Esta é uma lista boa. Clique aqui para mais informações.

Lista de primeiros-ministros do Paquistão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Esta é uma lista dos primeiros-ministros do Paquistão. Neste país, o primeiro-ministro é o líder político e chefe de governo, sendo responsável pela nomeação dos restantes elementos do governo, presidir a reuniões de conselho de ministros e decidir quando convocar eleições gerais para a Assembleia Nacional.[1] O cargo de primeiro-ministro foi criado imediatamente após o estabelecimento do Paquistão, através do acto de Independência da India de 1947.[2][3]

Liaquat Ali Khan, nomeado como o primeiro primeiro-ministro do Paquistão em 1947, foi assassinado em 1951.[4] Entre 1951 e 1958 houve seis pessoas a ocupar o cargo, quando o cargo foi dissolvido pelo primeiro presidente Iskander Mirza, o primeiro Presidente do Paquistão. Mais tarde, Yahya Khan, terceiro presidente do Paquistão, nomeou Nurul Amin como primeiro-ministro em 1971, embora este tenha desempenhado funções por apenas treze dias.[5][6] Sob a constituição de 1973, o cargo foi restituído e Zulfikar Ali Bhutto tornou-se primeiro-ministro. Bhutto foi retirado do cargo por Muhammad Zia-ul-Haq duante a Operação Fair Play em 1977, que fez com que o cargo fosse abolido, e tendo Zia tornado-se Administrador Chefe da Lei Marcial. [7][8] Em 1985 Zia nomeou Muhammad Khan Junejo como primeiro-ministro, e posteriormente foi demitido pela Oitava Emenda da Constituição do Paquistão, em 1988.[5]

Benazir Bhutto e Nawaz Sharif ocuparam ambos o cargo por duas vezes não consecutivas entre 1988 e 1999: Bhutto durante 1988–90 e 1993–96,[9] e Sharif durante 1990–93 e 1997–99.[10] Com as décima-terceira e décima-quarta emendas da constituição, Sharif tornou-se no mais poderoso primeiro-ministro da história do Paquistão.[11] Com cinco anos e quatro meses no total, Sharif é a pessoa que por mais tempo serviu no cargo.[2] Em 1999 Sharif foi derrubado por Pervez Musharraf através de um golpe de estado militar.[12] Sharif foi re-eleito para um terceiro termo não consecutivo no dia 5 de Junho de 2013, batendo um recorde na história política do Paquistão.[13][14]

O cargo ficou vazio até Zafarullah Khan Jamali assumir depois das eleições de 2002.[15] Raja Pervez Ashraf do Partido Popular Paquistanês foi eleito no dia 25 de Junho de 2012, depois da desqualificação de Yousaf Raza Gillani no dia 19 de Junho de 2012 pelo Supremo Tribunal do Paquistão.[16][17] De vinte e dois primeiros-ministros que assumiram o cargo desde 1947, dezoito foram eleitos pela Assembleia Nacional e seis serviram provisóriamente.[2][3]

Cores[editar | editar código-fonte]

Cores da lista de primeiros-ministros
Símbolo/Cores Significado
A Governo provisório
Liga Muçulmana - Liga Muçulmana do Paquistão
Liga Popular de Bangladesh
Partido Republicano
Partido Popular do Paquistão
Partido Nacional Popular
Liga Muçulmana do Paquistão-N
Liga Muçulmana do Paquistão-Q
Independente
Posição abolida/vaga

Lista de primeiros-ministros[editar | editar código-fonte]

Lista de primeiros-ministros do Paquistão
N.º Imagem Nome Início Fim Tempo em funções Eleição Partido político

(Aliança)

Notas
1 A black-and-white head and shoulder shoot of a man with spetacles, wearing coat and a tie. Liaquat Ali Khan[18][19] 14 de Agosto de 1947 16 de Outubro de 1951

(assassinado)

4 anos,

2 meses, 2 dias, 

Liga Muçulmana Liaquat Ali Khan foi nomeado como o primeiro primeiro-ministro do Paquistão pelo Governador-geral do Paquistão em 1947. Foi assassinado em 1951, e Khawaja Nazimuddin assumiu o cargo.[4]
16 de Outubro de 1951 – 17 de Outubro de 1951
2 A black-and-white head ean shoulder shoot of a man wearing coat and Jinnah cap. Khawaja Nazimuddin[2] 17 de Outubro de 1951 17 de Abril de 1953 1 ano,

6 meses,

Liga Muçulmana Nazimuddin tornou-se primeiro-ministro depois do assassinato de Liaquat Ali Khan em 1951. Deixou o cargo quando o Governador-geral Malik Ghulam Muhammad dissolvei o seu governo em 1953.[2]
3 A black-and-white head ean shoulder shoot of a man wearing white shirt and a black tie. Muhammad Ali Bogra[5] 17 de Abril de 1953 12 de Agosto de 1955 2 anos,

3 meses, 26 dias,

Liga Muçulmana Uma personalidade relativamente desconhecida na política do Paquistão, Bogra substituiu Khwaja Nazimuddin como primeiro-ministro. Iskander Mirza, o então Governador-geral, demitiu o seu governo em 1955.[2]
4 Chaudhry Muhammad Ali[5] 12 de Agosto de 1955 12 de Setembro de 1956 1 ano,

1 mês,

Liga Muçulmana Ali assumiu funções depois de Bogra, em 1955. Demitiu-se da posição um ano mais tarde, depois de entrar em conflito com o governador-geral.[2]
5 H. S. Suhrawardy.gif Huseyn Shaheed Suhrawardy[2] 12 de Setembro de 1956 17 de Outubro de 1957 1 ano,

1 mês, 5 dias, 

Liga Popular de Bangladesh Suhrawardy desempenhou funções um ano, tendo posteriormente se demitido em 1957, devido a divergências com o governador-geral.[2]
6 Ibrahim Ismail Chundrigar[2][5] 17 de Outubro de 1957 16 de Dezembro de 1957 1 mês,

29 dias, 

Liga Muçulmana Chundrigar foi nomeado primeiro-ministro por Iskander Mirza depois de Suhrawardy se demitir. Permaneceu no cargo durante dois meses e demitiu-se em Dezembro de 1957.[2]
7 Malik Feroz Khan Noon.jpg Feroz Khan Noon[2] 16 de Dezembro de 1957 7 de Outubro de 1958 9 meses,

21 dias, 

Partido Republicano Noon foi o escolhido para ser o 7º primeiro-ministro do Paquistão, contudo, nove meses mais tarde foi retirado do cargo durante o golpe de estado de 1958.[20]
7 de Outubro de 1958 – 24 de Outubro de 1958
8 Ayub Khan 24 de Outubro de 1958 28 de Outubro de 1958  4 dias,  Independente Ayub Khan tornou-se primeiro-ministro depois do golpe de estado de 1958. Ficou no cargo durante quatro dias, tendo sido forçado por Mirza a demitir-se e a tornar-se no segundo presidente do Paquistão.[21]
28 de Outubro de 1958 – 7 de Dezembro de 1971
9 Nurul Amin[2] 7 de Dezembro de 1971 20 de Dezembro de 1971 13 dias,  7 de Dezembro de 1970 Liga Muçulmana do Paquistão Amin foi nomeado por Yahya Khan como primeiro-ministro do Paquistão; foi também o primeiro e único vice-presidente do Paquistão, entre 1970 e 1972, liderando o seu país na Guerra entre o Paquistão e a Índia em 1971.[2]
20 de Dezembro de 1971 – 14 de Agosto de 1973
10 A man during a conversation. Zulfikar Ali Bhutto[2][22] 14 de Agosto de 1973 5 de Julho de 1977 3 anos,

10 meses, 21 dias,

14 de Agosto de 1973 Partido Popular do Paquistão Bhutto demitiu-se como presidente e tornou-se primeiro-ministro depois da promulgação da constituição de 1973, que estabeleceu um sistema parlamentar. Foi deposto pelo golpe de estado de 1977, pelo general Muhammad Zia-ul-Haq, em Julho de 1977.[8][23]
5 de Julho de 1977 – 24 de Março de 1985
11 Muhammad Khan Junejo[5] 24 de Março de 1985 29 de Maio de 1988 3 anos,

2 meses, 5 dias,

28 de Fevereiro de 1985 Liga Muçulmana do Paquistão

(Independente)

Junejo foi eleito primeiro-ministro do Paquistão em 1985, tendo sido eleito como independente mas servindo pelo partido da Liga Muçulmana do Paquistão. Foi demitido pelo presidente depois da oitava emenda da constituição.[2]
29 de Maio de 1988 – 2 de Dezembro de 1988
12 A head and shoulder shoot of a woman in traditional Pakistani dress. Benazir Bhutto[19] 2 de Dezembro de 1988 6 de Agosto de 1990 1 ano,

8 meses, 4 dias,

16 de Novembro de 1988 Partido Popular do Paquistão Bhutto tornou-se na primeira mulher do Paquistão a liderar uma força política, em 1982. Seis anos mais tarde, tornou-se na primeira mulher a ser eleita chefe de governo e um país muçulmano.[9][24]
A Ghulam Mustafa Jatoi 6 de Agosto de 1990 6 de Novembro de 1990 3 meses,    Partido Nacional Popular Jatoi foi nomeado pelo presidente Ghulam Ishaq Khan como primeiro-ministro provisório.[2]
13 A head and shoulder shoot of a man from the left. Nawaz Sharif[10] 6 de Novembro de 1990 18 de Abril de 1993 2 anos,

5 meses, 12 dias,

24 de Outubro de 1990 Liga Muçulmana do Paquistão-N Sharif foi eleito primeiro-ministro no dia 1 de Novembro de 1990.[25] O presidente Ghulam Ishaq Khan dissolveu o seu governo em Abril de 1993, que mais tarde foi restituído pelo Supremo Tribunal do Paquistão.[10]
A Balakh Sher Mazari[2] 18 de Abril de 1993 26 de Maio de 1993 1 mês,

8 dias,

Partido Popular do Paquistão Nomeado pelo presidente Khan como primeiro-ministro provisório, o seu termo terminou quando o Supremo Tribunal do Paquistão restaurou o governo de Sharif.[2]
(13) A head and shoulder shoot of a man from the front, taken in the 90’s during his Prime Ministery term. Nawaz Sharif[10] 26 de Maio de 1993 18 de Julho de 1993 1 mês,

22 dias,

Liga Muçulmana do Paquistão-N Sharif sobreviveu a uma crise constitucional quando o presidente decidiu demitir o seu governo, em Abril de 1993, mas viu o seu governo a ser restituído por decisão do Supremo Tribunal do Paquistão.[10] Sharif demitiu-se do posto depois de negociar um acordo no qual, ao demitir-se, o presidente perderia o cargo também, em Julho de 1993.[26]
A Moeenuddin Ahmad Qureshi[2] 18 de Julho de 1993 19 de Outubro de 1993 3 meses,

1 dia,

Independente Depois da demissão de Sharif's, Qureshi foi nomeado primeiro-ministro provisório.
(12) A head and shoulder shoot of a man from the left. Benazir Bhutto[9][19] 19 de Outubro de 1993 5 de Novembro de 1996 3 anos,

17 dias,

6 de Outubro de 1993 Partido Popular do Paquistão Bhutto foi re-eleita para um segundo mandato em 1993. Sobreviveu a uma tentativa de golpe de estado em 1995, contudo, em Novembro de 1996, o seu governo foi demitido pelo presidente Farooq Leghari.[27][28]
A Malik Meraj Khalid[29] 5 de Novembro de 1996 17 de Fevereiro de 1997 3 meses,

12 dias,

Independente Khalid foi nomeado primeiro-ministro provisório depois da demissão do governo de Bhutto.[2]
(13) A head and shoulder shoot of a man from the left, this image may or may not reflect time period, best advices to find one from 1997. Nawaz Sharif[10] 17 de Fevereiro de 1997 12 de Outubro de 1999 2 anos,

7 meses,

25 dias.

3 de Fevereiro de 1997 Liga Muçulmana do Paquistão-N Sharif foi re-eleito primeiro ministro com um mandato exclusivo por todo o Paquistão para um segundo mandato não consecutivo em Fevereiro de 1997.[11][30] O seu governo foi deposto pelo general Pervez Musharraf em Outubro de 1999, e a lei marcial foi imposta em todo o país.[12][31]
12 de Outubro de 1999 – 23 de Novembro de 2002
14 A beard man sitting in an office. Zafarullah Khan Jamali[5] 23 de Novembro de 2002 26 de Junho de 2004 1 ano,

7 meses,

3 dias, 

10 de Outubro de 2002 Liga Muçulmana do Paquistão-Q Jamali foi eleito como primeiro-ministro do Paquistão em Novembro de 2002. Continuou com as politicas económicas de Pervez Musharraf mas não conseguiu completar o seu mandato, tendo-se demitido do cargo em Junho de 2004.[15]
26 de Junho de 2004 – 30 de Junho de 2004
15 A side shoot of a man looking at the camera. Chaudhry Shujaat Hussain[32] 30 de Junho de 2004 26 de Agosto de 2004 1 mês,

27 dias,

Liga Muçulmana do Paquistão-Q O Parlamento do Paquistão elegeu Hussain como primeiro-ministro para servir por um período de cinquenta dias antes de Shaukat Aziz o substituir permanentemente.[32]
26 de Agosto de 2004 – 28 de Agosto de 2004
16 A head and shoulder shoot of a man wearing a coat and tie. Shaukat Aziz[33] 28 de Agosto de 2004 15 de Novembro de 2007 3 anos,

2 meses, 18 dias,

Liga Muçulmana do Paquistão-Q Aziz assumiu o cargo de primeiro-ministro em Agosto de 2004. Deixou o cargo no final do mandato, em Novembro de 2007, tendo-se tornado no primeiro primeiro-ministro do Paquistão a conseguir chegar ao final do mandato.[34]
15 de Novembro de 2007 – 16 de Novembro de 2007
A A head and shoulder shoot of a beard man wearing spectacles Muhammad Mian Soomro[35] 16 de Novembro de 2007 24 de Março de 2008 4 meses,

8 dias,

Liga Muçulmana do Paquistão-Q Soomro assumiu o cargo como primeiro-ministro provisório em Novembro de 2007.[35]
17 A shoot of a man during a meeting. Yousaf Raza Gillani[36] 25 de Março de 2008 19 de Junho de 2012 4 anos,

2 meses,

25 dias.

18 de Fevereiro de 2008 Partido Popular do Paquistão Gillani foi eleito primeiro-ministro em Março de 2008.[37]
19 de Junho de 2012 – 22 de Junho de 2012
18 Raja Pervaiz Ashraf[38] 22 de Junho de 2012 24 de Março de 2013 9 meses,

2 dias,

Partido Popular do Paquistão Ashraf assumiu o cargo de primeiro-ministro em Junho de 2012, depois de Gillani ser demitido por estar envolvido em problemas judiciais.[16]
24 de Março de 2013 – 25 de Março de 2013
A Mir Hazar Khan Khoso[39] 25 de Março de 2013 5 de Junho de 2013 2 meses,

11 dias,

Independente Khoso foi nomeado como primeiro-ministro pela Comissão de Eleição do Paquistão, no dia 24 de Março, e iniciou funções no dia seguinte.[40][41]
(13) A head and shoulder shoot of a man from the left. Muhammad Nawaz Sharif[10] 5 de Junho de 2013 28 de Julho de 2017 4 anos,

1 mês, 23 dias, 

11 de Maio de 2013 Liga Muçulmana do Paquistão-N A 5 de Junho de 2013, Sharif assumiu o cargo pela terceira vez não consecutiva.[13][14]
28 de Julho de 2017 – 1 de Agosto de 2017
19 Shahid Khaqan Abbasi.jpg Shahid Khaqan Abbasi 1 de Agosto de 2017 Incumbente _ Liga Muçulmana do Paquistão-N O parlamento elegeu Shahid Khagan Abbasi como primeiro-ministro para servir por um período de cinquenta dias antes de ser substituído permanentemente por Sharif.[42]

Referências

  1. «Prime minister». BBC News. 16 de outubro de 2008. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  2. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u Tasleem, Nauman (27 de junho de 2004). «20 prime ministers since independence». Daily Times. Consultado em 21 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  3. a b «Prime ministers». World Statesmen. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  4. a b Mughal, M Yakub. «Special Edition (Liaqat Ali Khan)». The News International. Daily Jang. Consultado em 21 de agosto de 2017. Arquivado do original em 15 de abril de 2012 
  5. a b c d e f g «Parliamentary history». National Assembly of Pakistan. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  6. Nagendra Kr. Singh (2003). Encyclopaedia of Bangladesh. [S.l.]: Anmol Publications Pvt. Ltd. pp. 9–10. ISBN 978-81-261-1390-3 
  7. «The constitution of the islamic republic of pakistan» (pdf). National Assembly of Pakistan. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  8. a b Pakistan: Zia and After. [S.l.]: Abhinav Publications. 1989. pp. 20–35. ISBN 978-81-7017-253-6. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  9. a b c «Obituary: Benazir Bhutto». BBC News. 27 de dezembro de 2007. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  10. a b c d e f g «Profile: Nawaz Sharif». BBC News. 11 de dezembro de 2000. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  11. a b Akbar, M.K. «Pakistan under Nawaz Sharif». Pakistan Today. Nova Deli, Índia: Mittal Publications. p. 230. ISBN 81-7099-700-3. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  12. a b «World: South Asia: Pakistan army seizes power». BBC News. 12 de outubro de 1999. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  13. a b «Nawaz Sharif calls for an end to US drone strikes». BBC News. 5 de junho de 2013. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  14. a b Nangiana, Umer (6 de junho de 2013). «Unprecedented return: He is back». The Express Tribune. Agence France-Presse (AFP). Consultado em 21 de agosto de 2017 
  15. a b «Profile: Zafarullah Khan Jamali». BBC News. 26 de junho de 2004. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  16. a b Rebecca Santana; Chris Brummitt; Zarar Khan (22 de junho de 2012). «Raja Pervaiz Ashraf Is Pakistan's New Prime Minister». The Huffington Post. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  17. «Yousuf Raza Gilani is sent packing». Dawn. Herald. 19 de junho de 2012. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  18. Ziad, Syed Mohammad Zulqarnain. «The Assassination of Prime minister Liaquat Ali Khan: The Fateful Journey» (PDF). Consultado em 21 de agosto de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 25 de março de 2014 
  19. a b c Zaidi, Mazhar (3 de janeiro de 2008). «Scotland Yard's Pakistan casebook». BBC News. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  20. Nagendra Kr. Singh (2003). Encyclopaedia of Bangladesh. [S.l.]: Anmol Publications Pvt. Ltd. pp. 9–10. ISBN 978-81-261-1390-3 
  21. «Ouster of President Iskander Mirza». Story Of Pakistan. 1 de junho de 2003. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  22. Raza, Member of Sindh Provincial Assembly., Syed Rasul (2008). «Zulfiqar Ali Bhutto; The Architect of New Pakistan (Chapter II: The Constitution)». The Constitution. Karachi, Sindh. pp. 15–17. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  23. Ali, Hasan (19 de agosto de 2008). «4 military dictators among 14 heads of state under Officers' Club of Revolutionary Armed Forces». Daily Times. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  24. Muhammad Najeeb in Rawalpindi & Hasan Zaidi in Karachi (28 de dezembro de 2007). «Benazir Bhutto: Daughter of Tragedy». India Today. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  25. John, Wilson; Vikram Sood and Akmal Hussain (2009). Pakistan's economy in historical perspective: The Growth, Power and Poverty. Pakistan: the struggle within. New Delhi and Washington, D.C.: Dorling Kindersly (Pvt) limited, India and the Library of Congress: [s.n.] p. 220. ISBN 978-81-317-2504-7. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  26. Dutt, Sanjay (2009). «1993 Elections». Inside Pakistan: 52 years oulook. Nova Deli: A.P.H. Publishing Corporation. p. 267. ISBN 81-7648-157-2. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  27. Ranjha, Khalid (1 de junho de 1995). «Altaf accuses Benazir of 'racism'». DawnWireService. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  28. Burns, John F (5 de novembro de 1996). «Pakistan's Premier Bhutto is put under house arrest». The New York Times. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  29. F. Burns, John (15 de novembro de 1996). «Caretaker Premier leads Pakistan into 90 days of no frills». The New York Times. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  30. Hassan, Syed Shoaib (12 de março de 2009). «Profile: Nawaz Sharif». BBC News. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  31. Dugger, Celia W. (14 de outubro de 1999). «Pakistan Calm After Coup; Leading General Gives No Clue About How He Will Rule». The New York Times. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  32. a b Qaisar, Rana (29 de junho de 2004). «Chaudhry Shujaat set to become 19th PM». Daily Times. Consultado em 21 de agosto de 2017. Arquivado do original em 21 de maio de 2005 
  33. «Profile: Shaukat Aziz». BBC News. 19 de agosto de 2004. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  34. «Soomro takes oath as Pakistan's caretaker PM». Xinhua News Agency. 16 de novembro de 2007. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  35. a b «Soomro takes oath as Pakistan's caretaker PM». Xinhua News Agency. 16 de novembro de 2007. Consultado em 21 de outubro de 2012 
  36. «Profile: Yousuf Raza Gilani». Dawn. Herald. 19 de junho de 2012. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  37. Khan, Iftikhar A. (19 de junho de 2012). «Yousuf Raza Gilani is sent packing». Xinhua News Agency. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  38. «Profile: Raja Pervaiz Ashraf». Dawn. Herald. 22 de junho de 2012. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  39. «ECP selects Mir Hazar Khan Khoso as caretaker PM». Dawn. Herald. 24 de março de 2013. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  40. «Justice (r) Mir Hazar Khan Khoso named interim PM of Pakistan». The Express Tribune. AFP/Web Desk. 24 de março de 2013. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  41. «Pakistan's caretaker PM Mir Hazar Khan Khoso sworn in». BBC News. 25 de março de 2013. Consultado em 21 de agosto de 2017 
  42. Zahra-Malik, Mehreen (29 de julho de 2017). «Ousted Pakistan Leader Passes Baton to Brother, Shehbaz Sharif». Asia-Pacific: The New York Times. Consultado em 21 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]