Saltar para o conteúdo

Lista de governadores das unidades federativas do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Não confundir com Lista de governadores-gerais do Brasil.

Esta é uma lista dos atuais governadores das 27 unidades federativas do Brasil (26 estados e distrito federal).

Atuais governadores[editar | editar código-fonte]

Unidade federativa Governador No cargo Partido Mandato (ano da eleição) Vice-governador

Acre
(Mandatos anteriores)
Gladson Cameli
(Gladson de Lima Cameli)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Progressistas (PP) 1
(2018)
Major Rocha
1 de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
Mailza Gomes
1º de janeiro de 2023 - presente
2
(2022)

Alagoas
(Mandatos anteriores)
Paulo Dantas
(Paulo Suruagy do Amaral Dantas)
15 de maio de 2022

6 de janeiro de 2027
Movimento Democrático Brasileiro (MDB) 1 José Wanderley Neto
15 de maio de 2022 - 31 de dezembro de 2022
Ronaldo Lessa
1º janeiro de 2023 - presente
2
(2022)

Amapá
(Mandatos anteriores)
Clécio Luis
(Clécio Luís Vilhena Vieira)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Solidariedade 1
(2022)
Teles Junior
1º janeiro de 2023 - presente

Amazonas
(Mandatos anteriores)
Wilson Lima
(Wilson Miranda Lima)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Social Cristão
(PSC)
1
(2018)
Carlos Almeida
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
União Brasil (UNIÃO)
2
(2022)
Tadeu de Souza
1º de janeiro de 2023 - presente

Bahia
(Mandatos anteriores)
Jerônimo Rodrigues
(Jerônimo Rodrigues Souza)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido dos Trabalhadores (PT) 1
(2022)
Geraldo Júnior
1º de janeiro de 2023 - presente

Ceará
(Mandatos anteriores)
Elmano de Freitas
(Elmano de Freitas da Costa)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido dos Trabalhadores (PT) 1
(2022)
Jade Romero
1º de janeiro de 2023 - presente

Distrito Federal
(Mandatos anteriores)
Ibaneis Rocha
(Ibaneis Rocha Barros Júnior)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
[nota 1]
Movimento Democrático Brasileiro (MDB) 1
(2018)
Paco Britto
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
2
(2022)
Celina Leão
1º de janeiro de 2023 - presente

Espírito Santo
(Mandatos anteriores)
Renato Casagrande
(José Renato Casagrande)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Socialista Brasileiro (PSB) 2
(2018)
Jacqueline Moraes
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
3
(2022)
Ricardo Ferraço
1º de janeiro de 2023 - presente

Goiás
(Mandatos anteriores)
Ronaldo Caiado
(Ronaldo Ramos Caiado)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Democratas (DEM) 1
(2018)
Lincoln Tejota
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
União Brasil (UNIÂO)
2
(2022)
Daniel Vilela
1º de janeiro de 2023 - presente

Maranhão
(Mandatos anteriores)
Carlos Brandão Júnior
(Carlos Orleans Brandão Júnior)
[1]
2 de abril de 2022

6 de janeiro de 2027
Partido Socialista Brasileiro (PSB) 1
2
(2022)
Felipe Camarão
1º de janeiro de 2023 - presente

Mato Grosso
(Mandatos anteriores)
Mauro Mendes
(Mauro Mendes Ferreira)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Democratas (DEM) 1
(2018)
Otaviano Pivetta
1º de janeiro de 2019 - presente
União Brasil (UNIÂO)
2
(2022)

Mato Grosso do Sul
(Mandatos anteriores)
Eduardo Riedel
(Eduardo Corrêa Riedel)
[2]
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)[3] 1
(2022)
Barbosinha
1º de janeiro de 2023 - presente

Minas Gerais
(Mandatos anteriores)
Romeu Zema
(Romeu Zema Neto)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Novo (NOVO) 1
(2018)
Paulo Brant
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
2
(2022)
Mateus Simões

1º de janeiro de 2023 - presente


Pará
(Mandatos anteriores)
Helder Barbalho
(Helder Zahluth Barbalho)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Movimento Democrático Brasileiro (MDB) 1
(2018)
Lucio Vale
1º de janeiro de 2019 - 26 de abril de 2021
2
(2022)
Hana Ghassan
1º de janeiro de 2023 - presente

Paraíba
(Mandatos anteriores)
João Azevêdo
(João Azevedo Lins Filho)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Socialista Brasileiro (PSB) 1
(2018)
Lígia Feliciano
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
Cidadania
Partido Socialista Brasileiro (PSB)
2
(2022)
Lucas Ribeiro
1º de janeiro de 2023 - presente

Paraná
(Mandatos anteriores)
Ratinho Júnior
(Carlos Roberto Massa Júnior)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Social Democrático (PSD) 1
(2018)
Darci Piana
1º de janeiro de 2019 - presente
2
(2022)

Pernambuco
(Mandatos anteriores)
Raquel Lyra
(Raquel Teixeira Lyra Lucena)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)[4] 1
(2022)
Priscila Krause
1º de janeiro de 2023 - presente

Piauí
(Mandatos anteriores)
Rafael Fonteles
(Rafael Tajra Fonteles)
1ª de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido dos Trabalhadores (PT)[5] 1
(2022)
Themistocles Filho
1º de janeiro de 2023 - presente

Rio de Janeiro
(Mandatos anteriores)
Cláudio Castro

(Cláudio Bonfim de Castro e Silva)

28 de agosto de 2020

30 de abril de 2021

(interino)

Partido Social Cristão

(PSC)

1
1 de maio de 2021

6 de janeiro de 2027

(efetivo)

Partido Liberal (PL)
2
(2022)
Thiago Pampolha
1º de janeiro de 2023 - presente

Rio Grande do Norte
(Mandatos anteriores)
Fátima Bezerra
(Maria de Fátima Bezerra)
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido dos Trabalhadores (PT) 1
(2018)
Antenor Roberto
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
1
(2022)
Walter Alves
1º de janeiro de 2023 - presente

Rio Grande do Sul
(Mandatos anteriores)
Eduardo Leite
(Eduardo Figueiredo Cavalheiro Leite)
1º de janeiro de 2019

31 de março de 2022
Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) 1
(2018)
Ranolfo Vieira Júnior
1º de janeiro de 2019 - 31 de março de 2022
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
2
(2022)
Gabriel Souza
1º de janeiro de 2023 - presente

Rondônia
(Mandatos anteriores)
Marcos Rocha

(Marcos José Rocha dos Santos)

1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Partido Social Liberal
(PSL)
1
(2018)
Zé Jodan
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
União Brasil (UNIÂO)
2
(2022)
Sérgio Alves
1º de janeiro de 2023 - presente

Roraima
(Mandatos anteriores)
Antonio Denarium
(Antonio Olivério Garcia de Almeida)
[6]
10 de dezembro de 2018

1º de janeiro de 2019
Partido Social Liberal
(PSL)
-
(2018)

10 de dezembro de 2018 - 1 de janeiro de 2019
1
(2018)
Frutuoso Lins
1º de janeiro de 2019 - 31 de dezembro de 2022
1º de janeiro de 2019

6 de janeiro de 2027
Progressistas (PP)
2
(2022)
Edilson Damião

1º de janeiro de 2023 - presente


Santa Catarina
(Mandatos anteriores)
Jorginho Mello

(Jorginho dos Santos Mello)

1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido Liberal (PL) 1
(2022)
Delegada Marilisa

1º de janeiro de 2023 - presente


São Paulo
(Mandatos anteriores)
Tarcísio de Freitas
(Tarcísio Gomes de Freitas)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Republicanos 1
(2022)
Felicio Ramuth

1º de janeiro de 2023 - presente


Sergipe
(Mandatos anteriores)
Fábio Mitidieri
(Fábio Cruz Mitidieri)
1º de janeiro de 2023

6 de janeiro de 2027
Partido Social Democrático (PSD) 1
(2022)
Zezinho Sobral

1º de janeiro de 2023 - presente


Tocantins
(Mandatos anteriores)
Wanderlei Barbosa

(Wanderlei Barbosa Castro)

20 de outubro de 2021


11 de março de 2022

(interino)

Sem partido 1
11 de março de 2022


6 de janeiro de 2027

(efetivo)

Republicanos
2
(2022)
Laurez Moreira

1º de janeiro de 2023 - presente

Divisão Partidária[editar | editar código-fonte]

Partido N.º de unidades
federativas governadas
PT 4
UNIÃO
PSB 3
PSDB
MDB
PP 2
PSD
Republicanos
PL
Solidariedade 1
NOVO
Total 27

Notas

  1. Afastado do cargo entre 08 de janeiro e 15 de março de 2023 por decisão do Supremo Tribunal Federal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Entidades subnacionais extintas:

Referências

  1. «Flávio Dino de Castro e Costa». Portal do Governo do Maranhão. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  2. «Governador, Vice e Secretários de Mato Grosso do Sul». Portal do Governo do Mato Grosso do Sul. Consultado em 25 de abril de 2019. Arquivado do original em 25 de abril de 2019 
  3. Carazzai, Estelita Hass (26 de outubro de 2014). «Tucano Reinaldo Azambuja é eleito governador de Mato Grosso do Sul». Folha de S.Paulo. Consultado em 19 de agosto de 2015 
  4. Lima Freitas, Ana Lourdes (5 de outubro de 2014). «PE: Paulo Câmara é eleito com 68,08% dos votos». Terra. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  5. «Dias (PT) supera escândalo de dinheiro no carro e se elege governador do PI». UOL. 5 de outubro de 2014. Consultado em 22 de agosto de 2015 
  6. «Conselhos aprovam intervenção em Roraima, e Temer assina decreto na 2ª feira, diz Etchgoyen». G1. Consultado em 18 de dezembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]