Lista de contrações e combinações na língua portuguesa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Este anexo é uma lista de contrações e combinações na língua portuguesa. No português, as contrações e combinações usualmente são feitas com a alteração de uma preposição por meio da junção a outra palavra, mas também pode ser feita entre pronomes.

Preposição "a"[editar | editar código-fonte]

  • Contração com artigo definido:
    • (Combinação) par ou ímpar
    • a + a(s) = à(s)
  • Contração com pronome demonstrativo:
    • (Combinação) par ou impar
    • a + a(s) = à(s)
    • a + aquele(s) = àquele(s)
    • a + aquela(s) = àquela(s)
    • a + aquilo = àquilo
  • Combinação com advérbio:
    • a + onde = aonde
    • a + diante = adiante

Complementação "de"[editar | editar código-fonte]

  • Contração com artigo definido:
    • de + o(s) = do(s)
    • de + a(s) = da(s)
  • Contração com artigo indefinido:
    • de + um(ns) = dum(ns)
    • de + uma(s) = duma(s)
  • Contração com pronome pessoal:
    • de + ele(s) = dele(s)
    • de + ela(s) = dela(s)
  • Contração com pronome demonstrativo:
    • de + o(s) = do(s)
    • de + a(s) = da(s)
    • de + este(s) = deste(s)
    • de + esta(s) = desta(s)
    • de + esse(s) = desse(s)
    • de + essa(s) = dessa(s)
    • de + aquele(s) = daquele(s)
    • de + aquela(s) = daquela(s)
    • de + isto = disto
    • de + isso = disso
    • de + aquilo = daquilo
  • Contração com advérbio:
    • de + aqui = daqui
    • de + = daí
    • de + ali = dali
    • de + acolá = dacolá
    • de + onde = donde
  • Contração com pronome indefinido:
    • de + outro(s) = doutro(s)
    • de + outra(s) = doutra(s)
    • de + outrem = doutrem

Preposição "em"[editar | editar código-fonte]

  • Contração com artigo definido:
    • em + o(s) = no(s)
    • em + a(s) = na(s)
  • Contração com artigo indefinido:
    • em + um(ns) = num(ns)
    • em + uma(s) = numa(s)
  • Contração com pronome pessoal:
    • em + ele(s) = nele(s)
    • em + ela(s) = nela(s)
  • Contração com pronome demonstrativo:
    • em + o(s) = no(s)
    • em + a(s) = na(s)
    • em + esse(s) = nesse(s)
    • em + essa(s) = nessa(s)
    • em + este(s)= neste(s)
    • em + esta(s) = nesta(s)
    • em + aquele(s) = naquele(s)
    • em + aquela(s) = naquela(s)
    • em + isto = nisto
    • em + isso = nisso
    • em + aquilo = naquilo
  • Contração com pronome indefinido:
    • em + outro(s) = noutro(s)
    • em + outra(s) = noutra(s)
    • em + outrem = noutrem

Complemento "para"[editar | editar código-fonte]

Preposição "per"[editar | editar código-fonte]

Complementação "por"[editar | editar código-fonte]

Entre preposições[editar | editar código-fonte]

    • de + entre = dentre[1]

Entre advérbios[editar | editar código-fonte]

  • Contração de pronome indefinido com pronome demonstrativo:
    • outro(s) + aquele = aqueloutro(s)
    • outra(s) + aquela = aqueloutra(s)
    • outro(s) + esse = essoutro(s)
    • outra(s) + essa = essoutra(s)
    • outro(s) + este = estoutro(s)
    • outra(s) + esta = estoutra(s)

Contrações arcaicas[editar | editar código-fonte]

Preposição "a"[editar | editar código-fonte]

Preposição "com"[editar | editar código-fonte]

Preposição "por"[editar | editar código-fonte]

Pronomes pessoais[editar | editar código-fonte]

  • Contração de pronome pessoal com pronome pessoal:[11] [12]
    • me + o(s) = mo(s)
      • Exemplo: Ei, devolva-me o caderno. Devolva-mo!
    • me + a(s) = ma(s)
      • Exemplo: Dê-me as lâmpadas. Dê-mas!
    • te + o(s) = to(s)
      • Exemplo: Se dou-te os cachorros? Dou-tos, sim.
    • te + a(s) = ta(s)
      • Exemplo: Queres que eu dê as pranchas para ti? Pois dou-tas, certamente.
    • lhe(s) + o = lho(s)
      • Exemplo: Você espera que eu lhe pague o montante, mas não lho pagarei.
    • lhe(s) + a = lha(s)
      • Exemplo: Você ainda acredita que eu lhe darei as fichas? Em tal caso, espere sentado, pois eu não lhas darei.
    • nos + o(s) = no-lo(s)
      • Exemplo: Você nos deve pagar os dividendos. Ande: pague-no-los.
    • nos + a(s) = no-la(s)
      • Exemplo: Se ao menos ele nos entregasse a casa... Fulano: entregue-no-la!
    • vos + o(s) = vo-lo(s)
      • Exemplo: A vós preocupa o que ocorreria caso eu vos apresentasse tal argumento? Por quê? E se eu vo-lo apresentasse?
    • vos + a(s) = vo-la(s)
      • Exemplo: A vós alegrará sobremaneira caso eu vos entregue as barras de ouro, não é verdade? Pois vo-las ofereço: cá estão.

Referências

  1. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. "Significado de dentre" (em português). Consult. 12 de outubro de 2010. 
  2. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. "Significado de ò" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  3. Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa. "Significado de ò" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  4. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. "Significado de òs" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  5. Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa. "Significado de òs" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  6. Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. "Definição de co" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  7. Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. "Definição de coa" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  8. Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. "Significado de coa" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  9. Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa. "Significado de coa" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  10. Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora. "Definição de polo" (em português). Consult. 18 de março de 2013. 
  11. "Pronome Oblíquo Átono". Só Português. Consult. 3 de dezembro de 2015. 
  12. "O verbo gostar no condicional". Ciber Dúvidas. Consult. 3 de dezembro de 2015.