Lista de telenovelas brasileiras com mais capítulos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta é uma lista de telenovelas brasileiras em função de sua longa duração. Para efeitos de classificação nesta lista, foi escolhida como critério a exibição original de 250 capítulos ou mais, que excedem o valor máximo de duração convencional de boa parte das novelas, entre 160 a 220 capítulos, equivalentes a uma faixa entre cinco a nove meses. O gênero telenovela foi criado no Brasil em 1951, com a exibição de Sua Vida Me Pertence e tornou-se popular deste então, sendo por diversas vezes o formato televisivo com maior audiência dentre as emissoras e sua programação, além de serem vendidas para diversos países.[1][2]

Malhação (exibida desde 1995, e ao longo de 27 temporadas possui um total de 6.222 episódios) e Chiquititas (exibida entre 1997 e 2001 pelo SBT, com 787 capítulos e 5 temporadas) são consideradas teledramaturgias ao estilo soap operas, por serem exibidas em mais de uma temporada com trocas de elenco, personagens e roteiro. Por isso, elas serão contabilizadas em uma lista a parte.

Desta forma, se contabilizadas apenas as telenovelas com mais de 250 capítulos, a lista conta com 27 telenovelas exibidas por diversas emissoras e períodos de tempo. Redenção, de Raimundo Lopes e exibida pala extinta TV Excelsior, é a maior telenovela brasileira. Em segundo lugar, há a trilogia Caminhos do Coração, Os Mutantes: Caminhos do Coração e Promessas de Amor, exibida pela Rede Record entre agosto de 2007 e agosto de 2009. Completando a lista, há 5 do SBT, 3 da Excelsior, 6 da Record, 2 da Band, 6 da Tupi, 2 da Manchete e 4 da Globo.

Quantidade de capítulos[editar | editar código-fonte]

# Início Término Título Temp. Cap. Emissora Autoria Diretor Ref.
1 28 de julho de 1997 19 de janeiro de 2001 Chiquititas[nota 1][nota 2] 5 807 SBT
Gustavo Barrios
Patricia Maldonado
Herman Abrahamsohn
Celina Amadeo
[3]
2 16 de maio de 1966 2 de maio de 1968 Redenção 1 596 Excelsior Raimundo Lopes Dionísio Azevedo
Waldemar de Moraes
Reynaldo Boury
[4]
3 28 de agosto de 2007 3 de agosto de 2009 Trilogia Mutantes 3 587 Record Tiago Santiago Alexandre Avancini [5][6]
4 16 de maio de 2018 13 de julho de 2020 As Aventuras de Poliana 1 564 SBT Íris Abravanel Reynaldo Boury [7]
5 15 de julho de 2013 14 de agosto de 2015 Chiquititas[nota 3][nota 4] 1 545 SBT Íris Abravanel Reynaldo Boury [8]
6 27 de abril de 1981 1 de novembro de 1982 Os Imigrantes 1 459 Band Benedito Ruy Barbosa Atílio Riccó
Henrique Martins
[9]
7 21 de março de 2011 12 de outubro de 2012 Rebelde[nota 5] 2 410 Record Margareth Boury
Renê Belmonte
Ivan Zettel [10]
7 21 de novembro de 2016 6 de junho de 2018 Carinha de Anjo 1 403 SBT Leonor Corrêa Ricardo Mantoanelli (geral)
9 5 de fevereiro de 1974 15 de abril de 1975 O Machão 1 371 Tupi Sérgio Jockyman
Ivani Ribeiro (argumento)
Luiz Gallon [11]
10 3 de agosto de 2015 13 de dezembro de 2016 Cúmplices de um Resgate 1 357 SBT Íris Abravanel Reynaldo Boury
11 4 de abril de 2005 12 de agosto de 2006 Floribella[nota 6] 2 344 Band Jaqueline Vargas
Patrícia Moretzsohn
Elizabetta Zenatti
Sacha
[12][13]
12 5 de junho de 1968 4 de julho de 1969 A Grande Mentira 1 341 Globo Hedy Maia Fábio Sabag [14]
13 8 de junho de 1970 12 de junho de 1971 Irmãos Coragem 1 328 Globo Janete Clair Daniel Filho
Milton Gonçalves
Reynaldo Boury
[15]
14 6 de julho de 1970 26 de junho de 1971 Simplesmente Maria 1 315 Tupi Benjamin Cattan
Benedito Ruy Barbosa
Benjamin Cattan
Walter Avancini
[16]
15 21 de maio de 2012 26 de julho de 2013 Carrossel[nota 7] 1 310 SBT Íris Abravanel Reynaldo Boury [17]
16 1 de maio de 1969 15 de julho de 1970 Nino, o Italianinho 1 304 Tupi Geraldo Vietri

Walther Negrão

Geraldo Vietri
17 1 de março de 1971 11 de março de 1972 A Fábrica 1 288 Tupi Geraldo Vietri Geraldo Vietri
17 20 de fevereiro de 1969 27 de março de 1970 A Menina do Veleiro Azul 1 285 Excelsior Ivani Ribeiro
Teixeira Filho
Dárcio Ferreira
David Grimberg
Waldemar de Moraes
Paulo de Grammont
19 31 de março de 1969 31 de janeiro de 1970 Sangue do meu Sangue 1 284 Excelsior Vicente Sesso Sérgio Britto
20 20 de março de 1970 6 de março de 1971 As Pupilas do Senhor Reitor 1 279 Record Lauro César Muniz Dionísio Azevedo
21 7 de março de 1969 21 de março de 1970 Algemas de Ouro 1 275 Record Benedito Ruy Barbosa

Dulce Santucci

Dionísio Azevedo

Régis Cardoso

Walter Avancini

Waldomiro Baroni

22 12 de agosto de 1997 8 de agosto de 1998 Mandacaru 1 259 Manchete Carlos Alberto Ratton Walter Avancini [18]
23 14 de junho de 1971 8 de abril de 1972 O Homem que Deve Morrer 1 258 Globo Janete Clair Daniel Filho
Milton Gonçalves
[19]
24 11 de julho de 1995 4 de maio de 1996 Sangue do Meu Sangue[nota 8] 1 257 SBT Vicente Sesso Henrique Martins
Antonino Seabra
Del Rangel
Nilton Travesso
[20]
25 11 de julho de 1968 3 de maio de 1969 Antônio Maria 1 255 Tupi Geraldo Vietri
Walter Negrão
Geraldo Vietri [21]
26 26 de março de 1973 5 de fevereiro de 1974 Mulheres de Areia 1 253 Tupi Ivani Ribeiro Edison Braga
Carlos Zara
[22]
27 8 de julho de 2008 28 de abril de 2009 Chamas da Vida 1 253 Record Cristianne Fridman Edgard Miranda [23]
27 12 de dezembro de 1990 12 de outubro de 1991 A História de Ana Raio e Zé Trovão 1 251 Manchete Marcos Caruso
Rita Buzzar
Jayme Monjardim [24]

Reprises[editar | editar código-fonte]

  • A reprise de Cúmplices de um Resgate teve 129 capítulos a mais do que a exibição original. Assim como reprise de Carrossel que teve 82 capítulos a mais que a exibição original e a reprise de Chiquititas que teve 60 capítulos a mais que a exibição original.
  • A reprise de A Escrava Isaura teve 56 capítulos a mais que a exibição original; A reprise de Caminhos do Coração teve 46 capítulos a mais que a exibição original; Assim como Bicho do Mato que também teve 34 capítulos a mais que a exibição original.
  • A História de Ana Raio e Zé Trovão foi reexibida pelo SBT, que desde 2008 tinha interesse nas fitas da telenovela, e a reapresentou entre 7 de junho de 2010 e 4 de abril de 2011, na faixa das 22h, em 258 capítulos, 7 a mais que a versão da Manchete. O SBT não cortou as cenas originalmente previstas que fariam a reprise durar apenas 150 capítulos e fez capítulos com uma menor duração em suas últimas semanas.
# Início Término Título Cap. Emissora.
1 12 de setembro de 2016 8 de janeiro de 2019 Chiquititas 605 SBT
2 7 de janeiro de 2019 25 de novembro de 2020 Cúmplices de um Resgate 486 SBT
3 16 de março de 2015 13 de setembro de 2016 Carrossel 392 SBT
5 18 de março de 2019 5 de maio de 2020 Caminhos do Coração 286 RecordTV
6 7 de junho de 2010 4 de abril de 2011 A História de Ana Raio e Zé Trovão 258 Rede Manchete, reexibição pelo SBT
7 19 de setembro de 2016 5 de setembro de 2017 Vidas em Jogo 252 Rede Record
8 28 de agosto de 2017 7 de agosto de 2018 Bicho do Mato 247 Rede Record
9 12 de novembro de 2018 15 de outubro de 2019 Bela, a Feia 234 RecordTV
10 7 de outubro de 2019 18 de agosto de 2020 A Escrava Isaura 223 RecordTV

Notas e referências

Notas

  1. Baseada no original de Cris Morena.
  2. Chiquititas é a maior em número de capítulos, no entanto, Redenção foi a que permaneceu mais tempo no ar sem trocas de elenco e temporada.
  3. Inspirada no original de Cris Morena.
  4. Remake da produção original exibida entre 1997 e 2001.
  5. Baseada no original de Cris Morena.
  6. Baseada no texto original de Cris Morena.
  7. Baseada no original de Lei Quintana e Valeria Phillips a partir do original de Abel Santa Cruz.
  8. Remake da obra homônima levada ao ar em 1969 pela Rede Excelsior.[20]

Referências

  1. «Primeira novela brasileira completa hoje sessenta anos». NaTelinha. 21 de dezembro de 2011. Consultado em 16 de maio de 2012. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  2. «Qual foi a primeira telenovela brasileira?». mundoestranho.abril.com.br 
  3. Nilson Xavier. «Chiquititas». Teledramaturgia. Consultado em 14 de julho de 2012 
  4. Nilson Xavier. «Redenção». Teledramaturgia. Consultado em 14 de julho de 2012 
  5. Nilson Xavier. «Mutantes». Teledramaturgia. Consultado em 2 de janeiro de 2014 
  6. Nilson Xavier. «Promessas de Amor». Teledramaturgia. Consultado em 2 de janeiro de 2014 
  7. Xavier, Nilson. «As Aventuras de Poliana». Teledramaturgia. Consultado em 26 de janeiro de 2021 
  8. XAVIER, Nilson. «Chiquititas (2013)». Teledramaturgia. Consultado em 5 de novembro de 2014 
  9. Nilson Xavier. «Os Imigrantes». Teledramaturgia. Consultado em 31 de julho de 2011 
  10. Nilson Xavier. «Rebelde». Teledramaturgia. Consultado em 14 de julho de 2011 
  11. Nilson Xavier. «O Machão». Teledramaturgia. Consultado em 9 de agosto de 2011 
  12. «Floribella (2005)». Teledramaturgia. Consultado em 8 de dezembro de 2013 
  13. «Floribella (2006)». Teledramaturgia. Consultado em 8 de dezembro de 2013 
  14. Memória Globo. «A Grande Mentira». Consultado em 13 de julho de 2011 
  15. «Irmãos Coragem - 1ª versão». Memória Globo. Consultado em 8 de janeiro de 2011 
  16. XAVIER, Nilson. «Simplesmente Maria». Teledramaturgia. Consultado em 10 de dezembro de 2015 
  17. Nilson Xavier. «Carrossel». Teledramaturgia. Consultado em 29 de julho de 2013 
  18. Nilson Xavier. «Mandacaru». Teledramaturgia. Consultado em 14 de julho de 2012 
  19. «O Homem Que Deve Morrer». Memória Globo. Consultado em 8 de janeiro de 2011 
  20. a b Nilson Xavier. «Sangue do Meu Sangue (1995)». Teledramaturgia. Consultado em 16 de outubro de 2011 
  21. XAVIER, Nilson. «Antônio Maria (1968)». Teledramaturgia. Consultado em 10 de dezembro de 2015 
  22. Nilson Xavier. «Mulheres de Areia». Teledramaturgia. Consultado em 9 de agosto de 2011 
  23. XAVIER, Nilson. «Chamas da Vida». Teledramaturgia. Consultado em 5 de novembro de 2014 
  24. Nilson Xavier. «A História de Ana Raio e Zé Trovão». Teledramaturgia. Consultado em 2 de janeiro de 2014