Rede Família

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rede Família
Rede Família de Comunicação Ltda.
Tipo Rede de televisão comercial aberta
País Brasil
Fundação 1 de agosto de 1998 (23 anos)
por Edir Macedo
Pertence a Grupo Record
Proprietário Edir Macedo
Presidente Francisco Costa
Cidade de origem Limeira, SP
Sede Campinas, SP
Slogan Porque família é tudo de bom
Formato de vídeo 1080i (HDTV)
Canais irmãos
Afiliações Rede Mulher (2003-2005)
TV Universal (2011-2012)
Cobertura Nacional (via satélite)
Emissoras afiliadas Lista de emissoras
Página oficial redefamilia.com.br
Disponibilidade aberta e gratuita
Digital
Disponibilidade por satélite
Star One C3
Banda C: 3731 MHz
Polarização: V
Star One C4
Banda C: 4056 MHz
Polarização: H
Disponibilidade por cabo
Claro TV
Canal 12 / 512 HD (Limeira)
Canal 26 / 526 HD (Campinas)
Disponibilidade digital
Webcast
Assistir ao vivo

Rede Família é uma rede de televisão brasileira sediada em Campinas, São Paulo. É uma das empresas do Grupo Record. Foi criada em 1.º de agosto de 1998, e atualmente, mantém uma grade de programação com programas jornalísticos e de variedades, além de reprises de programas produzidos pela sua coirmã RecordTV. Sua cobertura terrestre abrange, além da Região Metropolitana de Campinas, algumas localidades do interior paulista e cidades esparsas das regiões Sudeste, Norte e Nordeste do país através de retransmissoras, bem como uma cobertura nacional via satélite em banda C.

História[editar | editar código-fonte]

A Rede Família surgiu a partir da TV Thathi de Campinas, São Paulo (com geradora em Limeira), até então afiliada à Rede Manchete, que pertencia desde 1993 ao empresário Chaim Zaher e foi adquirida pelo Grupo Record. A nova rede foi inaugurada em 1.º de agosto de 1998, e inicialmente cobria apenas regiões do interior paulista onde haviam retransmissoras instaladas pelas antigas administrações. A emissora tinha inicialmente 18 horas diárias de programação, que era baseada em jornalismo, séries, desenhos animados, programas independentes e produções da Igreja Universal do Reino de Deus.

A aqusição da emissora se deu na mesma época em que o Grupo Record também adquriu a Rede Mulher, pertencente à Família Montoro. A imprensa chegou a especular que a Rede Família passaria a ser gerada pela nova emissora, baseada em Araraquara, o que acabou não acontecendo. Em 6 de julho de 1999, a emissora passou a transmitir sua programação via satélite em banda C, ganhando cobertura nacional.[1] Sua programação também passou a ir ao ar para o estado da Bahia, através da TV Cabrália de Itabuna, também pertencente ao grupo, que estava com programação independente desde que a programação da Rede Record havia sido transferida para a TV Itapoan de Salvador. A Rede Família tentou ainda adquirir o CBI, canal de televendas pertencente ao Grupo Objetivo, o que lhe daria uma geradora na cidade de São Paulo, porém, as negociações fracassaram.[2]

Na semana seguinte, a Rede Família lança uma nova grade de programação, estreando atrações como o jornalístico Alerta Total, semelhante ao Cidade Alerta exibido pela Rede Record, porém com enfoque em reportagens de assistencialismo social.[3] A emissora também passou a exibir reprises de atrações produzidas pela Rede Record, sendo a primeira delas a telenovela Estrela de Fogo.[4] Apesar dos esforços para se consolidar como uma rede de televisão de segunda linha, a Rede Família não conseguia ter visibilidade, chegando a conquistar apenas uma (e até hoje a única) afiliada em seus primeiros anos de existência, a TV Maracá de Boa Vista, Roraima.

Em 3 de fevereiro de 2003, a Rede Família deixou de ter programação própria e passou a ser uma afiliada da sua coirmã Rede Mulher. Pelo acordo entre as partes, a programação da Rede Mulher passa a ser transmitida em VHF para as cidades de Campinas, Limeira, Piracicaba e Ribeirão Preto, entre outras cidades do interior paulista, transmitidas pela Rede Família.[5] Em 2005, a Rede Família exibia Rede Família Esporte (18h30), Debate Bola (19h15), Pokemon (17h30), Caçadora de Relíquias (21h20) e o Jornal da Rede Família (segunda a sexta às 18h e sábados às 17h30). O restante da programação era espaços da IURD e independentes e a rede não exibia programação própria aos domingos. Neste ano, a parceria é desfeita e as emissoras passam novamente a gerar programações independentes uma da outra.

Em 30 de junho de 2011, a Rede Família encerrou todas as suas produções próprias e as substituiu por programas da IURD TV, vinculada à Igreja Universal do Reino de Deus, que havia iniciado suas transmissões via internet em maio daquele ano.[6] No dia 20 de julho, foi a vez das produções independentes que ainda eram levadas ao ar serem extintas, e a Rede Família então tornou-se uma retransmissora de facto da programação da IURD TV.

Logotipo utilizado até 2013

Em 2 de julho de 2012, Edir Macedo, fez um pronunciamento no qual apresentou novidades com relação à emissoras do grupo. A principal novidade é que a Rede Record iria deixar de exibir programas religiosos da Igreja Universal do Reino de Deus, da qual Edir Macedo é o principal líder, e os programas passarão a ser exibidos na Rede Família.

A emissora retornou transmitindo a programação da IURD TV e com o seu telejornal, o Jornal da Rede Família, com matérias produzidas pela Rede Record e Record News. Poucos dias após o retorno da emissora, foi anunciada a nova programação com séries, filmes e animações. Pouco a pouco, a Rede Família foi introduzindo novos programas na grade, enquanto a IURD TV seguiu com a sua programação 24h via internet.

No dia 24 de junho, a Rede Família estreou sua nova programação. Entre as novidades a exibição da novela “Essas Mulheres” (2005), na faixa das 17h30, e séries como “Xena – A Princesa Guerreira”, “Hércules”, “Heroes”, “Covert Affairs”, “The Event” e “Law & Order: Los Angeles”. Constam ainda no pacote programas da própria Record e da Record News, como “Câmera Record”, “Repórter Record”, “Entrevista Record” e o "Programa Romario Rocha" destinado a estética, beleza e saúde.

Em 1.º de fevereiro de 2014, a emissora passou a transmitir em rede nacional, pelo satélite Star One C2, no lugar da Record News em analógico, que se transferiu para o sinal digital que antes era da Rede Família.

Em 28 de abril de 2017, a emissora exibe a última edição do Alerta Total, jornalístico que dava boa audiência a emissora e que era apresentado por Kléber Leite. No mesmo dia o Rede Família Esporte, que tinha apresentação de Guina Paiva, também deixa a grade da emissora, o que também causou o fim do departamento esportivo da emissora.

No dia 1.º de agosto de 2017, a Rede Família colocou no no ar a sua nova programação com a criação de novos programas, novos cenários e nova identidade visual.

No dia 29 de março de 2019, Alberto César deixa a Rede Família após 4 anos, fazendo o Visão Geral deixar a programação da emissora.

No dia 1 de abril de 2019, a Rede Família estreia nova programação: o RF com Você passa a ser exibido as 11:00, Alerta Total as 12:00, RF Esporte Clube 13:00, Família Kids às 10:00 e 17:15, Versátil & Atual às 15:00, RF News às 18:00 de segunda a sexta. Reportagens Especiais as 21:30 as segundas quartas e sextas. RF Esporte Clube Especial as 20:00 aos domingos e aos sábados Familia Kids as 10:00 11:30 e 17:00 e domimgos 12:00 Heroes Reborn terças e quintas as 21:00 e Caçador de Receitas segunda quarta e sexta das 19:00 sábados 12:00 e 19:00 e domingo 19:00 e meses depois passou a ser exibido aos finais de semana a se a RecordTV cedeu direitos de conteúdos a Rede Família.

Em 7 de abril, estreia na Rede Família o RF Esporte Clube Especial aos domingos 20:00. Em 27 de abril, estreia na Rede Família a série The Last Kingdom exibida aos sábados 20:45 e estreia a reprise do Estúdio News exibida aos domingos 17:00.

Em 4 de maio, estreia o RF com Você aos sábados. Em 14 de maio foi ao ar o ultimo episodio de Heroes Reborn na Rede Família em 16 de maio estreia a série Grimm sucesso na RecordTV exibida pela Rede Família.

Em 17 de junho estreou o programa Sabor Saudável. Em 29 de junho foi exibido o último episódio da temporada de The Last Kingdom e em 30 de junho foi exibido o último Laços da Terra as 10:30 da manhã o último Santo Culto ao Seu Lar as 09:30 da manhã e o último Família Kids ao meio dia.

Em julho, a emissora estreia a nova temporada de The Last Kingdom o Laços da Terra passou passou a ser exibido aos domingos 12:00 substituindo o Família Kids que passou a ser exibido de segunda a sábado e passou a exibir o sorteio do Vida Cap as 10:00 da manhã e o Caçador de Receitas passou a ser exibido às 16:00 e Reportagens Especiais às 19:00 e Mitos e Verdades ao 12:30 em agosto a Rede Família comemora 21 anos

Em 16 de julho, foi exibida a última edição do Versátil e Atual, pois Flor deixou a emissora após 10 anos e o programa foi substituído pelo Reportagens Especiais.

No dia 5 de agosto, a Rede Família reformula sua programação a Igreja Universal passa a terminar as 11:00 da manhã o Sabor Saudável ganha reprises às terças e quintas 11:00 da manhã aos domingos 12:30 e sábados 19:00 da noite o Alerta Total ganha mais 30 minutos de duração passando a começar 11:30 da manhã o RF Com Você ganha nova vinheta novo cenário novo formato e novo horário das 15:30 as 17:00 da tarde o Reportagens Especiais ganha novos horários 22:00 da noite e 17:00 da tarde o Família Kids ganha novos horários 14:00 da tarde de segunda a sexta-feira 08:30 da manhã e 10:30 da manhã aos sábados e 09:00 da manhã aos domingos o Edelson Moura na TV ganha novo dia e horário Sábado as 09:30 da manhã foi exibido o último episódio de Grimm desde 17 de agosto promove a Rede Família nas cidades que percorre por 58 cidades de cobertura da Rede Família

Em setembro estreia o Netmotors produzido pela I9TV exibido aos sábados 11:00 da manhã. Em 17 de setembro, o RF News ganha um quadro dentro do RF Com Você chamado Destaques RF News exibido de segunda a sexta-feira as 16:55 da tarde. Em 21 de setembro, estreia Mr. Robot todo sábado 20:45 da noite

Em 9 de março de 2020, a emissora volta a exibir novelas com a segunda reprise de Cidadão Brasileiro às 14h e Pecado Mortal às 19h30.[7]No mesmo dia, o Alerta Total ganha um novo cenário, passando a ser gravado nos antigos estúdios do extinto programa do canal irmão, SP no Ar. Em 9 de novembro, reexibe Vidas Cruzadas no lugar de Pecado Mortal e confirma para janeiro de 2021 a reprise de Marcas da Paixão como sucessora de Cidadão Brasileiro.[8]

Em 1.° de março de 2021, a emissora anuncia mudanças na grade e também a inauguração dos novos estúdios em Campinas. O Edição Manhã passa a abrir a grade de programação a partir das 8h30. Os programas como Família Kids, Tá no Ar Campinas, Alerta Total, RF News e as novelas Marcas da Paixão e Vidas Cruzadas ganham novos horários e o Edição da Tarde deixa a grade da emissora. No mesmo dia, também acontece a estreia do Ligados no Esporte, e são anunciadas as transmissões ao vivo do NBB pela temporada 2020—21 e do Mercedes-Benz Challenge pela temporada 2021.[9]

Programas[editar | editar código-fonte]

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Via satélite[editar | editar código-fonte]

Satélite Star One C3
Frequência: 3731 MHz
Polarização: Vertical
Taxa de símbolo: 5000 Msb/s
Satélite Star One C4
Frequência: 4056 MHz
Polarização: Horizontal
Taxa de símbolo: 3750 Msb/s

Antigas afiliadas[editar | editar código-fonte]

Nome Cidade UF Canal Situação/afiliação atual Período de afiliação
TV Maracá Boa Vista RR 28 UHF Hoje Rede Cidade, afiliada à TV Gazeta 2001-2005; 2008-2009
TV Cabrália Itabuna BA 5 VHF Hoje RecordTV Cabrália, emissora própria da RecordTV 1998-2003

Referências

  1. «Overdose evangélica». TV Crítica (no GeoCities). 7 de julho de 1999. Arquivado do original em 16 de novembro de 2002 Ver Web Archive em
  2. «CBI na mira da IURD». TV Crítica (no GeoCities). 28 de julho de 1999. Arquivado do original em 26 de julho de 2003 Ver Web Archive em
  3. «"Mundo Cão" evangélico». TV Crítica (no GeoCities). 7 de julho de 1999. Arquivado do original em 25 de julho de 2003 Ver Web Archive em
  4. «Vale a Pena Ver de Novo 2». TV Crítica (no GeoCities). 5 de agosto de 1999. Arquivado do original em 12 de novembro de 2002 Ver Web Archive em
  5. Marcelo Affini (3 de fevereiro de 2003, 14h54). «Rede Família torna-se afiliada da Rede Mulher». MM Online. Arquivado do original em 18 de abril de 2003  Verifique data em: |data= (ajuda)Ver Web Archive em
  6. «Rede Família de Televisão fecha as portas em Campinas». RAC. 30 de junho de 2011. Consultado em 28 de julho de 2011 
  7. Vaquer, Gabriel (10 de fevereiro de 2020). «Emissora vai reprisar novela de Carlos Lombardi jamais reexibida na Record TV». Observatório da Televisão. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  8. PERLINE, GABRIEL (17 de outubro de 2020). «Rede Família exibirá as novelas Vidas Cruzadas e Marcas da Paixão». Notícias da TV. Consultado em 21 de novembro de 2020 
  9. «Rede Família, irmã da Record, estreia nova programação». TV Pop. 26 de fevereiro de 2021. Consultado em 26 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]