Lista de personagens de Grand Theft Auto V

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O popular game da Rockstar North de ação-aventura em mundo aberto, Grand Theft Auto V, publicado pela Rockstar Games, conta a história de um trio de criminosos e seus esforços para cometer assaltos, enquanto aguenta pressões duma agência corrupta do governo. O uso do trio no jogo, marcou a ruptura de tradição da série em manter apenas um personagem principal. Três dias depois de seu lançamento, Grand Theft Auto V tinha ganhado mais de US$ 1 bilhão em vendas, tornando-se o jogo que teve a venda mais rápida da história. Os personagens do jogo foram criados por escritores Dan Houser e Rupert Humphries, e assim como o elenco, em geral, teve reações positivas de revistas gamers e websites.

Os três principais personagens jogáveis em Grand Theft Auto V são Michael De Santa, um ex-ladrão de bancos aposentado que vive com sua família disfuncional sobre os proveitos de sua vida anterior; Trevor Philips, seu ex-parceiro no crime, que mora sozinho em um trailer no deserto, onde seus comportamentos imprudentes e psicóticos são alimentados por dependência de drogas; e Franklin Clinton, um membro de gangue de rua que ganha vida como agente de reintegração de posse para um dono de uma concessionária de carros de luxo. Os três são atraídos para o submundo do crime de Los Santos "na busca do todo-poderoso dólar".[1] De acordo com Dan Houser, cada um dos protagonistas é muito diferente de qualquer outro que apareceu na série Grand Theft Auto: Michael representa alguém que "venceu" na vida e agora tenta ajustar a sua vida depois da sua história ter chegado a um fim; Trevor teria sido um personagem coadjuvante mas foi redesenhado para o papel de protagonista; Franklin é alguém que nunca foi exposto à vida do crime até que aos eventos do jogo o levam a isso.[2]

Criação e concepção[editar | editar código-fonte]

Grand Theft Auto V foi concebido para ultrapassar os mecanismos centrais da série Grand Theft Auto, dando aos jogadores três protagonistas para trocar entre eles, assim se adequando a um estilo preferido de jogar. A principal motivação da equipe para a inclusão de três protagonistas foi para inovar o modo de contar histórias e evitar que a série se torne obsoleta por não evoluir a estrutura de jogabilidade.[3] Co-escritor do jogo, Dan Houser disse: "Nós não queremos fazer a mesma coisa outra vez".[4] O conceito de ter três protagonistas interligados foi planejado durante o desenvolvimento de San Andreas, mas a equipe achava que eles não tinham a capacidade técnica para realizar isso.[5] Diretor de arte do jogo, Aaron Garbut disse, "não deu resultado do ponto de vista técnico porque os três personagens precisam de três vezes mais memória, três tipos de animação e assim por diante".[6] Após o lançamento de Grand Theft Auto IV, a equipe desenvolveu pacotes de conteúdo episódico, The Lost and Damned e The Ballad of Gay Tony (ambos de 2009), cada um dos quais introduziu um novo protagonista. As três histórias entrelaçadas teve uma recepção crítica positiva e confirmou a confiança da equipe que a construção de Grand Theft Auto V em torno deste modelo foi uma decisão inovadora.[7]

Uma história para um jogador envolvendo situações quase que insolúveis em torno de três protagonistas foi um dos primeiros objetivos de Grand Theft Auto V. Sobre o "salto de fé", Garbut disse que uma mudança tão radical para a estrutura do núcleo de jogabilidade era um risco, porém ainda recordando a preocupação da equipe que um novo jogo ainda se baseado na jogabilidade tradicional da série com um único protagonista "poderia sair pela culatra".[8] No início das concepções, o jogo contaria três exatas histórias seguidas sem muitas influencias; cada através de um protagonista diferente. Mais tarde, um conceito de trajetórias da história se reunia durante todo o jogo foi desenvolvido a partir dos conteúdos episódicos de Grand Theft Auto IV. Eventualmente, o conceito evoluiu para três histórias interligadas que confunde-se com as missões do jogo.[9] De acordo com Benzies, a equipe fez várias caracteres com fórmula "integral para a estrutura do jogo, bem como a narrativa".[10] Houser disse que sentiu que Grand Theft Auto V é o seu jogo "porque os personagens são tão entrelaçados" e que os "pontos de encontro [entre as histórias dos personagens] são muito empolgante".[11]

O tema central da história de Grand Theft Auto V é a "busca do todo-poderoso dólar".[12] Os conteúdos das missões são estruturados em torno de esforços dos personagens principais para planejar e executar assaltos complicados para acumular riqueza para si mesmos. A decisão da equipe de ter o dinheiro como foco principal foi em resposta à crise financeira de 2007-2008; os efeitos da crise nos personagens são o catalisador para os seus assaltos.[13] "Queríamos o sentimento de pós-crise, porque trabalha tematicamente neste jogo sobre ladrões de banco", explicou Houser.[14] A equipe construiu a história em redor dos assaltos baseados na reação positiva que tiveram sobre a missão "Three Leaf Clover" em Grand Theft Auto IV, na qual é planeado um assalto, coordenado e executado pelo protagonista principal Niko Bellic e seus cúmplices.[15] Houser notou que apesar da missão ter sido bem recebida, no entanto a equipe não reproduziu a real emoção de um assalto e queriam que tal acontecesse em Grand Theft Auto V. "Queríamos ter um bom par de assaltos a bancos realmente fortes. [...] Parecia que era um bom dispositivo que nunca tinha usado no passado. Repetindo a nós mesmos é um medo quando estamos fazendo jogos, em que parte da evolução é apenas tecnológica," explicou Houser.[16]

A Rockstar Games se baseou em arquétipos de protagonistas de jogos eletrônicos durante a criação do enredo dos personagens. Michael foi considerado para possuir ao extremo ganancia e egoismo; Franklin com a ambição e Trevor foi considerado a personificação da insanidade. Houser afirmou que a equipe caracterizou Michael e Trevor como justaposições um do outro, dizendo: "Michael é como um criminoso que deseja compartimentar e ser um cara legal as vezes, enquanto Trevor é um maníaco que não é hipócrita".[17] Ele disse que os três protagonistas ajudariam a levar o enredo do jogo para um território mais original que seus antecessores, que tradicionalmente seguiam um único personagem subindo pelo submundo do crime.[17] Ned Luke dublou Michael, Shawn "Solo" Fonteno dublou Franklin e Steven Ogg retratou Trevor.[18] Ogg disse: "[Luke] e eu imediatamente sentimos algo quando entramos na sala juntos".[19] Apesar dos atores saberem que seus testes eram para a Rockstar, eles descobriram que estariam trabalhando em um título para a série Grand Theft Auto apenas depois de assinarem seus contratos.[20] Ogg sentiu que a caracterização de Trevor evoluiu com o tempo, afirmando: "Nuances e traços de personalidade começaram a aparecer – seu andar, sua maneira de falar, suas reações, definitivamente informaram seu desenvolvimento ao longo do jogo".[19]

Os atores começaram a trabalhar no jogo em 2010.[20] Suas interpretações foram gravadas em sua maior parte através da tecnologia de captura de movimentos.[21] Diálogos para cenas onde os personagens estavam em veículos conversando foram gravados em estúdios. Os atores consideraram suas interpretações não muito diferentes daquelas realizadas em filmes ou televisão por terem seus movimentos e diálogos gravados em um cenário. Seus diálogos foram escritos para não permitirem improvisação; entretanto, algumas pequenas mudanças foram feitas,[22] como quando a equipe contratou "caça-talentos" para conseguir membros reais de gangues para a dublagem. "Trouxemos esses caras porque não queremos um ator sem malícia, que frequentou uma escola cara, tentando dublar um criminoso. Não há nada pior que isso" disse o produtor Lazlow Jones em entrevista à estação de rádio WGN, de Chicago. Jones explicou também que a contratação foi uma boa ideia pois assim poderiam transferir suas experiências para o jogo, e lembrou que eles olharam para as falas e disseram: "Eu não diria isso. Se eu estivesse nervoso com outra gangue, nunca diria algo assim".[23]

Protagonistas[editar | editar código-fonte]

Trevor Philips[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Trevor Philips

Trevor Philips(1968-2013, escolha do do jogador) é um dos três protagonistas jogáveis de Grand Theft Auto V. Steven Ogg interpretou Trevor, proporcionando dublagem e captura de movimentos. Trevor é canadense, nascido ao norte da fronteira com os Estados Unidos. Ele cresceu com um pai violento e uma mãe usuária de drogas.[24] Enquanto Michael e Franklin têm a habilidade especial de retardar o tempo, a habilidade especial de Trevor é fazer mais dano ao adversário com uma Arma e tomar menos dano, tornando-o quase invencível. Com essa habilidade única, Trevor também pode realizar um ataque corpo-à-corpo, e nocautear o adversário com apenas um golpe.[25][26]

Ele entrou na área militar como piloto, mas foi rapidamente forçado a sair depois de ser reprovado em uma avaliação psicológica. Sem rumo a seguir, e cheio de ódio, Trevor começa a cometer crimes.[24] Trevor participa de um assalto mal-sucedido em Ludendorff, North Yankton, que o obriga a fugir, acreditando que seus amigos Michael De Santa morreu e Brad Snider foi preso. Nove anos mais tarde, Trevor descobre que Michael forjou a sua morte,[27] e os dois cometem uma série de assaltos com a ajuda de Franklin Clinton. Enquanto isso, Trevor lida com outros inimigos, como Lost Motorcycle Club, Los Aztecas, e os Irmãos O'Neil. No entanto, Trevor logo descobre que Michael tinha planejado o assalto de Ludendorff, e que Brad não está na prisão, mas enterrado em falso túmulo de Michael.[28][29] Assim, Trevor jura matar Michael, mas concorda em poupá-lo, a fim de completar um golpe final para garantir a sua fortuna. Depois de concluir este assalto, Franklin é abordado por duas partes exigindo que ele mate Trevor ou Michael. Se ele escolher a primeira opção, Franklin derruba Trevor com a ajuda de Michael, cobrindo-o por chamas de fogo.[30] Se ele optar por matar nenhum dos dois, o trio se une para eliminar todos os seus inimigos, e Trevor perdoa Michael.[29]

Ogg sentiu que a caracterização de Trevor evoluiu com o tempo, afirmando: "Nuances e traços de personalidade começaram a aparecer – seu andar, sua maneira de falar, suas reações, definitivamente informaram seu desenvolvimento ao longo do jogo".[19] Ogg citou a atuação de Tom Hardy como Charles Bronson no filme Bronson como uma grande influência estilística na sua interpretação de Trevor.[31] O ator refletiu que embora o personagem seja a personificação do arquétipo violento, psicopata e anti-herói de Grand Theft Auto, ele também queria que os jogadores simpatizassem com a história de Trevor: "Foi difícil obter outras emoções, e foi o maior desafio e é algo que significa muito para mim". Ele Conheceu Niko Bellic na guerra de 2012 entre os Estados Unidos e a Rússia.[20]

Michael De Santa[editar | editar código-fonte]

Michael De Santa, anteriormente conhecido como Michael Townley,(1965-2013, escolha do jogador) é um dos três protagonistas jogáveis de Grand Theft Auto V. Ned Luke atuou como Michael, proporcionando dublagem e captura de movimentos. Michael tem 45 anos de idade e é o marido de Amanda, e pai de Jimmy e Tracey. Cada um dos protagonistas têm habilidades especiais que podem ser usadas durante o jogo; a capacidade de Michael é retardar o tempo quando entra em combate.[25]

No prólogo do jogo, Michael participa de um assalto mal-sucedido em Ludendorff, North Yankton, que obriga um de seus cúmplices, Trevor Philips, a se esconder. Nove anos mais tarde, Trevor descobre que Michael se fingiu de morto e que ele está vivendo em Los Santos sob proteção à testemunha com sua família. Ao longo do jogo, Michael e Trevor cometem uma série de assaltos com a ajuda de Franklin Clinton. No entanto, Trevor descobre mais tarde que Michael premeditou a falha do assalto em Ludendorff, que matou Brad. Apesar de não perdoar Michael, Trevor mais tarde auxilia sua fuga de um mexicano. Depois de completar sua mais ousada façanha (invadindo o Union Depository, a maior reserva de barras de ouro dos EUA), Franklin é abordado por duas partes exigindo que ele mate Trevor ou Michael. Se ele escolher o último, Franklin persegue Michael para um lugar isolado, antes de empurrá-lo para a morte de uma torre d'água.[32] Se ele optar por matar nenhum dos dois, o trio se unem para eliminar todos os seus inimigos.[29]

Luke inicialmente não queria fazer o teste para o papel de Michael, pois ele estava em um outro projeto. Depois de ler o material de teste e ter mais informações sobre o personagem, Luke tornou-se interessado em fazer os testes. Ele disse: "Após a leitura do material, minha opinião imediatamente foi alterada do 'eu não vou fazer isso' para 'ninguém mais está fazendo isso'. Foi simplesmente brilhante". Para se preparar para seu papel, Luke recebeu games anteriores da Rockstar, começando estudar a franquia pelo Grand Theft Auto IV. Luke considera que a personalidade de Michael é a fusão da interpretação de Hugh Beaumont como Ward Cleaver na sitcom Leave It to Beaver (1957-1963) e a interpretação de Al Pacino como Tony Montana em Scarface de 1983.[20]

Franklin Clinton[editar | editar código-fonte]

Franklin Clinton(1988-)é um dos três protagonistas jogáveis de Grand Theft Auto V. Shawn "Solo" Fonteno interpretou Franklin, proporcionando dublagem e captura de movimentos. Membro da Chamberlain Gangster Families (CGF), um conjunto de gangues, Franklin é um homem que tem ambições de ganhar muito dinheiro e percebendo que ele não vai conseguir isso com uma gangue de rua, faz um trabalho semi-legítimo, ao lado de seu melhor amigo Lamar Davis, como agente de reintegração de posse para Simeon Yetarian que é dono de uma concessionária de carros de luxo.[33][34] Franklin é um excelente motorista, sua habilidade especial permite desacelerar o tempo dentro de um veículo.[25]

Simeon ordena a Franklin que recupere um veículo comprado por Jimmy De Santa, mas enquanto estava dirigindo o carro de volta para a concessionária, o pai de Jimmy, Michael, se levanta do banco traseiro do carro, e leva uma arma a cabeça de Franklin, e o manda quebrar a vidraça do lobby da concessionária , que por sua vez leva à demissão de Franklin. Impressionado com a criminalidade profissional de Michael, Franklin o procura para um eventual trabalho, e Michael vê grande potencial em Franklin, e mais tarde o emprega em vários trabalhos, incluindo muitos assaltos.[35][36][37] Enquanto isso, Franklin se dá mal com Harold "Stretch" Joseph, um integrante da Chamberlain Gangster Families, que acredita que ele pode dar ordens devido seu status de maioral na gangue, mas Franklin zomba.[38] Lamar, muitas vezes, leva Franklin em negócios perigosos, organizados por Stretch, irritando Franklin e causando um racha entre os dois amigos.[39] Quando Franklin se recusa a resgatar Lamar de um negócio que não deu certo, a ex-namorada de Franklin, Tanisha, o faz perceber que sua nova vida rica é muito isolada e materialista, e ele precisa se preocupar com as pessoas de sua antiga vida. Franklin salva Lamar, deduzindo que Stretch trocou sua lealdade aos Ballas, uma gangue rival.[40] Depois de completar o mais audacioso assalto,[41] Franklin é ordenado por Steve Haines a matar Trevor e por Devin Weston a matar Michael. Caso Franklin mate Trevor ou Michael, ele cessa o contato com o sobrevivente e retorna à sua antiga vida.[30][32] Se ele matar nenhum dos dois, o trio elimina seus inimigos, incluindo Haines e Weston.[29]

Fonteno tomou conhecimento do trabalho por intermédio de seu amigo DJ Pooh, que trabalhou no GTA: San Andreas e esteve envolvido na produção musical de Grand Theft Auto V.[20] Fonteno disse que crescer no sul de Los Angeles e estar exposto à cultura de gangues o ajudou a conectar-se ao caráter de Franklin. Para interpretar Franklin, ele inspirou-se em seu envolvimento anterior com uma quadrilha de tráfico de drogas. "Eu já vivi a vida dele antes... Ele foi cercado por drogas, o crime e mora com sua tia — eu vivia com minha avó —, então houve muita familiaridade", disse Fonteno.[20] Não tendo trabalhado como ator desde quando retratou Face no filme The Wash em 2001, Fonteno procurou conselhos de Ned Luke e Steven Ogg, atores de Michael e Trevor, respectivamente, para refinar suas habilidades de atuação.[20]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Referências

  1. «GRAND THEFT AUTO V Official Announcement». Rockstar Games. 3 de novembro de 2011. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  2. Alex Simmons (13 de novembro de 2012). «Grand Theft Auto V: Meet the Cast». IGN. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  3. Brian Crecente (16 de setembro de 2013). «Dan Houser on Grand Theft Auto 5's relevancy and future». Polygon. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  4. Go Big Or Go Home. United States: GameStop: Game Informer. pp. (236): 72–95. 
  5. Edwin Evans-Thirlwell (16 de julho de 2013). «GTA 5 is "much faster" than GTA 4, characters won't "do crazy things for no reason"». Total XBOX. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  6. «Inside Rockstar North - Part 1: The Vision». Develop. 3 de outubro de 2013. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  7. «Grand Theft Auto V preview: the inside story». TheGuardian. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  8. Edge Staff (2 de janeiro de 2014). «Rockstar North's Aaron Garbut on the making of Grand Theft Auto V – our game of 2013». EDGE. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  9. Brian Crecente (12 de setembro de 2013). «Dan Houser on Grand Theft Auto 5, metaphysics and the power of three». Polygon. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  10. «GRAND THEFT AUTO 5'S UNSEEN MASTERMIND». IGN. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  11. Tamoor Hussain (8 de novembro de 2012). «GTA V world 'is bigger than Red Dead Redemption, San Andreas and GTA 4 combined'». CVG. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  12. Keith Stuart (4 de novembro de 2011). «GTA V: Rockstar promises 'bold new direction'». TheGuardian. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  13. «Rockstar North Boss on GTA Online, Why the Time is Finally Right». Gamespot. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  14. Chris Sullen (9 de novembro de 2012). «Americana at Its Most Felonious». The New York Times. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  15. Bertz, Matt (23 de novembro de 2012). «Top 10 Grand Theft Auto Missions Of All Time». GameiFormer. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  16. Greg Miller (16 de novembro de 2012). «GTA V: Burning questions answered». IGN. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  17. a b Kevin Gifford (14 de novembro de 2012). «GTA 5 writer explains the decision to develop for current gen consoles». Polygon. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  18. «GTA 5: How Trevor Became Trevor, How You Can Play Games with Athletes - Up at Noon». IGN. 14 de outubro de 2013. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  19. a b c Bernstein, Joseph (30 de setembro de 2013). «An Interview With Steven Ogg, The Voice Of "GTA V's" Trevor». BuzzFeed News. Made in NY. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  20. a b c d e f g Molina, Brett (9 de outubro de 2013). «Interview: Crime pays for 'Grand Theft Auto V' actors». UsaToday. Gannet Company. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  21. Stuart, Keith (13 de setembro de 2013). «Grand Theft Auto 5 – inside the creative process with Dan Houser». The Guardian. Consultado em 17 de agosto de 2014 
  22. «GTA V's Trevor Talks To TSA: An Exclusive Interview With Steven Ogg». The Sixth Axis. 17 de dezembro de 2013. Consultado em 17 de agosto de 2014 
  23. «Rockstar convidou membros de gangues reais para dublar GTA V». Pop Games. 3 de setembro de 2013. Consultado em 31 de agosto de 2014 
  24. a b Grand Theft Auto V - Missão: "Sr. Phillips"
  25. a b c «Grand Theft Auto V: Everything is bigger and better». Consultado em 31 de agosto de 2014 
  26. Shuman, Sid (30 de junho de 2013). «Grand Theft Auto V: What We Know». PlayStation Blog. Consultado em 1 de setembro de 2014 
  27. Trevor: "faz quase dez anos. [...] Eu luto por você! Você ainda não estava morto! Você era meu melhor amigo." Rockstar North (17 de setembro de 2013). Grand Theft Auto V. PS3 e XBOX. Rockstar Games. Missão: "Um Reencontro de Amigos"
  28. Grand Theft Auto V - Missão: "Águas Passadas"
  29. a b c d Grand Theft Auto V - Missão: "A Terceira Opção"
  30. a b Grand Theft Auto V - Missão: "Sensatez"; (Mate Trevor)
  31. Borkowski, Andy (22 de outubro de 2013). «GTA V: unedited and uncensored Interview with Steven Ogg, the man behind Trevor Philips». O Canada. Consultado em 1 de setembro de 2014 
  32. a b Grand Theft Auto V - Missão: "Chegou a Hora"; (Mate Michael)
  33. Grand Theft Auto V - Missão: "Franklin e Lamar"
  34. Grand Theft Auto V - Missão: "Reintegração de Posse"
  35. Grand Theft Auto V - Missão: "O Golpe à Joalheria"
  36. Grand Thef Auto V - Missão: "Assalto à Merryweather"
  37. Grand Theft Auto V - Missão: "O Golpe de Paleto Bay"
  38. Grand Theft Auto V - Missão: "Stretch na Área"
  39. Grand Theft Auto V - Missão: "Safari na Quebrada"
  40. Grand Theft Auto V - Missão: "Lamar em Perigo"
  41. Grand Theft Auto V - Missão: "O Grande Golpe"

Tracey no gta 5