Lista de conflitos em curso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zonas do Mundo onde ocorrem atualmente conflitos armados (número de mortes no ano atual ou anterior):
  10 000 ou mais
  1 000–9 999
  100–999
  1–99

Esta é uma lista de conflitos armados em curso que ocorrem em vários lugares do mundo e que continuam resultando em vítimas fatais. Esta lista tem unicamente o propósito de identificar os conflitos nos dias atuais e o número de mortes associadas a cada um deles.

Parâmetros da lista[editar | editar código-fonte]

Esta lista de conflitos armados em curso identifica os conflitos atuais e o número de mortos associado a cada conflito. As diretrizes de inclusão são as seguintes:

  • Os conflitos armados consistem no uso da força armada entre dois ou mais grupos armados organizados, governamentais ou não governamentais.[1] Conflitos armados interestaduais, intraestaduais e não estatais estão listados.
  • Os números de fatalidades incluem mortes relacionadas a batalhas (militares e civis), bem como civis “intencionalmente almejados” pelas partes de um conflito armado. Estão incluídas no ano atual e no ano passado apenas as mortes diretas resultantes da violência; as mortes excedentes resultantes indiretamente de fome, doença ou interrupção de serviços são incluídas junto com mortes violentas na contagem cumulativa de fatalidades, quando disponível.
  • Os conflitos listados têm pelo menos 100 mortes cumulativas no total e pelo menos 1 morte no civil atual ou passado.
  • Os totais de fatalidades podem estar imprecisos ou indisponíveis devido à falta de informações. Um item com sinal de mais (+) indica que pelo menos tantas pessoas morreram (por exemplo, 455+ indica que pelo menos 455 pessoas morreram).
  • Localização refere-se aos estados onde a violência principal ocorre, não às partes em conflito. O itálico indica territórios disputados e estados não-reconhecidos.
  • Um disputa territorial ou um movimento de protesto que não tenha resultado em mortes deliberadas e sistêmicas devido à violência estatal ou paramilitar não é considerado um conflito armado.

Grandes guerras (10.000 ou mais mortes relacionadas a combate no ano atual ou no ano passado)[editar | editar código-fonte]

Os 5 conflitos na lista a seguir causaram pelo menos 10.000 mortes diretas e violentas por ano em batalhas entre grupos identificados, em um ano civil atual ou passado.[2]

Começo do conflito Conflito Continente Localização Mortes cumulativas 2022 2023
1948 Conflitos armados em Myanmar Ásia  Myanmar 180.000 – 210.000[3][4] 20.206[5][6] 4.218[6]
2014 Guerra Russo-Ucraniana Europa  Ucrânia
 Rússia
61.829 – 321.040+[7] 36.000 – 240.400+[6] 12.151 – 66.440[8][9][10][11][12][13]
2018 Conflito civil etíope (2018–presente) África  Etiópia 395.000 – 800.000[14][15] 6.641 – 105.900[5][16][14][17] 510[6]

Guerras (1.000-9.999 mortes nos últimos anos)[editar | editar código-fonte]

Início Conflito Local Total de mortes Mortes em 2022 e 2023
1964 Conflito armado na Colômbia  Colômbia
 Venezuela
Equador
453.000+ 3.087 (2022) / 595 (2023)
1978 Guerras Civis Afegãs  Afeganistão
Paquistão
1.453.000 – 2.584.468+[18][19][20][21] 3.930 (2022) / 317 (2023)[5][6][22][23][24][6]
1991 Guerra Civil da Somália Somália
 Quênia
513.000 – 1.000.000+ 7.038 (2022) / 2.878 (2023)
1996 Insurgência das Forças Aliadas Democráticas  República Democrática do Congo
Uganda
9.000+ 2.902 (2022) / 342 (2023)
1998 Conflitos intercomunitários na Nigéria Nigéria 19.000+ 1.900 (2022) / 630 (2023)
1999 Conflito de Ituri  República Democrática do Congo 65.000+ 1.660 (2022) / 240 (2023)
2002 Insurgência islâmica no Magrebe  Burquina Fasso
Mali
Níger
 Benim
Togo
 Argélia
 Tunísia
Chade
Costa do Marfim
Gana
 Mauritânia
35.000+ 9.000 (2022) / 2.930 (2023)
2003 Conflitos no Iraque  Iraque 332.000 – 1.215.000+ 4.491 (2022) / 490 (2023)
2004 Guerra do Quivu  República Democrática do Congo
Ruanda
 Burundi
25.000+ 2,438 (2022) / 617 (2023)
2006 Guerra contra o narcotráfico no México  México 69.000 7,821 (2022) / 1.970 (2023)
2008 Conflitos tribais sudaneses Sudão
Sudão do Sul
387.000 – 400.000+ 1.900 (2022) / 473 (2023)
2009 Insurgência islâmica na Nigéria Nigéria
Camarões
Níger
Chade
368.000 6,800 (2022) / 1.180 (2023)
2011 Guerra Civil Síria Síria Síria 505.000 – 610.000+ 5.639 (2022) / 1.536 (2023)
2011 Conflito bandoleiro na Nigéria Nigéria 14.000+ 1.900 (2022) / 530 (2023)
2012 Guerra Civil do Mali Mali 19.000+ 4.793 (2022) / 970 (2023)
2014 Guerra Civil Iemenita (2015–presente)  Iémen
 Arábia Saudita
377.000[25] 6.028 (2022) / 1.145 (2023)[6]–5,099[26][6]–31,048[5]

Conflitos menores (100-999 mortes nos últimos anos)[editar | editar código-fonte]

Existem muitos outros conflitos armados que atualmente causam um número menor de vítimas fatais por ano.

Início Conflito Local Mortes totais Mortes em 2022 e 2023
1918 Conflito curdo-iraniano  Irão 15.000 - 58.000 453 (2022) / 51 (2023)
1947 Guerras indo-paquistanesas  Índia
Paquistão
200.000 - 2.000.000 360 (2022) / 115 (2023)
1948 Conflito israelo-palestino  Israel
 Palestina
27.000 255 (2022) / 900 (2023)
1948 Conflito no Baluchistão Paquistão
 Irão
20.800 – 21.000+ 795 (2022) / 135 (2022)
1954 Insurgência no nordeste da Índia  Índia 40.000 24 - 230 (2022) / 10 (2022)
1967 Insurgência Naxalita  Índia 12.877 – 14.369+ 101 - 395 (2022) / 120 (2023)
1968 Conflito Moro[27] Filipinas 120.000 - 150.000[28] 275 (2022) / 125 (2023)
1969 Rebelião Comunista nas Filipinas Filipinas 45.000 - 63.973 310 (2022) / 40 (2023)
1984 Conflito curdo-turco  Turquia
 Iraque
Síria Síria
55.000 – 60.000 370 (2022) / 43 (2023)
1988 Conflito do Alto Carabaque  Armênia
 Azerbaijão
 Artsaque
39.300 – 49.000+ 300 (2022) / 18 (2023)
2004 Guerra no Noroeste do Paquistão  Paquistão 46.000 – 61.549+ 893 (2022) / 301 (2023)
2011 Crise Líbia (2011–presente)  Líbia 30.000 – 43.000 171 (2022) / 7 (2023)
2011 Insurgência no Sinai  Egito 6000–7,353+ 269 (2022) / 4 (2023)
2012 Guerra Civil na República Centro-Africana (2012–presente)  República Centro-Africana 14.000+ 829 (2022) / 125 (2023)
2016 Insurgência no norte do Chade  Chade 644 100 (2022) / 0 (2023)
2016 Guerra contra o narcotráfico nas Filipinas  Filipinas 32.000 302 (2022) / 55 (2023)
2017 Insurreição islâmica em Moçambique  Moçambique
 Tanzânia
6.000+ 946 (2022) / 123 (2023)
2017 Crise separatista nos Camarões  Camarões 6.000+ 992 (2022) / 179 - 259 (2023)
2018 Guerra contra o narcotráfico em Bangladesh  Bangladesh 800+ 307 (2022) / 79 (2023)
2020 Insurgência criminal das FRG9 no Haiti  Haiti 400+ 89 (2022) / 531 (2023)
2022 Guerra contra as gangues em El Salvador  El Salvador 111+ 100 (2022) / 16 (2023)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. «How is the Term "Armed Conflict" Defined in International Humanitarian Law?» (PDF). International Committee of the Red Cross. Março 2008. Consultado em 1 de fevereiro de 2015 
  2. «The Armed Conflict Location & Event Data Project». Acled Data. Consultado em 10 de abril de 2019 
  3. «Modern conflicts database: alternative estimates for death tolls» (PDF). University of Massachusetts Amherst, Political Economy Research Institute. Abril de 2007. Consultado em 21 de março de 2011. Cópia arquivada (PDF) em 11 de outubro de 2008 
  4. «De re militari: muertos en Guerras, Dictaduras y Genocidios». Consultado em 22 de outubro de 2014 
  5. a b c d «UCDP Candidates data set de Janeiro de to December 2021: Version 21.01.21.12». ucdp.uu.se (em inglês). Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  6. a b c d e f g h «Dashboard». ACLED. 11 de março de 2022 
  7. «Report on the human rights situation in Ukraine 16 de novembro de 2019 to 15 de fevereiro de 2020» (PDF). Office of the United Nations High Commissioner for Human Rights 
  8. «3,500 to 6,000 Russians, 2,000 to 4,000 Ukrainian troops, and 1,200 people in Mariupol, de maio de have been killed in Ukraine so far, U.S. official estimates». www.cbsnews.com. 10 de março de 2022 
  9. desk, The Kyiv Independent news (15 de março de 2022). «False information surrounding death toll in Mariupol circulates online - 2,357 dead in Mariupol». The Kyiv Independent (em inglês) 
  10. «Around 1,300 Ukrainian troops killed since start of Russian invasion». The Jerusalem Post. 12 de março de 2022. Consultado em 12 de março de 2022 
  11. The Donetsk PR stated 212 of its servicemen were killed between 1 Jan. and 10 de março de 2022,[1] dos quais 13 morreram entre 1º de janeiro e 25 de fevereiro de 2022,de fevereiro de -2022/ deixando um total de 199 mortos no período da invasão russa.
  12. Cooper, Helene; Barnes, Julian E.; Schmitt, Eric (16 de março de 2022). «3,000 to 10,000 Russian Troop Deaths, 7,000 according to conservative U.S. estimates» (em inglês). The New York Times. ISSN 0362-4331. Cópia arquivada em 18 de março de 2022 
  13. Reuters (18 de março de 2022). «816 civilians killed in Ukraine since conflict began, plus casualties in badly-hit cities like Mariupol, UN says» (em inglês). Reuters 
  14. a b Simon Marks; Samuel Gebre (2 de fevereiro de 2021). «Ethiopian Opposition Claims 52,000 Killed in Tigray Conflict». Bloomberg.com 
  15. «Ethiopia-Tigray war: who is fighting and what has been the toll?». the Guardian (em inglês). 5 de novembro de 2021. Consultado em 7 de dezembro de 2021 
  16. «Situation reports – EEPA». Europe External Programme with Africa 
  17. «More than 50,000 Ethiopia civilians have been killed, Tigray opposition says». Los Angeles Times. 3 de fevereiro de 2021 
  18. Khalidi, Noor Ahmad (1 de Janeiro de 1991). «Afghanistan: Demographic consequences of war, 1978–1987». Central Asian Survey. 10 (3): 101–126. PMID 12317412. doi:10.1080/02634939108400750 – via Taylor and Francis+NEJM 
  19. Giustozzi, Antonio (29 de agosto de 2000). War, Politics and Society in Afghanistan, 1978-1992. [S.l.]: Hurst. ISBN 9781850653967 – via Google Books 
  20. «Human Costs of War: Direct War Death in Afghanistan, Iraq, and Pakistan de outubro de 2001- de fevereiro de 2013» (PDF). costsofwar.org. Cópia arquivada (PDF) em 30 de abril de 2013 
  21. «Life under Taliban cuts two ways». Christian Science Monitor. 20 de setembro de 2001 
  22. George, Susannah; Hassan, Sharif (10 de maio de 2021). «School bombing heightens fears among Afghanistan's Hazaras, long a target for militants, amid U.S. exit». The Washington Post 
  23. Mehrdad, Ezzatullah; Cheung, Helier; George, Susannah (15 de outubro de 2021). «Suicide bombers hit Shiite mosque in Afghanistan killing dozens — the second such attack in a week». The Washington Post 
  24. Gibbons-Neff, Thomas; Sahak, Sami; Shah, Taimoor (2 de novembro de 2021). «Dozens Killed in ISIS Attack on Military Hospital in Afghanistan's Capital». The New York Times. Cópia arquivada em 28 de dezembro de 2021 
  25. «UN warns of catastrophic Yemen death toll». 24 de novembro de 2021 
  26. «Scores killed in Yemen prison air strike carnage». BBC News. 21 de Janeiro de 2022 
  27. Guide to the Philippines conflict BBC
  28. The Mindanao Conflict in the Philippines: Roots, Costs, and Potential Peace Dividend

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Conflitos em curso