Lista de governadores das unidades federativas do Brasil (1991–1995)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda nos WikiProjetos Brasil e Política.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde dezembro de 2009.

Esta é uma lista dos governadores das 27 unidades federativas do Brasil durante o mandato 1991-1995.

Para efeito de informação foi considerada a extensão dos mandatos originalmente previstos em lei. No caso em tela eles se estenderam de 15 de março de 1991 a 1º de janeiro de 1995. No caso do Amapá, Distrito Federal e Roraima, estes governaram de 1º de janeiro de 1991 a 1º de janeiro de 1995 conforme previa a Carta Magna.

Bandeira Estado Abreviação Governador Partido Mandato Notas
Bandeira do Acre.svg Acre AC Edmundo Pinto PDS 1991-1995 Assassinado em 1992
Bandeira de Alagoas.svg Alagoas AL Geraldo Bulhões PSC 1991-1995 Eleito em 20/01/1991
Bandeira do Amapá.svg Amapá AP Anibal Barcelos PFL 1991-1995
Bandeira do Amazonas.svg Amazonas AM Gilberto Mestrinho PMDB 1991-1995
Bandeira da Bahia.svg Bahia BA Antônio Carlos Magalhães PFL 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do Ceará.svg Ceará CE Ciro Gomes PSDB 1991-1995 Ministro de estado em 1994
Bandeira do Distrito Federal (Brasil).svg Distrito Federal DF Joaquim Roriz PTR 1991-1995
Bandeira do Espírito Santo.svg Espírito Santo ES Albuíno Azeredo PDT 1991-1995
Flag of Goiás.svg Goiás GO Iris Rezende PMDB 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do Maranhão.svg Maranhão MA Edison Lobão PFL 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira de Mato Grosso.svg Mato Grosso MT Jaime Campos PFL 1991-1995
Bandeira de Mato Grosso do Sul.svg Mato Grosso do Sul MS Pedro Pedrossian PTB 1991-1995
Bandeira de Minas Gerais.svg Minas Gerais MG Hélio Garcia PRS 1991-1995
Bandeira do Pará.svg Pará PA Jader Barbalho PMDB 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira da Paraíba.svg Paraíba PB Ronaldo Cunha Lima PMDB 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do Paraná.svg Paraná PR Roberto Requião PMDB 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira de Pernambuco.svg Pernambuco PE Joaquim Francisco PFL 1991-1995
Bandeira do Piauí.svg Piauí PI Freitas Neto PFL 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro RJ Leonel Brizola PDT 1991-1995 Renunciou em 1994
Bandeira do Rio Grande do Norte.svg Rio Grande do Norte RN José Agripino Maia PFL 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do Rio Grande do Sul.svg Rio Grande do Sul RS Alceu Collares PDT 1991-1995
Bandeira de Rondônia.svg Rondônia RO Osvaldo Piana PTR 1991-1995
Bandeira de Roraima.svg Roraima RR Ottomar Pinto PTB 1991-1995
Bandeira de Santa Catarina.svg Santa Catarina SC Vilson Kleinübing PFL 1991-1995 Eleito senador em 1994
Bandeira do estado de São Paulo.svg São Paulo SP Luiz Antônio Fleury Filho PMDB 1991-1995
Bandeira de Sergipe.svg Sergipe SE João Alves Filho PFL 1991-1995
Bandeira do Tocantins.svg Tocantins TO Moisés Avelino PMDB 1991-1995

Pela primeira vez na história todas as unidades federativas brasileiras elegeram seus governadores mediante o sufrágio popular, pois além dos vinte e três estados existentes nas eleições de 1986, houve uma nova eleição em Tocantins e com a ampliação da representatividade política do Distrito Federal e a transformação dos territórios federais do Amapá e de Roraima em estados, a escolha de seus respectivos mandatários se deu pela via direta.

Dentre os eleitos predominou a escolha recaiu sobre nomes com passagens anteriores pelo Executivo: sete governadores (incluindo Hélio Garcia que foi efetivado após a renúncia de Tancredo Neves) eleitos em 1982 retornaram ao cargo, além de dois antigos governadores biônicos e no caso das novas unidades federativas os escolhidos já haviam também exercido o cargo de governador.

Quinze dos governadores eleitos pertenciam a partidos alinhados ao presidente Fernando Collor (os outros doze pertenciam ao PMDB, PDT, PSDB e PRS). Ao contrário dos pleitos de 1982 (marcado pela disputa entre aliados e adversários dos militares) e 1986 (devido aos efeitos do Plano Cruzado), as eleições de 1990 não apresentaram qualquer circunstãncia político-econômica excepcional.

A realização do segundo turno em Alagoas foi adiada para 20 de janeiro de 1991 em face de ocorrências de fraude.

Em abril de 1994 Leonel Brizola renunciou ao cargo para se candidatar a presidente e em setembro Ciro Gomes assumiu o Ministério da Fazenda no governo Itamar Franco.

Alceu Collares, governador eleito do Rio Grande do Sul e Albuino Azeredo, governador eleito do Espírito Santo, foram os primeiros governadores negros da história política do país

Ver também[editar | editar código-fonte]