Lista de governantes de Cagliari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Os Juízes de Cagliari (em italiano Giudici) governaram o sul da ilha da Sardenha entre os séculos XI e XIII. O título provinha de influência bizantina, já que era este o título oferecido pelo Imperador aos governantes subordinados no Oeste Europeu. No século XI tornaram-se independentes como um dos quatro julgados-estado que existiram na Sardenha da Idade Média. Cagliari era o julgado da Sardenha com a maior porção de território e entre os séculos XI e XII lutou pela supremacia na ilha com o Julgado de Logudoro. Era um aliado frequente da República de Pisa nas suas guerras contra Génova, que se alastraram até à própria Sardenha e um dos primeiros apoiantes do monasticismo cristão.

A primeira dinastia, a nativa, surgiu da união de duas casas sardas ancestrais: os Salúsio de Lacon, e os Torquitório de Ugunale, formando assim a Casa de Lacon Gunale. Também em honra a estes dois nomes, os dinastas e seus sucessores adotaram os nomes Salúsio e Torquitório de forma alternada.

Desde o século IX, a capital estava sediada em Santa Igia.

Juízes-Reis de Cagliari[editar | editar código-fonte]

Casa de Lacon Gunale[editar | editar código-fonte]

Casa de Lacon Serra[editar | editar código-fonte]

  • 1163-1164: Barisão I, na sua condição de ocupante não possuiu sobrenome.

Casa de Lacon Gunale[editar | editar código-fonte]

Casa de Lacon Massa[editar | editar código-fonte]

Casa de Lacon Serra[editar | editar código-fonte]

Em 1258 a capital, Santa Igia, foi destruída e abandonada. O julgado de Cagliari foi dividido entre os julgados de Arborea, Gallura e a família pisana Della Gherardesca. Os aragoneses acabaram por reunir progressivamente toda a ilha. Para a continuação dos monarcas sardos ver Monarcas da Sardenha.

Ver também[editar | editar código-fonte]