluindo mulheres, as disputavam em lugares como Boston, Nova York, Londres, Chicago, Rotterdam, etc. A primeira prova da maratona olímpica feminina foi realizada nos Jogos de Los Angeles, em 1984.[4]

Jogos Olímpicos Atleta País Tempo
Rio 2016
Jemima Sumgong
Quénia
2:24:04
Londres 2012
Tiki Gelana
Etiópia
2:23:07
Pequim 2008
Constantina Tomescu-Dita
Romênia
2:26:44
Atenas 2004
Mizuki Noguchi
Japão
2:26:20
Sydney 2000
Naoko Takahashi
Japão
2:23:14
Atlanta 1996
Fatuma Roba
Etiópia
2:26:52
Barcelona 1992
Valentina Yegorova *
Comunidade dos Estados Independentes
2:32.41
Seul 1988
Rosa Mota
Portugal
2:25:39
Los Angeles 1984
Joan Benoit
Estados Unidos
2:24.52

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Olympic Champions and Medalists». Olympicgameswinners.com. Consultado em 13 de julho de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Korean Olympic Hero Championed Liberty». The New York Times. Consultado em 13 de julho de 2012 
  3. ODA, KUNIHIKO. «OLYMPICS/ IOC approves Korean spelling for 1936 marathon champ». The Asahi Shimbun. Consultado em 1 de agosto de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  4. «Olympic Champions and Medalists». Olympicgameswinners.com. Consultado em 13 de julho de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)