Lista de futebolistas do Clube de Regatas do Flamengo convocados para a Copa do Mundo FIFA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta é uma lista de jogadores que, na época em que vestiam a camisa do Flamengo, foram convocados para defender seus respectivos países em uma Copa do Mundo.

Pelos termos da FIFA, todo clube tem direito a um montante monetário por cada atleta cedido para a disputa da maior competição do futebol. Para se ter uma ideia, em 2018, a entidade pagou R$ 28 mil por dia por cada atleta aos clubes que tiveram atletas convocados para disputar a Copa da Russia.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Com relação à Seleção Brasileira, segundo uma pesquisa realizada em 2010 por Marcelo Leme de Arruda, o Flamengo era o time com maior número de atletas cedidos ao selecionado canarinho (incluindo jogos oficiais e não-oficiais) desde o primeiro jogo da equipe, em 1914.[2] Em 2017, o jornal Lance! fez um levantamento similar, mas que contabilizou apenas jogos oficiais, e confirmou novamente a liderança ao Flamengo.[3]

Em se tratando especificamente de Copas do Mundo, o Flamengo aparece em quarto no ranking, tendo cedido, ao todo, 33 jogadores para a Seleção Brasileira,[4], que marcaram, ao todo, 19 gols.

Das cinco copas conquistadas pelo Brasil, o Flamengo teve representantes em quatro (exceção foi a de 1962). Os campeões mundiais pela Seleção Brasileira foram: Zagallo, Moacir, Joel e Dida em 1958, Brito em 1970, Gilmar em 1994 e Juninho Paulista em 2002. Estes sete jogadores dão ao Flamengo a sexta posição no ranking de clubes brasileiros com mais campeões mundiais.[5]

Em 2010, apenas três clubes brasileiros cederam jogadores a seleção (a menor na história, até então), entre eles o Flamengo, representado pelo volante Kléberson.[6]

Na Copa do Mundo de 1958, os jogadores Evaristo e Índio faziam parte da lista preliminar para a Copa, mas acabaram não sendo chamados para a lista final. O mesmo aconteceu mais 2 vezes: a primeira com Romário, em 1998, que foi cortado a poucos dias da estreia da seleção na Copa, por conta de uma lesão, e a segunda com Lucas Paquetá, que apareceu na lista dos 12 suplentes escolhidos por Tite para a Copa de 2018[7]. Um outro fato curioso aconteceu em 2002, com o zagueiro paraguaio Gamarra, que, à época de sua convocação, pertencia ao Flamengo, mas estava emprestado ao AEK Atenas, da Grécia.[8]

Moderato, foi o primeiro jogador do Flamengo a marcar um gol em Copas. O jogador do Flamengo que mais atuou numa mesma edição foi Júnior Baiano em 1998, na França, onde participou de todas as partidas do Brasil naquele mundial. Zico é o jogador do Flamengo que mais fez partidas em Copas, com quatorze jogos no total.[9]

Com relação aos clubes que mais revelaram jogadores que foram convocados para a Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo, a liderança é do Flamengo[10], com 35 convocações. Os jogadores revelados são: Paulo Henrique, Gerson (duas vezes), Renato, César Maluco, Zico (três vezes), Leandro, Júnior (duas vezes), Roberto, Moacir, Dida, Zizinho, Mozer, Aldair (três vezes), Jorginho (duas vezes), Tita, Zinho, Júnior Baiano, Gonçalves, Leonardo (duas vezes), Julio Cesar (três vezes), Juan (duas vezes), Adriano, Felipe Melo, Renato Augusto.

Por fim, com relação a clubes que mais forneceram gols para o Brasil em Copas, o Flamengo aparece na 3a posição, com 18 gols, sendo 7 do Leônidas, 5 do Zico, 2 do Sócrates, 2 do Moderato, 1 do Junior, e 1 do Zagallo.[11] E mais um detalhe é que o primeiro artilheiro do Brasil em Copas do Mundo foi o Leônidas da Silva.[9]

Seleções Estrangeiras[editar | editar código-fonte]

Sobre as seleções de outros países, em 2010 o meia chileno Gonzalo Fierro tornou-se o primeiro jogador estrangeiro a defender a sua seleção na Copa do Mundo enquanto era jogador do Flamengo. Porém, o jogador não fez uma única partida naquele Mundial. Quatro anos mais tarde, o zagueiro equatoriano Frickson Erazo fez história ao ser o primeiro jogador estrangeiro do Flamengo a disputar uma partida numa Copa do Mundo.[9]

Em 2018, o volante colombiano Gustavo Cuéllar chegou a figurar na pre-lista de 35 convocados para a Copa[12], mas acabou não sendo chamado para a lista final de 23 jogadores[13].

Também em 2018, o peruano Paolo Guerrero tornou-se o primeiro jogador do Flamengo a marcar gol em uma Copa do Mundo por uma seleção estrangeira.

Uma outra curiosidade é que, também em 2018, 2 jogadores que jogaram nas divisões de base do Flamengo (por pouco tempo, é verdade), jogaram a Copa do Mundo FIFA de 2018 pela Seleção Espanhola, fazendo deles os primeiros jogadores a atuar na base do Flamengo e jogar uma Copa do Mundo por uma Seleção Estrangeira: trata-se do meia Thiago Alcántara e do atacante Rodrigo Moreno[14].

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Segundo um levantamento da revista Veja, o Flamengo é o clube que mais teve jogadores brasileiros que disputaram uma copa do mundo e que já vestiram ao menos uma vez em suas carreiras a camisa rubro-negra. Ao longo da história, 87 jogadores que já defenderam a seleção brasileira em alguma copa já vestiram ao menos uma vez em suas carreiras a camisa rubro-negra.[15]

Jogadores convocados[editar | editar código-fonte]

Estes foram os jogadores de futebol convocados:[16]

Copa # Jogador Posição (à época) Jogos Gol marcado Gols
1930 1. Brasil Benevenuto Meia 0 0
2. Brasil Moderato Atacante 1 2
1938 3. Brasil Walter Goleiro 3 -4
4. Brasil Domingos da Guia Zagueiro 4 0
5. Brasil Leônidas da Silva Atacante 5 8
1950 6. Brasil Juvenal Zagueiro 6 0
7. Brasil Bigode Meia 5 0
1954 8. Brasil Dequinha Volante 0 0
9. Brasil Rubens Meia 0 0
10. Brasil Índio Atacante 1 0
1958 11. Brasil Moacir Meia 0 0
13. Brasil Dida Atacante 1 0
14. Brasil Joel Atacante 2 0
1966 15. Brasil Paulo Henrique Lateral-esquerdo 2 0
16. Brasil Silva Batuta Atacante 1 0
1970 17. Brasil Brito Zagueiro 6 0
1974 18. Brasil Renato Goleiro 0 0
19. Brasil Paulo Cézar Caju Atacante 5 0
1978 20. Brasil Toninho Baiano Lateral 6 0
21. Brasil Zico Meia 6 1
1982 22. Brasil Leandro Lateral-direito 5 0
23. Brasil Júnior Lateral-esquerdo 5 1
24. Brasil Zico Meia 5 4
1986 25. Brasil Sócrates Meia 5 2
26. Brasil Zico Meia 3 0
1990 27. Brasil Zé Carlos Goleiro 0 0
28. Brasil Renato Gaúcho Atacante 1 0
1994 29. Brasil Gilmar Goleiro 0 0
1998 30. Brasil Júnior Baiano Zagueiro 7 0
31. Brasil Zé Roberto Lateral-esquerdo 1 0
2002 32. Brasil Juninho Paulista Meia 5 0
2010 33. Brasil Kléberson Meia 1 0
34. Chile Gonzalo Fierro Meia 0 0
2014 35. Equador Frickson Erazo Zagueiro 2 0
2018 36. Peru Miguel Trauco Lateral-esquerdo 3 0
37. Peru Paolo Guerrero[17] Atacante 3 1

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Total[editar | editar código-fonte]

1930 1934 1938 1950 1954 1958 1962 1966 1970 1974 1978 1982 1986 1990 1994 1998 2002 2006 2010 2014 2018 Total
Jogadores 2 0 3 2 3 4 0 2 1 2 2 3 2 2 1 2 1 0 2 1 2 37
Gols 2 0 8 0 0 1 0 0 0 0 1 5 2 0 0 0 0 0 0 0 1 20

Jogadores com mais partidas[editar | editar código-fonte]

# Jogador Nº jogos Copa
Zico 14 1978, 1982, 1986
Júnior Baiano 7 1998
Brito 6 1970
Juvenal 6 1950
Toninho Baiano 6 1978
Zagallo 6 1958

Artilharia[editar | editar código-fonte]

# Jogador Gol marcado Gols Copa
Leônidas da Silva 8 1938
Zico 5 1978, 1982, 1986
Sócrates 2 1986

Técnicos[editar | editar código-fonte]

Treinadores da Seleção Brasileira em Copa do Mundo com passagem pelo Flamengo:

Copa Treinador Colocação Anos em que treinou o Flamengo
1930 Píndaro de Carvalho 1ª fase 1912–1916, 1917–1922 (jogador)
1950 Flávio Costa Vice-campeão 1934–1937, 1938–1945, 1946, 1951–1952, 1962–1965
1954 Zezé Moreira Quartas de final 1935–1936 (jogador)
1962 Aymoré Moreira Campeão 1967–1968
1970 Zagallo Campeão 1972–1973, 1984–1985, 2000–2001
1974 Zagallo 4º lugar 1972–1973, 1984–1985, 2000–2001
1978 Cláudio Coutinho 3º lugar 1976–1977, 1978–1980
1982 Telê Santana 2ª fase 1988–1989
1986 Telê Santana Quartas de final 1988–1989
1990 Sebastião Lazaroni Oitavas de final 1985–1987
1998 Zagallo Vice-campeão 1972–1973, 1984–1985, 2000–2001

Referências

  1. oglobo.globo.com/ Fifa pagará R$ 28 mil por dia a clubes que cederem jogadores à Copa
  2. Monteiro, Marcelo (10 de maio de 2010). «Qual o clube cedeu mais jogadores para a seleção brasileira?». GloboEsporte.com. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  3. lance.com.br/ Em partidas oficiais, quais clubes mais cederam jogadores para a Seleção Brasileira?
  4. Marques, Bruno; Gonçalves, Igor; Quintella, Thiago (7 de maio de 2014). «Copa: Botafogo segue líder entre clubes que mais cederam jogadores à Seleção». GloboEsporte.com. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  5. Guimarães, Levi. «30 times cederam jogadores nas campanhas campeãs do Brasil. Saiba quais foram». iG. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  6. Dias, Thiago; Lavinas,Thiago (11 de maio de 2010). «Brasil já tem lista para Copa. Adriano, e Neymar fora. Grafite dentro». GloboEsporte.com. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  7. globoesporte.globo.com/ Lista de 35 de Tite para a Copa tem três novatos: Dedé, Maicon e Paquetá
  8. «Gamarra vai para o Inter de Milão após a Copa». GloboEsporte.com. 16 de maio de 2012. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  9. a b c Muhlenberg, Arthur (20 de junho de 2014). «O Flamengo nas Copas do Mundo». GloboEsporte.com. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  10. «Qual Clube revelou mais jogadores de Copa do Mundo?». Olheiros.net. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  11. globoesporte.globo.com/ Saiba quais são os clubes que mais forneceram gols para o Brasil em Copas
  12. terra.com.br/ Com Borja, Colômbia divulga lista de 35 pré-convocados
  13. oglobo.globo.com/ Fora da Copa, Cuéllar está liberado para reforçar o Flamengo contra o Flu
  14. foxsports.com.br/ Foto de dupla que colocou a Espanha na Copa com blusa do Flamengo viraliza na web"
  15. veja.abril.com.br/ De Flamengo a Íbis: qual clube teve mais jogadores de Copa do Mundo?
  16. «Clubes Brasileiros que mais cederam Jogadores à Seleção Brasileira em Copas do Mundo (1930 A 2010)». RSSSF Brasil. 9 de junho de 2010. Consultado em 21 de junho de 2014. 
  17. sportv.globo.com/ Justiça suíça acata recurso de Guerrero, e peruano poderá disputar Copa